CULTURA LANÇA EDITAL DE LICENCIAMENTO DE OBRAS LITERÁRIAS DIGITAIS

A Secretaria de Estado da Comunicação Social e da Cultura (SECC), por meio da Superintendência Geral da Cultura, publica o Chamamento para Licenciamento de Obras Literárias Digitais “Cultura nas Redes”, que irá selecionar livros digitais, e-books, audiolivros e livros falados, já finalizados, para disponibilizar ao público por meio de site e mídias sociais do Governo do Paraná e da SECC, pelo prazo de 24 (vinte e quatro) meses. Inscrições até 18:00 (dezoito horas) do dia 21 de outubro de 2020.

Serão selecionados 2.314 obras, valor de R$ 5.000,00 (cinco mil reais) cada, totalizando R$ 11.570.000,00 (onze milhões quinhentos e setenta mil reais), com recursos provenientes da Lei Federal 14.017/2020 – Lei Aldir Blanc.

Poderão participar da seleção, os proponentes sediados no Estado do Paraná há no mínimo 02 (dois) anos, completados e comprovados da data de publicação do Edital. As inscrições vão acontecer em dois períodos, o primeiro sendo de 07 de outubro até às 18:00 (dezoito horas) de 21 de outubro de 2020, por meio do sistema SisProfice.

Entende por:
–  Livro digital e Ebook: obra que existe exclusivamente em formato digital, não periódico, revisado, editado e diagramado. Pode conter texto, imagem, áudio e vídeo.
– Audiolivro: gravação do conteúdo de um livro narrado em voz alta, podendo ou não ter vozes dramatizadas, sonoplastia, fundo musical e outros.
– Livro falado: gravação do conteúdo de um livro narrado em voz alta, desprovida de recursos artísticos e de sonoplastia, voltado para pessoas com deficiência visual.

Serão aceitas obras em português nas seguintes áreas:
1. Artes Visuais;
2. Audiovisual;
3. Cultura Popular e Diversidade;
4. Circo;
5. Dança,
6. Economia Criativa;
7. Literatura;
8. Música;
9. Ópera;
10. Produtores e Técnicos;
11. Teatro.

Este chamamento é parte das ações de Fomento do Governo do Estado do Paraná com recursos da Lei Federal Aldir Blanc, nº 14.017/2020, para atender o setor cultural durante a crise causada pela pandemia de Covid-19.

Acesse o edital completo clicando aqui.

fonte / texto: Secretaria Da Comunicação Social e da Cultura do PR (SECC)

DIFUSÃO SABERES E FAZERES TRADICIONAIS PREMIA REGISTROS FOTOGRÁFICOS E AUDIOVISUAIS

A Secretaria de Estado da Comunicação Social e da Cultura, por meio da Superintendência Geral da Cultura, publica o Prêmio de Difusão Saberes e Fazeres Tradicionais – Registro Fotográficos e Audiovisuais, que irá selecionar e premiar registros fotográficos ou audiovisuais de manifestações populares e tradicionais da cultura desenvolvidas no território paranaense. Inscrições até às 18h00 (dezoito horas) do dia 21 de novembro de 2020.

O prêmio tem uma função social de preservação da memória de manifestações populares e tradicionais da cultura desenvolvidas no território paranaense.

Serão concedidos 260 prêmios no valor de R$ 4.000,00 cada, totalizando R$ 1.040.000,00, com recursos provenientes da Lei Federal 14.017/2020 – Lei Aldir Blanc.

O edital é voltado a agentes culturais, pessoa física e jurídica, domiciliadas ou com sede no Paraná há, no mínimo, dois anos. O período de inscrições vai de 8 de outubro até às 18h00 (dezoito horas) de 21 de novembro de 2020. As inscrições serão feitas de forma online por meio do sistema SisProfice.

O prêmio será dividido em duas categorias, Registro Fotográfico e Registro Audiovisual. No Registro Fotográfico, a proposta deverá conter um conjunto de fotos que versem sobre um mesmo tema, propondo uma sequência fotográfica lógica, e não foto única. O conjunto deverá ser composto de no mínimo 5 (cinco) fotografias e no máximo de 10 (dez) fotografias.

No Registro Audiovisual, a proposta deverá conter os registros com duração de 7 (sete) minutos e no máximo 120 (cento e vinte) minutos.

O prêmio será dividido, ainda, em seis áreas:
– Povos Indígenas;
– Comunidades caiçaras,
– Comunidades quilombolas;
– Ciganos;
– Faxinalenses;
– Matriz africana.

Os registros premiados deverão ser doados aos acervos dos Museus do Governo do Estado, por meio de termo de doação.

Este prêmio é parte das ações de Fomento do Governo do Estado do Paraná com recursos da Lei Federal Aldir Blanc, nº 14.017/2020, para atender o setor cultural durante a crise causada pela pandemia de Covid-19.

Acesse o edital completo clicando aqui.

fonte / texto: Secretaria Da Comunicação Social e da Cultura do PR

MACACO PLANETÁRIO – PRIMEIRO LANÇAMENTO / THIAGO ARAUJO


Macaco Planetário, álbum de Thiago Araujo. Uma coletânea de dez anos de composições variadas, uma salada eletrônica de estilos diversos e um compilado de estudos musicais. Vinte e cinco faixas únicas, de funk, hip-hop, dub, drum n bass e sons indefiníveis, com algumas colaborações inesperadas

texto/ fonte: Estupendamente Patético

00:00 – 1. Um Novo Horizonte de Esperança
02:51 – 2. Amostra Funk
06:28 – 3. Molejismo
10:23 – 4. Limitada Malemolência
13:28 – 5. Tema Para Um Filme Engraçado
15:27 – 6. Um Deserto Inteiro pra se Afundar
19:45 – 7. Enfrente Sempre
23:18 – 8. Atrás Nunca
26:19 – 9. Drumba Moog
28:31 – 10. Persistência
31:20 – 11. Fase Cabulosa
35:12 – 12. Batuque Apoteótico
37:14 – 13. Colaboração Marginal
40:06 – 14. Quando Bate Aquela Leseira
41:56 – 15. Lembrando de Você Num Dia de Chuva
43:30 – 16. Sons da Mata Mental
47:38 – 17. Free Jasco
52:02 – 18. Slow Slow Down
54:54 – 19. Herói do Suspense
55:56 – 20. Beat Repeat
57:57 – 21. Trecho de Paisagem 2 – Piano Caos
1:00:45 – 22. Trecho de Paisagem 4 – Ecos do Além
1:03:44 – 23. Trecho de Paisagem 5 – Contatos Aterrorizantes
1:05:42 – 24. O Agitado Mundo da Animação
1:08:12 – 25. Noite Animal

Arte de capa por Carolina Bee Araújo, siga-a no Instagram @carolina.bee.araujo

Facebook – fb.com/thiago.araujo.965580
Instragram – @lsd250
Twitter – @lsd2500
WhatsApp: 041 98888-2449

Está álbum é compartilhando de acordo com as diretrizes do CopyLeft. 
Você é livre para:
Compartilhar – copie e redistribua o material em qualquer meio ou formato Adaptar – remixar, transformar e construir sobre o material para qualquer finalidade, menos comercialmente.
Sob os seguintes termos:
Atribuição – você deve dar o crédito apropriado, fornecer um link para a licença e indicar se as alterações foram feitas. Você pode fazer isso de qualquer maneira razoável, mas não de qualquer forma que sugira que o licenciante endossa você ou seu uso.
Semelhança – Se você remixar, transformar ou desenvolver o material, deverá distribuir suas contribuições sob a mesma licença do original.

Considere fazer uma doação de qualquer valor direto para a conta (do Thiago) do Paypal: massademodelartransparente@gmail.com

Se inscreve e fortaleça o canal Estupendamente Patético

REPORTAGEM DO JORNAL PLURAL (05/11/2019) ::: CURITIBA GANHA UM “SEBINHO” NOTURNO COM LIVROS A R$2,

Leandro Hammerschmidt com seu amigo e cliente, Chico Cardoso.

Sabe aquela ideia de menos é mais? Tem sebo que se orgulha de ser gigante. Tem um, agora, aqui em Curitiba, que tem prazer em se dizer pequeno. Nem sebo é. É sebinho.

A loja é tão míni que fica dentro de uma doceria, a Erva Doce. Surgiu pelas mãos de Leandro Hammerschmidt e do pessoal da FATO Agenda, um blog especializado em falar de vagas de comunicação e agenda cultural.

Neste fim de semana, 10 de novembro de 2019, tem a inauguração oficial do sebinho, inclusive com livros a R$ 2.

Vocês chamam o sebo de sebinho, no diminutivo. É pra ser pequeno mesmo?
A gente chama assim porque ele é um sebinho mesmo: uma salinha amarela, um corredor e um jardinzinho. Claro, a doceria (onde ele fica) até que é grande. Na verdade, por estar no centro da cidade, é beeeeem grande. Mas tem um lado lúdico em se chamar sebinho. Penso que esse nome carrega os diminutivos do Vinícius (de Moraes), da coleção “para gostar de ler”. Dos cajuzinhos de amor e tantas crônicas maravilhosas que se produzem do nada. “Tem uma salinha ali, monte um sebinho!”. É o que eu penso sobre o nome.

A ideia é financiar o FATO Agenda? Conta mais do projeto.
O blogue FATO Agenda tem 10 anos. É um projeto muito querido. Divulgamos vagas de emprego (em comunicação), oportunidades e agenda cultural de Curitiba. Mas nunca tivemos uma sede, um lugar pra gente se encontrar e bater papo. Daí pintou essa oportunidade do sebinho. Vamos ver se a gente consegue propor uns eventos de música e literatura, umas festas. No meio disso tudo a gente tenta vender uns livrinhos e discos pra investir mais tempo e dinheiro no blogue.

Como e onde vai funcionar o sebo? Vai ter todo tipo de livro?
O sebinho funciona (a principio) às sextas e sábados, das 19h à meia noite, dentro da Erva Doce Doceria Bar, na rua Paula Gomes, 380, no centro da cidade – pertinho do Torto. Como o espaço é pequeno, vamos trazer os melhores livros e discos possíveis. Literatura brasileira, literatura internacional, os clássicos, beatniks, poesia, literatura contemporânea, escritores locais. Pensamos em criar um espaço de língua estrangeira também.

Como é essa promoção dos 2 reais?
Isso mesmo: livros a dois reais. Informação parada na estante não serve para nada, né? Precisamos circular os livros. Todo mundo precisa fazer isso, inclusive. Botar os livros na roda. Então vamos selecionar o máximo de livros bons que a gente puder e colocar nesta promoção. Inclusive vamos tentar manter um cestão assim permanente na loja.

Serviço:
Inauguração Sebinho FATO Agenda
data: domingo, dia 10 de novembro, a partir das 14h
local: Erva Doce Doceria Bar, Paula Gomes, 380, São Francisco, Curitiba.
Aberto ao público.
Página do evento: aqui
Fanpage: www.facebook.com/sebinhoFATOagenda
Instagram: www.instagram.com/sebinhofatoagenda

Entrevista com Leandro Hammerschmidt publicada no JORNAL PLURAL, dia 5 de novembro de 2019, com texto do jornalista Rogério Galindo. Confira o link original, aqui.

CHICO SCIENCE, UM CARANGUEJO ELÉTRICO – DOCUMENTÁRIO NAÇÃO ZUMBI


Documentário “Chico Science – Um Caranguejo Elétrico. Um filme de 86 minutos exibido pela TV Globo Nordeste e GloboNews em 2016.

O documentário acompanha a carreira do mentor do Manguebeat através de imagens de arquivo, gravações inéditas e depoimentos de nomes como Fred Zero Quatro (Mundo Livre S/A), Jorge Mautner, Carlos Eduardo Miranda, Arnaldo Antunes, Paralamas do Sucesso, Dengue, Lucio Maia, Jorge Du Peixe e Toca Ogan.

Com participação de: Dona Rita, Gorete, Eurico, Mestre Meia Noite, Dj Dolares, Fred Jordão, Fred Zero Quatro, Xico Sá, Gil Vicente, Renato L, Stella Campos, Cannibal, Otto, Hilton Lacerda, Miranda, Jorge Davidson, Cadão Volpato, Marcelo Rubens Paiva, Paulo André, Liminha, Marcelo Yuka, Lorena Calabria Arto Lindsay, Bill Braggin, Gilberto Gil, Bid, Jorge Mautner, Arnaldo Antunes, Herbet Viana, Lenine, João Barone, Bi Ribeiro, Andre Jung.

Produção Geral: Ricardo Carvalho
Argumento, Roteiro e Direção: Zé Eduardo Miglioli
Produção Executiva: Carol Carvalho
Pesquisa e Roteiro: José Teles
Direção de Fotografia: Mariano Maestre
Direção de Produção: Petla Pammela
Montagem: Walter Kelcius
Finalização e Color: André Frakatt
Som Direto: Nicolau Domingues e Rafael Travassos
Produção Musical: Carlinhos Borges
Programação Visual: Coletivo Vacilante
Abertura: ZQuatro Studio
Locução: Germano Haiut
Edição de Som e Mixagem: Gera Vieira

Imagens de arquivo cedidas pela GLOBO
Imagens cedidas pelo CEDOC- TC Cultura/ SP
Programas Ensaio, Bem Brasil, Metropolis e Fanzine
RTV Produções GLOBO NORDETES GLOBO FILMES

fonte: Nação Zumbi (Oficial)

Escute Nação Zumbi no Spotify: aqui
Instagram:
aqui
Facebook:
aqui

LIVE SHOW – LUCUMAR NICASTRO, EDUARDO RAMOS E ITA BRASIL

Chegou mais um dia de música!!!

Venha curtir com a gente uma super LIVE SHOW da Lucymar Nicastro, Eduardo Ramos e Ita Brasil, dia 1 de outubro, quinta-feira, às 19h. Transmissão através do face: www.facebook.com/lucymar.nicastro.5

Repertório lindo e especial.

Quem puder, colabore com o cachê dos músicos!

Banco Itaú
Lucymar Cachuba Nicastro
Ag 7367
Conta 22698-7
CPF 442.920.409-82

Caixa Econômica
Lucymar Cachuba Nicastro
Agência 3877
Conta Poupança 000875354623-5
CPF 442.920.409-82

fonte

FCC LANÇA EDITAL PARA VIDEOCLIPES

Fundação Cultural de Curitiba lança edital, em caráter excepcional, para selecionar e apoiar financeiramente agentes culturais residentes em Curitiba que tenham Videoclipes (Solos ou Coletivos) na área da Música que, ao serem contemplados, venham a ser disponibilizados nas redes sociais da Fundação Cultural de Curitiba ou no Coreto Digital do Passeio Público – como forma de promoção e dinamização da economia da cultura no Município de Curitiba. INSCRIÇÕES ATÉ AS 12H DO DIA 21 DE SETEMBRO DE 2020.

Com relação às propostas de Videoclipes Coletivo, serão aceitas as produzidas até 15 de março de 2020, véspera da data na qual foi declarada Situação de Emergência em Saúde Pública no Município de Curitiba, em decorrência da infecção humana pelo novo Coronavírus (COVID-19), conforme disposto no Decreto Municipal nº. 421 de 16 de março de 2020.

Propostas elaboradas após 15 de março de 2020 com a participação de mais de um artista, gravadas em cenas individuais e editadas em um único material, deverão ser inscritas na categoria Videoclipes Solo.

Será disponibilizado para o presente Edital o valor de R$ 202.500,00 (duzentos e dois mil e quinhentos reais) destinados à contemplação de até 135 (cento e trinta e cinco) projetos, no valor R$ 1.500,00 (hum mil e quinhentos reais) cada.

As inscrições deverão ser realizadas no período entre as 18h do dia 16 de setembro de 2020 até as 12h do dia 21 de setembro de 2020, devendo o proponente respeitar os procedimentos estabelecidos neste Edital, aqui.

PROJETO BRASIS NO PAIOL 2020 SERÁ ONLINE E TERÁ 50 ATRAÇÕES

Novo formato quintuplica número de artistas participantes. Entre os nomes da edição de setembro estão Xênia França, Amaro Freitas e Brisa Flow.

Realizado em Curitiba desde 2012, o projeto Brasis no Paiol chega a sua oitava temporada com uma mudança no formato e número de apresentações. Os shows saem do tradicional Teatro do Paiol e passam a ser transmitidos pela internet, em cinco edições mensais com 10 atrações em cada, de setembro a janeiro de 2021. A principal razão para a alteração foi a impossibilidade de realização dos shows neste ano devido a pandemia.

A primeira edição vai ao ar nos dias 26 e 27 de setembro. No sábado, quem se apresenta é Xênia França, Brisa Flow, Alienação Afrofuturista convida Lemoskine, Sol.Katu Ê Maraca.Drum e a DJ Mitay. No domingo tem Amaro Freitas, Janine Mathias, Melina Mulazani, Ágatha Pradnik e Disco Veneno. As apresentações, de 30 minutos para shows e uma hora para discotecagem, serão no canal do Brasis no Paiol do Youtube e Twitch. Também serão transmitidos no perfil da Santa Produção do Instagram e Facebook.
As próximas datas do projeto serão nos dias 24 e 25 de outubro, 21 e 22 novembro, 19 e 20 de dezembro e 23 e 24 de janeiro.

Do teatro para a tela

Faltavam poucos dias para a divulgação da temporada 2020 do Brasis no Paiol quando a quarentena foi anunciada. O projeto, que contaria com 10 apresentações de abril a dezembro, no icônico Teatro do Paiol em Curitiba, entrou em pausa. Com a incerteza do retorno das atividades culturais ao vivo, o Brasis precisou ser reformulado.

“O Paiol é um local muito especial, os shows lá são sempre uma experiência incrível. Mas apesar de o projeto estar totalmente ligado ao espaço, não fazia sentido a gente esperar um retorno das atividades enquanto artistas e técnicos estão com sua atuação comprometida. Por isso nos esforçamos para que o evento fosse realizado ainda neste ano, adaptando seu formato”, explica a produtora Bina Zanette, uma das idealizadoras do projeto.

Com a alteração, o Brasis no Paiol teve a oportunidade de quintuplicar o número de artistas participantes, possibilitando monetizar um dos setores da economia mais prejudicado pelo isolamento social. Aumenta também sua abrangência, já que em vez dos 220 ingressos por show, poderá ser visto pelo público de qualquer lugar do mundo que tenha acesso à internet.

Brasis no Paiol

Desde 2012, os produtores Bina Zanette (Santa Produção) e Heitor Humberto (Fineza Comunicação e Cultura) realizam uma sequência de shows no Teatro do Paiol, com artistas de diferentes regiões do Brasil, bem como nomes da cidade. O objetivo é sempre apresentar novidades, lançamentos, estreias e projetos especiais de artistas com trabalhos de relevância artística, que gerem interesse do público curitibano. Até hoje, já foram mais de 70 apresentações.

Em 2020, o projeto é realizado com o Projeto de Apoio e Incentivo à Cultura, da Fundação Cultural de Curitiba e Prefeitura Municipal de Curitiba. Conta com o patrocínio do Ebanx e o apoio da Effex Tecnologia e Criação, Cliteriosa Comunicação e haharadio. 

Artistas que já passaram pelo projeto
Karol Conka (com Emicida e Kamau), Luedji Luna, Tulipa Ruiz, Anelis Assumpção, China, Siba, Aláfia, Metá Metá, Juçara Marçal, Pélico, Rael, Romulo Froes, Katia B, Ná Ozzetti, Passo Torto, Rico Dalasam, Trupe Chá de Boldo, Graveola, Alzira E, Fióti, Saulo Duarte e a Unidade, Patricia Bastos & Dante Ozzetti, Bianca Gismonti Trio, Macaco Bong, Felipe Cordeiro, Qinho, Badi Assad, Sambas do Absurdo, Janine Mathias, Hurtmold, Conde Baltazar, Rodrigo Campos, Melina Mulazani e Luciano Faccini, Apanhador Só, Naked Girls and Aeroplanes, Itaercio Rocha, Vitor Araújo, Trombone de Frutas, Du Gomide, Mundareu, Real Coletivo, Duofel com Carlos Malta e Robertinho Silva, Copacabana Club, entre outros.

SERVIÇO 
Brasis no Paiol em Casa – Edição de setembro
:: 26 de setembro, sábado, 18h
:: 27 de setembro, domingo, 18h

Transmissão:
twitch – /brasisnopaiol
youtube – Brasis no Paiol
facebook – /santaproducao
instagram – @santaproducao

OFICINA VIRTUAL – TELA E EMOÇÃO

O Pé no Palco – escola de teatro que tem sede física em Curitiba/PR e 25 anos de existência – está com inscrições abertas para a Oficina Virtual – Tela e Emoção – voltada para quem tem interesse em se desenvolver por meio de processos artísticos teatrais.

Utilizando-se da linguagem de séries “episódicas” esta oficina é a primeira de três temporadas de oficinas virtuais que acontecerão este ano! Nesta primeira temporada o tema será EMOÇÃO. É uma grande oportunidade, pois as aulas serão ministradas por toda a equipe de professores da escola.

Os artistas que compõe o grupo de professores dos Cursos Livres de Teatro – ErtaAle, Vanessa Corina, Conde Baltazar, Alini Maria, Pedro Bonacin, Zime Bagana e Fátima Ortiz – estão em um trabalho intenso e peculiar de adaptação da metodologia psicodinâmica do palco para as telas desde março de 2020. Vivendo uma fase cibernética, a escola já declarou em suas redes sociais que estes cursos virtuais continuarão acontecendo mesmo quando puderem abrir suas portas novamente, pois além de possibilitar trocas entre pessoas do mundo todo, aspectos artísticos diferentes são trabalhados nesta vertente, que tem muito a contribuir para quem se interessa por processos de sensibilização artística e aprimoramento das capacidades de comunicação.

SERVIÇO: 
1ª TEMPORADA OFICINA VIRTUAL – TELA E EMOÇÃO
12 de setembro a 03 de outubro de 2020
Sábados – 10h ao 12h
Para saber mais informações sobre conteúdos, valores, plataforma virtual e certificação, entre em contato com a escola pelas suas redes sociais – Instagram: @penopalco ou Facebook: www.facebook.com/pe.nopalco