MARCHA PELA DIVERSIDADE CONTA COM MAIS DE 30 ATRAÇÕES

Manifestação será no domingo e tem nove horas de programação e luta contra a LGBTIfobia

Domingo, 8 de julho, será realizada em Curitiba a 3ª Marcha Pela Diversidade. Durante nove horas, mais de 30 atrações sobem ao palco montado na Praça Santos Andrade e seguem o Trio Elétrico a partir das 14h até a Praça Zacarias. Imperador Sem Teto, Raissa Fayet e Mulamba são algumas das artistas confirmadas. Além dos shows, haverá apresentações performáticas, DJs e falas de conscientização quanto ao combate a LGBTIfobia.

O evento é organizado pela Aliança Nacional LGBTI, Grupo Dignidade, Coletivo Cássia e TransGrupo Marcela Prado e geralmente acontece no final de junho, mas devido ao mau tempo foi transferido para esse fim de semana. A marcha foi criada em 2016 com o intuito de conscientizar a população LGBTI sobre a necessidade de combate à LGBTIfobia, em alusão ao dia 17 de Maio, Dia Internacional de Combate à Violência Contra Pessoas LGBTI.

A organizadora do Coletivo Cássia, Ananda Puchta, explica que o intuito da marcha é proporcionar um ambiente de conscientização política das pessoas LGBTI de Curitiba, trazendo a tona debates acerca dos direitos LGBTI, como combate à violência, ao bullying e evasão escolar, a necessidade de acolhimento dos jovens LGBTI que não tem apoio familiar etc. “É uma tentativa de criar um espírito de comunidade, para que todas as pessoas se sintam responsáveis e parte da causa. A inclusão é a nossa bandeira”, reforça Ananda.

O Brasil ocupa a triste posição de país que mais mata pessoas transexuais e transgêneros, no mundo. O ranking foi elaborado por uma organização civil europeia, chamada Transgender Europe. Segundo o relatório da ONG, em números absolutos, foram assassinados no Brasil, entre 2008 e 2016, 868 pessoas trans, aquelas que não identificam o próprio gênero com o sexo biológico. E não é só isso. No último ano o Brasil bateu seu recorde de assassinatos de LGBTI: 2017 teve 30% a mais que em 2016.

Durante a manifestação serão vendidas camisetas e copos da Marcha Pela Diversidade. O valor arrecadado será usado na reforma da sede, espaço que dá apoio a população LGBTI através de atendimentos psicológicos, testagem rápida de HIV e promovendo os direitos humanos LGBTI. O Grupo Dignidade é a primeira ONG no Paraná e a segunda mais antiga do Brasil, atuando há 26 anos na defesa e promoção dos direitos LGBTI. Também é possível comprar o kit antecipado através deste link

Trajeto
A mobilização começa às 11h na Praça Santos Andrade. A partir das 14h, a marcha segue pela Rua João Negrão, Av. Marechal Deodoro até a Praça Zacarias e encerramento será na Av. Luiz Xavier, na Boca Maldita.

ATRAÇÕES CONFIRMADAS:
Bloco Saí do Armário e Me Dei Bem
DJs
Kalvin Freitas
Everton Bitencourt
Kuruh
Wander Bueno
Neh Hoffmann
Murilo prestes
Alice cavazotti
Carmen Agulham

Drags
Shayanne Ashela
Scarlet Bastos
Thalita Pereira
Soraya Outback
Layla Albuquerque
Alexia Mozzer
Linda Power
Hellen Werneck
Myrella Massafera
Barbra+amigas
Myrella Albuquerque
Patricia Lemonge
Jhenny Willer
Barbara Bueno

Bandas
Raissa Fayet
Imperador Sem Teto
Mulamba

SERVIÇO
Marcha pela Diversidade
Data: 08 de julho
Hora: A partir das 11h
Local: Concentração Praça Santos Andrade e às 14h segue até a Boca Maldita
Evento gratuito
Confira a página do evento, aqui

FEIRA DE DISCOS DA BOCA MALDITA #3

No próximo dia 25 de novembro, sábado, acontecerá a terceira edição da Feira de Discos da Boca Maldita, no Hotel Slaviero Slim, bem na Boca Maldita, centro de Curitiba. O evento é dedicado exclusivamente aos discos de vinil, um lugar especial para colecionadores, seja iniciante ou veterano. Será possível procurar e garimpar preciosidades em uma variedade de 21 expositores, todos de Curitiba, São Paulo, Santos, Londrina, Maringá, Joinville e Florianópolis. O público poderá escolher entre cerca de 10.000 LPs, a curadoria do evento prezou a qualidade do acervo, preço e gêneros de música, abrangendo assim um amplo leque musical, do rock e música brasileira em todas suas vertentes, ao pop, jazz, soul, reggae e etc.

Segundo os organizadores, Horácio De Bonis (ex-801 Discos e atual Sonic Discos) e Marcos Duarte (Joaquim Livros e Discos), é importante enfatizar que a feira é pensada para atender um público amplo, por isso existe um equilíbrio entre expositores que vendem LPs de gêneros mais específicos e/ou LPs raros, com os que vendem LPs mais comuns e baratos. “Na Feira de Discos da Boca Maldita tem LPs para todos os gostos e bolsos”, diz Marcos Duarte, salientando que a feira não tem só raridades e discos caros, pelo contrário, é maior o número de LPs acessíveis, permitindo que o colecionador iniciante possa encontrar muita coisa boa para seu acervo.

Como complemento à feira, o público também poderá encontrar camisetas temáticas, de vários gêneros musicais, filmes, gravadoras, etc., fitas k7, assim como livros de música e HQs, e canecas com estampas com temática de música e cinema.

Evento paralelo – lançamento de livro sobre o rock de Curitiba

Como evento especial, dentro da feira, o escritor, poeta e advogado Eduardo Mercer fará uma sessão de autógrafos do seu recém-lançado “Uma Fina Camada de Gelo: O Rock Autoral e a alma arredia de Curitiba”, que trata, especialmente, sobre um período fértil para as bandas curitibanas: a década de 1990. O período foi marcado por bandas como Relespública, Sr. Banana, Black Maria, Tessália e tantas outras, também por lojas de discos como a Temptation, a Savarim Discos, a 801 Discos e a Jukebox, além da grande antena musical que foi a Rádio Estação Primeira FM. O livro conta tudo que fez história nessa década especial para a música de Curitiba.

Serviço
Feira de Discos da Boca Maldita
Dia 25.11.2017 – das 10 às 19h
Hotel Slaviero Slim
Av Luiz Xavier, 67 – primeiro andar, centro de Curitiba
Entrada gratuita
Contatos: Horácio (41) 98411-2546
Marcos (41) 99948-6813

Evento no facebook,  aqui

SEGUNDA EDIÇÃO DA FEIRA DE DISCOS DA BOCA MALDITA ACONTECE NO DIA 05 DE AGOSTO

Boas notícias não faltam quando se fala do mundo do vinil. A volta do LP, iniciada já há alguns anos, ganha novos contornos quase todos os meses, com notícias que vão de aberturas de novas fábricas à consolidação de feiras de vinil no Brasil e no mundo. Entre os meses de junho e julho deste ano, foi anunciada a inauguração de uma nova fábrica de vinil na Coréia do Sul, a Machang Music & Pictures, enquanto a Sony Music divulgou que em março de 2018 começa a funcionar a fábrica que estão construindo no Japão, finalizando com notícia da Austrália, onde a Program Records informou que em 2018 começa a funcionar sua fábrica de vinil em Melbourne.

Aproveitando esse crescente interesse, a Feira de Discos da Boca Maldita realiza no próximo dia 05 de agosto, sua segunda edição. Após o sucesso da primeira, realizada em fevereiro deste ano, os organizadores Horácio Tomizawa De Bonis, da Sonic Discos e Marcos Ramos Duarte, da Joaquim Livros & Discos, resolveram em parceria com o Hotel Slaviero Slim Centro, repetir a dose. Para essa nova edição serão 26 expositores, metade de Curitiba e outra metade das cidades de São Paulo, Santos, Londrina, Maringá, Joinville e Florianópolis. O critério de escolha dos expositores foi qualidade e diversidade do material, estado de conservação dos LPs e preços. Com isso os colecionadores poderão encontrar LPs dos mais diversos gêneros e preços, num total de cerca de 10.000 LPs a venda.

Homenagem à Banda Blindagem

Como parte da Feira de Discos da Boca Maldita, os organizadores programaram uma homenagem à Banda Blindagem, sem dúvida o maior nome do rock paranaense. Os músicos do grupo estarão na feira para contar histórias e bater papo sobre o DVD de 35 anos da banda e a biografia da banda, que saem ainda neste ano.

Serviço:
Local: Hotel Slaviero Slim Centro – Av. Luiz Xavier, 67, Centro, Curitiba
Data: 05 de Agosto de 2017, das 10h às 19h
Homenagem a Banda Blindagem, às 11h
Entrada gratuita

Mais informações na página do evento, aqui