PALESTRA INAUGURAL – O MÉTODO EM MARX

Terça-feira, 3 de março, em Curitiba, no miniauditório da UTFPR – Universidade Tecnológica Federal do Paraná. Inscrições gratuitas.

“Palestra de abertura do curso de extensão “Leituras d’O Capital”.

Palestrante: Professor Claus Germer, departamento de economia da UFPR.

Curso de extensão – Leituras d’O Capital (2020)
Oficina gratuita de leitura dos 3 livros, com encontros quinzenais:

Livro 1: segundas (UTFPR/CENTRO), início 09/03
Livro 2: terças (UFPR/BOTÂNICO), início 10/03
Livro 3: quartas (UFPR/BOTÂNICO), início 11/03

Inscrições gratuitas: aqui

Mais informações:
leiturasdocapital@gmail.com
www.facebook.com/circmarx

Serviço:
Palestra inaugural – O método em Marx
Local: Miniauditório UTFPR Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR), Av. Sete de Setembro, 3165 – Rebouças, Curitiba
Data: 3 de março, terça-feira, das 19:00 às 22:00
Entrada gratuita
Página do evento, aqui
Organizado por Círculo Marx

2ª EDIÇÃO DO GRUPO DE ESTUDOS EM SEMIÓTICA DISCURSIVA

Abertas inscrições para a 2ª edição do grupo de estudos em semiótica discursiva em Curitiba, na reitoria da UFPR ou imediações.

Os encontros acontecem em sábados alternados, das 9h30 às 12h30. A participação é gratuita e aberta à comunidade.

O primeiro encontro é no dia 7 de março.

Continuaremos trabalhando com o livro “Caminhos da semiótica literária”, de Denis Bertrand – um capítulo por encontro.

Informações sobre o local dos encontros e uma cópia do texto serão enviadas aos e-mails informados nas inscrições.

Inscrições: aqui

fonte / texto: Adriana Baggio

FLIBI, A FESTA LITERÁRIA DA BIBLIOTECA PÚBLICA DO PARANÁ

A Biblioteca Pública do Paraná realiza entre os dias 22 e 26 de outubro a terceira edição da Flibi, a Festa Literária da Biblioteca. Dalton Trevisan é o autor homenageado do evento, que neste ano conta com mais de 40 convidados e 50 atrações gratuitas — entre palestras, debates, oficinas, exposições, sessões de cinema, atividades para crianças e apresentações de música e teatro. Pela primeira vez, as ações acontecem também fora da BPP, nos espaços culturais de Curitiba mantidos pelo Governo do Estado e em outros cinco municípios do Paraná (Londrina, Maringá, Ponta Grossa, Cascavel e Foz do Iguaçu). Marçal Aquino, Eliane Robert Moraes, Paulo Cesar de Araújo, Luci Collin e André Sant’Anna são alguns dos convidados já confirmados na festa.

Serviço
Flibi 2019
De 22 a 26 de outubro, na Biblioteca Pública do Paraná e em diversos espaços culturais de Curitiba, Londrina, Maringá, Ponta Grossa, Cascavel e Foz do Iguaçu
Entrada franca
Mais informações: (41) 3221-4911

Saiba mais: https://bit.ly/2kSGQk8

fonte: Jornal Cândido

ONG TRAZ PALESTRA INÉDITA SOBRE A ARTE DO PALHAÇO E A HUMANIZAÇÃO DAS RELAÇÕES SOCIAIS

Autores do livro “O Clown Terapêutico”, Montserrat Gasull Sanglas e Rodrigo Bastos conduzem conversa no Hospital do Idoso Zilda Arns 

O Nariz Solidário, ONG que trabalha com a linguagem do palhaço para humanizar e transformar ambientes de atenção à saúde, traz para Curitiba os responsáveis pela obra “O Clown Terapêutico” e fundadores da companhia “A Arte de Ser Grande”: Montserrat Gasull Sanglas e Rodrigo Bastos. Os pesquisadores de Juiz de Fora (MG) realizarão uma palestra no dia 13 setembro (sexta-feira), às 19h30, no Auditório Hospital do Idoso Zilda Arns (Rua Lothário Boutin, 90 – Pinheirinho), trazendo técnicas inovadoras para estimular o autoconhecimento e a transformação pessoal. 

A palestra “Sobre esquilos e humanização da saúde na visão de psicólogos palhaços”, voltada para trabalhadores da saúde e público em geral, fala sobre a humanização nas relações sociais e ambientes saudáveis para a saúde do corpo e mente. 

“Percebemos que a técnica ou mesmo as palavras bonitas não podem, não devem e nem mesmo fazem sentido quando se sobrepõem ao amor que colocamos no que fazemos. A ideia é contar um pouco da nossa experiência e compartilhar como é possível e necessário, no dia a dia, criar espaços mais humanizados e de aproximação para, assim, avivar a saúde que habita nos outros e em cada um de nós”, explica Rodrigo Bastos. 

As capacitações de Montserrat Gasull Sanglas e Rodrigo Bastos utilizam métodos circenses, teatrais e psicodramáticas como ferramentas para envolver e provocar emoções que gerem mudanças positivas, focando na criatividade, empatia e resiliência próprias do palhaço. “Dentro do nosso compromisso de fomentar a palhaçaria como ferramenta de transformação coletiva e pessoal, o Nariz Solidário propõe essa oportunidade única para reflexão, guiada por profissionais que são referências na arte e pesquisa da palhaçaria no Brasil” comenta Eduardo Roosevelt, presidente e coordenador geral do Nariz Solidário. 

É possível se inscrever aqui. O valor do investimento é de R$ 10 mais um produto de higiene, que será doado para os hospitais parceiros do Nariz Solidário. 

Sobre o Nariz Solidário 
Através da linguagem do palhaço, o Nariz Solidário leva bom humor e experiências de alegria e conforto para pacientes, familiares, visitantes e equipe de profissionais de três hospitais de Curitiba e Região Metropolitana. Em seus cinco anos de atividades, mais de 27 mil pessoas já foram impactadas pelas ações da ONG. 

O Nariz Solidário também é referência pelo seu constante trabalho de capacitação e treinamento para aprofundar os conhecimentos na linguagem da palhaçaria; estimular a humanização e os cuidados com a saúde mental em diferentes ambientes; realizar acompanhamentos terapêuticos e promover a organização do terceiro setor e de ações de voluntariado. 

Para apoiar e saber mais sobre o trabalho do grupo, acompanhe os canais oficiais: 
www.narizsolidario.org/apoie 
Site: www.narizsolidario.org
Facebook e Instagram: @narizsolidario
Telefone: (41) 99677-8713 (apenas WhatsApp)
E-mail: narizsoliodario@gmail.com 

Serviço: 
Palestra com Montserrat Gasull Sanglas e Rodrigo Bastos 
“Sobre esquilos e humanização da saúde na visão de psicólogos palhaços” 
Quando: 13 de setembro, sexta-feira, às 19h30 
Local: Auditório hospital do Idoso Zilda Arns (Rua Lothário Boutin, 90 – Pinheirinho, Curitiba) 
Investimento: R$ 10 mais a doação de um produto de higiene 
Inscrições: www.narizsolidario.org/palestra2019 

INSCRIÇÕES – CONFERÊNCIA “AGROTÓXICOS: IMPACTOS NA SAÚDE E NO MEIO AMBIENTE NO BRASIL E NO PARANÁ.”

A palestra tem por objetivos: 
_ Debater o Impacto do agrotóxico na saúde e no meio ambiente;
_ Sensibilizar a participação na XVIII Jornada de Agroecologia a ser realizada entre os dias 29 de agosto a 01 de setembro de 2019, em Curitiba.

Serviço:
Conferência “Agrotóxicos: impactos na saúde e no meio ambiente no Brasil e no Paraná.”
Data: 28 de agosto de 2019
Horário: 19h
Local: Auditório da UTFPR, Campus Curitiba, Sede Centro, Av. Sete de setembro 3165, Rebouças, Curitiba.

INSCRIÇÕES: entre os dias 21 e 27 de agosto. A participação é gratuita. Através deste link.

fonte

COM INÍCIO NESTA QUINTA-FEIRA (20), FIMS REÚNE AGENTES DA PRODUÇÃO MUSICAL NACIONAL E INTERNACIONAL EM CURITIBA

crédito foto: Nicolas Salazar

A terceira edição da Feira Internacional da Música do Sul – FIMS traz neste ano além da programação diversos shows no ‘Circuito Off’

Entre os dias 20 e 22 de junho, o Portão Cultural, em Curitiba, recebe a terceira edição da Feira Internacional da Música do Sul – FIMS. Considerado um dos principais eventos de negócios do setor musical no sul do país, além da programação oficial, a Feira apresenta diversos shows nos espaços culturais da cidade. 

Neste ano, palestras, mesas, debates, rodadas de negócios, showcases e o circuito off, atraem o público e diversos agentes da cadeia produtiva da música nacional e internacional.

Em 2019, as inscrições nos showcases superaram a edição passada. Para o desempate, foi utilizado o critério de distribuição geográfica com foco na região sul.

Entre os selecionados estão, A Banda Mais Bonita da Cidade (Curitiba), Janine Mathias (Curitiba), Caburé Canela (Londrina), Dandara Manoela (Santa Catarina), Yangos (Rio Grande do Sul), Modernas Ferramentas Científicas de Exploração (Rio Grande do Sul), MARTTE (São Paulo) e o rapper Sucio Bang (Colômbia).

Neste ano, duas palestras compõem a grade. A diretora de pesquisa do DATA SIM (núcleo de pesquisa da SIM São Paulo), Dani Ribas retrata a importância de dados e informações confiáveis para o desenvolvimento do mercado da música.

O diretor de design estratégico da Rizoma Aceleradora de Projetos Culturais, Iuri Freiberger, traz a discussão sobre o desenvolvimento de novas formas do design para projetos criativos no mercado da música.

Ao todo, seis temáticas englobam as mesas tendo como pano de fundo o contexto da tecnologia. Com destaque para as mesas sobre ‘o papel da pesquisa musical na era da infobesidade’, ‘ dificuldades de se lançar um álbum independente’ e ‘música brasileira no exterior’.

Entre artistas, jornalistas e produtores participam, Lio Soares (Tuyo), Pena Schmidt (Lista das Listas), Fer Isella (Limbo Music / SoL Madrid), Fabi Pereira (Papo de Música / FARO), Tony Ayex (Tenho mais discos que Amigos), Melina Hickson (Porto Musical), David McLoughlin (Brasil Calling), Filip Košťálek (Festival Colours) e outros.

No eixo profissionalizante da FIMS, seis cursos de curta duração trazem diversos especialistas do mercado da música, entre eles, a gerente de marketing da Habro Music, Renata Gomes; os produtores, Alec Haiat e Samuel Galdino do Projeto Suspechos; o produtor musical e proprietário do Grupo UN Music, Barral Lima; os produtores do Centro Europeu/AIMEC, Alonso Figueroa e Danilo Bencke (AIMEC); a brand da agência Talquimy, Tathy Moura e o curador e programador do espaço Agulha (RS), Guilherme Thiesen Netto.

No complexo do Portão Cultural, a Casa da Leitura Wilson Bueno será o espaço dedicado para a troca de ideias entre os profissionais de entidades do Sesi Cultura (PR), DaleGig, Sarau As Mina Tudo (SP), Soundscape, Tenho mais discos que Amigos e Rádio Butiá Brasil.

Além da programação oficial no Portão Cultural, após as atividades, acontecem paralelamente em diversos espaços da cidade, os shows com Lemoskine (PR), Leo Fressato (PR), Fernando Lobo (PR), Thaïs Morell (PR), Janine Mathias (PR), Kia Sajo (SC), Bananeira Brass Band (PR), Cida Airam (PR), Trabalhos Espaciais Manuais (RS) e DJ Manoel Canepa (RS).

Para os interessados em participar de todas as atividades da FIMS, o  credenciamento deve ser feito pela plataforma do Ingresso Nacional (a partir de R$40). Confira a programação detalhada no site oficial: fims.com.br

Serviço:

3ª Feira Internacional do Música do Sul
Onde: Portão Cultural –  Av. Rep. Argentina, 3.432 – Portão, Curitiba
Quando: Entre os dias 20 e 22 de junho de 2019
Site: fims.com.br

SEMANA MEI / 20 A 24 DE MAIO / CURITIBA

A Semana MEI, promovida pela Prefeitura de Curitiba e pelo SEBRAE/PR, terá eventos diários em ruas da cidadania e no Engenho da Inovação, no Rebouças, em Curitiba, além de um grande mutirão, na quinta-feira (23/5), reunindo todos os serviços de apoio aos MEIs no Parque Barigui. A programação termina na sexta-feira (24/5).

Veja a programação completa no link abaixo e garanta a sua vaga.
www.agenciacuritiba.com.br/eventos

Obs.: Para ser um MEI (microempreendedor individual), é necessário faturar hoje até R$ 81.000,00 por ano, não ter participação em outra empresa como sócio ou titular e ter no máximo um empregado contratado que receba o salário-mínimo ou o piso da categoria.

fonte

NOVAS FORMAS DE EDUCAÇÃO E METODOLOGIAS SÃO MAIS EFETIVAS EM UM MUNDO CONECTADO

Sistema Fiep traz palestra sobre Educação 4.0 e EdTechs. Evento é gratuito e acontece em Curitiba no dia 16 de abril

Você já ouviu falar em Educação 4.0? O termo está relacionado com a nova revolução industrial e com as formas de ensinar em uma sociedade globalizada, conectada e que prepara profissionais para a indústria 4.0. “O mundo está mudando e a educação também. Os profissionais da área devem estar preparados e atualizados para lidar com uma geração que tem novas formas de pensar e aprender”, explica Rafael Cury, gerente do Campus da Indústria do Sistema Fiep.

A aliança entre a educação e a tecnologia, trouxe um novo olhar para o ensino e o aprendizado. “Salas de aula tradicionais, onde os alunos ficam enfileirados na maior parte do tempo, não são mais eficazes. A educação no estilo Learning By Doing, ou seja, aprender fazendo, promove algumas soft skills como por exemplo: empatia, criatividade e a autonomia dos estudantes”, explica José Motta Filho, consultor especialista em metodologias ativas de ensino. Para dialogar e compartilhar experiências sobre essa temática, o Sistema Fiep convidou José Motta Filho para conduzir o evento “A Educação 4.0 e as EdTechs Emergentes” realizado pelo programa Café & Gestão, no próximo dia 16 de abril, no Campus da Indústria. Os assuntos principais do evento são: educação disruptiva, inovação, realidade virtual, inteligência artificial, entre outras formas e metodologias ativas de ensino para promover uma educação 4.0.

As novas formas de ensino
EdTechs são tecnologias educacionais e metodologias ativas que incentivam a cultura maker, ou seja, estimulam os alunos a produzirem suas pesquisas, produtos e projetos. Estas novas metodologias podem ser aplicadas em toda a jornada de ensino, desde educação infantil, até o ensino superior. “As tecnologias educacionais são um meio para potencializar estratégias e práticas de ensino de vanguarda. Engloba um grande elenco de equipamentos, aplicativos e portais que podem ser usados em processos educacionais. Dentre essas tecnologias podemos citar: realidade virtual e aumentada, inteligência artificial, drones, gamificação, robótica, impressão 3D e incontáveis aplicativos e ambientes virtuais de aprendizagem”, explica o palestrante.

A entrada é gratuita e interessados podem se inscrever no em www.ielpr.com.br

Serviço:
Café & Gestão: A educação 4.0 e as EdTechs emergentes
Palestrante: José Motta Filho
Data: 16/04
Horário: 8h45 às 11h
Local: Auditório II – Campus da Indústria | Av. Comendador Franco, 1341, Jardim Botânico, Curitiba
Entrada gratuita e inscrições: www.ielpr.com.br

Sobre o palestrante
José Motta Filho é engenheiro Civil pela Universidades Federal do Paraná, especialista em Gestão Escolar pela FAE Business School e especialista em Principles of Technology – Cord International – USA. Tem MBA em Gestão Empresarial – FAE & Baldwin Wallace – USA e é Mestre em Tecnologias Emergentes em Educação na Must University, USA.

Atua como consultor especialista em metodologias ativas de ensino e é Head of EdTech na Beenoculus e Head of Active Learning na Beetools, startups que promovem e utilizam Realidade Virtual, Inteligência Artificial, Big Data, Gamificação e Adaptative Learning na Educação.

SOBRE O SISTEMA FIEP
O Sistema Fiep é composto pela Federação das Indústrias do Estado do Paraná (Fiep), Serviço Social da Indústria (Sesi), Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) e Instituto Euvaldo Lodi (IEL). As instituições trabalham integradas em prol do desenvolvimento industrial. Com linhas de atuação complementares, realizam a interlocução com instâncias do poder público, estimulam o fomento de negócios nacionais e internacionais, a competitividade, a inovação, a tecnologia e a adoção de práticas sustentáveis, e oferecem serviços voltados à segurança e saúde dos trabalhadores, à educação básica de crianças, jovens e adultos, à formação e aperfeiçoamento profissional, à formação de nível superior, além de capacitação executiva. Sistema Fiep: nosso i é de indústria.

fonte

1ª SEMANA DA DIVERSIDADE DE CURITIBA

ISAE Escola de Negócios promove semana da diversidade! 

“Vamos falar sobre diversidade?
Em um evento aberto ao público e gratuito, nós iremos tratar de assuntos fundamentais para o combate da discriminação, preconceitos e exclusão social. De 15 a 17 de abril, você é o nosso convidado para a 1ª Semana da Diversidade de Curitiba.

As vagas são limitadas e o evento será no auditório do ISAE, em Curitiba. Av. Visc. de Guarapuava, 2943, Centro, Curitiba.

Programação:
Dia: 15/04 (segunda-feira) – Trabalho decente e crescimento econômico: as empresas e a diversidade.
Horário: das 18h30 às 21h.
Inscrições neste link

Dia: 16/04 (terça-feira) – Paz e Justiça.
Horário: das 18h30 às 21h. 
Inscrições neste link

Dia: 17/04 (quarta-feira) – Redução das desigualdades.
Horário: das 18h30 às 21h.
Inscrições neste link

fonte: Isae Brasil

PALESTRA APRESENTA SOLUÇÕES PARA O NOVO MERCADO DE MARKETING

O evento “O Novo Marketing: mais disruptivo, mais criativo e mais empreendedor” acontecerá no dia 19 de fevereiro, no Campus da Indústria

O mercado atual de marketing e comunicação exige alta performance, agilidade e inovação. A palestra  “O Novo Marketing: mais disruptivo, mais criativo e mais empreendedor”, de Alceu Cruz, acontecerá no dia 19 de fevereiro, no Campus da Indústria. Nela, Alceu procura desenvolver nos profissionais a habilidade de identificar oportunidade de negócios, avaliar diferentes cenários e atuar de forma integrada nas áreas de comunicação e marketing.

Com início às 08h45 e previsão para se encerrar às 10h30, o evento é gratuito, mas as vagas são limitadas. Inscreva-se aqui.

Sobre o palestrante
Alceu Cruz é palestrante, professor e especialista em marketing e comunicação. Com mais de 15 anos de experiência, Alceu tem MBA em marketing, é especialista em branding, estudou na University of London e fez os cursos Creative Writing (2012) e Cores e Design (2013). Atualmente é mentor criativo na GAUD Branding, desenvolve projetos como Consultor para OSSEANO BrandXperience.

Serviço:
Evento: O Novo Marketing: mais disruptivo, mais criativo e mais empreendedor
Data: 19 de fevereiro de 2019
Horário: 08h45
Local: Auditório I do IEL | Campus da Indústria. Av. Com. Franco, 1341 – Jd. Botânico – Curitiba.
Inscrições: Evento gratuito, vagas limitadas, aqui

SOBRE O SISTEMA FIEP
O Sistema Fiep é composto pela Federação das Indústrias do Estado do Paraná (Fiep), Serviço Social da Indústria (Sesi), Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) e Instituto Euvaldo Lodi (IEL). As instituições trabalham integradas em prol do desenvolvimento industrial. Com linhas de atuação complementares, realizam a interlocução com instâncias do poder público, estimulam o fomento de negócios nacionais e internacionais, a competitividade, a inovação, a tecnologia e a adoção de práticas sustentáveis, e oferecem serviços voltados à segurança e saúde dos trabalhadores, à educação básica de crianças, jovens e adultos, à formação e aperfeiçoamento profissional, à formação de nível superior, além de capacitação executiva. Sistema Fiep: nosso i é de indústria.