ESPETÁCULO SOLO DE DANÇA-TEATRO BASEADO NA OBRA “THE HAMLETMACHINE”, DE HEINER MÜLLER, ESTREIA NESTE DOMINGO (04) NA MOSTRA SOLAR 2018

The Hamletmachine. Fotografia: Larissa de Lima

Com concepção e direção do bailarino Fábio Tavares, “Amanhã foi cancelado” propõem um estudo social e político de um corpo confuso e aflito lutando pela sobrevivência nos tempos modernos.

Nos dias 04 e 09 de novembro às 19h, a programação da Mostra Solar 2018 recebe o espetáculo de dança-teatro “Amanhã foi cancelado”, do renomado bailarino Fábio Tavares, artista curitibano que nos últimos 20 anos consolidou a sua carreira na cidade de Nova York. A entrada para as apresentações é franca e os ingressos serão distribuídos 1h antes na bilheteria da Casa Hoffmann (R. Dr. Claudino dos Santos, 58 – São Francisco).

Inspirado na obra “The Hamletmachine”, do escritor alemão Heiner Müller (1929 – 1995), “Amanhã foi cancelado” é um estudo social e político de um corpo confuso e aflito lutando pela sobrevivência nos tempos modernos. “Por se tratar de uma dramaturgia crua, brutal e trágica, essa obra despertou o meu interesse como artista do corpo em falar de um fenômeno tão evidente na contemporaneidade: essa ideia de um corpo ausente, máquina, automático”, considera Fábio Tavares – que assina a concepção e direção geral do espetáculo.

Com direção coreográfica de Andrea Lerner e direção dramatúrgica de Ana Rosa Tezza, o solo de dança-teatro também se debruça sobre a figura icônica da Ofélia – personagem que se revolta diante de um universo de opressão e abuso. “Nesta obra, a Ofélia retrata uma imagem de todos aqueles indivíduos que precisam lutar por igualdade, respeito e liberdade”, ressalta Fábio Tavares.

Sobre a Mostra Solar 2018
Com o objetivo de lançar luz sobre os artistas e a linguagem da dança, a Mostra Solar 2018 composta por solos de dança de 7 artistas da cidade e um artista convidado de Santa Catarina que vive em Paris dança em festivais pelo mundo. A programação acontece de 27/10 a 11/11 de 2018.

Sinopse da obra:
Espetáculo baseado na obra “The Hamletmachine” do escritor Heiner Müller. Um estudo social e político de um corpo confuso e aflito lutando pela sobrevivência nos tempos modernos. A obra é dedicada a todas as Ofélias do planeta.

Sobre o artista:
Fabio Augusto Tavares é ator, bailarino, acrobata e coreógrafo radicado em NYC há mais de 19 anos. Seus trabalhos coreográficos já foram apresentados na St.

Marks Church, La Mama Theater, The Clemente, BRIC, Triskelions Arts, Streb at SLAM , Susan Klein School of Movement and Dance e no festival “Not a Festival “ no Brooklyn. Professor graduado na Técnica de Alexander pelo American Center for the Alexander Technique em NYC, professor formado em Klein Technique™ pela própria Susan Klein e terapeuta certificado no sistema de integração estrutural e energética do corpo chamado de Zero Balancing. Também foi integrante e Diretor Artístico Associado da companhia de teatro físico STREB-EXTREME ACTION por 14 anos; fez parte do corpo docente da Universidade PACE de Nova York de 2014-2017, onde ministrava aulas de movimento consciente para jovens atores.

Ficha técnica:
Concepção e Direção geral: Fábio Tavares
Direção Coreográfica: Andrea Lerner
Direção Dramatúrgica: Ana Rosa Tezza
Direção Musical: Béco Dranoff
Objetos Esculturais: Marcos Rosales
Figurino: Eduardo Giacomini
Iluminação: Beto Bruel
Comunicação e Registro Audiovisual: Larissa de Lima
Produção executiva: Laura Tezza
Produção: Dara Van Doorn
Realização: Ave Lola e as Meninas Produções Artísticas.

“PROJETO REALIZADO COM O APOIO DO PROGRAMA DE APOIO E INCENTIVO À CULTURA – FUNDAÇÃO CULTURAL DE CURITIBA E DA PREFEITURA MUNICIPAL DE CURITIBA”

Serviço:
The Hamletmachine

Data da apresentação: 04 e 09 de novembro às 19h
Local: Casa Hoffmann (R. Dr. Claudino dos Santos, 58 – São Francisco, Curitiba)
Ingressos: Entrada franca | distribuídos 1h antes do espetáculo na bilheteria do teatro
Classificação Indicativa: 16 anos

Confira a programação completa da Mostra Solar 2018, aqui

ESPETÁCULO CORAÇÃO FAZ VIAGEM À HISTORICIDADE PARA REFLETIR SOBRE TENSÕES ATUAIS

Grupo Obragem de Teatro estreia nova montagem em 19 de abril e segue em cartaz em Curitiba até 6 de maio. 

“Coração”, novo espetáculo do Grupo Obragem de Teatro, é uma resposta lírica para as angústias da realidade atual, originárias do comportamento humano e das manipulações políticas. A pesquisa partiu do estudo das obras do escritor e jornalista uruguaio Eduardo Galeano, autor de “As Veias Abertas da América Latina”, e o resultado é um texto original que chega ao palco reunindo elementos multiartes, leitura de fatos históricos, filosofia e uma boa dose de crítica. A temporada é de 19 de abril a 6 de maio, no Espaço Obragem – Criação e Compartilhamento Artístico, com ingressos a preços populares.

A peça é dividida em dois atos independentes, porém conectados. O primeiro, “Coração”, é um solo interpretado pela atriz convidada Greice Barros, no qual real e fantástico se misturam no devaneio de um anjo perturbado, que incansavelmente busca religar o ser humano as suas qualidades essenciais. Em “O Céu de Valentim”, segundo ato, Eduardo Giacomini e Olga Nenevê encenam a jornada fantástica de um menino que recebe a visita de um anjo e parte em busca de seu pai, na companhia de sua avó. O confronto entre a pobreza e as surpresas do caminho redimensionam os espaços do corpo, da natureza e da possibilidade de reescrever a própria história.

O texto e a direção são de Olga Nenevê, que acredita na pertinência do espetáculo frente ao momento de violência e intimidação contra a oposição política e os defensores de direitos humanos no Brasil. “Em 2014, quando começamos a pesquisa, as tensões sociopolíticas da época direcionaram nossas escolhas, os recortes que foram a base da criação. Mas agora, diante dos acontecimentos mais recentes no Brasil, é fundamental levar “Coração” aos palcos”, comenta Nenevê.

Dramaturga, diretora e atriz, considerada uma das principais referências do teatro curitibano contemporâneo, O. Nenevê encabeça a Obragem ao lado de Eduardo Giacomini, figurinista, cenógrafo e ator. Para ele, um dos pontos determinantes na produção de “Coração” são as parcerias: “A artista Marila Velloso, há mais de 14 anos, desenvolve conosco interações entre o Body Mind Centering – BMC, a dança contemporânea e os escritos de A. Artaud, para endossar a ideia de que é o corpo o lugar dos acontecimentos. Os outros envolvidos no projeto já possuem uma forte relação com a companhia ou foram convidados porque admiramos os seus trabalhos. A ideia é que a troca faça da criação algo pulsante.”

Além de Vadeco Schettini nas composições originais, profissional com um vasto portfólio onde se destacam as trilhas e sonoplastias para cinema, teatro, dança e seriados de TV no Brasil e exterior, a equipe da peça “Coração” ainda conta com: Paulo Vinícius nos Figurinos; Lídia Ueta nas projeções e fotos; Elenize Dezgeniski em teaser e fotos; Lucas Amado na Iluminação; Maria Adélia na confecção dos bonecos; Alessandra Nenevê como designer gráfico; e Luciana Melo como assistente de produção e assessora de comunicação.

A produção ofertará uma oficina gratuita de 28 a 30 de maio, a partir da experiência de montagem da peça, intitulada “A vibração das camadas de presença do intérprete criador para a construção da cena”. O espetáculo também fará 10 sessões gratuitas, ofertadas para escolas e instituições indicadas pelas Regionais da capital. A realização é do Grupo Obragem de Teatro, com produção da EGM Produções Artísticas. “Coração” tem apoio da BDrops, incentivo do Grupo Positivo e do Programa de Apoio e Incentivo à Cultura – Fundação Cultural de Curitiba e Prefeitura Municipal de Curitiba.

GRUPO OBRAGEM DE TEATRO
Criado pelos artistas Eduardo Giacomini e Olga Nenevê, o Grupo Obragem de Teatro é caracterizado por seu perfil investigativo e pela construção de uma linguagem particular de expressão artística. Trabalha em ações integradas de criação, intercâmbios artísticos e formação de plateia, sempre acreditando na arte como meio de transformação dos modos de agir, pensar e participar da sociedade. Com sede em Curitiba, surgiu em 2002 e totaliza 21 produções entre público adulto e infantil, circulou por várias cidades do Brasil e, também em Lisboa/Portugal.

Participou de importantes eventos culturais como: Festival Internacional de São José do Rio Preto; Festival Internacional de Londrina – Filo; circulou pela Caixa Cultural, SESI/SP e SESI/PR. Realizou, com o Prêmio Myriam Muniz de Teatro da Funarte, as ações “Dossiê Buchner – pesquisa e montagem” em 2010 e “Obragem Circula Presenças” em 2015. Ganhou o Prêmio Arte Paraná da Seec-PR e o Prêmio Funarte Myriam Muniz de Teatro com a montagem “Essencial” de 2014; e o Troféu Gralha Azul nas categorias de melhor texto original e melhor iluminação com “As Tramoias de José na Cidade Labiríntica” de 2012. Entre suas produções de destaque está “Cristiano – O Cão Louco” de 2013, com participação especial do ator Leandro Daniel, hoje no elenco da novela “Deus Salve o Rei”. Para mais informações, acesse www.grupoobragemdeteatro.com.br

FICHA TÉCNICA:
CORAÇÃO
Texto e Direção: Olga Nenevê
Assistente de Direção e Cenário: Eduardo Giacomini
Interpretação: Greice Barros
Direção de Movimento e Preparação Corporal: Marila Velloso
Trilha Musical Original: Vadeco Schettini
Figurino: Paulo Vinícius
Iluminação e Operação de Luz: Lucas Amado

O CÉU DE VALENTIM
Texto: Olga Nenevê
Direção e Interpretação: Eduardo Giacomini e Olga Nenevê
Projeções: Lídia Ueta
Preparação Corporal: Marila Velloso
Trilha Musical Original: Vadeco Schettini
Figurino: Eduardo Giacomini
Confecção de Boneco (cobra-dragão): Maria Adélia
Iluminação e Operação de Luz: Lucas Amado

EQUIPE DO PROJETO
Teaser e Fotos (divulgação e registro): Elenize Dezgeniski
Registro em Vídeo: Lídia Ueta
Assistente de Produção e Assessoria de Comunicação: Luciana Melo
Designer Gráfico: Alessandra Nenevê
Responsável Técnico de Som e Luz: Lúcio Nogueira
Produção: EGM Produções Artísticas

Coração / foto: Elenize Dezgeniski

Serviço
Espetáculo Coração
Local: Espaço Obragem
Alameda Júlia da Costa, 204. São Francisco. Curitiba-PR
Temporada: 19 de abril a 06 de maio (quinta a domingo)
Horário: 20h
Ingressos: R$ 20,00 e R$ 10,00 (meia).
Pagamento: Cartões e dinheiro.
Lotação: 40 lugares
Duração: 1h30
Classificação indicativa: Livre
Informações e reservas: 41 3077-0293 ou por WhatsApp 41 99206-0284
Facebook: @obragem

Serviço
Oficina Gratuita
A vibração das camadas de presença do intérprete criador
para a construção da cena
A partir da experiência de montagem da peça CORAÇÃO, os artistas Olga Nenevê e Eduardo Giacomini compartilham procedimentos, referências e criam condições para a experimentação teórica e prática artística dos participantes.
Local: Espaço Obragem
Alameda Júlia da Costa, 204. São Francisco. Curitiba-PR
Data: de 28 a 30 de maio (segunda a quarta)
Horário: das 18h às 21h
Lotação: 20 vagas
Público-alvo: adultos, interessados em geral (artistas e não artistas).
Pré-requisito: ter assistido a peça “Coração” ou “O céu de Valentim”
Inscrições: enviar minibiografia com manifestação de interesse para o e-mail
obragem@grupoobragemdeteatro.com.br até 15 de maio.