CONCURSO DE CINEMA FEMININO “MULHERES BRASILEIRAS” – INICIATIVA DO INSTITUTO DONA DE SI + AREZZO

Claudia Roberta, Ana Celia Costa, Suzana Pires, Mirtes Agda Santana, Angelica Rodrigues, Samira Ramalho

O Instituto Dona de Si, idealizado pela atriz global, autora e empreendedora social Suzana Pires, e a marca de calçados Arezzo lançaram um Concurso Cultural de Cinema Feminino para identificar novos talentos no mercado audiovisual de todo o Brasil.

Esta iniciativa abriu espaço para mulheres roteiristas, produtoras e escritoras do Brasil inteiro. A ideia do projeto, que leva o nome de “Mulheres Brasileiras”, é ser um acelerador de jovens talentos. Lançado em agosto o Concurso de Cinema Feminino movimentou mulheres roteiristas, produtoras de conteúdo e escritoras do Brasil inteiro! Foram diversos roteiros inscritos, com muitas histórias sobre o protagonismo feminino no dia a dia inspiradoras.

Angélica Rodrigues, publicitária por formação pela UFPR, roteirista e produtora audiovisual na RPC (afiliada da Rede Globo no Paraná) foi uma das 5 vencedoras do concurso e representante da região sul..

A estreia dos filmes aconteceu no Espaço Itaú de Cinema, na quarta-feira, 30, na rua Augusta em São Paulo. Como o próprio nome adianta, o projeto foi feito inteiramente por mulheres e as cinco finalistas apresentaram roteiros de histórias inspiradoras com o protagonismo feminino como tema principal.

O filme “Sessão Misteriosa”, roteirizado por Angélica Rodrigues, coloca em foco uma trajetória de autoconhecimento, auto aceitação e valorização feminina de uma forma bem humorada.

Na história Marina, jornalista de 45 anos, interpretada por Tatá Lopes (comediante e roteirista da Rede Globo), que se sente desmotivada para escrever, lançando mão até de mantras para tentar uma maior concentração. Até que num belo dia, sua chefe Alice, entrega a ela um convite misterioso, sem remetente, para uma sessão de cinema. Ao começar a assistir ao filme, ela percebe que a protagonista é ela mesma e a mensagem é endereçada a sua própria desmotivação, assim se pega conversando consigo mesma no telão. Após a sessão, Marina é uma nova mulher que volta a redação do jornal, escrevendo belos textos e, que, exercitando sua sororidade, entrega o mesmo convite que recebeu a sua chefe Alice, que agora é quem mais precisa.

Confira o filme completo aqui:

Conheça mais sobre o projeto: aqui

Making off: aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *