SEXTA AUTORAL PROMOVE SHOWS GRATUITOS NO SESI SÃO JOSÉ

Banda The Shorts

Três bandas locais prometem muito rock’n’roll, country , blues e rock alternativo

Notório por dar espaço e visibilidade aos artistas do estado, o Sesi Cultura Paraná desenvolve em São José dos Pinhais o projeto Sexta Autoral. A ação valoriza as bandas locais com produções próprias e independentes promovendo shows desses talentos na Região Metropolitana de Curitiba. Na edição de junho, três bandas vão se apresentar gratuitamente no dia 29, sexta-feira, levando uma pluralidade de sonoridades ao palco do Teatro Sesi São José dos Pinhais. O público pode esperar muito rock’n’roll, country, blues e rock alternativo. Saiba mais sobre a programação abaixo.

Banda The Shorts
The Shorts é uma banda curitibana formada pelas musicistas Natasha Durski (voz e sintetizadores), Andreza Michel (baixo e backing vocal), Taís D’Albuquerque (guitarra) e Babi Age (bateria). Sua atual formação também agrega Matheus Reinert na segunda guitarra. A sonoridade evocada pela banda mistura elementos do rock alternativo, shoegaze, ambiências etéreas e noise, com um vocal que dá o tom sensual e hipnótico da banda.

Banda Êta Nóis
A música de raíz americana é a inspiração da Banda Êta Nóis. Folk, Country, Rock e Blues se misturam na interpretação de Fábio Elias, Renato Ximú, Deiwerson de Lima e Antônio Carlos Paraná. O quarteto, que já é conhecido por outros projetos musicais na capital paranaense, apresenta um show carismático e contagiante.

Banda Sete Sangrias
Sete Sangrias tem em sua formação Sergião Rodrigues (vocais/contra-baixo), Dinho Peruscello (guitarra/backing vocal) e Heitor Eduardo (bateria). Com repertório autoral, a banda faz um som inspirado no rock nacional e internacional de diferentes épocas. As letras em português abordam temas variados, dosando romantismo, bom humor, loucuras e poesia.

Serviço:
O Sesi Cultura Paraná apresenta
Sexta Autoral
Data: sexta-feira, dia 29 de junho
Horário: às 19 horas (duração de 180 minutos)
Valor: ingresso solidário – doação de 1kg de alimento não perecível
Classificação indicativa: livre
Local: Teatro Sesi São José dos Pinhais
Endereço: Rua Quinze de Novembro, 1800 – Centro de Sesi São José dos Pinhais-PR
Observação: retirar ingresso com 1 hora de antecedência (sujeito a lotação)

Mais informações:
www.sesipr.com.br/cultura/ 
www.facebook.com/sesiculturapr/

SESI CULTURA
Foi em 2008 que a Regional Paraná do Serviço Social da Indústria inaugurou uma área especificamente dedicada ao desenvolvimento de ações culturais ancoradas nas diretrizes previstas na Declaração Universal dos Direitos do Homem, como a diversidade, a pluralidade e a autonomia. Desde então, o Sesi Cultura Paraná tem promovido o acesso à cultura com foco em programas de formação artística e cultural, investindo em processos criativos, formação de plateia para todas as linguagens e na formação e desenvolvimento cultural com vocação local. O Circuito Cultural Sesi, o Festival Sesi Música, os Núcleos Criativos do Sesi, o Zoom Cultural, os Programas Sesi Música, Sesi Arte, Sesi Audiovisual e Sesi Artes Cênicas são exemplos de programas desenvolvidos pela Gestão Cultural do Sesi. De 2008 até 2017, mais de um milhão de espectadores tiveram acesso à cultura por meio de cerca de 8,4 mil ações culturais realizados pelo Sesi Paraná. Todas essas ações sempre tiveram como objetivo o acesso ao bem cultural para o trabalhador da indústria, seus dependentes e para a comunidade de uma forma geral, além da difusão da arte em todas as suas manifestações, valorizando a diversidade e a pluralidade do povo brasileiro.

RASGO #1

RASGO #1
DOMINGO, 3 do 6, em Curitiba, na Casa Tangente

Dunas, Ímã, Veenstra

“Um rasgo num esquema que se apega a você, esquema de deixar as coisas acontecerem e só reagir, sem agir do próprio gosto.

Coletivo atlas, Casa Tangente, bandas e os colantes ajudam Lorenzo a recuperar suas percus roubadas, sem as quais o guri não faz seu trampo patusqueiro.

rango vegano do Seite Handa

15 pilas

A Casa Tangente abre 14h. 19h é a hora que acaba o som, mas quem quiser pode continuar por lá

Local: Casa Tangente, R. Pref. Ângelo Lopes, 1653, Hugo Lange, Curitiba
Data: DOMINGO, 3 de junho

Organizado por Coletivo Atlas, Dunas, Ímã, Veenstra

Confira a página do evento, aqui

NA-NU NA GIBITECA DE CURITIBA

Sábado é dia de Gibiteca! Amanhã a Gibiteca de Curitiba recebe uma programação super especial em comemoração aos 20 anos do fanzine e dois do blog NA-NU.

O encontro é gratuito e contará com shows, feira de quadrinhos, arte local e muito mais!

Serviço:
Comemoração de 20 anos do fanzine e de dois anos do blog NA-NU na Gibiteca de Curitiba
Local: Gibiteca de Curitiba – Rua Presidente Carlos Cavalcante, 533, Centro de Curitiba.
Data: 19 de maio (sábado), das 14h às 19h
Entrada franca
Confira a programação do evento, aqui

fontes: FCC

EM TURNÊ COM O EP “PRA DOER”, TUYO FAZ SHOW NO PAIOL COM JANINE MATHIAS E DOW RAIZ

Com um som flutuante, letras existenciais e elementos lo-fi, trio de folk futurista se apresenta em Curitiba no dia 7 de junho

Criando uma fusão entre o orgânico e o sintético num labirinto de voz, violão e beat, a Tuyo tem se destacado na música independente brasileira. No dia 7 de junho, o trio apresenta seu folk futurista em Curitiba, mesclando o violão denso de Machado com o trabalho vocal audacioso das irmãs Lio e Lay Soares. O show, que integra a turnê “Pra Doer” e acontece no Teatro Paiol, terá as participações especiais de Janine Mathias e Dow Raiz, unindo vertentes como o rap e o samba.

Lançado em 2017, o EP de estreia da Tuyo tem um som flutuante, letras existenciais e elementos lo-fi. Carregado de identidade, o trabalho traz a fluidez entre o antigo e o recente, tocando a alma e reverberando o encontro da violência com a elegância. No mesmo ano, foi divulgado o clipe de “Amadurece e Apodrece”, uma das quatro faixas do EP. Sem medo de sair da superfície, o trio cria um show repleto de força e sensibilidade, despertando a habilidade de sentir e de se emocionar.

“Todo espetáculo é um impacto diferente. As pessoas se conectaram real. O show tem um espectro espiritual muito forte. A gente vai desarmado, de peito aberto, e volta pra casa modificado, esquisito. É aquela coisa de expurgar os demônios mesmo – tantos os nossos quanto os de quem assiste. Não tem nada mais bonito que olhar no olho de quem nunca te viu antes, mas parece que sabe tudo sobre você”, conta Lio sobre a experiência da turnê.

No show em Curitiba, que conta com direção musical de Gianlucca Azevedo, o repertório também será formado por músicas do próximo álbum da Tuyo, “Pra Curar” – previsto para o segundo semestre. Para 2018, a Tuyo prepara, ainda, o clipe de “Conselho do Bom Senso” e um single em parceria com a cantora e compositora Bruna Mendez e o Cafofo Estúdio, de Goiânia (GO).

Serviço:
Tuyo – Pra Doer
Data: 7 de junho (quinta-feira), às 19h
Local: Teatro Paiol – Praça Guido Viaro, Prado Velho, Curitiba
Ingressos: R$ 10 meia e R$ 20 inteira, pela plataforma Sympla
Confira a página do evento, aqui

Para saber mais
Site | Facebook | Instagram | YouTube | Twitter

NA-NU NA GIBITECA DE CURITIBA

Comemorando dois anos de blog e vinte anos do lançamento do NA-NU original, dia 19 de maio, o NA-NU promove uma grande festa com ENTRADA GRATUITA na Gibiteca de Curitiba, em nome do quadrinho, da arte e da cultura local. Com show do duo Naome Rita e Allan Yokohama de Mattos, feira de quadrinhos e arte local e bate papo sobre a produção atual de HQs.

PALCO PORTAL DAS PERCEPÇÕES – Shows com:
– NAOME RITA
– ALLAN YOKOHAMA (Tocando Terminal Guadalupe, Humanish, Yokohama Café entre outros)

EXPOSITORES CONFIRMADOS:
– CHICO FELIX (Quadrinhos, artes e prints)
– DW RIBATSKI (Quadrinhos, artes e prints)
– ESTRONHO (Livros e quadrinhos)
– FLAVIO ANTUNES RAMOS (Pinturas)
– JOÃO FERREIRA (Quadrinhos, artes e prints)
– MARIO DE ALENCAR (Colagens, quadrinhos, artes e prints)
– MÁ MATIAZI (Livros, quadrinhos, artes e prints)
– MARCIO GARCIA (Quadrinhos, artes e prints)
– O.I.T.C. (Quadrinhos Artes e Prints)
– REH DESENHA (Pôsters, artes e prints)
– REVISTA PÉ DE CABRA (quadrinhos)
– URSEREIA (Quadrinhos, artes e prints)

BATE PAPO – com os autores:
– AMANDA BARROS
(Editora Ursereia, Cassandra & The Flaming Puppies)
– CHICO FELIX
(Autor de zines como Gente Feia na TV e Crü, participou de revistas como MAD e Frauzio)
– DW RIBATSKI
(Prêmio Jabuti na categoria Ilustração pela HQ Campo em Branco, prêmio Abril de Jornalismo na categoria Ilustração em 2016. Autor de HQs como La Naturalesa, Veículo e Olhos de Bicho)
– MÁ MATIAZZI
(Autora de livros como Três e da série O Feiticeiro, além de HQs como O Abismo, Morte Branca e A Loira Fantasma de Curitiba)

MOSTRA DE FILMES

Serviço:
NA-NU na Gibiteca de Curitiba
Local: Gibiteca de Curitiba Rua Presidente Carlos Cavalcanti 533, Centro de Curitiba.
Data: Sábado, 19 de maio, das 14:00 às 19:00
ENTRADA GRATUITA
Mais informações, aqui
Página do evento, aqui

PARANAMBUCO E ITAERCIO ROCHA LEVAM RITMOS TRADICIONAIS BRASILEIROS AO PAIOL

Com entrada gratuita, shows encerram o projeto “Paranambuco apresenta: Orun Ayê” nos dias 28 e 29 de abril

A terceira e última minitemporada do projeto “Paranambuco apresenta: Orun Ayê” conta com a participação especial do músico, bonequeiro e carnavalesco Itaercio Rocha. Os shows acontecem nos dias 28 e 29 de abril, no Teatro Paiol. As apresentações têm entrada gratuita, com o intuito de aproximar o público curitibano de ritmos tradicionais brasileiros.

O trabalho autoral do Paranambuco surgiu em 2010, a partir do estudo da musicalidade tradicional brasileira. O grupo é formado pelo pernambucano Matheus Braga, a paranaense Jô Nunes, o paranaense Bruno Klammer, o mineiro Fred Pedrosa e o catarinense José Navarro. Nos shows, o repertório do álbum “Orun Ayê” traz ritmos como baião, coco, samba, maracatu e xote, além de ijexá, toruá, barravento, puxada de rede e jongo.

“Toda manifestação cultural tem o objetivo de fazer permanecer uma história. Então, ao reunir e apresentar diferentes regionalidades, nossa intenção é fortalecer a identidade do Brasil. Por meio de ritmos brincantes e da interação com a plateia, queremos propor que a diversidade do nosso país seja valorizada”, conta Matheus.

Participação
Os shows terão a presença do artista Itaercio Rocha, fundador do Garibaldis e Sacis, o bloco mais popular de Curitiba. Itaercio atuou e dirigiu espetáculos no grupo Mundaréu, com o qual gravou vários álbuns. Em 2006, lançou o primeiro disco solo e autoral, “Chegadim”. É autor do livro/CD “Como é bom festa junina III”, em parceria com Mara Fontoura, com quem ainda escreveu “Como diz o ditado”. Em parceria com o Hospital Pequeno Príncipe, lançou os álbuns “Cancioneiro popular” (2009) e “Encanto de brincar” (2013).

A primeira edição do “Paranambuco apresenta: Orun Ayê” teve como convidado o rabequeiro e percussionista Carlos Ferraz, uma das principais referências da cultura popular e da capoeira angola em Curitiba. Na segunda minitemporada, a participação especial foi da cantora e compositora Janine Mathias, que mescla elementos do rap, soul e samba.

Paranambuco – crédito foto: Dayana Luiza

Serviço:
Show Paranambuco – part. Itaercio Rocha
Data: 28 de abril, às 20h | 29 de abril, às 19h
Local: Teatro Paiol
Endereço: Praça Guido Viaro, s/n, Prado Velho, Curitiba
Entrada: gratuita
Página do evento, aqui

OZZ EXPERIMENTAÇÕES CULTURAIS

Sábado, dia 21 de abril, será lançado em Curitiba o projeto Ozz Experimentações Culturais! E você está convidadíssimo!

“Saca só a pira! Um ciclone atingirá a casa verde e irá leva-la para outro mundo!! Mas antes que alguém se sinta órfão deste role… NÃO SE PREOCUPEM!! A turma do Mágico de Oz vai chegar para levantar o astral de todos!

Assim como o universo de Oz, rico em histórias e fantasias, teremos diversas atrações iradas para vocês:

– Música ao vivo e no Toca-Disco!
Franco Das Camélias (www.francodascamelias.wordpress.com.)
VINYL Rap (www.facebook.com/vinylcwb/)
Banda Freeling (www.facebook.com/freeling.music/)

– Record Store Day, Feira de Vinil e Livrozz

– Culinárias (rangos veganos e não veganos, docess, tortas, muita coisa)
Sorvetes (www.facebook.com/QuebraGeloSorveteria/)

– Expozzições (ilustrações, fotos, pinturas)
Lucas Chierigatti (www.facebook.com/lchierigatti)
Ana Carolina Marinho (www.facebook.com/anacwbb)
Caliel Hauffe (www.facebook.com/caliel.hauffe – instagram @peaceflow.artes)

– Bazar de Roupas
Mayara Mamede (www.facebook.com/mayara.correa.3705)

– Flash de Tattoo
Eloiza Montanha (www.facebook.com/eloteeeee)

– Massagista (isso mesmo que você leu!)
Pedro Wistuba (www.facebook.com/pedro.wistuba)

– Intervenções malucas

-Bera geladíssima e outrozz goles irados! (inclusive um especial feito para a ocasião)

*** Ao longo dos dias anunciaremos os artistas e colaboradores do evento, fiquem ligados!
*** Tragam seus copos e canecas para preservarmos pelo meio ambiente!
*** Cangas e cadeiras também serão bem vindas, sintam-se em casa!
*** O melhor amigo do homem está mais do que convidado também! Tragam seus pets!! (dogs, calopsitas, gatos, peixes, répteis)

Serviço:
Chalakazam! Adiós Casa Verde
Local: Piazinho BAR, Rua Nicaragua , 1319, Bacacheri, Curitiba
Data: 21 de abril (sábado)
Valores:
R$10,00 – Confirmando presença e nome no mural do evento!
R$15,00 – Na hora, sem confirmar presença.
Organização: Ozz Experimentações Culturais

Confira a página do evento, aqui

NA-NU NA GIBITECA DE CURITIBA

Comemorando dois anos de blog e vinte anos do lançamento do NA-NU original, dia 19 de maio, o NA-NU promove encontro na Gibiteca de Curitiba em nome do quadrinho, da arte e da cultura local. Com show da banda Vida ruim, feira de quadrinhos e arte local e bate papo sobre a produção atual de HQs. Entrada gratuita!!!

Vem aí o evento do NA-NU na Gibiteca de Curitiba

O blog do NA-NU está comemorando dois anos de existência, além disso, vinte anos atrás era lançada a edição zero do fanzine NA-NU. Para comemorar, o NA-NU vai promover um encontro no dia 19 de maio, sábado, na Gibiteca de Curitiba para exaltar a história, a diversidade e a importância da produção artística local, com foco nos quadrinhos.

NA-NU era o nome que levava um fanzine de quadrinhos, textos e poemas produzido por um grupo de artistas que durou de 1997 à 2002.

Durante as próximas semanas, o blog do NA-NU vai trazer detalhes sobre as atrações, convidados, expositores e parceiros participantes do evento, que vai contar com mostra de filmes, bate papo sobre a produção atual de quadrinhos, feira de quadrinhos, arte e produção local e apresentação da banda Vida Ruim.

Serviço:
NA-NU na Gibiteca de Curitiba
Local: Gibiteca de Curitiba, Rua Presidente Carlos Cavalcanti, 533, centro de Curitiba

Data: Sábado, 19 de maio, das 14:00 às 19:00
Entrada gratuita!
Confira a página do evento, aqui

COOLRITIBA FOMENTA SUSTENTABILIDADE E RESPONSABILIDADE SOCIAL

Festival vai além da música e da arte com ações que protegem o meio ambiente e deixam um legado para a cidade

Os grandes eventos musicais, levam aos shows milhares de pessoas que se emocionam ouvindo os seus ídolos. Apesar de todos os benefícios que a música traz, muitos desses fãs não sabem que para a realização desses espetáculos, existe uma série de atividades que causam impactos ao meio ambiente e à comunidade ao seu redor. Pensando nisso, o Festival Coolritiba investe em ações de sustentabilidade e responsabilidade social, fomentando o engajamento dos jovens e deixando um legado permanente para as futuras gerações.

Compensação de gases
A Seven Entretenimento firmou uma parceria com a ORMA, empresa especializada que elaborou o inventário de emissões de gases de efeito estufa durante a preparação e o dia do festival. Foram contabilizadas as emissões dos deslocamentos terrestre e aéreo dos artistas e produção, acomodações, veículos de apoio, energia elétrica, geradores, resíduos orgânicos e efluentes. As emissões serão compensadas com a aquisição de créditos de carbono de projetos socioambientais, que através dos recursos dos créditos, viabilizaram a redução das emissões de gases de efeito estufa. Com isso, o Coolritiba é um dos únicos eventos de grande porte que possui 100% dos gases compensados.

Esta iniciativa é uma oportunidade para o festival demonstrar o seu compromisso para uma economia de baixo carbono. O Coolritiba não está apenas se comprometendo em calcular e compensar as suas emissões de gases de efeito estufa, mas também a sensibilizar o público e a comunidade sobre a importância do tema, encorajando a todos a introdução de melhores práticas no seu dia a dia.

Para garantir a sustentabilidade do evento, a organização adota ainda uma série de medidas, entre elas: reciclagem do lixo gerada no evento, disponibilização de lixeiras adequadas para a separação do lixo, cenografia feita com material reciclado e copos e utensílios sustentáveis. Para completar, a água no festival é gratuita, diminuindo o consumo de garrafas e galões plásticos, além de garantir a hidratação de todos!

Por um mundo melhor
Com forte apelo social o festival retoma as práticas de doações adotadas na primeira edição: os visitantes serão convidados a doar um livro na entrada da Pedreira Paulo Leminski, para o projeto da Freguesia do Livro, bem como agasalhos para a campanha Espalhe Calor, da Provopar.

Seguindo o conceito de promover atitudes que mudam o mundo, o Coolritiba contará com ações especiais para deixar um legado para a cidade. Uma delas será em prol da organização internacional TETO, que atua para garantir o direito à moradia nas favelas do país, por meio de programas sociais que geram soluções concretas de melhorias das condições de moradia e habitat. O festival também terá um espaço para divulgação da organização.

Parte da renda dos ingressos da área VIP também será revertido para contribuir com a revitalização das fachadas de prédios históricos da cidade com o apoio da Prefeitura de Curitiba e de artistas locais, uma forma de incentivar o engajamento social antes, durante e depois do evento.

DIEGO PERIN LANÇA EP PROVOCADOR E ATUAL


Cabresto chega às plataformas de streaming dia 19 de março

A arte reflete o que vivemos. É inadmissível ficar alheio a dor dos outros. É assim que o compositor Diego Perin, ex-baixista da Banda Gentileza descreve seu primeiro trabalho solo. O EP ‘Cabresto’ nasce de suas inquietações com o mundo e consigo mesmo. Ao mesmo tempo em que o músico canta a falta de empatia, manipulação midiática e jogo de interesses, também ressalta a necessidade de correr riscos e buscar um mundo ideal, que é utópico para quem não acredita nele.

Diego volta a cena musical como compositor de suas letras e melodias. Essa autonomia garantiu uma miscelânea de ritmos. “A dor dos outros”, single lançado em julho é uma mistura de rock, música latina e brega. Já “Cabresto”, que dá nome ao disco, é um afrobeat. O novo trabalho é mais pesado e irônico que o da antiga banda. “Acho que os assuntos são mais sérios. Tem uma canção que lembra Doors. Nem era minha intenção, mas quando mostrei pros amigos e amigas, eles apontaram a influência que eu nem sabia que tinha. Uma inspiração proposital foram os uivos do Howling Wolf”, comenta Perin.

Após 15 anos tocando baixo e sendo backing vocal, Diego assume sua voz em primeiro plano e ataca de guitarrista. A produção musical e mixagem ficou por conta de Rodrigo Lemos que também toca baixo, bateria, guitarra e sintetizador. Outros amigos e grande músicos participaram do seu novo trabalho: Vinicius Nisi (A Banda Mais Bonita da Cidade) no teclado, Douglas Vicente (Charme Chulo) e João Taborda (Trombone de Frutas) na bateria, Estrela Leminski e Téo Ruiz nos backing vocals e Lucas Ajuz (Locomotiva Duben) na conga. Diego Perin toca guitarra, baixo e, claro, debuta no vocal. Em março de 2018 o mundo conhecerá o resultado.

O lançamento já tem data marcada: 19 de março o EP estará disponível nas plataformas de streaming e no site, para quem quiser baixá-lo gratuitamente. Seguindo as tendências de mercado, Perin disponibiliza os lyrics videos de suas músicas no Youtube. Animações feitas por ele. O show de estreia é dia 6 de abril no Ornitorrinco bar. Tocando ao seu lado o tecladista Vinícius Nisi (A Banda Mais Bonita), o baixista Jean Machado (Tuyo), Ruan de Castro na guitarra e Douglas Vicente (Charme Chulo) na bateria. Engrossando o caldo e o evento, tem apresentação do Bernardo Bravo e do coletivo de DJ’s, Casa de Suingue.

Diego Perin by Luana Angreves

Serviço:
Show de lançamento de Cabresto
Data: 06 de abril
Horário:
20h – discotecagem Casa de Suingue
21h30 – Show Diego Perin
23h – Show Bernardo Bravo
Local: Ornitorrinco Bar – R. Benjamin Constant, 400 – Centro
Entrada: R$10 com nome no mural do evento e R$15 sem.
Confira a página do evento, aqui

Sobre o Diego Perin
Diego Perin estuda música desde os 15 anos, quando ainda morava em sua cidade natal, Igarapava, São Paulo. Desembarcou em Curitiba para cursar Publicidade e Propaganda na UFPR e na universidade, em 2004, conheceu seus colegas da Banda Gentileza. Em 10 anos de carreira, a banda tocou nos renomados festivais: Psicodália (Rio Negrinho/SC), Path (São Paulo/SP), Calango (Cuiabá/MT) e Contato (São Carlos/SP). A canção “Afinal de Contas” foi tema de personagem da novela da Rede Globo, Malhação de 2013. O músico tocou também na banda Lemoskine e acompanhou o cantor Leo Fressato. Atualmente, além de se dedicar a composição do seu trabalho solo, Diego é baixista da banda que acompanha a dupla Estrela Leminski e Teo Ruiz.