O OLHAR DE NEUZA

A Tecer Teatro leva ao interior do Paraná o premiadíssimo monólogo, que discute o envelhecimento feminino.

A peça O Olhar de Neuza, vencedora do prêmio paranaense “Troféu Gralha Azul” (2013) nas categorias de melhor espetáculo, melhor atriz, direção e texto, será encenada em cinco cidades paranaenses: Lapa, Castro, Paranavaí, Pato Branco e Francisco Beltrão.

A turnê teve início em agosto, na Lapa e chega agora em Castro. As apresentações serão nos dias 01/09 (apresentações fechadas às 9h30 e às 16h) e 02/09 (apresentação aberta às 20h), no Teatro Bento Mossorunga. Endereço: Praça Manoel Ribas, 43 – Centro. ENTRADA GRATUITA.

A iniciativa é da Tecer Teatro, de Curitiba e foi viabilizada com incentivo da Copel e da Havan por meio do PROFICE (Programa Estadual de Fomento e Incentivo à Cultura), da Secretaria Estadual de Cultura do Paraná.

Inspirada no livro A Mulher Que Cai, do escritor curitibano Guido Viaro (neto do pintor), a peça narra a história de uma mulher de meia-idade que atravessa, em crise, a fase da menopausa. A professora aposentada vivida pela atriz Fabiana Ferreira ao refletir sobre sua existência e suas angústias expõe os conflitos psicológicos, sociais e físicos do universo da mulher madura.

“A peça não aborda apenas a menopausa. Menopausa é mero detalhe para uma mulher que chega a maturidade e coloca em questão sua própria vida e suas dores. O questionamento principal de Neuza está muito além dos calorões sentidos pelo seu corpo, está em viver e questionar”, explica Fabiana.

O espetáculo trata de apenas um dia na vida de Neuza, que poderia ser igual a tantos outros, não fosse sua disposição de torná-lo uma nova etapa.

“A juventude é a moeda de troca da mulher. Na menopausa, a mulher perde o valor social e o valor humano. É o momento em que precisa vestir a fantasia de ‘titia’ ou ‘vovó’, um papel assexuado e se contentar com as sobras sociais”, comenta Viaro.

O Olhar de Neuza expõe uma ferida social: que sentido a mulher tem para a sociedade depois do ápice da maturidade?

Desde a sua estreia em 2013, O Olhar de Neuza, realizou mais de 50 apresentações em Curitiba e em outras cidades brasileiras.

“O tema é profundo, existencialista, mas a comunicação com o público é fácil. Trata-se de um espetáculo de gênero, mas o tema, na verdade, é universal uma vez que expõe os conflitos de quem chega à meia idade e fatalmente revê sua vida, provocando no espectador, ora uma identificação, um espelhamento, ora a reflexão da importância das escolhas que fazemos durante nossa trajetória”, comenta a atriz.

Após cada apresentação, haverá um bate papo sobre o trabalho e o conteúdo abordado na peça. O projeto prevê também a realização de encontros com grupos teatrais de cada cidade para troca de experiências entre os profissionais da área e ainda oficinas voltadas para atores profissionais e amadores.

Todas as ações do projeto serão gratuitas.

TECER TEATRO

O teatro manifestado por forte fisicalidade tem sido característica do trabalho da Tecer Teatro que iniciou suas atividades em 2004 com o objetivo de fomentar, focar, aprofundar e ampliar a investigação cênica do teatro e da dança, bem como da linguagem audiovisual. Tais áreas culturais fazem parte dos vinte e sete anos de carreira de sua fundadora, Fabiana Ferreira, também sócia fundadora da Cia do Abração, empresa parceira por dez anos. A Tecer tem como foco proporcionar um espaço de aprofundamento de dramaturgias para realizar produções artísticas de experiências inovadoras, com temas que versem pelos interesses contemporâneos, de forma a contribuir para o enriquecimento cultural da comunidade da qual faz parte. Os trabalhos desenvolvidos buscam compartilhar a fusão de linguagens, agregando artistas de diferentes áreas.

Ficha Técnica da peça O Olhar de Neuza: Direção: Cristine Conde e Fabiana Ferreira; Texto: Criação Colaborativa; Elenco: Fabiana Ferreira; Coreografia: Wal Mayans; Iluminação: Anry Aider; Cenografia: Criação Colaborativa; Figurinos: Cristine Conde; Composição Musical: Tiago Constante; Cantora: Mariá Sallum, Cenotécnico e Operador de Luz: Frank Sousa; Operador Som: Paulo de Tarso ou Tiago Constante.

Acompanhe: http://oolhardeneuza.blogspot.com.br/
Visite: https://www.tecerteatro.com/
Link vídeo: https://www.youtube.com/watch?v=xJu0GCg7sD8
Realização: Tecer Teatro – Arte, Educação e Cultura.

SERVIÇO/CRONOGRAMA APRESENTAÇÕES:

CASTRO-PR
APRESENTAÇÕES SEGUIDAS DE BATE-PAPO
· dia 01/09 (sexta), às 9h30 e às 16h (*apresentações fechadas, agendamento prévio)
· dia 02/09 (sábado), às 20h (*apresentação aberta)
Local: Teatro Bento Mossurunga – Praça Manoel Ribas, 43 – Centro. Telefone: (42) 2122 5533
OFICINA “Ser Ator- A Prática Criativa” – dia 31/08 das 19h às 22h, dia 01/09 das 19h às 22h e dia 02/09 das 9h às 12h.
ENCONTRO com os fazedores de teatro locais – dia 02/09, às 14h.
Local: Teatro Bento Mossurunga – Praça Manoel Ribas, 43 – Centro

PARANAVAÍ -PR
APRESENTAÇÕES SEGUIDAS DE BATE-PAPO
· dia 19/09 (terça), às 8h e às 10h (*apresentações fechadas, agendamento prévio)
· dia 20/09 (quarta), às 20h (*apresentação aberta)
Local: Teatro Municipal Dr. Altino Afonso Costa – Praça Rodrigo Ayres de Oliveira – Centro
Telefone: (44) 3902 1128
OFICINA “Ser Ator- A Prática Criativa” – dia 18 e 19 das 19h às 22h e dia 20 das 9h às 12h.
ENCONTRO com os fazedores de teatro locais – dia 20, às 14h.
Local: Teatro Municipal Dr. Altino Afonso Costa – Praça Rodrigo Ayres de Oliveira – Centro

PATO BRANCO – PR
APRESENTAÇÕES SEGUIDAS DE DEBATES –
· dia 29/09 (sexta), às 10h e às 15h (*apresentações fechadas, agendamento prévio)
· dia 30/09 (sábado), às 19h (*apresentação aberta)
Local: Centro Cultural Sesi Pato Branco – Rua Xingu, 833 – Amadori
Informações – SESI Pato Branco: (46) 3220 5524
OFICINA “Ser Ator- A Prática Criativa” – dia 28 e 29 das 19h às 22h e dia 30 das 9h às 12h.
ENCONTRO com os fazedores de teatro locais – dia 30, às 14h.
Local: Teatro Municipal Naura Rigon – Rua Jaciretã, 976 – Bairro Parzianello.

FRANCISCO BELTRÃO -PR
APRESENTAÇÕES SEGUIDAS DE BATE-PAPO
· dia 01/10 (domingo), às 20h (*apresentação aberta)
· dia 02/10 (segunda) – às 10h e às 15h (*apresentações fechadas, agendamento prévio)
Local: TEATRO MUNICIPAL EUNICE SARTORI – Rua Octaviano Teixeira dos Santos, 1.121.
OFICINA “Ser Ator- A Prática Criativa” – dia 02 das 19h às 22h e dia 03 das 9h às 12h e das 13h às 16h.
ENCONTRO com os fazedores de teatro locais – dia 03, às 19h.
Local: TEATRO MUNICIPAL EUNICE SARTORI – Rua Octaviano Teixeira dos Santos, 1.121.
Informações: (46) 3524 4441

CONTATOS:
Assessoria de Imprensa:  Glaucia Domingos (41) 99909 7837  /
glauciadomingos@hotmail.com

Produção Executiva: Fabiana Ferreira (41) 3434 2992 / 99243 0322 /
tecerteatro@gmail.com

Produção Local nas cidades: Lapa, Francisco Beltrão, Pato Branco e Paranavaí
Paolla Cristina (Lola) Flessak
(46) 99111 9041  / lolafleessak@gmail.com

Produção Local na cidade de Castro
Ana Madureira (41) 99701 8006  / madureira.ana@gmail.com

“PROJETO REALIZADO COM O APOIO DO PROGRAMA ESTADUAL DE FOMENTO E INCENTIVO À CULTURA/PROFICE – SECRETARIA DE ESTADO DA CULTURA – GOVERNO DO ESTADO DO PARANÁ”.

FCC SELECIONA PARECERISTAS PARA A ÁREA DO AUDIOVISUAL

A Fundação Cultural de Curitiba realiza chamamento público para seleção de cinco pareceristas que farão a análise técnica de projetos do Edital Produção Audiovisual FCC/FSA. As inscrições devem ser feitas até às 12h do dia 19 de setembro de 2017, exclusivamente pelo Sisprofice. Mais informações estão no site da Fundação Cultural de Curitiba/Lei de Incentivo.

De acordo com a diretora de Incentivo à Cultura da Fundação Cultural de Curitiba, Loismary Pache, a contratação de especialistas para análise dos projetos inscritos em editais do Fundo Municipal da Cultura é um novo procedimento, adotado por decisão da própria Comissão do Fundo Municipal, a fim de tornar ainda mais democrático e transparente o processo de seleção.

Dois editais de pareceristas estão com inscrições abertas. Além do chamamento para a área do audiovisual, estão abertas as inscrições até 11 de setembro para especialistas da área de música, que serão contratados para análise de projetos do edital Paiol Musical.

Serviço:
Edital de Chamamento Público para Pareceristas para o Edital Produção Audiovisual FCC/FSA
Inscrições até às 12h do dia 19 de setembro de 2017
As informações estão disponíveis no site da Fundação Cultural de Curitiba, aqui

fonte: FCC

RETRÓPICA ATUALIZA O TROPICALISMO E A ANTROPOFAGIA NA DANÇA

Crédito da foto: Frank Pittoors

Espetáculo contemporâneo contemplado pelo Prêmio Funarte de Dança Klauss Vianna contará com a colaboração do público curitibano para a sua concepção

Brasil e Antropofagia cultural. Uma pesquisa de dança contemporânea de iniciativa da artista paulistana Mari Paula discute e atualiza esses temas em um espetáculo solo cuja a concepção “final” contará com a colaboração do público curitibano. A obra, que foi contemplada pelo Prêmio Funarte de Dança Klauss Vianna – edição 2015, chega ao público da capital paranaense com apresentações a preços populares durante o mês de setembro. O projeto, cuja produção está a cargo da Associação de Bailarinos e Apoiadores do Balé Teatro Guaíra – a ABABTG, ainda conta com oficinas e mostras de processo.

De acordo com a bailarina, performer e diretora Mari Paula, o Brasil não foi “descoberto” por um fidalgo navegador e sua caravela. “A colônia Brasil descendeu de um tratado ibérico que, em sua bula papal, estipulou que o leste de uma linha meridional seria ‘redescoberto’ por Portugal e o oeste dessa mesma linha ficaria para a Espanha”, defende. Segundo a pesquisadora, os corpos brasileiros se movem e agem sob essa influência histórica, o que repercute em uma produção artística nem sempre originalmente nacional.

Com base na antropofagia cultural, a pesquisa de Retrópica, aborda o hibridismo existente entre alguns elementos da cultura brasileira e da península ibérica e conta com a colaboração dos curitibanos para se aproximar de uma arte de identidade brasileira. Tal contribuição do público se dará por meio de duas mostras de processo e 10 oficinas culturais intituladas “O corpo brasileiro e a performatividade”, para o levantamento de reflexões e partilhas em torno do tema.

“Curitiba apresenta um determinado contexto sócio-identitário europeu, mas está localizada em uma realidade sócio-política latino-americana. Diante disso, se faz relevante ingressar em discussões sobre arte de identidade brasileira aqui e tornar essas partilhas parte do espetáculo. É por isso que a criação de Retrópica organiza-se em caráter híbrido, com a participação do público”, explica Mari Paula.

O resultado desse trabalho poderá ser conferido em três apresentações na Casa Hoffmann e seis na Casa Selvática de 1 a 17 de setembro, com ingressos a R$ 10,00 e uma sessão gratuita na Casa Hoffmann. O projeto conta com a colaboração de artistas como Ângela Donat, Airton Rodrigues, Fernando de Castro, Giorgia Conceição, Leonarda Glück, Ricardo Nolasco, Vítor Sabbag e Wagner Corrêa e com a produção da ABABTG – Associação de Bailarinos e Apoiadores do Balé Teatro Guaíra.

Crédito da foto: Ángela Donat

A Associação de Bailarinos e Apoiadores do Balé Teatro Guaíra apresenta Espetáculo Retrópica, de Mari Paula

Crédito da foto: Frank Pittoors

Na Casa Selvática
Datas e hora: De 1 a 3 de setembro e de 8 a 10 de setembro. Sempre às 20hs
Ingressos: R$ 10,00 (retirados no dia do evento, na bilheteria do espaço, uma hora antes do espetáculo)
Endereço: Rua Nunes Machado, 950 – Rebouças, Curitiba
Página do evento, aqui

Na Casa Hoffmann
Datas: Dias 15 e 16 de setembro, às 20h. Dia 17 de setembro, às 11h e às 20h.
Ingressos: R$ 10,00 (retirados no dia do evento, na bilheteria do espaço, uma hora antes do espetáculo)
Obs.: Haverá sessão gratuita no dia 17 de setembro, às 11h
Endereço: Rua Dr. Claudino dos Santos, 58 – São Francisco, Curitiba.

Projeto contemplado pelo Prêmio Funarte de Dança Klauss Vianna – edição 2015
Classificação indicativa: 14 anos
Produção: ABABTG
Contato: (41) 3044-7439 / 99136-7884
Ficha técnica:
Concepção e performance: Mari Paula
Colaboração: Airton Rodrigues, Ángela Donat, Giorgia Conceição, Leonarda Glück e Ricardo Nolasco
Iluminação: Trio desenho de luz – Wagner Correa e Victor Sabbag
Operação de Luz: Semy Monastier
Sonoplastia: Fernando de Castro
Ilustração: Evandro Prado
Vídeo: Marcus Vinicius Bonato e Livea Castro Calvo
Foto: Frank Pittoors, Ángela Donat e Cayo Vieira
Assessoria de impressa: Smartcom – Inteligência em Comunicação
Designer gráfico e gerenciamento de redes sociais: RDO Brasil
Direção de produção: Jorge Schneider
Coordenação geral: Simone Bönisch
Agradecimentos: Gabriel Machado, Adrián Torices Sáez, Alma Sáenz, Demétrio Sanches, Gil Costa, Victor Hugo, Ana Machado, Centro Cultural Teatro Guaíra, Estúdio Aire Flamenco, Casa Hoffmann e Casa Selvática.

ABABTG
Fundada em 2007, a Associação de Bailarinos e Apoiadores do Balé Teatro Guaíra surgiu para fortalecer a dança e demais artes motivando uma ligação sinérgica entre os setores público e privado. Para tanto, tem desenvolvido projetos culturais que promovam ações de formação, atualização, divulgação e fomento da dança, em suas diversas linguagens. A formação de público e o apoio à gestão de carreira de seus associados bailarinos, ex-bailarinos e apoiadores do Balé Teatro Guaíra também estão entre os compromissos da ABABTG. Formalizada como uma agremiação artística e cultural de caráter civil e personalidade jurídica e recentemente qualificada como Organização Social, a Associação tem demonstrado uma atividade intensa desde a sua fundação. Entre os seus principais eventos está a Mostra Paranaense de Dança, realizada anualmente em diferentes cidades do Estado para incentivar e valorizar bailarinos e grupos amadores e promover apresentações profissionais a preços populares.

Saiba mais:
www.ababtg.org.br/mostra
www.facebook.com/ababtgoficial/

BIBLIOTECA DA CAXIMBA


Ajude construir uma estrutura para a Biblioteca da Caximba, em Curitiba.

Você pode apoiar o projeto (com qualquer valor a partir de R$ 5,00) através deste link

FESTIVAL INTERNACIONAL RUÍDO ENCENA ANUNCIA DATAS EM CURITIBA

linn da quebrada

Nesta edição, a representatividade do corpo como resistência vai além dos palcos do teatro 

O Selo Ruído CWB, realizador de eventos como Festival Ruído nas Ruínas e Ruído Sessions, apresenta a primeira edição do Festival Internacional Ruído EnCena. 

O Festival Internacional Ruído EnCena irá reunir obras de 10 artistas e grupos de diferentes linguagens das artes da cena – dança, performance, teatro, música e intervenção. A curadoria adotou como principal linha de força as diversas representatividades do corpo e formas de resistência. Arte e vida postas em cena, criando diferentes camadas de fruição e produzindo novos discursos e desejos. Também compõem a programação oficinas, residências, encontros e festas que visam impulsionar a criação e reflexão através do intercâmbio artístico. 

SERVIÇO | Festival Internacional Ruído EnCena. 
Quando: De 20 à 30 de setembro de 2017
Local: Teatro José Maria Santos 
Endereço: Rua 13 de maio, 655 – Curitiba
Ingressos R$ 20 e R$ 10

‘CONCERTO EM RI MAIOR’ FAZ APRESENTAÇÃO GRATUITA NO SESI PORTÃO

Concerto em Ri Maior / Crédito foto: Nilton Russo

Espetáculo une palhaçaria e muita música nos dias 12 e 13 de agosto

Dizem que quem tem um amigo tem tudo. O maestro russo Wilson Chevchenco que o diga! Graças a ajuda de Sarrafo, seu fiel amigo e tradutor, o seu concerto musical, onde apresenta as composições de sua família, pode ser compreendido pela plateia – já que o palhaço não fala português. A peça, que já fez sucesso expressivo na capital paranaense e cuja interação da plateia é essencial, acontece às 19h nos dias 12 e 13 de agosto, no Teatro Sesi Portão.

O espetáculo “Concerto em Ri Maior” surgiu em 2005 a partir de jogos de improvisação de palhaços com a música, resultando em uma comédia interativa e alegre para toda a família. O concerto conta ainda com um coral, que é integrado pelo público. E para embalar a diversão, os próprios palhaços tocam vários instrumentos: piano, violão, acordeom, gaita, castanholas e harmônica.

O “Concerto em Ri” Maior já percorreu vários festivais pelo Brasil e pelo mundo, como o festival de comédia musical “O Gesto Orelhudo”, em Portugal, e o Festival Internacional “Anjos do Picadeiro” (em Florianópolis e Rio de Janeiro). Também já foi apresentado em parceria com a Orquestra Sinfônica do Paraná no Teatro Guaíra, em Curitiba. Agora, faz temporada gratuita no Teatro do Sesi Portão, trazendo na bagagem muita música, dança, improvisação e, claro, divertidas palhaçadas para o público da região.

SERVIÇO:
CONCERTO EM RI MAIOR

Teatro SESI Portão
Data: 12 de agosto (sábado) e 13 de agosto (domingo)
Hora: sempre às 19h
Local: Teatro do Sesi Portão
Endereço: Rua Padre Leonardo Nunes, 180 – Portão
Classificação: Livre
Observação: Sujeito a lotação
Mais informações:
www.sesipr.org.br/cultura/EventAgenda27805content350965.shtml
www.sesipr.com.br/cultura/
www.facebook.com/sesiculturapr/

SESI CULTURA
Foi em 2008 que a Regional Paraná do Serviço Social da Indústria inaugurou uma área especificamente dedicada ao desenvolvimento de ações culturais ancoradas nas diretrizes previstas na Declaração Universal dos Direitos do Homem, como a diversidade, a pluralidade e a autonomia. Desde então, o Sesi Cultura Paraná tem promovido o acesso à cultura com foco em programas de formação artística e cultural, investindo em processos criativos, formação de plateia para todas as linguagens e na formação e desenvolvimento cultural com vocação local. O Circuito Cultural Sesi, o Festival Sesi Música, os Núcleos Criativos do Sesi, o Zoom Cultural, os Programas Sesi Música, Sesi Arte, Sesi Audiovisual e Sesi Artes Cênicas são exemplos de programas desenvolvidos pela Gestão Cultural do Sesi. De 2008 até 2016, mais de 927 mil espectadores tiveram acesso à cultura por meio de cerca de 7,5 mil eventos realizados pelo Sesi Paraná. Todas essas ações sempre tiveram como objetivo o acesso ao bem cultural para o trabalhador da indústria, seus dependentes e para a comunidade de um forma geral, além da difusão da arte em todas as suas manifestações, valorizando a diversidade e a pluralidade do povo brasileiro.

CURITIBA GANHA NOVA PROGRAMAÇÃO CULTURAL NO MERCÊS

A Comédia da Panela

O projeto AçãoArte será inaugurado nos dias 28 e 29 com a estreia do espetáculo A Comédia da Panela e uma animada festa julina

Espetáculos teatrais, apresentações musicais, leituras dramáticas, a exibição de filmes, oficinas, cursos e palestras. Todas essas atividades já estão confirmadas até dezembro de 2017 dentro da mais nova programação cultural de Curitiba. O projeto AçãoArte vai dar a largada no final deste mês, com sede no bairro Mercês. A iniciativa surgiu da parceria entre a Thadeu Peronne Produções, o Grupo Arte da Comédia e a Sociedade dos Amigos da Cultura Ucraniana (TPUK) – que vai abrigar as ações em sua estrutura física. Os eventos de inauguração, nos dias 28 e 29, possuem entrada franca, e contarão com a estreia do espetáculo A Comédia da Panela e animadas festas julinas após as apresentações.

O espaço que receberá a programação do AçãoArte está instalado dentro do prédio histórico da TPUK (à Rua Brigadeiro Franco – 374), um local que já possui forte tradição com as artes e que neste ano completa 70 anos de existência. Nesta nova iniciativa, o local sediará produções e oficinas do ator, diretor e produtor Thadeu Peronne e os ensaios e montagens do Grupo Arte da Comédia – companhia comandada pelo diretor italiano Roberto Innocente e atuante em Curitiba há 10 anos.

De acordo com Thadeu Peronne, o Ação Arte surge de uma busca antiga por um local que pudesse abrigar as suas produções, receber uma programação artístico cultural diversificada como opção ao público curitibano, oferecer oportunidades aos artistas nacionais e possibilitar a vinda de produções de fora do país. “Trata-se do primeiro filho de minha intensa busca por um casarão para a realização de espetáculos e interferências artísticas e do meu desejo de com isso beneficiar toda a comunidade” diz Thadeu Peronne.

Eventos de inauguração
Para abrir as atividades da mais nova programação cultural de Curitiba, o Grupo Arte da Comédia, especializado em commedia dell’arte, vai estrear o seu novo espetáculo nos dias 28 e 29. “A Comédia da Panela” é uma adaptação do clássico “Aulularia ou La Commedia Della Pentola” – de autoria do dramaturgo romano Plauto. A obra serviu de inspiração para outros renomados escritores durante a História, como Shakespeare e Molière. Na montagem do Arte da Comédia é colocada em cena uma discussão atual sobre o lado cômico da busca frenética por prazer e riquezas que sonda a humanidade.

Após as apresentações, o público poderá participar de uma animada festa julina, com opções gastronômicas variadas e muita música. “Essa parceria possibilitará eventos incríveis. O espaço do AçãoArte, com mesas e cadeiras diante do palco, ao estilo cabaré, permite que as apresentações realizadas no local sejam sempre seguidas de festas temáticas, com boa comida e bebida. Uma maneira de festejar a arte e a vida”, declara Roberto Innocente.

Programação de 2017
Além das montagens teatrais e festas promovidas dentro do AçãoArte, uma vasta programação musical terá espaço no local. Por meio de acordo firmado com a Escola de Música e Belas Artes do Paraná – a EMBAP, a partir do dia 6 de agosto, nas manhãs de domingo serão oferecidos concertos musicais variados que irão desde a música clássica até o repertório operístico, passando pela MPB. Uma oficina de Interpretação para Câmara também será ofertada.

Para setembro, está prevista a apresentação do espetáculo As Aves de Aristófanes, de Thadeu Peronne. Oficinas de dança, hip-hop, grafite, cursos para crianças, adultos e terceira idade, entre outras ações, podem ser acompanhados no site da programação: www.acaoarte.com.br

Serviço:
Inauguração da Programação AçãoArte
Estreia de “A Comédia da Panela”: 28 e 29 de julho, sempre às 20h
Festa Julina AçãoArte: 28 e 29 de julho, após as apresentações teatrais
Local: TPUK | Rua Brigadeiro Franco, 374 – Mercês. 
Entrada Franca!

REDE PRETA | TRAMPOS. OFEREÇO

Iniciativa de Um Baile Bom

“Bóra enfrentar essa crise juntos!

Procurando uma vaga, freela ou taxa?
Você presta algum tipo de serviço? Ministra aulas? Organiza a casa?

Montamos um espaço para você comunicar suas habilidades, serviços, especialidades. A ideia é funcionar como um mural de serviços que são oferecidos.

Vamos nessa?
Faça sua inscrição no link: aqui

Procurando profissionais?
Acesse aqui:  aqui

Boa sorte!

fonte: UM BAILE BOM

Um Baile Bom é uma movimento-festa-ato político de mobilização da comunidade negra de Curitiba e Região Metropolitana através de um baile black. Realizado, até junho de 2017, na tradicional Sociedade Operária Beneficente 13 de Maio, clube social negro de 128 anos, o terceiro mais antigo do país em funcionamento, Um Baile Bom completou seu primeiro ano de resistência em abril de 2016.

SESI MÚSICA APRESENTA A BANDA MULAMBA

Sexteto feminino levanta a sua bandeira poética neste sábado em São José dos Pinhais-PR

Para reforçar o lugar da mulher brasileira no cenário da música nacional, e na sociedade de uma forma geral, a banda Mulamba tem levantado a sua bandeira em alto e bom som. Suas integrantes uniram-se em 2015 a partir do desejo inicial de homenagear importantes cantoras brasileiras, como: Cássia Eller, Gal Costa e Rita Lee. As composições autorais vieram como consequência, um manifesto, com letras que abordam temas contundentes e que reiteram o movimento de empoderamento feminino na atualidade.

O nome da banda já é protesto. De acordo com as componentes, o uso da palavra Mulamba desconstrói o entendimento pejorativo sobre o termo e ressignifica a expressão, atribuindo força e enxergando todas as mulheres como protagonistas de suas histórias. Carregando consigo esse posicionamento, elas flertam com o rock, contando com os vocais marcantes de Amanda Pacífico e Cacau de Sá e a qualidade instrumental de Caro Pisco (Bateria), Fer Koppe (Cello), Naíra Debértolis (Baixo) e Nat Fragoso (Guitarra).

Clipes com milhares de acessos no Youtube refletem o sucesso crescente de Mulamba. Sucesso relacionado à qualidade musical do sexteto, mas em especial ao fato de se fazerem tradutoras e porta-vozes dos anseios e inquietações daqueles que lutam pela igualdade de gêneros na sociedade.

No Teatro Sesi São José dos Pinhais, Mulamba se apresenta no sábado, dia 15, às 20h. Os ingressos podem ser adquiridos mediante a troca por 1 litro de leite, 30 minutos antes do show, na bilheteria do teatro. As doações serão destinadas ao Centro de Educação João Paulo II, de Piraquara.

SERVIÇO:
SESI Música apresenta. Show da Banda Mulamba
Data: 15 de julho, sábado. Hora: às 20h
Local: Teatro Sesi São José dos Pinhais
Endereço: Rua Quinze de Novembro, 1800 – Centro de SJP-PR
Ingresso: Adquirido mediante a troca por 1 litro de leite.
Os ingressos devem ser trocados 30 minutos antes do show, na bilheteria do teatro. (Evento sujeito à lotação do espaço).
Entidade beneficiada: Centro de Educação João Paulo II, de Piraquara.
Mais informações: aqui
www.facebook.com/mulambaoficial
Página do evento, aqui

SESI CULTURA
Foi em 2008 que a Regional Paraná do Serviço Social da Indústria inaugurou uma área especificamente dedicada ao desenvolvimento de ações culturais ancoradas nas diretrizes previstas na Declaração Universal dos Direitos do Homem, como a diversidade, a pluralidade e a autonomia. Desde então, o Sesi Cultura Paraná tem promovido o acesso à cultura com foco em programas de formação artística e cultural, investindo em processos criativos, formação de plateia para todas as linguagens e na formação e desenvolvimento cultural com vocação local. O Circuito Cultural Sesi, o Festival Sesi Música, os Núcleos Criativos do Sesi, o Zoom Cultural, os Programas Sesi Música, Sesi Arte, Sesi Audiovisual e Sesi Artes Cênicas são exemplos de programas desenvolvidos pela Gestão Cultural do Sesi. De 2008 até 2016, mais de 927 mil espectadores tiveram acesso à cultura por meio de cerca de 7,5 mil eventos realizados pelo Sesi Paraná. Todas essas ações sempre tiveram como objetivo o acesso ao bem cultural para o trabalhador da indústria, seus dependentes e para a comunidade de um forma geral, além da difusão da arte em todas as suas manifestações, valorizando a diversidade e a pluralidade do povo brasileiro. 

www.sesipr.com.br/cultura/
www.facebook.com/sesiculturapr/