ONÇA DISCOS APRESENTA #27: ESPECIAL 2 ANOS DE SELO!

Nessa sexta-feira maravilhosa do dia 09/11 nosso querido ONÇA DISCOS, selo de música independente, completa 2 anos de existência, tempo em que foram produzidos mais trinta eventos e gravados, produzidos e/ou lançados mais de vinte trabalhos – entre singles, EPs, trilhas sonoras e álbuns completos – de diversos artistas da cidade… e de alguns de fora também!

Pra comemorar dale festão com duas bandas! Abrindo o salão teremos Ireno, com suas belas misturas de ritmos dançantes, e pra fazer todo mundo dançar até o chão levaremos ao palco a quentíssima Orquestra Friorenta!

E ainda tem mais! Discotecagem antes e depois dos shows com Lambida & Dedada (Náira Debértolis & Bernardo Bravo) e bazar com comidinhas, docinhos, roupas descoladas, discos de vinil, histórias em quadrinhos, prints e cadernos artesanais! Contaremos até com o tradicional Arremesso de Gibis promovido pela rainha das novelas gráficas, a Mitie da Itiban Comic Shop!

Tudo será registrado através do olhar do fotógrafo que nos acompanha desde o primeiro evento: Tárcilo Pereira com sua Pentax analógica!

E essa arte linda da capa ficou por conta do Rômolo D’Hipólito!

Só vem!

Ireno é Kelvin de Souza nos teclados, Matheus Mantovani na guitarra e na voz, Acácio Guedes no baixo e na voz, Daniel D’Alessandro na bateria e Thai Borges na percussão.

Orquestra Friorenta é Amanda Pacífico na voz, Melina Mulazani na voz e na percussão, Du Gomide na guitarra, Naíra Debértolis no baixo, Bernardo Bravo na percussão e Denis Mariano na percuteria.

Serviço:
Abertura com as bandas Ireno & Davi Kalo
Showzão com a Orquestra Friorenta
Discotecagem por Lambida & Dedada (Naíra Debértolis & Bernardo Bravo)

Bazar:
Altos Pano Daoras – roupas lindas e descoladas
Itiban Comic Shop – histórias em quadrinhos
Revista Pé-de-Cabra – histórias em quadrinhos
Kintsugi – cadernos artesanais
Hasegawa & Amanda – ilustrações & gravuras
Hammer Discos – discos de vinil
Dona Zani – comidinhas (com opções veganas)
Morada Doce – cupcakes & outros quitutes

Serviço:
Festa de Aniversário: 2 Anos de Onça Discos!
Data: Sexta-feira 09/11 a partir das 21h!
Local: Sociedade Operária Beneficente 13 de Maio, Rua Desembargador Clotário Portugal, 274, São Francisco, Curitiba
Ingressos: Pelo Sympla: Promocional R$15 / Antecipado R$20
Na hora: R$25
Página do evento, aqui

ONÇA DISCOS APRESENTA #27: ESPECIAL 2 ANOS DE SELO!

Nessa sexta-feira maravilhosa do dia 09/11 nosso querido ONÇA DISCOS, selo de música independente, completa 2 anos de existência, tempo em que foram produzidos mais trinta eventos e gravados, produzidos e/ou lançados mais de vinte trabalhos – entre singles, EPs, trilhas sonoras e álbuns completos – de diversos artistas da cidade… e de alguns de fora também!

Pra comemorar dale festão com duas bandas! Abrindo o salão teremos Ireno, com suas belas misturas de ritmos dançantes, e pra fazer todo mundo dançar até o chão levaremos ao palco a quentíssima Orquestra Friorenta!

E ainda tem mais! Discotecagem antes e depois dos shows com Lambida & Dedada (Náira Debértolis & Bernardo Bravo) e bazar com comidinhas, docinhos, roupas descoladas, discos de vinil, histórias em quadrinhos, prints e cadernos artesanais! Contaremos até com o tradicional Arremesso de Gibis promovido pela rainha das novelas gráficas, a Mitie da Itiban Comic Shop!

Tudo será registrado através do olhar do fotógrafo que nos acompanha desde o primeiro evento: Tárcilo Pereira com sua Pentax analógica!

E essa arte linda da capa ficou por conta do Rômolo D’Hipólito!

Só vem!

Ireno é Kelvin de Souza nos teclados, Matheus Mantovani na guitarra e na voz, Acácio Guedes no baixo e na voz, Daniel D’Alessandro na bateria e Thai Borges na percussão.

Orquestra Friorenta é Amanda Pacífico na voz, Melina Mulazani na voz e na percussão, Du Gomide na guitarra, Naíra Debértolis no baixo, Bernardo Bravo na percussão e Denis Mariano na percuteria.

Serviço:
Abertura com as bandas Ireno & Davi Kalo
Showzão com a Orquestra Friorenta
Discotecagem por Lambida & Dedada (Naíra Debértolis & Bernardo Bravo)

Bazar:
Altos Pano Daoras – roupas lindas e descoladas
Itiban Comic Shop – histórias em quadrinhos
Revista Pé-de-Cabra – histórias em quadrinhos
Kintsugi – cadernos artesanais
Hasegawa & Amanda – ilustrações & gravuras
Hammer Discos – discos de vinil
Dona Zani – comidinhas (com opções veganas)
Morada Doce – cupcakes & outros quitutes

Serviço:
Festa de Aniversário: 2 Anos de Onça Discos!
Data: Sexta-feira 09/11 a partir das 21h!
Local: Sociedade Operária Beneficente 13 de Maio, Rua Desembargador Clotário Portugal, 274, São Francisco, Curitiba
Ingressos: Pelo Sympla: Promocional R$15 / Antecipado R$20
Na hora: R$25
Página do evento, aqui

ONÇA DISCOS APRESENTA #27: ESPECIAL 2 ANOS DE SELO!

Nessa sexta-feira maravilhosa do dia 09/11 nosso querido ONÇA DISCOS, selo de música independente, completa 2 anos de existência, tempo em que foram produzidos mais trinta eventos e gravados, produzidos e/ou lançados mais de vinte trabalhos – entre singles, EPs, trilhas sonoras e álbuns completos – de diversos artistas da cidade… e de alguns de fora também!

Pra comemorar dale festão com duas bandas! Abrindo o salão teremos Ireno, com suas belas misturas de ritmos dançantes, e pra fazer todo mundo dançar até o chão levaremos ao palco a quentíssima Orquestra Friorenta!

E ainda tem mais! Discotecagem antes e depois dos shows com Lambida & Dedada (Náira Debértolis & Bernardo Bravo) e bazar com comidinhas, docinhos, roupas descoladas, discos de vinil, histórias em quadrinhos, prints e cadernos artesanais! Contaremos até com o tradicional Arremesso de Gibis promovido pela rainha das novelas gráficas, a Mitie da Itiban Comic Shop!

Tudo será registrado através do olhar do fotógrafo que nos acompanha desde o primeiro evento: Tárcilo Pereira com sua Pentax analógica!

E essa arte linda da capa ficou por conta do Rômolo D’Hipólito!

Só vem!

Ireno é Kelvin de Souza nos teclados, Matheus Mantovani na guitarra e na voz, Acácio Guedes no baixo e na voz, Daniel D’Alessandro na bateria e Thai Borges na percussão.

Orquestra Friorenta é Amanda Pacífico na voz, Melina Mulazani na voz e na percussão, Du Gomide na guitarra, Naíra Debértolis no baixo, Bernardo Bravo na percussão e Denis Mariano na percuteria.

Serviço:
Abertura com as bandas Ireno & Davi Kalo
Showzão com a Orquestra Friorenta
Discotecagem por Lambida & Dedada (Naíra Debértolis & Bernardo Bravo)

Bazar:
Altos Pano Daoras – roupas lindas e descoladas
Itiban Comic Shop – histórias em quadrinhos
Revista Pé-de-Cabra – histórias em quadrinhos
Kintsugi – cadernos artesanais
Hasegawa & Amanda – ilustrações & gravuras
Hammer Discos – discos de vinil
Dona Zani – comidinhas (com opções veganas)
Morada Doce – cupcakes & outros quitutes

Serviço:
Festa de Aniversário: 2 Anos de Onça Discos!
Data: Sexta-feira 09/11 a partir das 21h!
Local: Sociedade Operária Beneficente 13 de Maio, Rua Desembargador Clotário Portugal, 274, São Francisco, Curitiba
Ingressos: Pelo Sympla: Promocional R$15 / Antecipado R$20
Na hora: R$25
Confira a página do evento, aqui

“VITAL” É A PRIMEIRA APOSTA DO ONÇA DISCOS EM 2018


O selo Onça Discos começa o ano lançando o novo álbum do compositor Francisco Okabe, intitulado “Vital”, um dos sobrenomes do artista. Em suas 12 faixas, o álbum mistura instrumentais e canções escritas pelo músico, tendo como inspiração a diversidade na música brasileira e a obra de Waltel Branco.

“Vital” foi concebido de forma independente, com gravações caseiras e um trabalho coletivo, onde os músicos tiveram liberdade criativa de arranjos. A produção, mixagem e masterização ficaram por conta de Leonardo Lima, e a arte da capa é de Victoria Françóia.

A parceria mais importante para a realização do álbum foi de sua esposa Dayane Battisti, que participou da maioria das músicas tocando violão, cavaquinho e violoncelo e é sempre a primeira a ouvir as composições. Incentivado por Dayane, Francisco deu voz às suas canções autorais, e os dois interpretaram a canção “Manhã”, cuja letra é de Daniel Arthur e Paulo Gaôna, e a instrumental “Vendo a Chuva”, ambas gravadas em fita numa antiga tapedeck da Technics.

A influência de Waltel Branco na música de Francisco Okabe vem da relação que se criou entre os dois, tanto musical quanto afetuosa. Na faixa “Chorinho novo pro Waltel”, o músico homenageia o maestro, cuja obra é objeto de pesquisa do mestrado de Francisco. A pluralidade da música brasileira e a mistura de ritmos e sonoridades presentes em todo o álbum deixam clara a referência ao trabalho de Waltel.

Youtube: aqui
bandcamp: aqui

FESTIVAL ESTOPIM ACONTECE ESTA SEMANA, COM LINE-UP PLURAL E DEBATES SOBRE O MERCADO MUSICAL INDEPENDENTE

Carne Doce / Crédito: Mídia Ninja

Realizado de 15 a 17 de dezembro, evento surge como um espaço para agregar vivências diversas e fomentar novas conexões

Curitiba recebe a primeira edição do Festival Estopim esta semana, entre os dias 15 e 17, com a proposta de impulsionar novas movimentações no cenário artístico. Idealizado pela Arnica Cultural, o evento reúne atrações independentes e painéis sobre o mercado musical. Um dos destaques do line-up é a banda Francisco, el hombre, que foi indicada ao Grammy Latino este ano e encerra a turnê “Eita, Fudeu!” na capital paranaense.

O Estopim também terá a banda goiana Carne Doce e o quinteto pernambucano Tagore, ambos com discos aclamados pela crítica especializada e passagem por grandes festivais brasileiros. Mulamba, Tuyo e Trombone de Frutas são outros três nomes de peso que integram os shows, compondo uma programação plural e relevante para a música nacional.

“A intenção é agregar vivências diversas e proporcionar conexões intensas. Queremos que o festival seja um combustível para pensar e articular nosso lugar nesse mercado e fomentar ainda mais a cena curitibana. A ideia é que o Estopim, além de crescer em si, dê força para desdobrar outros empreendimentos”, defende a produtora Leticia Martins.

Conteúdo relevante
Para contribuir com esse propósito, os painéis discutirão três eixos: gestão de carreira e autoprodução; festivais que movimentam o Sul; e iniciativas que reinventam as cenas independentes. “O mercado se transformou, temos novas formas de produzir música. A troca de informações aprimora o trabalho artístico e incentiva essa onda maravilhosa que estamos vivendo em Curitiba”, afirma o diretor de comunicação João Taborda.

Entre os convidados, estão representantes de vários projetos significativos na música brasileira. Alguns exemplos são as iniciativas Tenho Mais Discos Que Amigos, PWR Records, Onça Discos e Água Viva Concentrado Artístico; além das bandas Cora, Machete Bomb e Carne Doce; e dos festivais Psicodália, Musicletada, Enxame e Ruído CWB.

A bagagem da Arnica
Com um espírito de autogestão, a Arnica Cultural foi inaugurada em 2016 pela banda Trombone de Frutas. Além de ter recebido artistas como Di Mello e O Terno na casa localizada no Bigorrilho, o coletivo produziu o festival Biro Biro Day Show, na rua São Francisco; e o palco Arnica, durante o Festival Coolritiba, na Pedreira Paulo Leminski.

“Nosso objetivo sempre foi profissionalizar o cenário independente, com pró-atividade e coragem para desconstruir. O Estopim, com shows e ações formativas, é um passo importante para catalisar a cultura. Também estamos trilhando novos rumos, assumindo o caráter de selo musical e estúdio”, conta Rodrigo Chavez, um dos gestores da Arnica.

PROGRAMAÇÃO COMPLETA

_ 15/12, SEXTA-FEIRA: PAINÉIS
LOCAL: Arnica Cultural (rua Otelo Queirolo, 237 – Bigorrilho, Curitiba)
INGRESSO: gratuito, pela plataforma Sympla

_ 18h: FAZENDO O ROLÊ | Bate-papo sobre gestão de carreira e autoprodução
Convidados: Heitor Humberto, Salma Jô e Macloys Aquino (Carne Doce), Kaila Pelisser e Katherine Zander (Cora), Vitor Salmazo (Machete Bomb)

_ 19h30: AMPLIFICA AÍ | Um panorama dos festivais que movimentam o Sul
Convidados: Bina Zanette, Michelle Hesketh (Musicletada e Ruído CWB), Alexandre Osiecki (Psicodália), Jonas Bender Bustince (Festival Enxame)

_ 20h: BURACOS NO TETO | Iniciativas que reinventam as cenas independentes
Convidados: Tony Aiex (Tenho Mais Discos Que Amigos), Rodrigo Chavez (Arnica Cultural), Matheus Mantovani (Onça Discos), Hannah Carvalho e Leticia Tomás (PWR Records), Luciano Faccini (Água Viva Concentrado Artístico)

_ 16/12, SÁBADO: SHOWS
LOCAL: Hermes Bar ( rua Engenheiro Rebouças, 1645 – Rebouças, Curitiba)
INGRESSO: R$ 35 por dia de show ou R$ 60 o passaporte, pela plataforma Sympla

_ 20h30: Loop Room
_ 22h: Mulamba

_ 23h30: Carne Doce
_ 1h: Trombone de Frutas
_ DJ Baqueta

_ 17/12, DOMINGO: SHOWS
LOCAL: Hermes Bar ( rua Engenheiro Rebouças, 1645 – Rebouças)

INGRESSO: R$ 35 por dia de show ou R$ 60 o passaporte, pela plataforma Sympla

_ 19h: Tuyo
_ 20h30: Tagore
_ 22h: Francisco, el hombre
_ DJ Bila Sampaio

Para saber mais:
Facebook | Instagram | Evento | Ingressos

FESTIVAL ESTOPIM DIVULGA PROGRAMAÇÃO COM LINE-UP PLURAL E DEBATES SOBRE O MERCADO MUSICAL INDEPENDENTE

Realizado de 15 a 17 de dezembro, evento surge como um espaço para agregar vivências diversas e fomentar novas conexões

Curitiba recebe a primeira edição do Festival Estopim entre os dias 15 e 17 deste mês, com a proposta de impulsionar novas movimentações no cenário artístico. Idealizado pela Arnica Cultural, o evento reúne atrações independentes e painéis sobre o mercado musical. Um dos destaques do line-up é a banda Francisco, el hombre, que foi indicada ao Grammy Latino este ano e encerra a turnê “Eita, Fudeu!” na capital paranaense.

O Estopim também terá a banda goiana Carne Doce e o quinteto pernambucano Tagore, ambos com discos aclamados pela crítica especializada e passagem por grandes festivais brasileiros. Mulamba, Tuyo e Trombone de Frutas são outros três nomes de peso que integram os shows, compondo uma programação plural e relevante para a música nacional.

“A intenção é agregar vivências diversas e proporcionar conexões intensas. Queremos que o festival seja um combustível para pensar e articular nosso lugar nesse mercado e fomentar ainda mais a cena curitibana. A ideia é que o Estopim, além de crescer em si, dê força para desdobrar outros empreendimentos”, defende a produtora Leticia Martins.

Conteúdo relevante
Para contribuir com esse propósito, os painéis discutirão três eixos: gestão de carreira e autoprodução; festivais que movimentam o Sul; e iniciativas que reinventam as cenas independentes. “O mercado se transformou, temos novas formas de produzir música. A troca de informações aprimora o trabalho artístico e incentiva essa onda maravilhosa que estamos vivendo em Curitiba”, afirma o diretor de comunicação João Taborda.

Entre os convidados, estão representantes de vários projetos significativos na música brasileira. Alguns exemplos são as iniciativas Tenho Mais Discos Que Amigos, PWR Records, Onça Discos e Água Viva Concentrado Artístico; além das bandas Cora, Machete Bomb e Carne Doce; e dos festivais Psicodália, Musicletada, Enxame e Ruído CWB.

A bagagem da Arnica
Com um espírito de autogestão, a Arnica Cultural foi inaugurada em 2016 pela banda Trombone de Frutas. Além de ter recebido artistas como Di Mello e O Terno na casa localizada no Bigorrilho, o coletivo produziu o festival Biro Biro Day Show, na rua São Francisco; e o palco Arnica, durante o Festival Coolritiba, na Pedreira Paulo Leminski.

“Nosso objetivo sempre foi profissionalizar o cenário independente, com pró-atividade e coragem para desconstruir. O Estopim, com shows e ações formativas, é um passo importante para catalisar a cultura. Também estamos trilhando novos rumos, assumindo o caráter de selo musical e estúdio”, conta Rodrigo Chavez, um dos gestores da Arnica.

PROGRAMAÇÃO COMPLETA

_ 15/12, SEXTA-FEIRA: PAINÉIS
LOCAL: Arnica Cultural (rua Otelo Queirolo, 237 – Bigorrilho, Curitiba)
INGRESSO: gratuito, pela plataforma Sympla

_ 18h: FAZENDO O ROLÊ | Bate-papo sobre gestão de carreira e autoprodução
Convidados: Heitor Humberto, Salma Jô e Macloys Aquino (Carne Doce), Kaila Pelisser e Katherine Zander (Cora), Vitor Salmazo (Machete Bomb)

_ 19h30: AMPLIFICA AÍ | Um panorama dos festivais que movimentam o Sul
Convidados: Bina Zanette, Michelle Hesketh (Musicletada e Ruído CWB), Alexandre Osiecki (Psicodália), Jonas Bender Bustince (Festival Enxame)

_ 20h: BURACOS NO TETO | Iniciativas que reinventam as cenas independentes
Convidados: Tony Aiex (Tenho Mais Discos Que Amigos), Rodrigo Chavez (Arnica Cultural), Matheus Mantovani (Onça Discos), Hannah Carvalho e Leticia Tomás (PWR Records), Luciano Faccini (Água Viva Concentrado Artístico)

_ 16/12, SÁBADO: SHOWS
LOCAL: Hermes Bar ( rua Engenheiro Rebouças, 1645 – Rebouças, Curitiba)
INGRESSO: R$ 35 por dia de show ou R$ 60 o passaporte, pela plataforma Sympla

_ 20h30: Loop Room
_ 22h: Mulamba

_ 23h30: Carne Doce
_ 1h: Trombone de Frutas
_ DJ Baqueta

_ 17/12, DOMINGO: SHOWS
LOCAL: Hermes Bar ( rua Engenheiro Rebouças, 1645 – Rebouças)
INGRESSO: R$ 35 por dia de show ou R$ 60 o passaporte, pela plataforma Sympla

_ 19h: Tuyo
_ 20h30: Tagore
_ 22h: Francisco, el hombre
_ DJ Bila Sampaio

Para saber mais:
Facebook | Instagram | Evento | Ingressos