FESTIVAL ESTOPIM ACONTECE ESTA SEMANA, COM LINE-UP PLURAL E DEBATES SOBRE O MERCADO MUSICAL INDEPENDENTE

Carne Doce / Crédito: Mídia Ninja

Realizado de 15 a 17 de dezembro, evento surge como um espaço para agregar vivências diversas e fomentar novas conexões

Curitiba recebe a primeira edição do Festival Estopim esta semana, entre os dias 15 e 17, com a proposta de impulsionar novas movimentações no cenário artístico. Idealizado pela Arnica Cultural, o evento reúne atrações independentes e painéis sobre o mercado musical. Um dos destaques do line-up é a banda Francisco, el hombre, que foi indicada ao Grammy Latino este ano e encerra a turnê “Eita, Fudeu!” na capital paranaense.

O Estopim também terá a banda goiana Carne Doce e o quinteto pernambucano Tagore, ambos com discos aclamados pela crítica especializada e passagem por grandes festivais brasileiros. Mulamba, Tuyo e Trombone de Frutas são outros três nomes de peso que integram os shows, compondo uma programação plural e relevante para a música nacional.

“A intenção é agregar vivências diversas e proporcionar conexões intensas. Queremos que o festival seja um combustível para pensar e articular nosso lugar nesse mercado e fomentar ainda mais a cena curitibana. A ideia é que o Estopim, além de crescer em si, dê força para desdobrar outros empreendimentos”, defende a produtora Leticia Martins.

Conteúdo relevante
Para contribuir com esse propósito, os painéis discutirão três eixos: gestão de carreira e autoprodução; festivais que movimentam o Sul; e iniciativas que reinventam as cenas independentes. “O mercado se transformou, temos novas formas de produzir música. A troca de informações aprimora o trabalho artístico e incentiva essa onda maravilhosa que estamos vivendo em Curitiba”, afirma o diretor de comunicação João Taborda.

Entre os convidados, estão representantes de vários projetos significativos na música brasileira. Alguns exemplos são as iniciativas Tenho Mais Discos Que Amigos, PWR Records, Onça Discos e Água Viva Concentrado Artístico; além das bandas Cora, Machete Bomb e Carne Doce; e dos festivais Psicodália, Musicletada, Enxame e Ruído CWB.

A bagagem da Arnica
Com um espírito de autogestão, a Arnica Cultural foi inaugurada em 2016 pela banda Trombone de Frutas. Além de ter recebido artistas como Di Mello e O Terno na casa localizada no Bigorrilho, o coletivo produziu o festival Biro Biro Day Show, na rua São Francisco; e o palco Arnica, durante o Festival Coolritiba, na Pedreira Paulo Leminski.

“Nosso objetivo sempre foi profissionalizar o cenário independente, com pró-atividade e coragem para desconstruir. O Estopim, com shows e ações formativas, é um passo importante para catalisar a cultura. Também estamos trilhando novos rumos, assumindo o caráter de selo musical e estúdio”, conta Rodrigo Chavez, um dos gestores da Arnica.

PROGRAMAÇÃO COMPLETA

_ 15/12, SEXTA-FEIRA: PAINÉIS
LOCAL: Arnica Cultural (rua Otelo Queirolo, 237 – Bigorrilho, Curitiba)
INGRESSO: gratuito, pela plataforma Sympla

_ 18h: FAZENDO O ROLÊ | Bate-papo sobre gestão de carreira e autoprodução
Convidados: Heitor Humberto, Salma Jô e Macloys Aquino (Carne Doce), Kaila Pelisser e Katherine Zander (Cora), Vitor Salmazo (Machete Bomb)

_ 19h30: AMPLIFICA AÍ | Um panorama dos festivais que movimentam o Sul
Convidados: Bina Zanette, Michelle Hesketh (Musicletada e Ruído CWB), Alexandre Osiecki (Psicodália), Jonas Bender Bustince (Festival Enxame)

_ 20h: BURACOS NO TETO | Iniciativas que reinventam as cenas independentes
Convidados: Tony Aiex (Tenho Mais Discos Que Amigos), Rodrigo Chavez (Arnica Cultural), Matheus Mantovani (Onça Discos), Hannah Carvalho e Leticia Tomás (PWR Records), Luciano Faccini (Água Viva Concentrado Artístico)

_ 16/12, SÁBADO: SHOWS
LOCAL: Hermes Bar ( rua Engenheiro Rebouças, 1645 – Rebouças, Curitiba)
INGRESSO: R$ 35 por dia de show ou R$ 60 o passaporte, pela plataforma Sympla

_ 20h30: Loop Room
_ 22h: Mulamba

_ 23h30: Carne Doce
_ 1h: Trombone de Frutas
_ DJ Baqueta

_ 17/12, DOMINGO: SHOWS
LOCAL: Hermes Bar ( rua Engenheiro Rebouças, 1645 – Rebouças)

INGRESSO: R$ 35 por dia de show ou R$ 60 o passaporte, pela plataforma Sympla

_ 19h: Tuyo
_ 20h30: Tagore
_ 22h: Francisco, el hombre
_ DJ Bila Sampaio

Para saber mais:
Facebook | Instagram | Evento | Ingressos

FESTIVAL ESTOPIM DIVULGA PROGRAMAÇÃO COM LINE-UP PLURAL E DEBATES SOBRE O MERCADO MUSICAL INDEPENDENTE

Realizado de 15 a 17 de dezembro, evento surge como um espaço para agregar vivências diversas e fomentar novas conexões

Curitiba recebe a primeira edição do Festival Estopim entre os dias 15 e 17 deste mês, com a proposta de impulsionar novas movimentações no cenário artístico. Idealizado pela Arnica Cultural, o evento reúne atrações independentes e painéis sobre o mercado musical. Um dos destaques do line-up é a banda Francisco, el hombre, que foi indicada ao Grammy Latino este ano e encerra a turnê “Eita, Fudeu!” na capital paranaense.

O Estopim também terá a banda goiana Carne Doce e o quinteto pernambucano Tagore, ambos com discos aclamados pela crítica especializada e passagem por grandes festivais brasileiros. Mulamba, Tuyo e Trombone de Frutas são outros três nomes de peso que integram os shows, compondo uma programação plural e relevante para a música nacional.

“A intenção é agregar vivências diversas e proporcionar conexões intensas. Queremos que o festival seja um combustível para pensar e articular nosso lugar nesse mercado e fomentar ainda mais a cena curitibana. A ideia é que o Estopim, além de crescer em si, dê força para desdobrar outros empreendimentos”, defende a produtora Leticia Martins.

Conteúdo relevante
Para contribuir com esse propósito, os painéis discutirão três eixos: gestão de carreira e autoprodução; festivais que movimentam o Sul; e iniciativas que reinventam as cenas independentes. “O mercado se transformou, temos novas formas de produzir música. A troca de informações aprimora o trabalho artístico e incentiva essa onda maravilhosa que estamos vivendo em Curitiba”, afirma o diretor de comunicação João Taborda.

Entre os convidados, estão representantes de vários projetos significativos na música brasileira. Alguns exemplos são as iniciativas Tenho Mais Discos Que Amigos, PWR Records, Onça Discos e Água Viva Concentrado Artístico; além das bandas Cora, Machete Bomb e Carne Doce; e dos festivais Psicodália, Musicletada, Enxame e Ruído CWB.

A bagagem da Arnica
Com um espírito de autogestão, a Arnica Cultural foi inaugurada em 2016 pela banda Trombone de Frutas. Além de ter recebido artistas como Di Mello e O Terno na casa localizada no Bigorrilho, o coletivo produziu o festival Biro Biro Day Show, na rua São Francisco; e o palco Arnica, durante o Festival Coolritiba, na Pedreira Paulo Leminski.

“Nosso objetivo sempre foi profissionalizar o cenário independente, com pró-atividade e coragem para desconstruir. O Estopim, com shows e ações formativas, é um passo importante para catalisar a cultura. Também estamos trilhando novos rumos, assumindo o caráter de selo musical e estúdio”, conta Rodrigo Chavez, um dos gestores da Arnica.

PROGRAMAÇÃO COMPLETA

_ 15/12, SEXTA-FEIRA: PAINÉIS
LOCAL: Arnica Cultural (rua Otelo Queirolo, 237 – Bigorrilho, Curitiba)
INGRESSO: gratuito, pela plataforma Sympla

_ 18h: FAZENDO O ROLÊ | Bate-papo sobre gestão de carreira e autoprodução
Convidados: Heitor Humberto, Salma Jô e Macloys Aquino (Carne Doce), Kaila Pelisser e Katherine Zander (Cora), Vitor Salmazo (Machete Bomb)

_ 19h30: AMPLIFICA AÍ | Um panorama dos festivais que movimentam o Sul
Convidados: Bina Zanette, Michelle Hesketh (Musicletada e Ruído CWB), Alexandre Osiecki (Psicodália), Jonas Bender Bustince (Festival Enxame)

_ 20h: BURACOS NO TETO | Iniciativas que reinventam as cenas independentes
Convidados: Tony Aiex (Tenho Mais Discos Que Amigos), Rodrigo Chavez (Arnica Cultural), Matheus Mantovani (Onça Discos), Hannah Carvalho e Leticia Tomás (PWR Records), Luciano Faccini (Água Viva Concentrado Artístico)

_ 16/12, SÁBADO: SHOWS
LOCAL: Hermes Bar ( rua Engenheiro Rebouças, 1645 – Rebouças, Curitiba)
INGRESSO: R$ 35 por dia de show ou R$ 60 o passaporte, pela plataforma Sympla

_ 20h30: Loop Room
_ 22h: Mulamba

_ 23h30: Carne Doce
_ 1h: Trombone de Frutas
_ DJ Baqueta

_ 17/12, DOMINGO: SHOWS
LOCAL: Hermes Bar ( rua Engenheiro Rebouças, 1645 – Rebouças)
INGRESSO: R$ 35 por dia de show ou R$ 60 o passaporte, pela plataforma Sympla

_ 19h: Tuyo
_ 20h30: Tagore
_ 22h: Francisco, el hombre
_ DJ Bila Sampaio

Para saber mais:
Facebook | Instagram | Evento | Ingressos

1ª FEIRA DE VINIL DO ARMAZÉM GARAGEM

ENTRADA FRANCA
EXPOSITORES DE VINIL
CAMISETAS TEMÁTICAS
VINIL PARA DECORAÇÃO COM TEMAS
OUTROS MATERIAIS LIGADOS A BOA MÚSICA
ENCONTRO DE CARROS ANTIGOS
CHOPP & HAMBÚRGUERES ARTESANAIS

Local: O Armazém Garagem Bar fica na Br 277, número 2630 – Pista Lateral (sentido Ponta Grossa), no bairro mossunguê, em Curitiba – na entrada do conjunto Saturno, em frente a Copel.
Data: 17 de dezembro (domingo)

Organização: Curitiba Vinil

Página do evento, aqui

E pra quem curte disco de vinil fica o convite para conhecer nossos patrocinadores, a LOJA DAS PULGAS, lá eles tem mais de 500 discos selecionados:  rock, mpb, samba, sertanejo, música erudita e várias coletâneas e box. Tem de tudo!!! Venha curtir os discos da LOJA DAS PULGAS!!! Rua Pe Paulo Warkocz, 29, CIC / Orleans, Curitiba. Das 8h às 18h. Sáb. até às 13h. Clique neste link e confira alguns discos cadastrados!!! Na loja eles chegam até 20, 30% em descontos sobre esses preços 🙂

ARRECADAÇÃO SOLIDÁRIA

“Vamos arrecadar material de higiene e artigos para bebês nessa edição (fraldas, roupas, brinquedos, absorventes, etc), em memória da nossa amiga Luana Medeiros. #LuanaPresente

As doações são destinadas para a Associação de jovens mães solo, mas se você souber de alguém que está precisando é só dar um salve!

Quem doar concorre a uma tattoo de R$200 do Yago Tav.

+ info entre em contato pela página

Banguê #11 // última do ano
17.12.2017
14h00 às 21h00

LOCAL:
Palácio Dos Estudantes – Casarão da UPE
Presidente Carlos Cavalcanti, 1157 – São Francisco, Curitiba

JANINE MATHIAS – NO FLOW

Videoclipe da cantora Janine Mathias – que há dois anos apresenta o projeto “Samba da Nega” em diversos espaços culturais de Curitiba. Sinta esse som! Prestigie Janine Mathias! Ela é demais!

FICHA TÉCNICA Música: No Flow produção Luis Cilho e Cabes MC -EP Eu Quero Mergulhar de 2012 composição Janine Mathias Produção​| Janine Mathias | Lucas Cabaña |Matheus Gasparin Direção​| Géssica Secchi | Matheus Gasparin Direção de fotografia​| Géssica Secchi | Matheus Gasparin Assistente de fotografia​| Lucas Fermin | Vitor Lima Conceito de arte​| Paulo Silveira Direção de arte​| Giovanna Durski Assistente de arte​| Bruna Moll | Luany Fukazawa Edição​| Géssica Secchi | Matheus Gasparin Roteiro​| Géssica Secchi | Matheus Gasparin | Raphael Jardim Agradecimentos especiais | Bar ZéPelin | Libélula Brechó | Foot Work Crew | Centro Europeu | Agradecimentos: Deby Tranças​| Maninho | Celia Gasparin | Rodrigo Briza | Tailaine

ESPETÁCULO DE MPB FAZ HOMENAGEM À TROPICÁLIA NO SESI PORTÃO

Montagem da UFPR coloca em cena produção musical da década de 60

Em 2017, os memoráveis festivais de música da TV Record completaram 50 anos. Nesses eventos, figuras como Caetano Veloso e Gilberto Gil lançaram, entre outros sucessos, “Alegria, Alegria” e “Domingo no Parque”, canções que fizeram parte do conhecido movimento Tropicália. Em homenagem a este período tão rico que marcou a história da música brasileira, o Grupo de MPB da UFPR (GMPB) montou o espetáculo “É preciso estar atento e forte – 50 anos de Tropicália”, que se apresenta no Teatro Sesi Portão nesta quarta (29), com entrada franca.

O GMPB é um dos grupos artísticos ligados à Pró-Reitoria de Extensão e Cultura da Universidade Federal do Paraná. Dentro do repertório de seu mais novo espetáculo, o público do Sesi Portão vai ter contato com um recorte histórico da produção musical da década de 60 como um todo, ou seja, além de composições que fizeram parte da Tropicália, será possível escutar sucessos da Bossa Nova e da Jovem Guarda, assim como demais canções da música popular brasileira que foram influenciadas e influenciaram o movimento.

A união de elementos cênicos à formação do coral é uma marca registrada da linguagem do GMPB. Em 23 anos de atuação, o grupo já produziu mais de 40 espetáculos voltados a públicos variados na intenção de movimentar a cultural local e democrativar o acesso à arte com apresentações gratuitas. Neste período, arranjos originais foram criados e oportunizada a participação de centenas de artistas.

Sesi Cultura Paraná apresenta
Espetáculo “É preciso estar atento e forte – 50 anos de Tropicália”
Data: 29/11
Horário: 20h
Valor: Gratuito
Classificação: Livre
Local: Teatro SESI Portão
Endereço: Rua Padre Leonardo Nunes, 180 – Portão
Contato: (41) 3271-8469
Observação: Sujeito a lotação

Mais informações:
www.sesipr.com.br/cultura/
www.facebook.com/sesiculturapr/

SESI CULTURA
Foi em 2008 que a Regional Paraná do Serviço Social da Indústria inaugurou uma área especificamente dedicada ao desenvolvimento de ações culturais ancoradas nas diretrizes previstas na Declaração Universal dos Direitos do Homem, como a diversidade, a pluralidade e a autonomia. Desde então, o Sesi Cultura Paraná tem promovido o acesso à cultura com foco em programas de formação artística e cultural, investindo em processos criativos, formação de plateia para todas as linguagens e na formação e desenvolvimento cultural com vocação local. O Circuito Cultural Sesi, o Festival Sesi Música, os Núcleos Criativos do Sesi, o Zoom Cultural, os Programas Sesi Música, Sesi Arte, Sesi Audiovisual e Sesi Artes Cênicas são exemplos de programas desenvolvidos pela Gestão Cultural do Sesi. De 2008 até 2016, mais de 927 mil espectadores tiveram acesso à cultura por meio de cerca de 7,5 mil eventos realizados pelo Sesi Paraná. Todas essas ações sempre tiveram como objetivo o acesso ao bem cultural para o trabalhador da indústria, seus dependentes e para a comunidade de um forma geral, além da difusão da arte em todas as suas manifestações, valorizando a diversidade e a pluralidade do povo brasileiro.

CASA QUATRO VENTOS

Sacada da Casa Quatro Ventos / foto: Elenize Dezgeniski

Curitiba ganha um novo espaço cultural independente, com diversas ações artísticas

A Casa Quatro Ventos, um imóvel da década de 50, localizado no Alto da XV, abre suas portas a partir do dia 2 de dezembro com uma programação diversificada e gratuita. Para a programação de abertura, Edith de Camargo, Leo Fressato, Bernardo Bravo, Luciano Faccini e Melina Mulazani apresentam seus trabalhos na série Shows na Sacada, a partir das 19h. A Casa abre às 15h.

A Casa Quatro Ventos – movimento e arte, é um espaço cultural multidisciplinar e independente que se dedica ao desenvolvimento e difusão da criação e produção artística. O espaço, além de nutrir atividades regulares para a prática artística, investigação e formação, investe numa programação que abarca todas as artes e idades.

Há alguns anos o desejo em criar e gerir um espaço cultural tem sido algo em comum entre os idealizadores da Casa Quatro Ventos, inspirados em mover para diversas direções os desejos entre a criação artística e produção cultural. Este encontro entre Augusto Ribeiro, Cindy Napoli, Diego Marchioro e Juliana Caimi fez com que a realização deste espaço viesse à tona. Almejando formar uma rede consistente de amigos, parceiros e artistas que além das afinidades estéticas possam encontrar um lugar também afetivo e pulsante para a diversidade da expressão artística na cidade.

A Casa tem como foco ser uma plataforma para artistas de diversas áreas artísticas e culturais, propõe atividades formativas no campo das artes. Investe na criação artística contemporânea.

O casarão, que era a antiga residência do iluminador teatral Beto Bruel e da atriz Regina Bastos, também abriga escritórios de produção cultural e de comunicação. Segundo os idealizadores, a Casa Quatro Ventos “É uma necessidade (r)existir espaços culturais alternativos, encontrar outras formas de criar e produzir, alcançar novos horizontes e criar redes mais fortes e resistentes. Será um lugar de convergência de artistas para o intercâmbio de experiências, ideias e saberes.”

A Casa Quatro ventos abrigará: Espaço de Exposição, que acolhe exposições temporárias e demais trabalhos de artes visuais;
um circuito de filmes – mostra periódica de exibição de áudio visual;
show na sacada – atividades musicais de curta duração (pocket show) realizadas na sacada do casarão, ao final das tardes de final de semana, com entrada franca.

Também haverá programação para crianças e famílias, com conteúdos artísticos, como aulas, apresentações e oficinas.

Serviço:
Casa Quatro Ventos
Rua da paz, 51, Alto da XV, Curitiba
Informações: (41) 3040-3322
casaquatroventos@gmail.com

PROGRAMAÇÃO DE ABERTURA

02/12 SÁBADO
15h00 – A Casa abre suas portas
Shows na sacada às 19h com:
Edith de Camargo
Léo Fressato
Bernardo Bravo
Luciano Faccini e Melina Mulazani
ENTRADA FRANCA

08/12 SEXTA
Ação: FUDEU contrata (Coletivo FUDEU) – das 9h às 12h e das 13h às 18h.
ENTRADA FRANCA

09/12 SÁBADO
Lançamento do livro “Sequência de rabisco” de Egui Baldasso, às 14h.
Exibição de filmes: Curtas na Casa, às 18h.
ENTRADA FRANCA

10/12 DOMINGO
Domingo miúdo – programação para crianças das 10:30 às 11:30 e das 14h às 18h.
Oficina com Juliana Alves e Peter Abudi, contação de histórias com Moira Albuquerque da Cia Girolê e intervenção de Surian Barone/ Palhaço Goiaba Henrique.
PERÍODO DA MANHÃ: R$10,00
PERÍODO DA TARDE: R$15,00
DIA TODO: R$20,00
(valor cobrado por criança, adultos tem entrada franca)

14/12 QUINTA
Show com a banda Central Sistema de Som às 20h.
R$: 10,00

16/12 SÁBADO
Uma festa muito boa convida Misturi-C + Juana Profunda e Darlene Lepetit às 15h.
R$ 10,00

Acompanhe a programação completa na página: aqui

SAMBA DA NEGA COM JANINE MATHIAS APRESENTA SHOW NESTE SÁBADO

Do samba que aprendeu dentro de casa ao RAP que incorporou em sua essência musical, a cantora e compositora, Janine Mathias apresenta há dois anos o projeto “Samba da Nega”, em cartaz em diversos espaços culturais de Curitiba. Neste sábado (25), a artista leva o show ao Quintal da Maria, a partir das 18h, ao lado dos músicos, Sergio Pires, Dulan Lima, Erick Guinão e Gustavo moro.

O “Samba da Nega”, já realizou mais de 50 edições, foi visto por aproximadamente 10 mil pessoas, já recebeu Toninho Geraes, Karla da Silva, Tássia Reis, Mv Hemp, Eduardo Brechó, Iria Braga, Os Encantados, entre tantos outros convidados especiais que fizeram o evento se tornar referência do samba na cidade.

A relação genuína de Janine com o samba vem do pai, de sua herança familiar carioca e baiana. Brasiliense de berço, Janine se mudou para Curitiba e lá se inseriu musicalmente. Participou do concurso “Samba do Compositor Paranaense”, e ficou em terceiro lugar com a música “Água que retira dor”. Em 2013, apresentou no Teatro Paiol, o show “E o Meu Samba Vai Ficar Assim”, com músicas próprias e no mesmo ano foi convidada da Orquestra Democratas e interpretou o samba “Muita Areia”, de Alex Souza e Panelão, samba gravado e lançado em single pela própria Janine durante o carnaval de 2015.

O Quintal da Maria abre a partir das 17h e o show tem início marcado para às 18h. A casa referência do samba na cidade é localizada no centro histórico de Curitiba, na Rua Jaime Reis, 366. Para informações e reservas (somente via whatsapp) entre em contato pelo telefone 98428-7772.

Serviço:
SAMBA DA NEGA NO QUINTAL DA MARIA
Onde: Quintal da Maria
Endereço: Rua Jaime Reis, 366, São Francisco, Curitiba
Quando: 25 de novembro (sábado)
Horário: A partir das 17h
Reservas: (41) 98428-7772 (somente via whatsapp)
Entrada: R$15
Para promoção e outras informações: aqui

CHEGOU A GRANDE FINAL DO FESTIVAL DE MÚSICA DO SISTEMA FIEP

Uyara Torrente e Conde Baltazar farão pocket show na noite de premiação dos candidatos: artistas da indústria e alunos do SESI, SENAI e IEL

A edição 2017 do Festival de Música do Sistema Fiep chega à sua grande final no sábado, dia 25 de novembro, em um grande show comemorativo e aberto ao público. Neste ano, participaram colaboradores das indústrias, dependentes diretos (filhos e cônjuges) e os alunos do SESI, SENAI e IEL do Estado do Paraná, a partir de 14 anos. Foram seis etapas regionais que aconteceram por meio de oficinas e serão finalizadas no Teatro Sesi Campus da Indústria com a participação de Uyara Torrente e Conde Baltazar. A entrada é gratuita.

Ao todo, foram 157 candidatos inscritos para o Festival. Eles foram selecionados em etapas regionais realizadas nas cidades de Maringá, Toledo, Pato Branco, São José dos Pinhais, Guarapuava e Arapongas. Na final, se apresentarão 24 artistas concorrentes, sendo oito de cada categoria: Música Sacra, MPB e Música Regional. Além das apresentações e da premiação dos três primeiros colocados de cada categoria, o público presente poderá desfrutar de um pocket show com Uyara Torrente, vocalista da Banda Mais Bonita da Cidade, e Conde Baltazar, da Banda Trombone de Frutas – que interpretarão canções de seu repertório. Os dois artistas também serão responsáveis pela apresentação do evento.

Realizado pelo Departamento Regional do Sesi Paraná, por meio da Gerência de Cultura, o Festival de Música, além de promover a cultura local e revelar talentos paranaenses, visa fomentar e difundir a produção musical no país, fortalecendo a participação ativa na formação cultural dos participantes e colaboradores da indústria. Como parte do processo seletivo, os mesmos participaram de uma oficina de oito horas com conteúdo direcionado à voz cantada, voz falada e interpretação da canção. A oficina foi ministrada pela diretora artística do Festival, a cantora e professora Ana Cascardo com acompanhamento do músico Fábio Hess, que fará a direção musical da final.

Serviço:
Grande Final do Festival de Música do Sistema FIEP
Data: 25 de novembro, sábado. Hora: 19h
Local:: Teatro Sesi Campus da Indústria.
Endereço: Av. Comendador Franco, nº 1341, Jardim Botânico, Curitiba

Ingressos: Entrada Franca (retirada de ingressos na bilheteria do espaço, no mesmo dia do evento, a partir das 18h)

Mais informações:
www.sesipr.org.br/cultura/EventAgenda27805content359309.shtml?_ga=2.208797589.623330514.1510574686-1290329440.1505157137
www.sesipr.com.br/cultura/
www.facebook.com/sesiculturapr/

SESI CULTURA
Foi em 2008 que a Regional Paraná do Serviço Social da Indústria inaugurou uma área especificamente dedicada ao desenvolvimento de ações culturais ancoradas nas diretrizes previstas na Declaração Universal dos Direitos do Homem, como a diversidade, a pluralidade e a autonomia. Desde então, o Sesi Cultura Paraná tem promovido o acesso à cultura com foco em programas de formação artística e cultural, investindo em processos criativos, formação de plateia para todas as linguagens e na formação e desenvolvimento cultural com vocação local. O Circuito Cultural Sesi, o Festival Sesi Música, os Núcleos Criativos do Sesi, o Zoom Cultural, os Programas Sesi Música, Sesi Arte, Sesi Audiovisual e Sesi Artes Cênicas são exemplos de programas desenvolvidos pela Gestão Cultural do Sesi. De 2008 até 2016, mais de 927 mil espectadores tiveram acesso à cultura por meio de cerca de 7,5 mil eventos realizados pelo Sesi Paraná. Todas essas ações sempre tiveram como objetivo o acesso ao bem cultural para o trabalhador da indústria, seus dependentes e para a comunidade de um forma geral, além da difusão da arte em todas as suas manifestações, valorizando a diversidade e a pluralidade do povo brasileiro.

MIRUM AGENCY CONTRATA ANALISTA DE SOCIAL INTELLIGENCE (SOCIAL MEDIA)

Mirum Agency contrata Analista de Social Intelligence (Social Media) Pleno. Vaga para estagiar em Curitiba.

atividades: Atuará diariamente na análise dos perfis do cliente e seus concorrentes, analisando quais são os fatores que influenciam seu desempenho, a aceitação do público, como os concorrentes se comportam, quais são as tendências do mercado, entre outros; Terá relacionamento constante com outras equipes da agência (Conteúdo, Criação, Planejamento e Mídia) e com o cliente; Estará envolvido em todas as fases de um processo de análise (consolidação de dados, construção de relatórios, análises dos dados, apresentação das análises, recomendações, acompanhamento das recomendações); Participará de reuniões para discussão de números, resultados e estratégias, briefings e apresentações; Estará envolvido em processos de definição de métricas, objetivos de campanha, planos de mensuração e projeção/planejamento de metas e resultados; Atuará diariamente nos perfis do cliente fazendo o atendimento SAC 2.0; Será o responsável pela identificação de fatores adversos, que possam vir a resultar em uma crise.

requisitos: Graduação em Publicidade, Jornalismo, Marketing ou áreas afins; Ter domínio de redes sociais; Ter domínio de ferramentas de Monitoramento e Social Analytics (Ex: Scup, Seekr, Social Bakers, Quintly, etc); Vivência em gestão de redes sociais gestão de redes; SAC 2.0 – Interação com clientes; Capacidade analítica de performance de conteúdo; Domínio da Língua Portuguesa; Necessário inglês intermediário e espanhol fluente.

Nível hierárquico: Pleno

Interessados candidatem-se através deste link / código da vaga:
(CWB) Analista de Social Intelligence (Social Media) Pleno (v1601731) / ou enviar e-mail para carla.juliao@i-cherry.com.br

Data de expiração: 03 de Dezembro de 2017

Nós somos a Mirum
Um grupo de realizadores com espírito pioneiro e que acredita naquilo que faz. Juntos, formamos uma rede global de agências digitais que busca evoluir e transformar negócios utilizando um mix de inovação, estratégia, criatividade, design e tecnologia. Fazemos parte da WPP, o maior grupo de comunicação do mundo, e somamos 2.200 colaboradores em 40 escritórios, 18 países e 5 continentes. No Brasil, estamos presentes em São Paulo e Curitiba, com mais de 220 colaboradores e o objetivo de oferecer soluções excepcionais para alcançar resultados que surpreendam.

Confira diversas vagas na Mirum Agency e na I-CHERRY, aqui