DOC “FINA CAMADA DE GELO”

Com direção de Vinicius Ferreira, a produção é um recorte sobre a cena musical autoral da capital paranaense e faz parte de um projeto maior e homônimo, cujo lançamento ocorreu em outubro de 2017, com o livro de Eduardo Mercer, “Uma Fina Camada de Gelo: O Rock Autoral e a Alma Arredia de Curitiba“.

 Fina camada de gelo from rock curitiba on Vimeo.

Ficha técnica:
Direção e produção – vinicius ferreira
Direção de fotografia – vinicius gennaro
Produção executiva – fabiano neves
Roteiro – manoel de souza neto
Artes gráficas – castro pizzano
Videografismo – vinicius brandão
Montagem – vinicius ferreira/matheus dutra acervomusin/orlando azevedo
Câmera – danilo custódio/matheus dutra/vinicius gennaro/vinicius ferreira
Colorista – thiado maceno
Drone – leonardo salomão
Suporte – isabela lanave/walter thons/matheus dutra
Som – luigi castel/lucas maffini/guilherme hahn
Desenho de som – eduardo alves
Pesquisa de trilha sonora – manoel de souza neto/digão duarte/vinicius ferreira
Assessoria de imprensa – de inverno comunicação/adriane perin
Mídias sociais – de inverno/marcos paulo anubis
Distribuição – etno filmes
Apoio – anotherother/mangle music/musin/casatreze studio/soy latino bar
Aagradecimentos – a todos que fazem parte dessa história
Elenco – helinho pimentel/paulo teixeira/eduardo mercer/fernando tupan
rodrigo del rei/margot brasil/marcel felipe prestes/guto dias
jr ferreira/fábio elias/adriane perin/wallace barreto
fabiano neves/victor frança/daniel azulai
manoel de souza neto/eduardo pizzato/bernardo bravo
rayssa fayet/estrela leminski/téo ruiz/léo fressato

FRONTEIRIÇA, O PRIMEIRO ÁLBUM DE ROSEANE SANTOS

Roseane Santos. Crédito foto: Luciano Faccini

Com mais de quinze anos de carreira, Roseane Santos brinda esse novo tempo com disco solo estreando como compositora e convida todos a participarem. O novo trabalho está em fase de finalização e conta com financiamento coletivo na plataforma Benfeitoria para custear suas últimas etapas

Fronteiriça, primeiro álbum da cantora Roseane Santos reúne 10 canções, dentre textos escritos pela própria artista e parcerias com amigas e amigos artistas da música, teatro, literatura e dança (como Luciano Faccini, Leonarda Glück, Ary Giordani, Francisco Mallmann, Bia Figueiredo e Ana Modesto), e resulta de uma vasta bagagem de vida e música.

Reconhecida como uma das vozes mais marcantes da cena curitibana e intimamente ligada aos universos do samba e ritmos afro-brasileiros (com passagens marcantes por projetos como Serenô, Orquestra Maria Faceira, grupo vocal Noivas de Allfreddo e muitos outros), Roseane Santos agora deseja compartilhar com o mundo um novo diálogo com suas próprias origens.

“Lançar esse trabalho é como mostrar ao mundo um cruzamento de regiões da minha própria existência. São anos de pesquisa na minha caminhada entre a música tradicional e a canção contemporânea revelados ali. O disco tem um pouco de cada coisa que fiz ao longo da minha história e não é experimental no sentido de buscar algo que nunca fiz. Me assumir como compositora é a ruptura mais importante para mim neste momento, meu divisor de águas”, conta.

O novo trabalho conta com André Garcia no violão, guitarra e arranjos-base, Gabriela Bruel na percussão, Daniel D’Alessandro na bateria, Victoria Vilandez no contrabaixo e Luciano Faccini no clarinete, violão, efeitos, ambientações, direção artística — ao lado da própria Rose — e produção musical em parceria com Leonardo Gumiero. Quem assina a arte é Thalita Sejanes e a produção executiva é de Moira Albuquerque. O álbum também traz várias participações especiais que estão sendo preparadas.

COLABORE COM FRONTEIRIÇA – Além de apoio do Colégio Medianeira obtido em suas fases iniciais, o projeto agora conta com o famoso financiamento coletivo para contemplar despesas de mixagem, masterização, lançamento (assessoria de imprensa, distribuição física e virtual) e melhora da remuneração da equipe (12 profissionais, entre músicos, designer e produtores)

As contribuições partem de R$ 15 e oferecem diversas recompensas, como ingressos para shows de FRONTEIRIÇA, download de faixas exclusivas antes do lançamento oficial e convites para o evento de audição das músicas com toda a equipe. Agora, você que é fã do trabalho de Roseane Santos e conhece seu repertório, aproveite a chance de ajudar esse projeto e ganhe também um vídeo gravado pela própria Rose cantando a música que escolher dedicada a você.

confira a página da campanha do Benfeitoria www.benfeitoria.com/fronteiricaroseanesantos

> saiba mais sobre a música de Roseane Santos:
www.soundcloud.com/roseane-santos/

> fanpage
www.facebook.com/cantoraroseanesantos

LINK´S INTERESSANTES!

Esta página tem todos os links que encontramos para você conseguir um emprego, um frila, uma bolsa, enfim, uma oportunidade regional, nacional e até internacional! Na sequência temos links de parceiros comerciais e apoiadores do site FATO Agenda; No quarto bloco temos os sites de jornalistas, blogueiros, escritores, músicos e outras pessoas interessantes; E por último temos links interessantes (com ferramentas) para quem trabalha com design!

Cada link aqui tem seu valor e utilidade, aproveite!!!

GRUPOS NO FACEBOOK
– Vagas de Comunicação no PR
– Vagas Grupo Estágios UTFPR 
– Vagas de Comunicação e MKT em Curitiba
– Marketing Digital Curitiba

Vagas para profissionais de comunicação (NACIONAL)
Vagas – Marketing Digital – Curitiba
– Grupo Marista Carreiras

VAGAS EM AGÊNCIAS (CURITIBA E SP)
– Vagas na Agência i-cherry & Mirum Agency (Curitiba e SP), aqui
– Vagas na Agência GhFly (Curitiba e São Paulo-SP), aqui
– Vagas na Agência WX (Curitiba), aqui

VAGAS E OPORTUNIDADES:
– Vagas Sesc Paraná
–  IJnet – rede de jornalistas internacionais
– Vagas | ONU BRASIL – nacional
– Blog CONCURSOS LITERÁRIOS
– Partiu Intercâmbio – Intercâmbio, bolsas de estudos, viagem 
– ParanáCine – infos, mostras, editais de cinema
– Intercâmbio, Bolsas – ESTUDAR FORA – Internacional
 Vagas Com. e Geral + MEU NOVO TRABALHO – CTBA

– Facebook – CONCURSOS ARTE, Design + Mundial
– Facebook – Concursos – DESIGN CONCURSOS + Mundial
– Facebook HÁ VAGAS + vagas Comunicação – PR e SC
– GRPCOM + vagas Com., Mkt, TV – Paraná
– Associação de Vídeo e Cinema do Paraná – Avecpr
– Processos Seletivos / NA PRÁTICA – Nacional
– Bolsas de Estudo – UNIVERSIA – Internacional
– Está disponível? – Nacional
– Bab.La Estágios Brasil – Nacional e Internacional
– Univesp TV – Cursos livres p/ todos
– Buscador de empregos JOOBLE
– Capivalley >> Portal de startups CWB/PR
– Concursos e editais – PCI – Nacional
– Concursos Atuais – Nacional e Curitiba
– Concursos, Estágios – BLASTING NEWS + Internacional
– Concursos e empregos – G1 – Nacional
– Twitter VAGASPR + vagas GERAL – Paraná

– Concursos, melhores frases – BAÚ DA PROMOÇÃO
– Direitos dos Jornalistas
– ESTÁGIO E TRAINEE 2013 + Nacional
– MULTIPLICADOR DE TRAMPOS + vagas Com. – Nacional
– Outros Concursos Literários
– Primeiro Emprego Curitiba
– Quem quer ser trainee?
– Roteiro de Cinema
– SindiJor – PR
– CLUBE DE CRIAÇÃO DO PARANÁ
– Casa 102 – Um lugar para compartilhar
– Novo em Folha (jornalismo)
– VAGAS EM COMUNICAÇÃO + Nacional
– Vagas Com. + JOBS EM COMUNICAÇÃO – Nacional
– Vagas Com. + JORNALISTAS FREELAS – Nacional
– Vagas Com. + Mkt, Design – TRAMPOS + Nacional
– Vagas Com. Social + BLOG NOVO EM FOLHA – Nacional
– Vagas Com. e Geral + INDEED – Curitiba e Nacional
– Vagas Com. e afins + ACHE UM JOB – São Paulo
– Vagas Design, Prog. e PP + NA LABUTA – Nacional
– Vagas Geral + CENTRAL DO ESTÁGIO – Paraná
– Vagas MKT E COMUNICAÇÃO – Nacional
– Vagas, frilas, com., des., foto + PROLANCER – Nacional
– Twitter TRAMPOS+ vagas Com. Digital e PP – Nacional
– Twitter VAGAS_Mkt – Nacional
– Vagas Com. e afins + BLOG DO COUT – Nacional
– Vagas no Grupo Positivo (Curitiba)
– Vagas no Grupo Marista (Curitiba)

OUTROS
– Vagas no Grupo Boticário, aqui

PATROCÍNIO:
Loja Das Pulgas
Goleiro de Aluguel
 – ICWB – loja e assistência técnica

 – Evilazio Transportes
 – Leandro Hammerschmidt
 – Tramma Ateliê

APOIO & PARCERIAS:
Na-Nu – Arte, Cultura e entretenimento
Tecnicópias – Impressão Digital

Tecnicópias – Impressão Digital (facebook)
Tradução de Currículos / Inglês/Espanhol
Pandeluc Brechó
Fotógrafa: Sabrina Hammerschmidt
Dálie Felberg Fotografia (facebook)
Biondo Artwork
Rodrigo Kolb Apps
Just Virtual

VARIEDADES:
FRANCOfonia
Entretenha-me
Franco das Camélias (música)
Jornal TiraGosto (trash jornalismo)
Banguê – Ritmo, Poesia & Consciência
Blog Cinema em Curitiba (programação gratuita)
Selo (musical) Onça discos
–  A Escotilha – Cultura independente

Marcelo Veiga Fotografia
Livre.jor (jornalismo de dados)
Amareloroque – Criações de Jeová Pereira Lima
Futebol Metrópole (Leonardo Bonassoli)
Selvática Ações Artísticas
Fotógrafa: Melissa Andreata
Siguilita no espaço (literatura)
de gaveta/ cristina seciuk (literatura)
Esparsas Palavras / Felippe Aníbal (literatura)
O Caixeiro dos contos (literatura)
A musicoteca – plataforma de música com artistas novos
Leandro Hammer (músicas)
Um tanto cinzento (crítica)
claque ou claquete (cinema)
PBF Comics (tirinhas foda!)
Revista IdeaFixa
Esfera Pública
MiReflexo (literatura)
Pepino Circense (humor)
Corrente fria, corrente quente (teatro)

UTILIDADES:
Tiny Png – site pra comprimir fotos (com qualidade)
–  Nosso post – com 53 bancos de imagens gratuitos
Site contador de caracteres
Lorem Ipsum – link gerador de texto
Avctoris – (lê-se “auktóris”) uma startup focada na proteção de direitos autorais e gestão desses direitos

Canva – Usando o Canva, você pode criar (gratuitamente) gráficos,  posts para mídias sociais e vídeos com qualidade profissional.

Para quem está procurando emprego recomendo que entre no grupo de e-mails da Elenize de Poli. Para isso basta mandar uma e-mail com o assunto “vagas” para elenizedepoli+subscribe@googlegroups.com / todos os dias ela manda e-mails com vagas para CURITIBA. Minha dica é criar/inscrever um e-mail só para receber essas vagas, pois ela manda muitos e-mails por dia (muitos mesmo!), e para todos os tipos de vagas e cargos.

Se você tiver links interessantes  para indicar (nessa linha: com vagas e oportunidades) mande para leandro.hammer@gmail.com

BAZAR “DUVIDO VC COMPRAR UM LIVRO”

Livros barateza! A partir de 2 reais nesta SEXTA (8/9) e SÁBADO, a partir das 19h,  no Bazar “DUVIDO VC COMPRAR UM LIVRO” na Erva Doce Doceria Bar, Rua Paula Gomes, 380, centro de Curitiba – quase esquina com rua Duque de Caxias.

Além de livros, teremos discos de vinil, suculentas e vasinhos de cimento!  Se pá, teremos roupas y otras cositas más. Uma oportunidade de você escolher um presente para a alma do seu pai! Sem falar nas comidinhas maravilhosas da doceria!!! Pizza margherita! Coxinhas veganas! Chope gelado! E cerveja também! A feira de sexta começa às 19h e vai até de madrugada! Venha!

Vamos contar uma novidade:
O blogue FATO Agenda tá com o SEBO FATO agenda.  Uma sala, um sebinho, na Erva Doce Doceria Bar, no centro de Curitiba. Será um jeito da  gente financiar nossas atividades. Então, se vc gosta do trabalho do FATO Agenda, bora prestigiar! 

Livros
Livros de todos os tipos: literatura brasileira, universal, coletâneas, livros técnicos, livros infantis em inglês, revistas e gibis. Livros a partir de R$2, pra todo mundo sair carregado de livros do bazar!

Discos
Mais de 800 discos de vinil. Bons descontos. Discos de rock, samba, mpb, música erudita, discos compactos.

Erva Doce Doceria Bar
Uma doceria charmosa no centro boêmio da cidade! Com doces, pizzas, chope artesanal e bebidinhas doces. A doceria tem agora (dentro dela) o SEBO FATO Agenda. Um lugarzinho lindo! Com jardim! Vale a pena conhecer!

Serviço:
DUVIDO VC COMPRAR UM LIVRO
Data: sex (8/9) e sábado, a partir das 19h – até a madrugada
Local: Erva Doce Doceria Bar, Rua Paula Gomes, 380, São Francisco, Centro de Curitiba
Entrada gratuita!
Página do evento, aqui
Informações sobre o bazar: (41) 99745-5294 / leandro.hammer@gmail.com

PROGRAMA CURITIBANEANDO COM DANIEL D’ALESSANDRO E FRANCO DAS CAMÉLIAS

Ouça aqui o programa Curitibaneando (da  Radio Cultura de Curitiba) com Daniel D’Alessandro e Franco das Camélias. Gravado dia 01 de agosto de 2019. Apresentação: Barbara Kirchner

“Dentre as canções escolhidas estão algumas do disco Ao Vivo no Ampli do Infinito e, especialmente, parcerias do Franco com o Luís Vaz de Camões. Em uma conversa sensacional, ele nos conta como nasceram algumas músicas a partir de Os Lusíadas em um impulso do amigo Gabriel Dória Rachwal.

Abraços especiais para Os Monges da Lapa nas figuras de Leandro Hammerschmidt e ao Evilásio Hammerschmidt, à tudo o que acontece através da FAP e, também, àqueles que apareceram nas memórias do nosso encontro: Roseane Santos, André Carvalho e sua guitarra, Thai Borges, Cacau e os Farrapos e à turma do Ireno no Kelvin de Souza e Matheus Mantovani.”

Ouça https://francodascamelias.wordpress.com

Uma hora inteirinha com os compositores que têm raízes na capital dos pinheirais só na Rádio Cultura de Curitiba, a mais livre de todas!

Sintonize a AM930 ou ouça de qualquer lugar do planeta no
www.cultura930.com.br/curitibaneando

#curitibaneando #cultura930 #FATOagendaCultural

5ª FEIRA DE LIVROS E DISCOS ERVA DOCE DOCERIA BAR

 

NESTA SEXTA-FEIRA, dia 7 de junho, a partir das 18h, a Erva Doce Doceria Bar promove sua 5ª Feira de Livros e Discos! Com livros e discos a partir de R$3,00. A feira começa às 18h e vai até às 23h45 (ou mais!). A Erva Doce Doceria Bar fica na rua Paula Gomes, 380, Centro de Curitiba. Entrada gratuita!

Venha aproveitar nossos mega descontos!!!

A quinta edição da feira de livros e discos é uma parceria entre a Erva Doce, a Loja das Pulgas / Amigo Animal e o blogue FATO Agenda.

Livros
Livros de todos os tipos: literatura brasileira, universal, coletâneas, livros técnicos, livros infantis em inglês, revistas e gibis. Livros a partir de R$3,00, pra todo mundo sair carregado de livros da feira!

Discos
No acervo, mais de 800 discos de vinil com bons descontos. Discos de rock, samba, mpb, música erudita, discos compactos.

Vale lembrar que a Loja das Pulgas comercializa as doações da Amigo Animal – associação sem fins lucrativos que abriga mais de 1000 cachorros resgatados (em Curitiba e região) e os encaminha vacinados, castrados e desverminados para adoção responsável. Então as vendas das feiras vão contribuir com esse trabalho!

Local: Erva Doce Doceria Bar
Uma doceria charmosa no centro boêmio da cidade! Com doces, pizzas, chope artesanal e bebidinhas doces. A doceria tem um teatro dentro ainda, um lugar que vale muito a pena conhecer!

Serviço:
5ª FEIRA DE LIVROS E DISCOS ERVA DOCE DOCERIA BAR
Data: 7 de junho, sexta-feira, das 18h às 23h45 
Local: Erva Doce Doceria Bar, Rua Paula Gomes, 380, São Francisco, Centro de Curitiba
Entrada gratuita!
Página do evento, aqui
Informações sobre a feira: (41) 99745-5294 / leandro.hammer@gmail.com

Fanpages: 
Erva Doce Doceria Bar: www.facebook.com/ervadoce.doceriabar/
Fato Agenda:https://www.facebook.com/FatoAgenda/
Loja Das Pulgas: www.facebook.com/lojadaspulgas/
Associação do Amigo Animal: www.amigoanimal.org.br

“ERA O VENTO”, NOVO LIVRO DE CONTOS DE CARLOS MACHADO EXPLORA COM DELICADEZA A COMPLEXIDADE DOS NOSSOS TEMPOS

Os doze relatos que formam o volume tratam de questões como a imigração, as políticas sul-americanas e a incomunicabilidade diante do discurso non-sense.

A literatura do escritor e músico curitibano Carlos Machado é testemunha da mudança dos tempos e das pessoas. Seus personagens flutuam pelos espaços das cidades, desenhando pelas muitas ruas e esquinas uma trajetória a esmo, enquanto estão conscientes de que são sujeitos ausentes ou perdidos. Era o vento (140 páginas, Editora Patuá), que será lançado no dia 25 de maio, às 14h30, no Café Tiramisù, reúne contos escritos durante o trânsito do autor entre o Brasil e a Suíça, refletindo os caminhos que unem e apartam os seres humanos.

Para além do olhar sobre Curitiba, que é a figura central em muitos dos seus trabalhos anteriores, Machado constrói histórias que sustentam sobre temas como a inquietude frente ao outro, a (i)migração, a mobilidade e a imobilidade, as ditaduras, as guerras e o desejo de controle. “São temas que parecem distantes, mas que na verdade estão muito presentes”, explica o escritor, “e, por mais que eu achasse que tinha mudado o fio fundamental da minha obra – o desejo da solidão e o medo de ser solitário –, ele volta e se torna central outra vez, porém, transformado na busca por alguma coisa que nem sempre se sabe o que é”.

As narrativas se desenrolam em suas multiplicidades e variações, puxadas pelo anseio do autor em de viajar com o leitor para cada canto descrito nos contos. O olhar de Carlos Machado não se prende ao óbvio, ressignifica o cotidiano ao ler o mundo e interpretá-lo de uma maneira singela e muito pessoal.

Sangue latino
Em Era o vento, Machado volta a explorar aquele que foi o ponto de fuga em Balada de uma retina sul-americana (2004): a relação do brasileiro com a sua própria latinidade. Com sutileza e densidade, o conto “Latinoamérica” traça um olhar certeiro sobre a impossibilidade e resistência da construção de uma identidade em um continente como a América do Sul.

“Em nome do pai, amém” é um relato sensível, e às raias do expressionismo, que se desenvolve por meio das vidas de duas pessoas separadas pela guerra. Nos lugares ocupados pelas cidades existe somente um deserto e o vazio deixado pelo silêncio. “É o contraponto da minha multidão”, comenta Carlos sobre uma das suas obsessões literárias: a invisibilidade urbana.

“A Mesma moeda” é comovente ao tratar da imigração através das tradições familiares, tema que percorre também “Janela” e “A Visita”. Já “Renúncia”, conto escolhido para compor a antologia Off Flip 2019, narra, ao som da fadista Amália Rodrigues, a separação de um casal durante uma viagem à terra de Cabral. “Malheureusement, mon cher” é como filme da nouvelle vague: ruas, casais que se encontram e desencontram nos labirintos e cruzamentos, que usam as palavras como facas ou papel picado jogado ao vento. São pessoas que vão e vêm, passando à vista do narrador sentado na janela de um café. É como se a garota de Ipanema passeasse em um doce balanço no Calçadão da Rua XV.

Conflito
Os doze textos de Era o vento são uma anatomia do conflito e da inércia que, não por acaso, dá nome ao conto que abre o livro. À medida em que as diferenças se assomam, os abismos se aprofundam e se tornam intransponíveis. Para compor esse cenário, Carlos Machado brinca com os idiomas. O português, o francês e o alemão se misturam para (de)mo(n)strar as barreiras e rupturas possíveis. “As linguagens carregam todas características culturais e sociais de um povo. Quando muda o idioma, você não está alterando só as palavras, mas todo o conceito. Se um personagem fala em alemão, ele rompe o que se esperava. E aí vem outra questão: o que significa ser alemão?”

O conto “Criar raízes” é, com inteligência, uma antítese de seu próprio título. Novamente, um casal que procura na cidade as razões para que as relações – entre si e com o mundo – continuem existindo tal qual o dilema do alpinista, proposto por de Reinhold Messner: a ironia entre a inutilidade e a necessidade de escalar uma montanha.

E a montanha pode ser a metáfora para tudo. Elias, protagonista do conto que dá título ao volume, vive ensimesmado entre a vida de solteiro, suas inúmeras possibilidades, e o fardo, cada diz mais pesado, de precisar ter uma esposa e filhos. O mesmo mal acomete o personagem de “Apenas uma perspectiva”, um homem que almoça sozinho aos domingos, vítima da pena de quem senta nas mesas próximas. Na contramão das expectativas, aquele sujeito, à primeira vista solitário, é o único que pode, sem concessão alguma, chegar, sentar onde bem entender e sair na hora que quiser.

Com Era o vento, Carlos Machado se consolida como um dos grandes narradores contemporâneos, capaz de examinar sem hipocrisia a fragilidade das relações humanas e extrapolar os limites geográficos da sua literatura.

Sobre o autor
Carlos Machado nasceu em Curitiba, em 1977. É escritor, músico e professor de literatura e línguas estrangeiras. Publicou os livros A Voz do outro (contos 2004, 7Letras), Nós da província: diálogo com o carbono (contos 2005, 7Letras), Balada de uma retina sul-americana (novela 2006, 7Letras), Poeira fria (novela 2012, Arte & Letra), Passeios (contos 2016, 7Letras) e Esquina da minha rua (novela 2018, 7Letras).

Tem contos e outros textos publicados em diversas revistas e jornais literários (Revista Oroboro, Revista Ficções, Revista Ideias, Revista Philos, Revista Arte e Letra, Jornal Rascunho, Jornal Cândido, Jornal RevelO etc.), participação nas antologias “48 Contos Paranaenses” (2014), organizada por Luiz Ruffato e “Curitiba Literária” (2019) com a curadoria de Rogério Pereira. Foi finalista do prêmio Off Flip de literatura (contos) 2019.

Na música, lançou os CDs Tendéu (2008), Samba portátil (2010), Longe (2012), o DVD ao vivo (Teatro Guairinha) Longe e outras canções (2012), o trabalho em espanhol Los Amores de paso (2013), Bárbara (2015) e DESencontro (2017), seu trabalho mais recente.

Para saber mais, acesse: www.carlosmachadooficial.com

Serviço:
Era o vento (140 páginas, Contos)
Carlos Machado
Editora Patuá
R$ 40

Lançamento | Era o vento
Quando: 25 de maio, sábado | 14h30
Local: Café Tiramisù – anexo ao Museu Guido Viaro
Endereço: Rua XV de Novembro, 1330 – Centro, Curitiba – PR
Telefone: 41-99994-4580

SACOLÃO DOS LIVROS, UM EVENTO PARA APROXIMAR OS LEITORES DA PRODUÇÃO INDEPENDENTE DE CURITIBA

Neste sábado, dia 9 de março, teremos a terceira edição da Sacolão dos Livros – A Trilogia – no pátio da reitoria da UFPR, Rua XV de Novembro, 1299, centro de Curitiba. Das 10h às 17h. O espaço é aberto. A entrada é gratuita! 

“Sabe aquele ditado que diz: Se você quer algo bem feito, faça você mesmo?

Foi pensando como autores independentes e como amantes de livros que quisemos dar um passo adiante na dura jornada de publicação e vendas literárias da nossa cidade (e do nosso país).

Surgiu assim a ideia de criar um evento.

Mas vamos mesmo fazer um evento?
Sinceramente, junto com essa pergunta surgiu ansiedade. Não tínhamos feito nada parecido antes, então como seria arrumar um lugar, público e convidar os autores e artistas? Mas numa época em que o ramo das artes e da educação são constantemente ameaçados, a necessidade de divulgar não apenas livros, mas ideias, foi maior e sabíamos que era possível organizar um evento voltado a esse tema, sim.

Evento, era uma palavra forte, já que acabávamos de sair da Megacon (mais especificamente do Literatiba 2018) quando surgiu a ideia de reunir autores independentes para promover e vender seus materiais. Chamar de feira, seria uma boa ideia, mas novamente nos deparamos com o tamanho das outras “feiras” que haviam na cidade e como era a PRIMEIRA vez que produzíamos algo do tipo, não queríamos que o nome atribuísse uma expectativa tão alta para algo que só começava.

Foi então que esprememos nossos cérebro e vasculhamos sinônimos até chegamos a um termo agradável. Surgia assim o Sacolão dos Livros. É, sabe? como a feira do verdurão que sempre rola nas cidades, por ai. Nossa ideia não era agregar, show, comida ou outras coisas que não fossem exclusivamente o comércio e contato entre os próprios produtores da cidade, com seus leitores.

Ao pesquisar, descobrimos que as pessoas teriam uma facilidade imensa de chegar a um querido lugar dessa cidade, a Reitoria da UFPR (O que não poderia ser mais conveniente até pelo nome, porque, sabia que lá sempre rola um verdurão toda quarta feira? rs). Uma localização central, aberta e de fácil acesso ao público. E no dia 08 de dezembro realizamos o 1º Sacolão dos livros, com uma participação MUITO legal de expositores e público.

Mas afinal o que é o Sacolão dos Livros e pra que serve?
O sacolão dos livros é um pequeno evento/feira iniciado em 2018 com intuito de oferecer aos autores e editoras independentes um espaço para venda de livros e outros materiais relacionados como itens de papelaria, zines, agendas e etc. Centralmente nossa preocupação era que pudéssemos criar um evento de baixo custo e que ocorresse mensalmente, de modo que a venda e a divulgação dos nossos colaboradores fosse constante.

A primeira edição que ocorreu no fim do ano passado foi a primeira empreitada e consideramos um teste. Os expositores presentes continham os mais variados materiais de fantasia, história e até literatura infantil. Muitos também estavam ali com intuito de renovar as prateleiras de casa e a coleção pessoal, revendendo livros, revistas e realizando trocas. Com o sucesso de vendas e um fluxo de público excelente, decidimos continuar com o sacolão ao longo do ano de 2019.

Queremos tanto continuar ajudando e participando que seguiremos com duas edições já no início do ano! Em 23 de fevereiro e 09 de março. Então se você é autor independente ou editora e deseja expor o seu trabalho pode entrar em contato pelo evento do facebook para participar! Se você é apenas um aficionado por literatura e não se importa de comprar livros usados, também temos chamada para sebistas. O evento é aberto ao público e estará montado durante os dias das 10 às 17 horas no Hall de entrada da Reitoria!

Confira a fanpage da Laboralivros no facebook e o link do evento, não deixe de vir!

fonte / texto: Laboralivros

II CONCURSO LITERÁRIO: INSCRIÇÕES ABERTAS

Crédito: imagem retirada do site da Editora UFPR

A Editora UFPR lança o Edital para a 2ª Edição do seu Concurso Literário. Neste ano, o gênero literário escolhido foi conto. O Concurso tem como objetivo  incentivar a criação artística e literária, colocando novos autores em circulação.

Em 2018,  Thássio Ferreira foi vencedor da 1ª Edição e teve seu livro de poesias “Itinerários“, lançado pela Editora UFPR.

Como ocorreu na edição anterior, como prêmio, o vencedor terá seu livro publicado pela Editora UFPR e lançado na XVII Feira do Livro da UFPR e 38ª Semana Literária do Sesc, que será realizada no mês de setembro.

As inscrições poderão ser realizadas até dia 26 de março.

Confira o edital, aqui

texto/fonte: Editora UFPR