PRÊMIO ARTES VISUAIS: DIFUSÃO DE SABERES E FAZERES TRADICIONAIS

PRÊMIO ARTES VISUAIS: Difusão de Saberes e Fazeres Tradicionais. 

O foco deste prêmio será a seleção de obras de artes visuais já produzidas por artistas ou coletivos que pertençam a povos e comunidades tradicionais formadores do Paraná. Este prêmio tem como foco promover e fomentar as artes visuais produzidas no Paraná, com foco especial à produção artística de comunidades e povos tradicionais do Estado.

Serão concedidos prêmios de R$ 10.000,00 cada, e poderão ser inscritas obras nas seguintes categorias de artes visuais: Desenho, Pintura, Escultura, Colagem, Fotografia, Gravura, Videoinstalação, Videoperformance e Videoarte. Todas as obras selecionadas poderão ser incorporadas aos acervos dos Museus do Governo do Estado, por meio de termo de doação. Inscrições até 26 de novembro.

Confira os editais, aqui

fonte: Superintendência da Cultura

ASSISTENTE DE E-COMMERCE (WEB DESIGN) / CURITIBA

Assistente de e-commerce (Web Design). Vaga para trabalhar em Curitiba. 

atividades:
– Elaboração de anúncios de produtos para plataformas online;
– Banner para site, personalização e edição de site;
– Postagens em redes sociais.
– Tirar fotos de produtos;
– Edição de imagens (desejado vídeo);
– Pesquisar tecnologias e ferramentas adequadas à necessidade do cliente e melhorias;
– Realizar pesquisas de mercado para conhecer a concorrência e apresentar novas ideias.

requisitos: 
– Escolaridade: Superior em Marketing, Propaganda, Design e afins.
– Experiência com Photoshop, Fotografia, Edição de imagem, Excel.

Salário: R$ 1.808,00 + Benefícios.

Horário: De segunda a Sexta, das 08:30 às 18:18.

Interessados enviar CV para recrutamento02@curitibarh.com.br

ASSISTENTE MARKETING E COMUNICAÇÃO / CURITIBA

Assistente Marketing e Comunicação I. Vaga para trabalhar em Curitiba. 

atividades:
– Responsável pela gestão dos perfis da empresa nas redes sociais;
– Responsável pela gestão de campanhas de ADS;
– Criação e publicação de conteúdo online;
– Realização de planejamento e desenvolvimento de estratégias;
– Pesquisa e análise de mercado;
– Desenvolvimento de branding, identidade visual, regras de diálogos com público;
– Produção de conteúdo para redes sociais, Google, fórum e blog;
– Elaboração de relatórios; Relacionamento com público.

requisitos: 
– Escolaridade:  Superior em Marketing, Propaganda ou afins.
– Experiência com redes sociais, Google Analytics, Google ADS, Fotografia para redes sociais (criatividade com cenários, produtos, etc.), edição de imagens.

Salário: R$ 1.808,00 + Benefícios.

Horário: De Segunda a Sexta, das 08:30 as 18:18.

Interessados enviar CV para recrutamento02@curitibarh.com.br

ANALISTA DE IMPRENSA / CURITIBA

vaga para Analista de Imprensa, para trabalhar em Curitiba.

requisitos:
– Superior em Comunicação Social / Jornalismo. Conhecimento notório da língua portuguesa; Boa redação.
– Textos diversificados (mídias sociais, revista, eletrônicos, sites e blogs);
– Rotina de postagens e envio de releases a veículos definidos;
– Desenvoltura e conhecimento em tudo o que envolve o jornalismo e a comunicação;
– Noções de fotografia, indesign, illustrator e congêneres.

atividades:
– Cobertura jornalística e fotográfica de todos os eventos;
– Redação de matérias diversas (pesquisa de informações, etc);
– Redação do Informativo da empresa (busca de informações, etc);
– Produção diária de matérias para envio de release para entidades médicas e correlatas;
– Atendimentos às Singulares (pedidos, envios, edição de materiais, orientações, etc);
– Produções de vídeos jornalísticos – com terceirizados;
– Colaboração nas demais produções do setor;
– Gestão de mídias sociais relativas aos nossos veículos;
– Participação no Comitê Estadual de Comunicação;
– Cobertura e redação News;
– Atendimento ao cliente interno;
– Colaborar em algumas rotinas administrativas do setor.

Interessados cadastrem-se através deste link / código da vaga: Analista de Imprensa I – Curitiba/PR

fonte:  RH Center

DIFUSÃO SABERES E FAZERES TRADICIONAIS PREMIA REGISTROS FOTOGRÁFICOS E AUDIOVISUAIS

A Secretaria de Estado da Comunicação Social e da Cultura, por meio da Superintendência Geral da Cultura, publica o Prêmio de Difusão Saberes e Fazeres Tradicionais – Registro Fotográficos e Audiovisuais, que irá selecionar e premiar registros fotográficos ou audiovisuais de manifestações populares e tradicionais da cultura desenvolvidas no território paranaense. Inscrições até às 18h00 (dezoito horas) do dia 21 de novembro de 2020.

O prêmio tem uma função social de preservação da memória de manifestações populares e tradicionais da cultura desenvolvidas no território paranaense.

Serão concedidos 260 prêmios no valor de R$ 4.000,00 cada, totalizando R$ 1.040.000,00, com recursos provenientes da Lei Federal 14.017/2020 – Lei Aldir Blanc.

O edital é voltado a agentes culturais, pessoa física e jurídica, domiciliadas ou com sede no Paraná há, no mínimo, dois anos. O período de inscrições vai de 8 de outubro até às 18h00 (dezoito horas) de 21 de novembro de 2020. As inscrições serão feitas de forma online por meio do sistema SisProfice.

O prêmio será dividido em duas categorias, Registro Fotográfico e Registro Audiovisual. No Registro Fotográfico, a proposta deverá conter um conjunto de fotos que versem sobre um mesmo tema, propondo uma sequência fotográfica lógica, e não foto única. O conjunto deverá ser composto de no mínimo 5 (cinco) fotografias e no máximo de 10 (dez) fotografias.

No Registro Audiovisual, a proposta deverá conter os registros com duração de 7 (sete) minutos e no máximo 120 (cento e vinte) minutos.

O prêmio será dividido, ainda, em seis áreas:
– Povos Indígenas;
– Comunidades caiçaras,
– Comunidades quilombolas;
– Ciganos;
– Faxinalenses;
– Matriz africana.

Os registros premiados deverão ser doados aos acervos dos Museus do Governo do Estado, por meio de termo de doação.

Este prêmio é parte das ações de Fomento do Governo do Estado do Paraná com recursos da Lei Federal Aldir Blanc, nº 14.017/2020, para atender o setor cultural durante a crise causada pela pandemia de Covid-19.

Acesse o edital completo clicando aqui.

fonte / texto: Secretaria Da Comunicação Social e da Cultura do PR

CONTRATEMPO FESTIVAL REÚNE MAIS DE 100 ARTISTAS DE TODO PARANÁ

Contratempo Festival é também um manifesto da classe que aguarda o Pacote de Medidas de Apoio ao Setor Cultural prometido pelo Governo do Estado do Paraná para maio

Nasce um novo espaço para exaltar o poder transformador da cultura e levar sanidade às pessoas isoladas devido a pandemia. Artistas do Paraná se unem para a primeira edição do Contratempo Festival, um evento online, com mais de 100 ações ao vivo durante 12 horas consecutivas. As transmissões serão entre 9h e 21h, de terça-feira, dia 23 de junho, no canal do Instagram das/dos artistas. 

Contratempo Festival traz a multiplicidade e versatilidade do setor cultural: música, teatro, cinema, circo, literatura, performances, dança, artes plásticas, fotografia, juntas em um só evento. A cada hora, apresentações exclusivas que prometem surpreender as espectadoras e espectadores. Serão oito artistas solo, companhias e/ou bandas por hora. Karol Conka, Alexandre Nero, Fabíula Nascimento (única que será no twitter porque seus perfis foram ocupados por pessoas negras em junho), A Banda Mais Bonita da Cidade, Ave Lola, Baque Mulher, Mandicuera, Mulamba, Cia dos Palhaços, Letícia Sabatella, Janine Mathias, Dow Raiz, Fotofolia, Rimon Guimarães, Slam das Gurias CWB, Caburé Canela, De um filho, de um cego, Abacate Contemporâneo, Luís Melo, Katiuscia Canoro e cia brasileira de teatro, entre outros, outras e outres movimentam a terça-feira do Paraná. 

Mais que apresentações, o evento é um manifesto, um pedido de socorro da classe artística, uma das primeiras a parar e que não tem previsão de retorno presencial. Ao contrário de outros estados do Brasil, que logo no início da pandemia publicaram editais de auxílio emergencial ao setor, o Governo do Paraná segue sem ações efetivas. O tímido pacote de medidas de “apoio e fortalecimento do setor cultural”, anunciado para maio, ainda não aconteceu, e quando questionada sobre recursos para o Fundo Estadual de Cultura, a Superintendente de Cultura, Luciana Casagrande Pereira, comenta sobre a esperança na aprovação da Lei Aldir Blanc como único plano do Estado. A lei aguarda a sanção presidente até dia 1º de julho. 

A previsão desse recurso realmente chegar às trabalhadoras e trabalhadores da cultura é tardia para a situação de emergência que a classe enfrenta, e os artistas cobram uma resposta mais efetiva. Enquanto isso, a cadeia produtiva da economia criativa se vira da forma que dá, iniciativas como Salve a Graxa e Cultura Salva arrecadam cestas básicas e distribuem aos profissionais mais afetados pelo coronavírus. 

A Coragem – Rede de Profissionais da Música de Curitiba, articuladora do Contratempo Festival, ressalta que a classe artística rapidamente atendeu as determinações da OMS e segue apoiando a permanência do fechamento dos espaços culturais, por entender que o isolamento social é fundamental para atravessar este momento. Porém, diante da impossibilidade de continuar exercendo suas atividades profissionais, o setor necessita de medidas compatíveis com a situação emergencial que atinge todos os trabalhadores paranaenses da cultura”. O Coletivo também está participando de conversas com a prefeitura de Curitiba, onde um grupo de trabalho está sendo criado para encaminhar ações concretas de apoio. 

:: CONTRATEMPO 
O nome do festival é um indicativo para o momento que a classe artística está vivendo. Contratempo é uma circunstância ou incidente inesperado, que impede ou contraria o curso de um acontecimento, de um projeto. Na música, é um deslocamento do acento métrico natural do compasso. Onde o acento que seria no tempo forte (naturalmente) acontece no tempo fraco. Contratempo pode ser regular e irregular. 

Programação:

:: 09h às 10h
09h às 09h15 – Leticia Sabatella 
09h15 às 09h30 – Bia Figueiredo / Parabolé
09h30 às 09h45 – Fotofolia / Iria Braga
09h45 às 10h – Katiuscia Canoro / Itaercio Rocha

:: 10h às 11h
10h às 10h15 – Baque Mulher / Mano a Mano Trio
10h15 às 10h30 – Maureen Miranda e Necos Yaros / Pé no Palco
10h30 às 10h45 – Adri Menegale / Cia Portátil
10h45 às 11h – Grupo Fato / Leonardo Cruz e Laremi Paixão

:: 11h às 12h
11h às 11h15 – Cia Brasileira de Teatro / Diego Perin
11h15 às 11h30 – Aminoácido / Jossane Ferraz
11h30 às 11h45 – Léo Fressato / Luis Mello
11h45 às 12h – Rogeria Holtz / Rubyhoo

:: 12h às 13h
12h às 12h15 – Raissa Fayet / Abacate Contemporâneo
12h15 às 12h30 – Amanda Lyra / Partigianos
12h30 às 12h45 – Conde Baltazar / O Tiziu
12h45 às 13h – Rimon Guimarães / Francisco Mallmann

:: 13h às 14h
13h às 13h15 – Antropofocus / Bea Gerolin
13h15 às 13h30 – Cultucada / Davi Henn
13h30 às 13h45 – A banda mais bonita da cidade / Um baile bom
13h45 às 14h – Dow Raiz / Mahallo

:: 14h às 15h
14h às 14h15 – Fabiula Nascimento / Tuyo
14h15 às 14h30 – Ave Lola / Bernardo Bravo
14h30 às 14h45 – Festival Saliva / Juliana Cortes
14h45 às 15h – Londrina Ska Clube / Marcel Szymanski

:: 15h às 16h
15h às 15h15 – Leandro Daniel / Caburé Canela
15h15 às 15h30 – De ym filho, de um cego
15h30 às 15h45 – Chico Paes / Marcio Juliano Outro Samba
15h45 às 16h – Súbita / Casa do Suingue

:: 16h às 17h
16h às 16h15 – Ethnya / Raquel Bombieri
16h15 às 16h30 – Hause of X / Murillo Mongelo
16h30 às 16h45 – Saulo Soul /
16h45 às 17h – Sofar Curitiba / Kendri Albuquerque

:: 17h às 18h
17h às 17h15 – Gal Freire / Esperanza
17h15 às 17h30 – Renara Melão / Vigor Mortis
17h30 às 17h45 – Central Sistema de Som / Trupe da Periferia
17h45 às 18h – Goat Fest / Siamese

:: 18h às 19h
18h às 18h15 – Alexandre Nero / Slam das Gurias
18h15 às 18h30 – Família Estranha / Obragem
18h30 às 18h45 – Juana Profunda / Rubia Divino
18h45 às 19h – Janine Mathias / Babi Oeiras

:: 19h às 20h
19h às 19h15 – Curitiba Jazz Festival / Cia Senhas
19h15 às 19h30 – Mulamba / Cia dos Palhaços
19h30 às 19h45 – Ricardo Pozzo / Roseane Santos
19h45 às 20h – Karol Conka / Selvátiva

:: 20h às 21h
20h às 20h15 – Estrela Leminski e Teo Ruiz / Bloco Afropretinhosidade
20h15 às 20h30 – Cia Stavis Damaceno / Mandicuera
20h30 às 20h45 – Dalvinha Brandão / Mano Cappu
20h45 às 21h – Miss G / MUV

SERVIÇO
Contratempo Festival
data: 23 de junho, terça-feira.
horário: 9h às 21h
Página do evento no facebook, aqui
Organização: Coragem – Rede de Profissionais da Música de Curitiba

Local: conta do Instagram de cada artista. 
www.instagram.com/karolconka/ 
www.instagram.com/leticia_sabatella/ 
www.instagram.com/alexandrenero/ 
www.instagram.com/bandamaisbonita/ 
www.instagram.com/katiusciacanoro/ 
www.instagram.com/ave_lola/ 
www.instagram.com/selvaticaoficial/ 
www.instagram.com/missgburlesca/ 
www.instagram.com/luismeloficial/ 
www.instagram.com/baquemulhercwb/ 
www.instagram.com/associacao_mandicuera/ 
www.instagram.com/rochaitaercio/ 
www.instagram.com/mulambaoficial/ 
www.instagram.com/slamdasguriascwb/ 
www.instagram.com/ciadospalhacos/ 
www.instagram.com/dowraizoficial/ 
www.instagram.com/janinemathias/ 
www.instagram.com/foto_folia/ 
www.instagram.com/rimonguimaraes/ 
www.instagram.com/caburecanela/ 
www.instagram.com/deumfilhodeumcego/ 
www.instagram.com/abacate.contemporaneo/ 
www.instagram.com/ciabrasileira/ 
www.twitter.com/fabiunascimento

foto: Karol Conka. Crédito: Carlos Salles
fonte: 
Cliteriosa Comunicação 
Santa Produção

CONTRATEMPO FESTIVAL

Artistas do Paraná se unem para a primeira edição do Contratempo Festival, um evento online, com mais de 100 ações ao vivo durante 12 horas consecutivas. As transmissões serão entre 9h e 21h, de terça-feira, dia 23 de junho, no canal do Instagram das/dos artistas. 

Contratempo Festival traz a multiplicidade e versatilidade do setor cultural: música, teatro, cinema, circo, literatura, performances, artes plásticas, dança, fotografia, juntas em um só evento. A cada hora, apresentações exclusivas que prometem surpreender as espectadoras e espectadores. 

Mais que apresentações, o evento é um manifesto, um pedido de socorro da classe artística, uma das primeiras a parar e não tem previsão de retorno presencial. Ao contrário de outros estados do Brasil, que logo no início da pandemia publicaram editais de auxílio emergencial ao setor, o Governo do Paraná segue sem ações efetivas. O pacote de medidas de “apoio e fortalecimento do setor cultural”, anunciado para maio, ainda não aconteceu, e quando questionada sobre recursos para o Fundo Estadual de Cultura, a Superintendente de Cultura, Luciana Casagrande Pereira desconversa e diz que estão aguardando a Lei Aldir Blanc, que que aguarda a sanção presidente até dia 1º de julho.

CONTRATEMPO FESTIVAL
O nome do festival é um indicativo para o momento que a classe artística está vivendo. Contratempo é uma circunstância ou incidente inesperado, que impede ou contraria o curso de um acontecimento, de um projeto. Na música, é um deslocamento do acento métrico natural do compasso. Onde o acento que seria no tempo forte (naturalmente) acontece no tempo fraco. Contratempo pode ser regular e irregular.

PROGRAMAÇÃO
Confira quem se apresenta no Festival e já vai seguindo todes no Instagram para receber a notificação do início das apresentações ao vivo:

:: 09h às 10h
09h às 09h15 – Leticia Sabatella 
09h15 às 09h30 – Bia Figueiredo / Parabolé
09h30 às 09h45 – Fotofolia / Iria Braga
09h45 às 10h – Katiuscia Canoro / Itaercio Rocha

:: 10h às 11h
10h às 10h15 – Baque Mulher / Mano a Mano Trio
10h15 às 10h30 – Maureen Miranda e Necos Yaros / Pé no Palco
10h30 às 10h45 – Adri Menegale / Cia Portátil
10h45 às 11h – Grupo Fato / Leonardo Cruz e Laremi Paixão

:: 11h às 12h
11h às 11h15 – Cia Brasileira de Teatro / Diego Perin
11h15 às 11h30 – Aminoácido / Jossane Ferraz
11h30 às 11h45 – Léo Fressato / Luis Mello
11h45 às 12h – Rogeria Holtz / Rubyhoo

:: 12h às 13h
12h às 12h15 – Raissa Fayet / Abacate Contemporaneo
12h15 às 12h30 – Amanda Lyra / Partigianos
12h30 às 12h45 -Conde Baltazar / O Tiziu
12h45 às 13h – Rimon Guimarães / Francisco Mallmann

:: 13h às 14h
13h às 13h15 – Antropofocus / Bea Gerolin
13h15 às 13h30 – Cultucada / Davi Henn
13h30 às 13h45 – A banda mais bonita da cidade / Um baile bom
13h45 às 14h – Dow Raiz / Mahallo

:: 14h às 15h
14h às 14h15 – Fabiula Nascimento / Tuyo
14h15 às 14h30 – Ave Lola / Bernardo Bravo
14h30 às 14h45 – Festival Saliva / Juliana Cortes
14h45 às 15h – Londrina Ska Clube / Marcel Szymanski

:: 15h às 16h
15h às 15h15 – Leandro Daniel / Caburé Canela
15h15 às 15h30 – De ym filho, de um cego
15h30 às 15h45 – Chico Paes / Marcio Juliano Outro Samba
15h45 às 16h – Súbita / Casa do Suingue

:: 16h às 17h
16h às 16h15 – Ethnya / Raquel Bombieri
16h15 às 16h30 – Hause of X / Murillo Mongelo
16h30 às 16h45 – Saulo Soul /
16h45 às 17h – Sofar Curitiba / Kendri Albuquerque

:: 17h às 18h
17h às 17h15 – Gal Freire / Esperanza
17h15 às 17h30 – Renara Melão / Vigor Mortis
17h30 às 17h45 – Central Sistema de Som / Trupe da Periferia
17h45 às 18h – Goat Fest / Siamese

:: 18h às 19h
18h às 18h15 – Alexandre Nero / Slam das Gurias
18h15 às 18h30 – Familia Estranha / Obragem
18h30 às 18h45 – Juana Profunda / Rubia Divino
18h45 às 19h – Janine Mathias / Babi Oeiras

:: 19h às 20h
19h às 19h15 – Curitiba Jazz Festival / Cia Senhas
19h15 às 19h30 – Mulamba / Cia dos Palhaços
19h30 às 19h45 – Ricardo Pozzo / Roseane Santos
19h45 às 20h – Karol Conka / Selvátiva

:: 20h às 21h
20h às 20h15 – Estrela Leminski e Teo Ruiz / Bloco Afropretinhosidade
20h15 às 20h30 – Cia Stavis Damaceno / Mandicuera
20h30 às 20h45 – Dalvinha Brandão / Mano Cappu
20h45 às 21h – Miss G / MUV

SERVIÇO
Contratempo Festival
data: 23 de junho, terça-feira.
horário: 9h às 21h
Página do evento no facebook, aqui
Organização: Coragem – Rede de Profissionais da Música de Curitiba

DESIGNER FREELANCER / CURITIBA

“Designer para tratamento de imagens, criação com referências
multiculturais. Arte, cinema, fotografia e música. Não queremos
designer corporativo, enviar portfólio sem estes tipos de trabalhos.
Será para criação de material online para site e blog
www.usenatureza.com

requisitos: 
– Conhecimento em programas necessários para criação e
tratamento de imagens, tais como como Photoshop, CorelDraw e
similares. Com noções de fotografia.

– Freelancer
– Empresa sediada em Curitiba

O e-mail para envio de currículo e portfólio é o rh@usenatureza.com

MON INAUGURA MAIS DUAS EXPOSIÇÕES VIRTUAIS NO GOOGLE ARTS & CULTURE

Uma delas é a mostra “Man Ray em Paris”, aberta cinco dias antes de o Museu fechar temporariamente suas portas e que agora poderá ser vista por todos

No Dia Mundial da Arte, comemorado em 15 de abril, o Museu Oscar Niemeyer (MON), em Curitiba, inaugura mais duas exposições virtuais na plataforma Google Arts & Culture. Agora são oito mostras disponíveis, no total. As novidades que o público poderá conferir sem sair de casa são: “Man Ray em Paris”, exposição que havia sido aberta dias antes de o MON fechar temporariamente suas portas, e “O Último Império”, do fotógrafo Serguei Maksimishin, com imagens que retratam a Rússia contemporânea e que esteve em cartaz no Museu até março de 2019.

“A arte nunca foi tão importante quanto neste momento em que o mundo passa por um período de quarentena. Para contribuir com todos que estão em casa, o MON tem criado diversos conteúdos inspiradores nas redes sociais, como oficinas do Setor Educativo e muitos outros, mas a plataforma Google Arts & Culture é, sem dúvidas, uma ferramenta importantíssima para nós e para o nosso público”, afirma a diretora-presidente do MON, Juliana Vosnika.

O MON ingressou na plataforma em fevereiro de 2018, ao lado dos grandes museus do Brasil e do mundo. As oito exposições oferecidas agora são: “Luz ≅ Matéria”; “Ásia: a Terra, os Homens, os Deuses”; “Nos Pormenores um Universo – Centenário de Vilanova Artigas”; “Irmãos Campana”; “Não Está Claro até que a Noite Caia”, da artista Juliana Stein, e “Circonjecturas”, do artista Rafael Silveira, além de “O Último Império” e “Man Ray em Paris”.

“Esta foi a última exposição inaugurada no MON antes do fechamento temporário do Museu e retrata muito bem Paris entre 1921 e 1940, época de maior efervescência criativa de Man Ray, quando ele lá viveu. Tal período sucedeu uma grande guerra, além da gripe espanhola, o que nos faz pensar que a mostra deverá marcar também o pós-pandemia”, comenta.

Juliana lembra ainda que o Museu Oscar Niemeyer produziu digitalmente em tempo recorde a exposição “Man Ray em Paris”: “Nosso objetivo era que a mostra estivesse acessível ao público o mais rápido possível, por meio da plataforma digital”.

Graças à parceria do Museu com o Google Arts & Culture, o público poderá acessar de casa muitas fotos emblemáticas deste que foi um dos maiores artistas visuais do início do século XX e expoente do movimento surrealista. Além das fotografias, também estão disponíveis na visita virtual várias outras obras de Man Ray, como objetos, vídeos, fotografias e serigrafias de tamanhos variados.

Também já está disponível na plataforma a mostra “O Último Império”, com imagens que retratam a Rússia contemporânea e que ficou em cartaz no MON até março de 2019. As fotografias de Serguei Maksimishin funcionam como um testemunho que, ao revelar o cotidiano daquele país, possibilita a imersão do público numa história que evoca o período soviético, a grave crise nos anos 90 e chega a questões atuais.

Sobre o Google Arts & Culture
Lançado em 2011, o Google Arts & Culture tem parcerias com mais de 2.000 museus e instituições culturais em todo o mundo e mais de 60 no Brasil, para que as pessoas, de qualquer lugar, possam explorar algumas das coleções de arte mais emblemáticas da história.

A plataforma tem duas missões: a primeira é dar acesso à arte e cultura a todos, em qualquer lugar; a segunda é a de ser parceiro de inovação para o setor cultural. O Arts & Culture trabalha com organizações culturais e museus para ajudá-los a compartilhar e preservar seu conteúdo e criar experiências culturais interessantes usando tecnologia de ponta, como a realidade virtual.

Sobre o MON
O Museu Oscar Niemeyer (MON) pertence ao Estado do Paraná. A instituição abriga referenciais importantes da produção artística nacional e internacional nas áreas de artes visuais, arquitetura e design, além da mais significativa coleção asiática da América Latina. No total, o acervo conta com aproximadamente 7 mil peças, abrigadas num espaço superior a 35 mil metros quadrados de área construída, sendo 17 mil metros quadrados de área para exposições, o que torna o MON o maior museu de arte da América Latina.

Decreto
O MON está temporariamente fechado para o público, atendendo ao decreto estadual nº 4.230, que determina o fechamento dos espaços culturais do Governo do Paraná – museus, bibliotecas e teatros – e suspende os eventos artísticos e culturais a partir do dia 17 de março de 2020.

Serviço:
www.museuoscarniemeyer.org.br
Museu Oscar Niemeyer na plataforma Google Arts & Culture
Disponível em g.co/contemporaryart