PRÊMIOS LITERÁRIOS NACIONAIS COM INSCRIÇÕES ABERTAS ATÉ O DIA 17 DE MAIO

Escritores de todo o Brasil poderão participar do IV Prêmio Cepe Nacional de Literatura e do I Prêmio Cepe Nacional de Literatura Infantil e Juvenil, certames realizados pela Companhia Editora de Pernambuco com inscrições abertas até o dia 17 de maio. Os editais estão disponíveis para consulta no site www.cepe.com.br e as inscrições deverão ser feitas exclusivamente por meio digital.

Os concursos estão voltados para brasileiros, residentes no país ou no exterior, bem como estrangeiros naturalizados. Cada participante poderá inscrever apenas uma obra inédita (original não publicado parcial ou integralmente), escrita em português, com tema livre.

O Cepe Nacional de Literatura selecionará os melhores trabalhos em Romance, Conto e Poesia, concedendo prêmios no valor de R$ 20 mil aos primeiros colocados por categoria, além da publicação da obra. As inscrições serão feitas através do e- mail premiocepenacional@cepe.com.br

Para o I Prêmio Cepe Nacional de Literatura Infantil e Juvenil, as inscrições serão feitas através do e-mail premioinfantojuvenil@cepe.com.br. Para a categoria Infantil serão aceitas obras voltadas para leitores iniciantes e em processo (a partir de 6 e 8 anos, respectivamente) e para a Juvenil, trabalhos voltados para leitores fluentes ou críticos (a partir dos 10 e 12 anos, respectivamente. Os vencedores receberão prêmio de R$ 10 mil por categoria, tendo também o livro publicado pela Cepe Editora.

O resultado será anunciado até o dia 30 de novembro e publicado no Diário Oficial de Pernambuco, portal da Cepe (www.cepe.com.br), do Governo do Estado, site da editora (www.editora.cepe.com.br), além das redes sociais. Esclarecimentos poderão ser feitos através do e-mail duvidaspremio@cepe.com.br

NESTE SÁBADO ::: 1ª FEIRA DE LIVROS E DISCOS ERVA DOCE DOCERIA BAR

Neste sábado, dia 14 de abril, a Erva Doce Doceria Bar promove sua sua 1ª Feira de Livros e Discos! Com livros a partir de R$3,00, centenas de discos de vinil, comidinhas maravilhosas, chope artesanal e bebidinhas quentes! E música ao vivo a partir das 18h com CARATUVA CHORO TRIO.

A feira é uma parceria entre a doceria mais charmosa do centro de Curitiba e a a Loja das Pulgas, Amigo Animal e o blogue FATO Agenda. Aproveite os mega descontos desta feira!!!

Livros
Livros de todos os tipos: literatura brasileira, universal, coletâneas, livros técnicos, livros infantis em inglês, revistas e gibis. Livros pra todos os gostos e bolsos! Aproveite o cesto de livros com preço único. Livros a partir de R$3,00 – pra todo mundo sair carregado de livros da nossa feira!

Discos
No acervo, mais de 800 discos de vinil com até 30% em descontos. Duas caixas de “3 discos por R$10,00”. Discos de rock, samba, mpb, música erudita, compactos.

Vale lembrar que a Loja das Pulgas comercializa as doações da Associação do Amigo Animal – associação sem fins lucrativos que abriga mais de 1000 cachorros resgatados (em Curitiba e região) e os encaminha vacinados, castrados e desverminados para adoção responsável. Então as vendas das feiras vão contribuir com esse trabalho!

Erva Doce Doceria Bar
Uma doceria charmosa no centro boêmio da cidade! Com doces, pizzas, chope artesanal e bebidinhas doces. A doceria tem um teatro dentro ainda, um lugar que vale muito a pena conhecer!

Caratuva Choro Trio
Eba!!! Música ao vivo confirmado na 1ª Feira De Livros E Discos Erva Doce Doceria Bar!!! Chorinho por conta CARATUVA CHORO TRIO no Erva Doce: às 18h.

Serviço:
1ª FEIRA DE LIVROS E DISCOS ERVA DOCE DOCERIA BAR
Data: 14 de abril, sábado, a partir das 16h (segue noite adentro!)
Local: Rua Paula Gomes, 380, São Francisco, Centro boêmio de Curitiba
Página do evento, aqui
Informações sobre a feira: (41) 99745-5294 / lojadaspulgascwb@gmail.com
Fanpage: Erva Doce Doceria Bar
Fanpage: Loja das Pulgas
Associação do Amigo Animal: www.amigoanimal.org.br

Produtos da Loja das Pulgas no MercadoLivre, aqui. Alguns discos da loja, aqui

PRÊMIOS LITERÁRIOS NACIONAIS COM INSCRIÇÕES ABERTAS ATÉ O DIA 17 DE MAIO

Escritores de todo o Brasil poderão participar do IV Prêmio Cepe Nacional de Literatura e do I Prêmio Cepe Nacional de Literatura Infantil e Juvenil, certames realizados pela Companhia Editora de Pernambuco com inscrições abertas até o dia 17 de maio. Os editais estão disponíveis para consulta no site www.cepe.com.br e as inscrições deverão ser feitas exclusivamente por meio digital.

Os concursos estão voltados para brasileiros, residentes no país ou no exterior, bem como estrangeiros naturalizados. Cada participante poderá inscrever apenas uma obra inédita (original não publicado parcial ou integralmente), escrita em português, com tema livre.

O Cepe Nacional de Literatura selecionará os melhores trabalhos em Romance, Conto e Poesia, concedendo prêmios no valor de R$ 20 mil aos primeiros colocados por categoria, além da publicação da obra. As inscrições serão feitas através do e- mail premiocepenacional@cepe.com.br

Para o I Prêmio Cepe Nacional de Literatura Infantil e Juvenil, as inscrições serão feitas através do e-mail premioinfantojuvenil@cepe.com.br. Para a categoria Infantil serão aceitas obras voltadas para leitores iniciantes e em processo (a partir de 6 e 8 anos, respectivamente) e para a Juvenil, trabalhos voltados para leitores fluentes ou críticos (a partir dos 10 e 12 anos, respectivamente. Os vencedores receberão prêmio de R$ 10 mil por  categoria, tendo também o livro publicado pela Cepe Editora.

O resultado será anunciado até o dia 30 de novembro e publicado no Diário Oficial de Pernambuco, portal da Cepe (www.cepe.com.br), do Governo do Estado, site da editora (www.editora.cepe.com.br), além das redes sociais. Esclarecimentos poderão ser feitos através do e-mail duvidaspremio@cepe.com.br

NESTE SÁBADO ::: 1ª FEIRA DE LIVROS E DISCOS ERVA DOCE DOCERIA BAR

Neste sábado, dia 14 de abril, a Erva Doce Doceria Bar promove sua sua 1ª Feira de Livros e Discos! Com livros a partir de R$3,00, centenas de discos de vinil, comidinhas maravilhosas, chope artesanal e bebidinhas quentes! E música ao vivo a partir das 18h com CARATUVA CHORO TRIO.

A feira é uma parceria entre a doceria mais charmosa do centro de Curitiba e a a Loja das Pulgas, Amigo Animal e o blogue FATO Agenda. Aproveite os mega descontos desta feira!!!

Livros
Livros de todos os tipos: literatura brasileira, universal, coletâneas, livros técnicos, livros infantis em inglês, revistas e gibis. Livros pra todos os gostos e bolsos! Aproveite o cesto de livros com preço único. Livros a partir de R$3,00 – pra todo mundo sair carregado de livros da nossa feira!

Discos
No acervo, mais de 800 discos de vinil com até 30% em descontos. Duas caixas de “3 discos por R$10,00”. Discos de rock, samba, mpb, música erudita, compactos.

Vale lembrar que a Loja das Pulgas comercializa as doações da Associação do Amigo Animal – associação sem fins lucrativos que abriga mais de 1000 cachorros resgatados (em Curitiba e região) e os encaminha vacinados, castrados e desverminados para adoção responsável. Então as vendas das feiras vão contribuir com esse trabalho!

Erva Doce Doceria Bar
Uma doceria charmosa no centro boêmio da cidade! Com doces, pizzas, chope artesanal e bebidinhas doces. A doceria tem um teatro dentro ainda, um lugar que vale muito a pena conhecer!

Caratuva Choro Trio
Eba!!! Música ao vivo confirmado na 1ª Feira De Livros E Discos Erva Doce Doceria Bar!!! Chorinho por conta CARATUVA CHORO TRIO no Erva Doce: às 18h.

Serviço:
1ª FEIRA DE LIVROS E DISCOS ERVA DOCE DOCERIA BAR
Data: 14 de abril, sábado, a partir das 16h (segue noite adentro!)
Local: Rua Paula Gomes, 380, São Francisco, Centro boêmio de Curitiba
Página do evento, aqui
Informações sobre a feira: (41) 99745-5294 / lojadaspulgascwb@gmail.com
Fanpage: Erva Doce Doceria Bar
Fanpage: Loja das Pulgas
Associação do Amigo Animal: www.amigoanimal.org.br

Produtos da Loja das Pulgas no MercadoLivre, aqui. Alguns discos da loja, aqui

CIRCUITO CULTURAL TRAZ PROGRAMAÇÃO PARA TODOS OS ESTILOS

Em 2018, a Ademilar incentiva cerca de 20 projetos em Curitiba e é a terceira maior investidora privada da cena cultural local

Em seu segundo ano, o Circuito Cultural Ademilar fomenta a cena cultural de Curitiba e incentiva cerca de 20 projetos. A Ademilar Consórcio de Investimento Imobiliário já é a terceira maior investidora privada da cultura local. A iniciativa teve início em 2017, quando a empresa passou a usar a Lei do Mecenato Municipal para incentivar projetos com recursos do ISS – Imposto Sobre Serviços.Neste ano, a expectativa é investir cerca de R$1 milhão em projetos culturais.

“Nós sempre apoiamos as manifestações culturais, mas desde o lançamento do Circuito, no ano passado, passamos a trabalhar com um calendário de ações durante todo o ano que contemplam praticamente todas as áreas. Desta forma, estamos gerando empregos para empreendedores culturais e artistas e, principalmente, oferecendo entretenimento e aproximação com a arte para o público” destaca Tatiana Schuchovsky Reichmann, diretora-superintendente da Ademilar.

Teatro
O teatro vai ganhar uma peça de importância artística e que promete instigar o conhecimento do público infanto-juvenil. A peça Da Vinci, O Mago do Conhecimento, vai mesclar diferentes linguagens cênicas – como teatro de atores, bonecos e de sombras – para resgatar a história de um dos mais importantes gênios da civilização de todos os tempos: Leonardo Da Vinci.

O Circuito também está no Festival de Teatro de Curitiba com a peça Boca Maldita, que promete transformar em comédia algumas das principais histórias do centro de fofocas da capital paranaense. A peça fica em cartaz até junho no Teatro Lala Schneider.

E no mês de agosto, o Guairinha recebe uma programação intensa, com 20 apresentações em dez dias, com a Mostra Novos Repertórios, que vai oferecer teatro, dança e performances gratuitamente ao público.

Música
Todos os domingos na tradicional Feira do Largo da Ordem, o grupo Choro & Seresta faz um show para o público. Dentro do Circuito Cultural, sempre no primeiro domingo do mês, eles recebem um músico de destaque nacional. As apresentações são ao ar livre em um dos principais pontos turísticos de Curitiba.

E para promover e valorizar a produção musical brasileira dirigida às crianças, a partir deste ano, o projeto Curitibim entra no calendário do Circuito. Em agosto, o Guairinha vai receber músicos de todo o Brasil em um dos maiores festivais do gênero do país.

A música de câmara também tem vez na programação. O projeto Sopro 5 promove a partir do mês de abril seis concertos temáticos com repertórios exclusivos em espaços diferentes de Curitiba. A ideia é desmistificar o conceito de que a música erudita é inacessível e de difícil entendimento.

Mas a área musical não é só feita de atrações. O Circuito também incentiva a segunda edição da Feira Internacional de Música, que acontece entre os dias 20 e 23 de junho no Portão Cultural. A FIMS é um espaço estratégico de negócios criado especialmente para reunir artistas, empresários, produtores, selos, gravadoras, diretores de festivais e outros eventos com o intuito de movimentar o mercado musical do Sul do país e divulgá-lo para o restante do Brasil e a América Latina.

Audiovisual
A capital paranaense é um dos maiores centros de desenvolvimento da produção audiovisual brasileira, e o Circuito Cultural em 2018 está apoiando a produção de quatro filmes. O primeiro deles é o Itálicos, que mostra a saga dos imigrantes italianos até a região de Santa Felicidade; No Campo da Galícia resgata a memória de 100 mil imigrantes polacos no Paraná no final do século XIX; Parabéns a Você, um curta metragem de ficção que se passa em 1988, traz um momento turbulento do país; Cinturão de Rosilete apresenta a história da campeã mundial de boxe Rosilete dos Santos.

Literatura
Um circuito de contação de histórias destinado a crianças da rede municipal de ensino, professores, artistas, agentes de leitura, universitários e idosos, o projeto Narrativas Itinerantes vai percorrer todas as regiões de Curitiba levando o incentivo à literatura por meio de um versátil repertório de histórias do conto popular.

Um dos projetos de maior repercussão da cena cultural local no último ano foi o Mostra Literatura Paraná, também incentivado pela Ademilar, e para quem pensava que o projeto acabaria com as ativações no Pilarzinho, CIC, Uberaba e Butiatuvinha se enganou. Em abril a III Mostra Curitiba, que faz parte da programação do Festival de Teatro, vai trazer os jovens que participaram do projeto nas comunidades para o Cortejo Literário, onde grandes nomes da literatura paranaense ganham voz com leituras poéticas nas ruas da região Central.

Dança
O projeto Disparate promoverá 20 apresentações gratuitas no Memorial de Curitiba. Coreógrafos profissionais vão explorar o processo de criação com ações que prometem envolver o público e despertar o interesse pela dança.

Múltiplas manifestações
O Circuito também incentiva projetos que celebram etnias, como o Circuito Cultural Árabe. Durante dois finais de semana de agosto uma programação intensa vai exaltar as tradições do Oriente Médio com danças folclóricas, apresentações musicais, gastronomia e oficinas.

O patrimônio cultural do Paraná também está contemplado no Circuito com o projeto Fandango, Registro Material, uma ação que resgata antigas composições em um livro e promove apresentações de fandango no litoral e na capital do Estado.

Game
Você sabia que Graciosa, nome da bela serra do litoral paranaense, era uma mula? Essa história será contada por meio de um jogo digital de estratégia e sobrevivência em 3D. No game A Jornada da Graciosa, a Mata Atlântica paranaense da época dos exploradores é recriada, e a mula que dá nome ao jogo e à serra será a guia dos aventureiros para o desconhecido em uma viagem pelas lendas, pelos mitos e mistérios do lugar.

Artes Visuais
A artista Sandra Hiromoto e a cantora e compositora Fernanda Takai se unem para a exposição Interafetividade, que acontece no mês de maio no Pátio Batel. Um ambiente interativo será criado a partir de técnicas digitais, oferecendo ao espectador uma experiência sensorial em um mundo imaginário, onde se contemple uma exposição virtual, alinhando-se a música ao toque.

Mais informações sobre as atrações do Circuito Cultural pelo telefone: 41 3107-2020 (The Way Comunicação)

ÍMPETO ::: HOJE, TERÇA-FEIRA, ÀS 21H. EM CURITIBA, NA CASA HOFFMANN!

HOJE, terça-feira, às 21h. Em Curitiba, na Casa Hoffmann!

ÍMPETO
SINOPSE:
A partir de trechos poéticos, o espetáculo procura a verdade por trás das palavras, enquanto no mundo lá fora o que acontece é ação em si, da forma mais visceral e violenta. A peça que se segue é baseada em fragmento real de violência doméstica. Não é apenas um ato de consciência, mas de liberdade e coragem.

FICHA TÉCNICA:
Texto: Caroline Amantino
Direção: Joel Leitte
Com: Caroline Amantino e Liz Martins
Produção: Liz Martins
Concepção artística: PENUMBRA teatro laboratório
Iluminação: Joel Leitte
Maquiagem: Juliana Martins
Design gráfico: Muniz
Videomaker: Daniel Santoro
 
TEMPO DE DURAÇÃO:
30 minutos
 
INGRESSOS:
R$10 (inteira) e R$5 (meia)
 

LOCAL: Casa Hoffmann, Rua Claudino Dos Santos, 58, São Francisco, Largo da Ordem, Curitiba

DATAS E HORÁRIOS:
Dia 01 de abril de 2018 (domingo), 12h
Dia 03 de abril de 2018 (terça-feira), 21h
Dia 05 de abril de 2018 (quinta-feira), 16h

Confira a página do evento, aqui

ENCONTRO DE “SELVÁTICAS” NA MOSTRA 2018 DO FESTIVAL DE CURITIBA

Foto de Amira Massabki

Artistas da Casa Selvática estreiam espetáculo Cabaret Macchina com participação da cantora e compositora Karina Buhr

Comemorando seis anos de existência, o coletivo curitibano Selvática Ações Artísticas estreia seu mais novo espetáculo, Cabaret Macchina, nos dias 3 e 4 de abril na Praça Rui Barbosa, com entrada franca, integrando a Mostra Oficial do Festival de Curitiba.

Com direção de Ricardo Nolasco e dramaturgia de Francisco Mallmann e Leonarda Glück, a partir da obra do dramaturgo alemão Heiner Müller, o espetáculo é uma pós-ópera em formato de cabaré de rua, que além de reunir pela primeira vez todos os artistas do coletivo em um mesmo projeto, conta com a participação da cantora e compositora Karina Buhr.

Desde o lançamento do seu último álbum, intitulado Selvática (2015), Karina Buhr e os artistas do coletivo tem estreitado laços. Em 2015 a cantora pernambucana radicada em São Paulo lançou na Casa Selvática seu livro Desperdiçando Rima em um evento que contou com performances, sarau e pocket shows dos artistas “selváticos” e convidados.

A Casa Selvática tem sido uma das principais referências do estudo do cabaré como linguagem no Brasil, tendo realizado diversos espetáculos e proposto oficinas anualmente para seu aprofundamento. Cabaret Macchina pretende expandir a pesquisa do grupo, na construção de um espetáculo de teatro a ser realizado em espaço público, uma criação de dramaturgias que relaciona vivências, questões arquitetônicas e históricas da cidade.

Para o diretor Ricardo Nolasco: “O cabaré foi considerado um subgênero pela história oficial do teatro, justamente por seu caráter popular em oposição aos modelos dramáticos europeus.”. Assim, o coletivo tem mergulhado na investigação desse formato através de uma cena híbrida, que mescla elementos das artes cênicas, performáticas e literárias. “Acreditamos no cabaré como o formato ideal para falar sobre questões que nos atingem, de um modo humorado e irônico, o cabaré tem sido a principal forma com que artistas do mundo inteiro tem conseguido fazer seus trabalhos resistirem de forma independente tendo a precariedade e a arte em processo não como limitadores, mas como características importantes do nosso tempo e dos países em questão”, complementa Nolasco.

Para a atriz e dramaturga Leonarda Glück, a obra de Heiner Müller se torna cada vez mais insistente na contemporaneidade. “Nos dias que correm os totalitarismos da alma, do estado e das instituições estão tão presentes e tão fantasiados de livre democracia, que os escritos de Heiner Müller estão mais atuais do que nunca. A sua Alemanha se reergueu depois da queda, mas deixou boa parte do globo ainda derrubada até hoje. Nós conseguimos estabelecer uma conexão direta entre sua obra e o Brasil de 2018, e a levaremos para a arena pública”, dispara.

”Heiner Müller partia da reescrita dos clássicos a fim de reaproximar estes de seus contextos, dialogar com ele e sua obra é para nós necessariamente adaptar mais uma vez, atualizar em nossos contextos, corpos e histórias” finaliza Ricardo.

Karina Buhr por José de Holanda

Cabaret Macchina
3 e 4 de abril às 21h
Festival de Curitiba
Rua da cidadania Matriz – Praça Rui Barbosa, centro de Curitiba
Entrada Franca
Página do evento, aqui

Ficha Técnica:
Dramaturgia: Francisco Mallmann e Leonarda Glück (a partir da obra de Heiner Müller);
Direção Geral: Ricardo Nolasco;
Direção de Movimento: Gabriel Machado;
Direção Musical e Sonoplastia: Jo Mistinguett;
Figurino: Cali Ossani, Stéfano Belo e Patricia Cipriano;
Iluminação: Semy Monastier e Patricia Saravy;
Maquiagem: Nina Ribas e Stéfano Belo;
Elenco: Amira Massabki, Cali Ossani, Cesar Mathew, Leonarda Glück, Leo Bardo, Matheus Henrique, Nina Ribas, Patricia Cipriano, Patricia Saravy, Semy Monastier, Simone Magalhães, Stéfano Belo e Victor Hugo;
Artista Convidada: Karina Buhr;
Consultoria: Amabilis de Jesus;
Mapeamento Urbano: Renata Cunali;
Direção de Produção: Cacá Bordini;
Assistência de Produção: Bruna Costa;
Imagens: Amira Massabki;
Design Gráfico: Thalita Sejanes;
Captação de Recursos: Meire Abe;
Realização: Selvática Ações Artísticas e O Estábulo de Luxo;

 Links:
Site: www.selvatica.art.br

Facebook:
https://www.facebook.com/SelvaticaAcoesArtisticas/
https://www.facebook.com/KarinaBuhrOficial/  

Youtube/Vimeo
https://www.youtube.com/user/selvaticx
 https://www.youtube.com/karinabuhr 

Instagram
https://www.instagram.com/selvaticaoficial/ 
https://www.instagram.com/karinabuhr/

Twitter
https://twitter.com/selvaticx
https://twitter.com/karinabuhr

MOVIMENTO ENXAME REALIZA PROJETO PALAVRA DE MULHER EM SÃO JOSÉ DOS PINHAIS-PR

Buscando aproximar o cotidiano do universo literário artistas do Movimento Enxame propõem encontros a partir da escrita de mulheres brasileiras.

No mês de março os artistas do Movimento Enxame apresentam o projeto Palavra de Mulher que consiste em 150 rodas de leituras de obras de escritoras femininas. Realizadas pelos artistas e mediadores Juliane Souto, Alisson Freyer e Lígia Quirino, cada encontro dura cerca de uma hora, em espaços públicos na cidade de São José dos Pinhais-PR.

Subsidiado pelo Programa Estadual de Fomento e Incentivo à Cultura do Paraná (PROFICE), Palavra de Mulher tem como recorte temático a voz da mulher na literatura no Brasil do século XX e início do XXI, período fundamental para se compreender a relação e os mecanismos de poder e dominação simbólicos entre os sexos, e como se inscrevem na organização social e produção literária do nosso país.

Segundo Alisson Freyer, artista do movimento enxame e um dos idealizadores do projeto, trata-se de reunir um grupo e apresentar uma obra literária por meio da leitura em voz alta e fomentar a discussão da obra produzidas por mulheres. “Buscamos  nos debruçar sobre significativas obras de escritoras brasileiras, pensando também em discussões sobre o papel da mulher na sociedade e valorizar a produção da mulher na literatura” . Finaliza Alisson.

Além dessas ações, o projeto oferece a oficina O Aspecto relacional como constituinte da roda de leitura, para profissionais da área da cultura e educação da cidade de São José dos Pinhais.

Para mais informações acesse a fanpage e o perfil no Instagram @projetopalavrademulher

Quaisquer dúvidas, favor entrar em contato
(41) 99684-9506 – Victor Hugo – Assessor de Imprensa

8º SLAM CONTRATAQUE – RESISTÊNCIA FEMINISTA!

Em Curitiba, dia 31 de março.

“8º Slam Contrataque!
Marielle Presente, Hoje e Sempre!

Novamente, estaremos, invadindo e tomando de assalto o Largo da Ordem. Ocupando o espaço público com nosso grito poético de resistência e protesto, e contra todo tipo de opressão.

Neste mês, em especial, estaremos realizando o Slam com a temática da Resistência das Mulheres. Devido ao 8 de março, sem esquecer outras datas simbólicas como o 25 de julho – dia internacional da mulher negra latino americana e caribenha -, promoveremos o Slam deste mês, em homenagem as mulheres que um dia lutaram, lutam ou irão lutar pela vida, liberdade e contra a opressão machista, sexista e racista que atingem a todas, e que geram o feminicídio, violência doméstica, exclusão etc. Faremos com que, neste mês e neste Slam, o grito poético de resistência e de protestos da Mulher Negra, Indígena, Trabalhadora, Periférica e Trans, seja lançado e se perpetue contra toda a opressão.

Evento independente e 100% gratuito – arte é um direito de tod@s!

SLAM CONTRATAQUE!
“A Arte que liberta não pode vir da mão que escraviza.”

Apresentação:

O que é um Slam?
Slam é uma batalha de poesia feita em praça pública. O Slam tornou-se um fenômeno internacional, presente no Brasil, está ocupando as ruas de várias cidades. O Slam Contrataque, tem como objetivo ser um espaço de resistência e protesto, um meio de dar voz a todos oprimidos e todas oprimidas, através da poesia. A poesia, enquanto expressão de protesto torna-se uma ferramenta de combate dos marginalizados e das marginalizadas, contra todo tipo de opressão, e contra toda a elite burguesa que domina, explora e esmaga as populações e povos de todo o planeta!

Como funciona?
O Slam funciona através de encontros mensais nos quais ocorrem batalhas de poesias faladas. Durante o encontro são feitas declamações das poesias, que seguem as regras da dinâmica, e ao final as poesias declamadas são trocadas por livros, de acordo com a avaliação do público presente.

Regras:

AS REGRAS DO SLAM.
I. POEMAS
– Os poemas podem ser de qualquer assunto ou tema e em qualquer estilo. Cada poeta ou poetisa tem que apresentar poemas originais de sua autoria.
– Não é permitido o uso de auxílios visuais ou/e fantasias. A regra sobre auxílios visuais tem o intuito de manter o foco nas palavras (e na performance) e não em objetos.
– Não é permitido o uso de instrumentos musicais, música pré-gravada.
– Sampling: Os poetas podem citar palavras e letras de obras de outros autores.
– Não é permitido a repetição de poemas. Cada poema pode ser usado uma única vez durante as eliminatórias e uma vez na grande final.

II. AS PERFORMANCES
– A regra dos três minutos. Todas as performances não devem ultrapassar o tempo de duração. O tempo começa a ser contado a partir do momento em que o poeta se dirige ao público.

III. OS JUÍZES
O Slam parte do principio de que todo indivíduo é capaz de emitir uma opinião válida sobre arte. Não necessitando de uma formação acadêmica ou técnica para isso. Assim, as avaliações das poesias serão feitas pelo público presente através de aplausos ao final do encontro.

Serviço:
8º Slam Contrataque – Resistência Feminista!
Data:  Sábado, 31 de março, das 18:30 às 22:00
Local: Cavalo Babão, Rua Doutor Claudino Dos Santos, Centro, Curitiba
Organização: Slam Contrataque
Página do evento, aqui

VENDAS DE GARAGEM / DOMINGO 18/03

HOJE, domingo, dia 18 de março, nossos patrocinadores, a Loja das Pulgas, participam do evento “Vendas de Garagem” no Armazém Garagem Bar. Um baita evento, num baita lugar, com entrada gratuita para comprar e vender!!!

Vendas e trocas de antiguidades, brinquedos, decoração, discos de vinil, videogames, bicicletas, brechó de roupas e acessórios, peças de carros e encontro de amigos e seus carros antigos em exposição!!!

Tudo isso regado a música ao vivo (com banda), comida deliciosas, chope gelado e muita gente bacana!!! Só vem!!!

“O Armazém Garagem convida a todos a separar aquela peça ou antiguidade, que está esquecida em algum canto, e trazer para tentar vender/trocar no Vendas de Garagem. “

Serviço:
Vendas de Garagem
Local: O Armazém Garagem Bar fica na Br 277, número 2630 – Pista Lateral (sentido Ponta Grossa), no bairro mossunguê, em Curitiba – na entrada do conjunto Saturno, em frente a Copel.

Data: Domingo, (18/03/2018), das 14:00 às 21:00
Entrada gratuita (pra comprar e pra vender!)

Confira a página do evento, aqui