CONJUNTO CHORO E SERESTA RECEBE OS MÚSICOS OTTO LENON E FRANCYENE ROSSETT NO PRÓXIMO DOMINGO

A apresentação de MPB integra a programação do Circuito Cultural Ademilar e acontece na Feira do Largo da Ordem, em Curitiba, das 10h30 às 12h.

Um dos mais tradicionais programas de Curitiba, a Feira do Largo da Ordem é parada obrigatória para turistas e moradores da capital nas manhãs de domingo. Além de ser ponto de referência para quem procura artesanato, exposições e arquitetura histórica, a “Feirinha” é a casa do conjunto Choro e Seresta, que no dia 03 de junho recebe os músicos Otto Lenon e Francyene Rossett para apresentação gratuita das 10h30 às 12h.

O Choro e Seresta é a mais tradicional e importante formação do gênero em Curitiba. Na ativa há 40 anos e em sua quarta geração, o conjunto promove o projeto Calendário Anual de Choro, que apresenta um convidado especial todo primeiro domingo do mês e integra a programação do Circuito Cultural Ademilar, uma iniciativa que está viabilizando uma série de projetos culturais em Curitiba via incentivo do Mecenato Municipal.

Referência na cena do samba e do choro da cidade, o músico Otto Lenon é professor de percussão e ex-ministrante da Oficina de Choro da Universidade Estadual do Paraná. Atualmente, é integrante dos grupos Braseiro, Regional Tropeçando e Quebrada, além de participar das apresentações em homenagem a Ernesto Nazareth, com o maestro Arthur Moreira Lima, e do lançamento do disco “José da Cruz – O Sabiá Paranaense”, com temas do compositor José da Cruz e direção musical de Tiago Portella Otto.

A apresentação também contará com a participação especial da cantora Francyene Rossett, professora de canto há mais de 20 anos e figurinha carimbada em shows de música brasileira em Curitiba. Ela já cantou em diversos projetos, como o “Elas Cantam Ópera” e “Elis em Nós”, em 2016. Ao lado de Renato Borghetti, cantou no projeto “Velho Lua – Homenagem a Gonzagão”. Integrou ainda o time de cantoras solistas do espetáculo “Elas & Beatles” e do show “Raízes do Brasil”.

A apresentação na Feira do Largo da Ordem é gratuita. A partir do meio-dia, ela continua no restaurante Easy Chef.

Calendário Anual de Choro
O Calendário Anual de Choro traz para Curitiba convidados especiais do gênero que já emocionaram muitas pessoas nos quatro cantos do Brasil. A programação recebeu, de outubro de 2017 a maio deste ano, 13 convidados diferentes; até setembro serão mais sete participações especiais. Segundo Clayton Silva, flautista e coordenador-geral do grupo Choro e Seresta, a ideia é disseminar o choro na cidade. “Estamos presenteando os curitibanos com convidados especiais e levando interação entre a comunidade e os chorões, com apresentações em palco aberto, aproximando o público dos artistas para oferecer entretenimento e lazer e, assim, fortalecer o turismo e a cena musical, tanto na feira quanto na cidade”, explica.

Serviço:
Calendário Anual de Choro
Mais informações: conjuntochoroeseresta@gmail.com ou (41) 98849-1765/99602-0407 (Clayton Silva)

Sites e fanpages:
www.conjuntochoroeseresta.com.br
www.facebook.com/choroeseresta

www.circuitoculturalademilar.com.br
www.facebook.com/enochoroqueeuvou

4 BANDAS, DOIS SELETORES E UM NOVO FESTIVAL

  

1º Panapaná promove shows de bandas de Teresina, Londrina e Curitiba a preço popular

Tire os fones do ouvido e vá ver um show ao vivo. Essa é a proposta do Festival Panapaná, uma iniciativa dos produtores culturais Diego Perin, Estrela Leminski, Luana Angreves e Téo Ruiz. A primeira edição é na sexta-feira, dia 1º de junho, no Basement Cultural. Compondo o primeiro line-up, direto de Teresina no Piauí, Validuaté; Abacate Contemporâneo, de Londrina, Diego Perin e a dupla, Estrela Leminski e Téo Ruiz.

A ideia surgiu há menos de dois meses quando os amigos conversavam sobre artistas que nunca vem a Curitiba e a necessidade de resistir em um cenário pouco favorável para a cultura. Eles focaram em bandas que fazem shows pela região sul, mas não param na capital do Paraná. Esse foi o caso da banda piauiense, Validuaté, que está em turnê pelo Brasil lançando seu álbum “Manual de Instruções Para”. Sucesso no nordeste, eles tiveram alcance nacional com a música “Eu te considerava tanto”, tema da novela ‘Amor à Vista’ da Rede Globo.

Outros artistas que toparam participar dessa resistência artística, são o Abacate Contemporâneo, banda londrinense que vem conquistando espaço dentro de festivais, como o Psicodália e Forró da Lua Cheia, com seu som ‘a la’ Itamar Assumpção. Outros queridinhos dos festivais, são a Estrela Leminski e Téo Ruiz que em maio ganharam o Prêmio Profissionais da Música, na categoria artista rock. O casal lançou “Tudo Que Não Quero Falar Sobre Amor”, um álbum multimídia, com 12 músicas e 12 clipes em 2017. Nesse um ano, eles passaram pelo Pará, Porto Alegre, Goiás, Mato Grosso, Paraná, São Paulo, Maranhão, Piauí e Distrito Federal.

Fechando o line up, Diego Perin apresenta ‘Cabresto, trabalho solo lançado em março deste ano. O músico, que era baixista da Banda Gentileza durante seus 10 anos de estrada, abandona as gracinhas e retorna com uma pegada mais pesada e, digamos, frita.

O evento começa às 20h com discotecagem do coletivo Casa de Suingue, da Luana Angreves e Heitor Humberto, mais conhecidos pelas festas e produção da RádioKombi do Festival Psicodália. Os ingressos custam R$20 com nome na lista e a festa acontece no Basement Cultural.

SERVIÇO:
Festival Panapaná
Dia: 1º de junho.
Programação:
20h00 – Casa de Suingue
21h30 – Diego Perin
22h30 – Abacate Contemporâneo
23h50 – Estrela Leminski e Téo Ruiz
01h00 – Validuaté
02h30 – Casa de Suingue

Ingressos: R$20 com nome na lista (festivalpanapana@gmail.com) e R$30 sem nome na lista
Local: Basement Cultural – R. Des. Benvindo Valente, 260, São Francisco, Curitiba

Página do evento, aqui

RASGO #1

RASGO #1
DOMINGO, 3 do 6, em Curitiba, na Casa Tangente

Dunas, Ímã, Veenstra

“Um rasgo num esquema que se apega a você, esquema de deixar as coisas acontecerem e só reagir, sem agir do próprio gosto.

Coletivo atlas, Casa Tangente, bandas e os colantes ajudam Lorenzo a recuperar suas percus roubadas, sem as quais o guri não faz seu trampo patusqueiro.

rango vegano do Seite Handa

15 pilas

A Casa Tangente abre 14h. 19h é a hora que acaba o som, mas quem quiser pode continuar por lá

Local: Casa Tangente, R. Pref. Ângelo Lopes, 1653, Hugo Lange, Curitiba
Data: DOMINGO, 3 de junho

Organizado por Coletivo Atlas, Dunas, Ímã, Veenstra

Confira a página do evento, aqui

SESI MÚSICA TRAZ A CURITIBA SHOW INÉDITO DE OS PARALAMAS DO SUCESSO

Canções históricas e faixas do novo álbum, “Sinais do Sim”, serão apresentadas no Teatro Sesi Campus da Indústria em junho

Uma das bandas brasileiras de maior sucesso na década de 80 é também uma das únicas que resistiu ao tempo revelando impressionante capacidade de renovação. Os Paralamas do Sucesso provam isso com o lançamento de um novo álbum composto por músicas inéditas após mais de trinta anos de trajetória. O disco “Sinais do Sim” reflete o emocionante percurso de superação do trio formado por Herbert Vianna, Bi Ribeiro e João Barone. No sábado do dia 2 de junho, às 20h, o Sesi Música dá aos curitibanos a oportunidade de conferir esse recente trabalho e de relembrar sucessos da banda em um show marcante no Teatro Sesi Campus da Indústria.

Com temas que falam de amor, esperança, resignação e questões sociais, “Sinais do Sim” é uma expressão da positividade alcançada pela banda em meio às intempéries vivenciadas por seus componentes. São 11 canções que transitam entre a experiência da dor e a renovação da esperança e exaltam o sonho como escape diante do medo.  Na edição de junho do Sesi Música, as faixas do novo álbum serão intercaladas por sucessos como “Alagados”, “Meu Erro” e “Uma Brasileira”, e por canções há muito tempo fora do repertório, como: “O amor não sabe esperar” e “Capitão de Indústria”.

Além de Herbert na voz e na guitarra, Bi Ribeiro no baixo e Barone na bateria e vocais; o show ainda terá João Fera nos teclados e Bidu Cordeiro no trombone. A concepção artística de “Sinais do Sim” é de José Fortes, em parceria com a banda. A direção de imagens é de Batman Zavareze e o design de iluminação é de Cristiano Vaz e Marcos Olívio. O Sesi Música é uma iniciativa do Sesi Cultura Paraná.

Serviço:
Sesi Música apresenta: “Sinais do Sim”, com Paralamas do Sucesso
Data: Sábado, 2 de junho
Horário: 20h
Classificação: livre 
Os ingressos custam R$ 40,00 (a entrada inteira) e R$ 20,00 (a meia entrada) e podem ser adquiridos pelo Disk Ingressos ou na bilheteria do teatro com 1h de antecedência.
Local: Teatro Sesi Campus da Indústria
Endereço: Avenida Comendador Franco, 1341, Jardim Botânico, Curitiba
Observação: os ingressos podem ser adquiridos pelo Disk Ingressos ou na bilheteria do espaço com 1h de antecedência (sujeito a lotação)
Realização: Sesi Cultura Paraná
Projeto: Sesi Música

Mais informações:
www.sesipr.com.br/cultura/ 
www.facebook.com/sesiculturapr/

SESC-PR ABRE PROCESSO SELETIVO PARA CONTRATAR OPERADOR DE ILUMINAÇÃO E SOM

Sesc-pr abre processo seletivo para contratar Operador de Iluminação e Som. Vaga para trabalhar em Curitiba. Inscrições gratuitas até às 23 horas e 59 minutos do dia 30 de maio de 2018.

atribuições do cargo:
– Responsável por operar mesa de som e iluminação, aparelhagem de som e outros equipamentos que produzam efeitos visuais. Selecionar material fonográfico para os eventos e auxiliar a equipe;
– Responsável pela manutenção e organização dos equipamentos de som, projeção e iluminação; auxiliando na conservação e limpeza de equipamentos elétricos do palco (canhões, refletores, mesas, luminárias);
– Estabelecer interface entre sua atuação técnica e o processo criativo que envolve a concepção das apresentações artísticas;
– Montar cenários para shows, solenidades e eventos diversos; e unidades fixas e móveis de acessórios de canhões de luz, em espetáculos de maior porte, seguindo projeto do iluminador para efeitos cênicos previstos;
– Afinar refletores de luz, aplicando-lhes gelatina na proporção correta, obtendo cores e efeitos previstos, atendendo ao plano do iluminador;
– Verificar o estado de funcionamento da iluminação cênica, solicitando manutenção eletrônica, garantindo as condições de perfeito funcionamento da aparelhagem;
– Operar a mesa de iluminação cênica, em espetáculos de médio e grande porte, seguindo orientações do iluminador e roteiros para obter os efeitos programados;
– Orientar a montagem e a operação da aparelhagem de som antes e durante a realização de espetáculos cênicos de teatro e dança, para assegurar a trilha sonora planejada; estudar a trilha sonora com os diretores e orientar a instalação de microfones e outros aparelhos para dotar o espetáculo dos efeitos sonoros previstos;
– Participar dos ensaios dos espetáculos, observando a movimentação dos artistas e as necessidades sonoras, para subsidiar suas atividades durante os espetáculos;
– Verificar as condições de funcionamento da aparelhagem de som, testando os mecanismos, observando as caixas acústicas, para solicitar manutenção técnica e assegurar o desempenho correto dos mesmos durante os espetáculos;
– Executar outras tarefas correlatas conforme necessidades do serviço e orientação superior;
– Realizar procedimentos administrativos necessários para a execução das atividades e operar sistemas informatizados de gerenciamento, dentro de suas atribuições;
– Disponibilidade para viagens e participar de treinamentos internos e externos;
– Disponibilidade para trabalhos em horários diferenciados, finais de semana e feriados;
– Executar outras tarefas compatíveis com o cargo e/ou necessidades da Entidade.requisitos:
Escolaridade Mínima: Ensino Médio Completo, reconhecido e concluído em instituição de ensino credenciada pelo MEC.
Experiência: 06 meses de experiência comprovada nas atribuições do cargo descrita acima.

Carga horária: 40h semanais

Salário: R$ 2.163,00

Benefícios: VT (conforme a lei), VR (conforme acordo coletivo de trabalho), Assistência Médica (opção do empregado, com sua participação financeira), Assistência Odontológica (benefício de desconto para clínica do Sesc).

As inscrições (gratuitas!) para participar do Processo Seletivo deverão ser efetuadas somente pelo site www.sescpr.com.br / no link Processo Seletivo, no período entre o dia 23 de maio de 2018 às 23 horas e 59 minutos do dia 30 de maio de 2018, observando o horário oficial de Brasília/DF.

Código da vaga: 103/18 OPERADOR DE ILUMINAÇÃO E SOM

Confira o edital, aqui

NA-NU NA GIBITECA DE CURITIBA

Comemorando dois anos de blog e vinte anos do lançamento do NA-NU original, dia 19 de maio, o NA-NU promove uma grande festa com ENTRADA GRATUITA na Gibiteca de Curitiba, em nome do quadrinho, da arte e da cultura local. Com show do duo Naome Rita e Allan Yokohama de Mattos, feira de quadrinhos e arte local e bate papo sobre a produção atual de HQs.

PALCO PORTAL DAS PERCEPÇÕES – Shows com:
– NAOME RITA
– ALLAN YOKOHAMA (Tocando Terminal Guadalupe, Humanish, Yokohama Café entre outros)

EXPOSITORES CONFIRMADOS:
– CHICO FELIX (Quadrinhos, artes e prints)
– DW RIBATSKI (Quadrinhos, artes e prints)
– ESTRONHO (Livros e quadrinhos)
– FLAVIO ANTUNES RAMOS (Pinturas)
– JOÃO FERREIRA (Quadrinhos, artes e prints)
– MARIO DE ALENCAR (Colagens, quadrinhos, artes e prints)
– MÁ MATIAZI (Livros, quadrinhos, artes e prints)
– MARCIO GARCIA (Quadrinhos, artes e prints)
– O.I.T.C. (Quadrinhos Artes e Prints)
– REH DESENHA (Pôsters, artes e prints)
– REVISTA PÉ DE CABRA (quadrinhos)
– URSEREIA (Quadrinhos, artes e prints)

BATE PAPO – com os autores:
– AMANDA BARROS
(Editora Ursereia, Cassandra & The Flaming Puppies)
– CHICO FELIX
(Autor de zines como Gente Feia na TV e Crü, participou de revistas como MAD e Frauzio)
– DW RIBATSKI
(Prêmio Jabuti na categoria Ilustração pela HQ Campo em Branco, prêmio Abril de Jornalismo na categoria Ilustração em 2016. Autor de HQs como La Naturalesa, Veículo e Olhos de Bicho)
– MÁ MATIAZZI
(Autora de livros como Três e da série O Feiticeiro, além de HQs como O Abismo, Morte Branca e A Loira Fantasma de Curitiba)

MOSTRA DE FILMES

Serviço:
NA-NU na Gibiteca de Curitiba
Local: Gibiteca de Curitiba Rua Presidente Carlos Cavalcanti 533, Centro de Curitiba.
Data: Sábado, 19 de maio, das 14:00 às 19:00
ENTRADA GRATUITA
Mais informações, aqui
Página do evento, aqui

ENCERRAMENTO INCRÍVEL DA MOSTRA DE CINEMA PELA DEMOCRACIA HOJE EM CURITIBA!

“Para o encerramento da  Mostra de Cinema Pela Democracia  teremos o show do Chico César na Praça Olga Benário, no acampamento Lula Livre, em Curitiba, seguido por cerimônia de encerramento da Mostra (com direito a premiação surpresa do canal CINEBRASiL TV!), e sessão final super especial no Acampamento Marisa Leticia com Chico, dos Irmãos Carvalho e Joaquim, do Marcelo Gomes – com a presença de Júlio Machado, ator do filme.

Vamo lá, galera, foi linda essa semana, e hoje vai ser lindo também. Pra somar e multiplicar a força da nossa união em defesa dos direitos e contra os golpes e retrocessos.

Lembrando que o financiamento coletivo está aberto por mais 3 dias,
aqui no catarse

#LulaLivre
#MostradeCinemapelaDemocracia

fonte: Mostra de Cinema Pela Democracia

PARANAMBUCO E ITAERCIO ROCHA LEVAM RITMOS TRADICIONAIS BRASILEIROS AO PAIOL

Com entrada gratuita, shows encerram o projeto “Paranambuco apresenta: Orun Ayê” nos dias 28 e 29 de abril

A terceira e última minitemporada do projeto “Paranambuco apresenta: Orun Ayê” conta com a participação especial do músico, bonequeiro e carnavalesco Itaercio Rocha. Os shows acontecem nos dias 28 e 29 de abril, no Teatro Paiol. As apresentações têm entrada gratuita, com o intuito de aproximar o público curitibano de ritmos tradicionais brasileiros.

O trabalho autoral do Paranambuco surgiu em 2010, a partir do estudo da musicalidade tradicional brasileira. O grupo é formado pelo pernambucano Matheus Braga, a paranaense Jô Nunes, o paranaense Bruno Klammer, o mineiro Fred Pedrosa e o catarinense José Navarro. Nos shows, o repertório do álbum “Orun Ayê” traz ritmos como baião, coco, samba, maracatu e xote, além de ijexá, toruá, barravento, puxada de rede e jongo.

“Toda manifestação cultural tem o objetivo de fazer permanecer uma história. Então, ao reunir e apresentar diferentes regionalidades, nossa intenção é fortalecer a identidade do Brasil. Por meio de ritmos brincantes e da interação com a plateia, queremos propor que a diversidade do nosso país seja valorizada”, conta Matheus.

Participação
Os shows terão a presença do artista Itaercio Rocha, fundador do Garibaldis e Sacis, o bloco mais popular de Curitiba. Itaercio atuou e dirigiu espetáculos no grupo Mundaréu, com o qual gravou vários álbuns. Em 2006, lançou o primeiro disco solo e autoral, “Chegadim”. É autor do livro/CD “Como é bom festa junina III”, em parceria com Mara Fontoura, com quem ainda escreveu “Como diz o ditado”. Em parceria com o Hospital Pequeno Príncipe, lançou os álbuns “Cancioneiro popular” (2009) e “Encanto de brincar” (2013).

A primeira edição do “Paranambuco apresenta: Orun Ayê” teve como convidado o rabequeiro e percussionista Carlos Ferraz, uma das principais referências da cultura popular e da capoeira angola em Curitiba. Na segunda minitemporada, a participação especial foi da cantora e compositora Janine Mathias, que mescla elementos do rap, soul e samba.

Paranambuco – crédito foto: Dayana Luiza

Serviço:
Show Paranambuco – part. Itaercio Rocha
Data: 28 de abril, às 20h | 29 de abril, às 19h
Local: Teatro Paiol
Endereço: Praça Guido Viaro, s/n, Prado Velho, Curitiba
Entrada: gratuita
Página do evento, aqui

CAIXA PRETA #02 | BALANÇO BRASILEIRO

CAIXA PRETA #02
Uma viagem pela música negra mundial
ESPECIAL: Balanço Brasileiro

28 ABR 18 . SÁBADO . 22H30
____________________________________
Hora de preparar as malas para esta viagem pela música negra mundial. Tudo sendo registrado na nossa CAIXA PRETA.

⋞ NO COMANDO ⋟
Babi Oeiras
Disco Veneno

⋞ EQUIPE ⋟
DESIGN E PRODUÇÃO: Brenda Santos

⋞ VALORES ⋟
R$ 12,00

Local: Ornitorrinco, Benjamin Constant, 400, Centro de Curitiba
Data: Dia 28 de abril, sábado, das 22:30 às 3:30 (29 de abril)

Organização: Ornitorrinco, Um Baile Bom, Disco Veneno, Babi Oeiras

Confira a página do evento, aqui