EXPOSIÇÃO REÚNE FOTOS DA SERRA DO MAR PARANAENSE

Pico Caratuba. Foto de Lucas Pontes

“Mar de Nuvens”, do fotógrafo Lucas Pontes, permanece em exposição até dia a 22 de julho de 2018 no Memorial de Curitiba.

As principais cadeias montanhosas e paisagens da Serra do Mar Paranaense, onde se localizam os maiores picos do sul do Brasil, são tema da exposição “Mar de Nuvens”, do fotógrafo Lucas Pontes. A mostra vai apresentar ao público uma seleção de imagens do livro “Mar de Nuvens”, lançado em dezembro de 2017.

A publicação conta com textos de especialistas na área, ilustrações e fotografias do conjunto arquitetônico da Serra do Mar. “O resultado é uma combinação do fotógrafo, que utiliza a técnica e sua sensibilidade de captar imagens, e do geógrafo, que procura entender a gênese e a evolução da paisagem destas cadeias montanhosas”, descreve Leonardo J. Cordeiro dos Santos, professor doutor em geomorfologia e solos da UFPR.

“Mar de Nuvens” é inspirado na experiência pessoal do fotógrafo e montanhista com a serra do mar ao longo de sua vida. É o registro desta bela combinação de paisagens e as frequentes nuvens nestes locais montanhosos criando cenários únicos e surpreendentes a todo instante. O projeto é apoiado pela Lei de Incentivo a Cultura de Curitiba – Mecenato.

Lucas Pontes é mineiro, mas vive em Curitiba desde 1989. É geógrafo, mestre em Paisagem e Análise Ambiental pela Universidade Federal do Paraná (UFPR). Na fotografia seus projetos abordam principalmente as paisagens, a natureza, o cotidiano e a cultura do homem. Já teve fotos premiadas em concursos nacionais e internacionais. Atualmente é fotógrafo comercial e impressor de suas fotografias.

Serviço:
Exposição “Mar de Nuvens”
Período expositivo: 23 de maio a 22 de julho de 2018.
Memorial de Curitiba – Salão Brasil (3º andar)
Dr. Claudino dos Santos, 79 – São Francisco, Curitiba – PR
Entrada gratuita

RASGO #1

RASGO #1
DOMINGO, 3 do 6, em Curitiba, na Casa Tangente

Dunas, Ímã, Veenstra

“Um rasgo num esquema que se apega a você, esquema de deixar as coisas acontecerem e só reagir, sem agir do próprio gosto.

Coletivo atlas, Casa Tangente, bandas e os colantes ajudam Lorenzo a recuperar suas percus roubadas, sem as quais o guri não faz seu trampo patusqueiro.

rango vegano do Seite Handa

15 pilas

A Casa Tangente abre 14h. 19h é a hora que acaba o som, mas quem quiser pode continuar por lá

Local: Casa Tangente, R. Pref. Ângelo Lopes, 1653, Hugo Lange, Curitiba
Data: DOMINGO, 3 de junho

Organizado por Coletivo Atlas, Dunas, Ímã, Veenstra

Confira a página do evento, aqui

SESI MÚSICA TRAZ A CURITIBA SHOW INÉDITO DE OS PARALAMAS DO SUCESSO

Canções históricas e faixas do novo álbum, “Sinais do Sim”, serão apresentadas no Teatro Sesi Campus da Indústria em junho

Uma das bandas brasileiras de maior sucesso na década de 80 é também uma das únicas que resistiu ao tempo revelando impressionante capacidade de renovação. Os Paralamas do Sucesso provam isso com o lançamento de um novo álbum composto por músicas inéditas após mais de trinta anos de trajetória. O disco “Sinais do Sim” reflete o emocionante percurso de superação do trio formado por Herbert Vianna, Bi Ribeiro e João Barone. No sábado do dia 2 de junho, às 20h, o Sesi Música dá aos curitibanos a oportunidade de conferir esse recente trabalho e de relembrar sucessos da banda em um show marcante no Teatro Sesi Campus da Indústria.

Com temas que falam de amor, esperança, resignação e questões sociais, “Sinais do Sim” é uma expressão da positividade alcançada pela banda em meio às intempéries vivenciadas por seus componentes. São 11 canções que transitam entre a experiência da dor e a renovação da esperança e exaltam o sonho como escape diante do medo.  Na edição de junho do Sesi Música, as faixas do novo álbum serão intercaladas por sucessos como “Alagados”, “Meu Erro” e “Uma Brasileira”, e por canções há muito tempo fora do repertório, como: “O amor não sabe esperar” e “Capitão de Indústria”.

Além de Herbert na voz e na guitarra, Bi Ribeiro no baixo e Barone na bateria e vocais; o show ainda terá João Fera nos teclados e Bidu Cordeiro no trombone. A concepção artística de “Sinais do Sim” é de José Fortes, em parceria com a banda. A direção de imagens é de Batman Zavareze e o design de iluminação é de Cristiano Vaz e Marcos Olívio. O Sesi Música é uma iniciativa do Sesi Cultura Paraná.

Serviço:
Sesi Música apresenta: “Sinais do Sim”, com Paralamas do Sucesso
Data: Sábado, 2 de junho
Horário: 20h
Classificação: livre 
Os ingressos custam R$ 40,00 (a entrada inteira) e R$ 20,00 (a meia entrada) e podem ser adquiridos pelo Disk Ingressos ou na bilheteria do teatro com 1h de antecedência.
Local: Teatro Sesi Campus da Indústria
Endereço: Avenida Comendador Franco, 1341, Jardim Botânico, Curitiba
Observação: os ingressos podem ser adquiridos pelo Disk Ingressos ou na bilheteria do espaço com 1h de antecedência (sujeito a lotação)
Realização: Sesi Cultura Paraná
Projeto: Sesi Música

Mais informações:
www.sesipr.com.br/cultura/ 
www.facebook.com/sesiculturapr/

SOPRO5 QUINTETO CONVIDA PARA NOITE DE “CHOROS E CANÇÕES”

Circuito Cultural Ademilar apresenta no dia 22 de maio, o segundo concerto da temporada

Projeto ousado do Sopro5 Quinteto, leva para o imponente Teatro do Paiol mais um concerto temático da temporada 2018, desta vez o programa escolhido engloba obras de compositores que transitam ou transitaram entre o estilo popular e erudito. “Choros e Canções” reúne composições de Raphael Baptista, Ronald Miranda e Júlio Medaglia e acontece na próxima terça-feira, dia 22. Os ingressos custam R$ 5,00 (meia-entrada) e R$ 10,00 (inteira).

O tradicional grupo de música instrumental de Curitiba Sopro5 Quinteto estreou sua temporada de concertos temáticos em abril. A primeira apresentação foi inspirada na Belle Époque e trouxe obras criadas no mesmo período por compositores nascidos até o início da Primeira Guerra Mundial. Na noite de estreia, no Portão Cultural, o quinteto contou a história do mundo por meio dos instrumentos musicais.

Para o músico e proponente do projeto, Fabrício Ribeiro, o ineditismo está em levar música de câmara com um repertório diferente para cada uma das apresentações, que também acontecem em locais distintos de Curitiba. “É um gênero que ainda não é conhecido do grande público. Nosso objetivo em trabalhar o repertório e a circulação do projeto é possibilitar que nosso quinteto de sopros seja assistido por diferentes públicos”, explica. O quinteto é uma combinação instrumental de flauta, oboé, clarineta, fagote e trompa.

A temporada, que vai até novembro, conta com concertos sempre às 19h30. “Choros e Canções” é o próximo: no Teatro do Paiol na próxima terça-feira (22). Os seguintes serão: “Música do Século XX e XXI”, no Auditório da UTFPR (19/06); “Suíte Brasileira”, no Teatro Cleon Jacques (14/08); “Sopro5 em Concerto”, na Capela Santa Maria (23/10); e “Villalobiando”, no Museu Paranaense (27/11).

A programação faz parte do já reconhecido Circuito Cultural Ademilar, que reúne projetos dos mais variados estilos, promovendo a música e as artes plásticas, entre outras manifestações culturais, na cidade de Curitiba. A iniciativa viabilizará cerca de 20 projetos só neste ano por meio da Lei do Mecenato Municipal, com recursos do Imposto Sobre Serviços (ISS).

Serviço:
Concerto Choros e Canções
Data: 22/maio
Horário: 19h30
Local: Teatro do Paiol
Praça Guido Viaro, s/n°, Prado Velho, Curitiba
Ingressos:
R$ 5,00 (meia-entrada) e R$ 10,00 (inteira).
Compre pelo site www.aloingressos.com.br, ou uma hora antes do concerto, na bilheteria do Teatro do Paiol.

Conheça outros projetos que integram o Circuito Cultural Ademilar e saiba mais sobre a iniciativa: www.circuitocultural.com.br

Atendimento à imprensa:
The Way Comunicação / Tel.: (41) 3107-2020

ALEMANHA OFERECE BOLSA DE ESTUDOS COM AUXÍLIO MENSAL PARA BRASILEIROS

Bolsa Chanceler Alemã será apresentada em Curitiba no dia 24 de maio. Entre os benefícios está uma ajuda mensal entre 2.150 e 2.750 euros. A Bolsa Chanceler contempla várias áreas como Política, Economia, Mídia, Administração ou Cultura. As inscrições em Curitiba vão até o dia 21 de maio.

Você tem visão internacional, já teve uma experiência inicial de liderança, é fluente em inglês ou alemão e tem vontade passar um ano desenvolvendo projetos em conjunto com profissionais de países como China, Índia, Estados Unidos e Rússia? A Alemanha está em busca deste perfil profissional para integrar a Bolsa Chanceler Alemã para Futuros Líderes do Brasil (German Chancellor Fellowships for prospective leaders from Brazil), uma iniciativa a Fundação Alexander von Humboldt (AvH). Um evento informativo reunirá os interessados em Curitiba, no próximo dia 24 de maio, às 19h, no Grand Hotel Rayon. Durante encontro, os candidatos terão acesso às informações sobre a Bolsa Chanceler Alemã.

O programa é destinado aos jovens pesquisadores destes países e do Brasil, sendo uma oportunidade de realizar um projeto de pesquisa sobre questões mundiais como convidados em cooperação com uma instituição-anfitriã da Alemanha, a Fundação Alexander von Humboldt (AvH). Com apoio do anfitrião, os bolsistas têm um ano para se concentrarem em seus objetos de estudo. A Bolsa Chanceler contempla várias áreas como Política, Economia, Mídia, Administração ou Cultura.

Formação superior completa, fluência em inglês ou em alemão são alguns dos requisitos da bolsa. Outra exigência é a apresentação de uma carta de recomendação de um mentor para a pesquisa, que pode ser de instituição de ensino privada ou pública. A ajuda mensal para os aprovados varia entre 2.150 euros e 2.750 euros, dependendo das qualificações. Cursos adicionais de alemão, suporte para a família acompanhar o bolsista e as despesas com viagem estão previstos na bolsa. Todos os requisitos podem ser conferidos no edital da fundação.

O evento informativo de Curitiba da edição 2018/2019 da Bolsa Chanceler Alemã para Futuros Líderes do Brasil terá a participação especial do Vice-Diretor Regional da Câmara Brasil-Alemanha do Paraná, Wilson José Andersen Ballão; do Membro do Comitê de Seleção no Brasil, Dr. Christian Roschmann; e do Responsável pelo Departamento de Seleção da Fundação Alexander von Humboldt, Dr. Damian Grasmück – que vem ao Brasil exclusivamente para a ocasião. Os encontros também acontecem em Salvador (21.05), Brasília (22.05), São Paulo (23.05), e Rio de Janeiro (25.05).

Esta é uma oportunidade única para jovens talentos brasileiros, que, além de impulsionarem suas carreiras, recebem incentivo financeiro para capacitação profissional e pessoal na Alemanha, país detentor de importantes e renomadas universidades, tecnologias e mestres. Além disso, o projeto conta com o patrocínio da Chanceler da República Federal da Alemanha, possibilitando, assim, a oportunidade aos bolsistas de apresentarem o resultado de seus projetos pessoalmente a Chanceler Alemã Angela Merkel.

Os eventos informativos são abertos a todos os interessados, mas é preciso se inscrever antecipadamente por meio do e-mail ahkcuritiba@ahkbrasil.com. As inscrições em Curitiba vão até o dia 21 de maio.

As inscrições para a Bolsa Chanceler Alemã para futuros líderes já estão abertas e vão até o dia 15 de setembro. A data de início do programa para os selecionados neste ano é o dia 1° de outubro do ano seguinte (2019) e tem duração de um ano. Mais informações sobre o programa Bolsa Chanceler Alemã: www.humboldt-foundation.de/youngleaders         

Serviço Curitiba:
Apresentação da edição 2018/2019 da German Chancellor Fellowship for prospective leaders from Brazil 
Data: 24 de maio de 2018
Inscrições: até 21 de maio
Horário: 19h
Local:  Grand Hotel Rayon, Rua Visconde de Nácar 1424, Centro, Curitiba – PR
Informações e inscrições para o evento informativo: (41) 3323-5958 ou pelo e-mail: ahkcuritiba@ahkbrasil.com

O LEÃO NO AQUÁRIO DA MINHA NOSSA CIA DE TEATRO RETORNA AO TEUNI

O Leão no Aquário. Foto: Lauro Borges

Espetáculo que integra o Projeto Câmbio, proposta de intercâmbio artístico, com dramaturgia mineira e direção carioca retorna em temporada no TEUNI com entrada gratuita.

Depois de uma temporada de casa cheia em 2017, O Leão no Aquário,  a MINHA NOSSA Cia. de Teatro, volta em cartaz de 17 de maio a 3 de junho, quinta a domingo, sempre às 20h, no TEUNI – Teatro Experimental da Universidade Federal do Paraná, localizado no prédio histórico da instituição. O espetáculo é realizado através do Programa de Apoio e Incentivo à Cultura da Fundação Cultural de Curitiba, com distribuição gratuita de ingressos.

Um homem, parado frente a uma parede branca, se pergunta repetidas vezes: o que está acontecendo? A partir deste instante de perplexidade, O Leão no Aquário, escrita pelo mineiro Vinícius Souza, apresenta, via fragmentos, importantes figuras na vida deste homem (mãe, amigo, ex-mulher e filho). A encenação dirigida pelo carioca Diogo Liberano apresenta um jogo em que os cinco atores da MINHA NOSSA se alternam no papel dos cinco personagens. Neste jogo, o espetáculo convida o espectador a também experimentar a possibilidade de se colocar em outra posição.

Nas palavras do diretor: durante o processo, interpretamos a trajetória desse Homem que sai de sua casa natal como uma trajetória por vezes inevitável. Porém, mais do que a aceitarmos facilmente, descobrimos também a importância de aprender a retornar para a nossa casa, cientes de que a nossa casa é tanto o lugar de onde vamos embora como também o espaço que nos gera.

Nesse sentido, mais do que simplesmente apresentar a história desse Homem que parte de sua casa natal (que poderia ser qualquer um), interessou à MINHA NOSSA encontrar e reforçar a força dos elos afetivos, sejam familiares ou entre amigos. É na manutenção dos afetos que a vida contemporânea encontra o alicerce fundamental para sobreviver frente à violência social, política e econômica. Em processo, foi-se descobrindo que aquilo que bate à porta desse Homem, aquilo que instaura nele momentos diversos de perplexidade, são justamente os noticiários que todos os dias atravessam a nossa vida íntima e privada. O Leão no Aquário pergunta: é possível se manter indiferente à vida em sociedade?

Para a MINHA NOSSA Cia. de Teatro, além da intensa troca com os dois artistas convidados, o que esta criação traz à tona é a possibilidade de perguntar ao fazer teatral qual é o seu propósito em relação às pessoas que estarão na sala de espetáculo assistindo à peça. De acordo com os criadores curitibanos, interessa olhar novamente às questões familiares, porém, com mais cuidado, noutra duração, reconhecendo que, antes de serem problemas, os dilemas familiares fazem parte de todo e qualquer ser humano, sendo por isso necessário cuidar deles ao invés de ignorá-los.

O Leão no Aquário integra a segunda etapa do Projeto Câmbio, proposta de intercâmbio artístico visando criar três espetáculos diferentes, nascidos do encontro da companhia curitibana com três diretores-dramaturgos: Dimis Jean Sores (de Curitiba/PR), Diogo Liberano (do Rio de Janeiro/RJ) e Vinicius de Souza (de Belo Horizonte/MG). Em cada uma das criações, as funções dos artistas convidados mudam, alterando o intercâmbio de experiências e gerando a criação de espetáculos com poéticas diversas das já experimentadas pela companhia.

A primeira etapa do Câmbio gerou a criação de Primavera Leste, com dramaturgia de Diogo Liberano e direção de Dimis Jean Sores, tendo estreado em abril de 2016 no Teatro Novelas Curitibanas. A última etapa do projeto ocorre em 2018 tendo dramaturgia de Dimis Jean Sores e direção de Vinícius Souza,  dramaturgo de O Leão no Aquário.

SINOPSE CURTA:
Perplexo, parado em frente a uma parede de sua nova casa, um homem se pergunta o que está acontecendo no mundo.

SERVIÇO:
Local: TEUNI – Teatro Experimental da Universidade Federal do Paraná
Praça Santos Andrade, 50 – Centro – 2º andar do Prédio Histórico da UFPR.
Data: de 17 de maio a 03 de junho de 2018, quinta a domingo, às 20 horas.
Entrada franca – Classificação Indicativa: 14 anos – Duração: 65 minutos.
OS INGRESSOS SERÃO DISTRIBUÍDOS A PARTIR DAS 19 HORAS.
Contato: emaildaminhanossa@gmail.com / (41) 98418- 4463 – Inés Gutiérrez
Confira a página do evento, aqui

Equipe de Criação
Dramaturgia: Vinícius Souza

Direção: Diogo Liberano
Elenco:  Fernanda Perondi, Léo Moita, Moira Albuquerque, Sávio Malheiros e Val Salles
Cenografia e Iluminação:  Erica Mityko e Raul Freitas
Cenotécnico: Sérgio Richter
Sonoplastia: Álvaro Antonio
Figurino: Felipe Custódio e Val Salles
Costureira: Ivete Rizzardi
Fotografia: Lauro Borges
Design Gráfico: Álvaro Antonio
Colaboração Corporal: Bia Figueiredo
Produção: Inés Gutiérrez
Assistência de Produção: Raul Freitas
Assessoria de Imprensa: Victor Hugo
Mídias Sociais: Thainá Cardoso
Incentivo: Grupo Positivo
Captação de Recursos: Sauí Cultural
Realização: Minha Nossa Cia. de Teatro e Girolê Produções Artísticas

EM TURNÊ COM O EP “PRA DOER”, TUYO FAZ SHOW NO PAIOL COM JANINE MATHIAS E DOW RAIZ

Com um som flutuante, letras existenciais e elementos lo-fi, trio de folk futurista se apresenta em Curitiba no dia 7 de junho

Criando uma fusão entre o orgânico e o sintético num labirinto de voz, violão e beat, a Tuyo tem se destacado na música independente brasileira. No dia 7 de junho, o trio apresenta seu folk futurista em Curitiba, mesclando o violão denso de Machado com o trabalho vocal audacioso das irmãs Lio e Lay Soares. O show, que integra a turnê “Pra Doer” e acontece no Teatro Paiol, terá as participações especiais de Janine Mathias e Dow Raiz, unindo vertentes como o rap e o samba.

Lançado em 2017, o EP de estreia da Tuyo tem um som flutuante, letras existenciais e elementos lo-fi. Carregado de identidade, o trabalho traz a fluidez entre o antigo e o recente, tocando a alma e reverberando o encontro da violência com a elegância. No mesmo ano, foi divulgado o clipe de “Amadurece e Apodrece”, uma das quatro faixas do EP. Sem medo de sair da superfície, o trio cria um show repleto de força e sensibilidade, despertando a habilidade de sentir e de se emocionar.

“Todo espetáculo é um impacto diferente. As pessoas se conectaram real. O show tem um espectro espiritual muito forte. A gente vai desarmado, de peito aberto, e volta pra casa modificado, esquisito. É aquela coisa de expurgar os demônios mesmo – tantos os nossos quanto os de quem assiste. Não tem nada mais bonito que olhar no olho de quem nunca te viu antes, mas parece que sabe tudo sobre você”, conta Lio sobre a experiência da turnê.

No show em Curitiba, que conta com direção musical de Gianlucca Azevedo, o repertório também será formado por músicas do próximo álbum da Tuyo, “Pra Curar” – previsto para o segundo semestre. Para 2018, a Tuyo prepara, ainda, o clipe de “Conselho do Bom Senso” e um single em parceria com a cantora e compositora Bruna Mendez e o Cafofo Estúdio, de Goiânia (GO).

Serviço:
Tuyo – Pra Doer
Data: 7 de junho (quinta-feira), às 19h
Local: Teatro Paiol – Praça Guido Viaro, Prado Velho, Curitiba
Ingressos: R$ 10 meia e R$ 20 inteira, pela plataforma Sympla
Confira a página do evento, aqui

Para saber mais
Site | Facebook | Instagram | YouTube | Twitter

CAIXA CULTURAL CURITIBA APRESENTA A MOSTRA MUNDO GIRAMUNDO

A “Mostra Mundo Giramundo” coleta e expõe materiais diversos para criar uma visão ampla e multifacetada sobre o processo de trabalho e a trajetória do Giramundo, um dos maiores grupos de teatro de bonecos do Brasil

A CAIXA Cultural traz a Curitiba a “Mostra Mundo Giramundo”, uma coleção de peças de conteúdo lúdico e educativo que busca revelar o modo de trabalho e o processo criativo do Giramundo, nacionalmente conhecido por atuar com o universo do teatro de bonecos. O acervo não se limita à exibição convencional de uma coleção de bonecos, o que normalmente enfatiza apenas dimensões estéticas, representadas pela forma escultórica, pela pintura, figurino e acabamento. Muito mais do que isso, a mostra revela as dimensões construtivas, mecânicas e cinéticas das marionetes, que priorizam o movimento e seus mecanismos.

Outro fator distintivo da mostra está na exibição organizada do processo de planejamento e construção de marionetes, suas etapas, ferramentas e abordagens, ou, em outras palavras, aquilo que pode ser qualificado como “acervo imaterial” do Giramundo, representado por seu know-howligado ao design de bonecos. Nesse campo, destaca-se a rara exibição da coleção de desenhos, estudos e projetos para teatro de marionetes de Álvaro Apocalypse, criador do Giramundo e um dos grandes mestres mundiais desta expressão artística.

A dimensão histórica é representada na mostra por meio de cenas selecionadas dos principais espetáculos do grupo, de 1970 a 2014, com o intuito de compor uma trajetória visual das transformações pelas quais passaram as pesquisas da companhia. Essa dimensão pragmática é ressaltada por meio da apresentação dos espetáculos previstos para o mês de junho (“Pedro e o Lobo”e “A Bela Adormecida”), no Teatro da CAIXA Cultural Curitiba e, ainda, através de uma palestra que irá demonstrar o processo de montagem dos espetáculos do Giramundo, também programada para junho. Os espetáculos e a palestra têm o propósito de aproximar o espectador do ofício do marionetista e de sua realidade prática. O principal objetivo da “Mostra Mundo Giramundo” é a formação de plateia e criação de um espaço de reflexão crítica sobre a o teatro de bonecos através de atividades multidisciplinares.

Serviço:
Artes Visuais: “Mostra Mundo Giramundo”
Local: CAIXA Cultural Curitiba, Rua Conselheiro Laurindo, 280, Curitiba-PR  – Galeria do Mezanino
Abertura: 15 de maio (terça-feira)
Visitação: de 16 de maio (quarta) a 12 de agosto (domingo)
Horário: terça a sábado, das 10h às 20h; e domingo, das 10h às 19h.
Ingressos: Entrada franca
Informações: (41) 2118-5111
Classificação etária: Livre para todos os públicos

Informações e entrevistas:
Maria Celeste Corrêa – (41) 9 9995 0169 / 9 8786 4465
fernandezcorreamc@gmail.com
maria.correa@grupoinforme.com.br

PROJETO VOZES DE OUTRAS CIDADES APRESENTA SHOW DE TIBÉRIO AZUL

Tiberio Azul / crédito foto: Fabiano Cafure

Com entrada gratuita, Casa Heitor recebe o artista nesta quinta-feira às 20h

O projeto Vozes de Outras Cidades, iniciativa do Sesi Cultura Paraná, traz para Curitiba o show do músico e poeta Tibério Azul. Em suas músicas, a literatura e a poesia são características marcantes e que encantam o público Brasil adentro. A apresentação gratuita ocorre no Centro Cultural Sesi Heitor Stockler De França, no dia 10 de maio, próxima quinta-feira, a partir das 20h. Os ingressos serão distribuídos no local com uma hora de antecedência (sujeito a lotação).

Expoente da nova música pernambucana, Azul possui a estrada repleta de projetos ousados e criativos. É cantor e compositor reconhecido pela verve declaradamente poética, seja nas suas apresentações, letras ou melodias. Em sua carreira solo fincou o pé na música brasileira ao lançar o primeiro disco “Bandarra ou o caminho que vai dar no sol”, em 2011. Na entressafra entre o primeiro e o segundo disco, fundou um selo de produção e divulgação de arte Pernambucana – o Santo de Casa Faz Milagre.

Em 2017, Azul lançou o segundo disco intitulado “Líquido ou a vida pede mais abraço que razão”. Junto com o segundo disco, também anunciou o seu primeiro livro de poemas intitulado “Líquido ou o homem que nasceu amanhã”, pela editora Confraria do Vento. As duas produções formam a mesma obra e dialogam sobre o mesmo tema – a liquidez dos sentimentos humanos.

O fascínio pela literatura enriquece as criações de Tibério Azul. Entre as personalidades de suas principais referências, temos Manoel de Barros (homenageado no primeiro álbum), Cora Coralina e Fernando Pessoa. Sua versatilidade e ousadia já o levou para importantes festivais, como o Rec-Beat, Abril Pro Rock, Festival Pernambucano Nação Cultural, Festival de Inverno de Garanhuns, entre outros. Em todos recebeu elogios de crítica e público e foi considerado revelação do Rec-Beat e Abril Pro Rock, o que resultou no título de “nova revelação da música pernambucana e brasileira”.

Sobre Vozes de Outras Cidades – o projeto é uma iniciativa do Sesi Cultura Paraná que contempla compositores, músicos e intérpretes de música popular urbana de outras regiões, que desenvolvem seus trabalhos autorais em um formato mais intimista, seja individual ou em duos e trios.

Serviço:
Vozes de Outras Cidades apresenta Tibério Azul
Data: 10 de maio, quinta-feira
Horário: 20 horas
Valor: gratuito
Classificação: livre
Local: Centro Cultural Sesi Heitor Stockler De França
Endereço: Av. Marechal Floriano Peixoto, 458 – Centro de Curitiba
Observação: 40 lugares (sujeito a lotação)
Confira a página do evento, aqui

Mais informações:
www.sesipr.com.br/cultura/ 
www.facebook.com/sesiculturapr/

SESI CULTURA
Foi em 2008 que a Regional Paraná do Serviço Social da Indústria inaugurou uma área especificamente dedicada ao desenvolvimento de ações culturais ancoradas nas diretrizes previstas na Declaração Universal dos Direitos do Homem, como a diversidade, a pluralidade e a autonomia. Desde então, o Sesi Cultura Paraná tem promovido o acesso à cultura com foco em programas de formação artística e cultural, investindo em processos criativos, formação de plateia para todas as linguagens e na formação e desenvolvimento cultural com vocação local. O Circuito Cultural Sesi, o Festival Sesi Música, os Núcleos Criativos do Sesi, o Zoom Cultural, os Programas Sesi Música, Sesi Arte, Sesi Audiovisual e Sesi Artes Cênicas são exemplos de programas desenvolvidos pela Gestão Cultural do Sesi. De 2008 até 2017, mais de um milhão de espectadores tiveram acesso à cultura por meio de cerca de 8,4 mil ações culturais realizados pelo Sesi Paraná. Todas essas ações sempre tiveram como objetivo o acesso ao bem cultural para o trabalhador da indústria, seus dependentes e para a comunidade de um forma geral, além da difusão da arte em todas as suas manifestações, valorizando a diversidade e a pluralidade do povo brasileiro.

ENCERRAMENTO INCRÍVEL DA MOSTRA DE CINEMA PELA DEMOCRACIA HOJE EM CURITIBA!

“Para o encerramento da  Mostra de Cinema Pela Democracia  teremos o show do Chico César na Praça Olga Benário, no acampamento Lula Livre, em Curitiba, seguido por cerimônia de encerramento da Mostra (com direito a premiação surpresa do canal CINEBRASiL TV!), e sessão final super especial no Acampamento Marisa Leticia com Chico, dos Irmãos Carvalho e Joaquim, do Marcelo Gomes – com a presença de Júlio Machado, ator do filme.

Vamo lá, galera, foi linda essa semana, e hoje vai ser lindo também. Pra somar e multiplicar a força da nossa união em defesa dos direitos e contra os golpes e retrocessos.

Lembrando que o financiamento coletivo está aberto por mais 3 dias,
aqui no catarse

#LulaLivre
#MostradeCinemapelaDemocracia

fonte: Mostra de Cinema Pela Democracia