EXPOSIÇÃO “INTERAFETIVIDADE” É SUCESSO EM CURITIBA E LOTA GALERIA NO SHOPPING PÁTIO BATEL

Interafetividade – foto Renata Peterlini

Exposição “Interafetividade” é sucesso em Curitiba e lota galeria no Shopping Pátio Batel

Mais uma atração promovida pelo Circuito Cultural Ademilar cai nas graças dos curitibanos e é sucesso de público. E o melhor: se você ainda não viu, ela fica em exposição até 30 de junho com acesso gratuito

A exposição “Interafetividade”, inaugurada no dia 15 de maio, é resultado da união de duas figuras já reconhecidas da cena cultural: a premiada artista plástica Sandra Hiromoto e a cantora e compositora Fernanda Takai. A conexão entre as artistas não é recente. Elas trabalham juntas desde 2011, quando se conectaram via redes sociais e Sandra foi convidada para produzir a arte gráfica de um livro da cantora.

Em “Interafetividade”, Sandra cria pinturas inspiradas nas músicas de Fernanda, estabelecendo um diálogo entre as artes, além de uma imersão em um mundo imaginário recriado entre encontros e desencontros amorosos. A exposição recebeu cerca de 200 pessoas em sua inauguração e já é considerada recorde de público da Galeria InterARTividade, localizada no Shopping Pátio Patel.

Para Sandra, o projeto fortalece ainda mais a relação entre as artistas. “Do conceito à concretização da ideia, desenvolver esse trabalho foi um misto de liberdade e entrosamento da equipe. O resultado nos deixou muito orgulhosos. Vale a pena conferir”, destaca a artista, convidando o público a visitar a exposição.

Utilizando-se de técnicas digitais, a galeria interativa oferece uma experiência sensorial que envolve o espectador e seus sentidos. Com conceito inovador, a Galeria InterARTividade é a única no Brasil a trabalhar exclusivamente com projeção em paredes. Sua característica multimídia e exposições de sucesso no currículo – sempre gratuitas – a colocaram no mapa cultural da cidade.

Sobre as artistas
Sandra Hiromoto é artista visual e designer especialista em poéticas do ensino na arte contemporânea. Representou o Brasil no “Heart Brazilian Art Festival – Trienalle de Aichi”, no Japão, e é reconhecida internacionalmente, tendo sido premiada em Paris, na França, e na Bélgica. Participou da III Bienal de Artes Brasileiras em Bruxelas. Já expôs nos Museus de Kobe, Ehime, Yokohama e Kumamoto, todos no Japão. Também teve seu trabalho exposto nos Estados Unidos, Peru, Espanha, Colômbia, México e Cuba. Premiada em diversos salões de arte no Brasil, possui obras no acervo do Palácio Imperial do Japão.

Fernanda Takai é compositora e artista reconhecida pela sua trajetória na banda Pato Fu. Há dez anos iniciou também uma carreira solo. Lançou 18 álbuns e sete DVDs, tem quatro discos de ouro e já vendeu mais de um milhão de cópias. É uma artista que coleciona vários prêmios, entre eles o Grammy Latino e o Prêmio da Música Brasileira. Autora de quatro livros, recentemente conquistou um Prêmio Jabuti.

Circuito Cultural Ademilar
A exposição “Interafetividade” é uma das apostas da segunda edição do Circuito Cultural Ademilar, uma iniciativa que fomenta a cena artística da cidade e incentiva cerca de 20 projetos de música, arte, teatro e dança. O projeto foi viabilizado via Lei do Mecenato Municipal pela Ademilar, uma das maiores incentivadoras da área privada de Curitiba. “Interafetividade” fica em exposição até 30 de junho, seguindo o horário de funcionamento do shopping.

Serviço
Exposição Interafetividade
Local: Galeria InterARTividade | Shopping Pátio Batel, piso L3, Av. do Batel, 1868, Batel, Curitiba-PR.
Entrada: gratuita

Período: até 30 de junho

Atendimento à imprensa
The Way Comunicação
Tel.: (41) 3107-2020

CAIXA CULTURAL CURITIBA APRESENTA A MOSTRA MUNDO GIRAMUNDO

A “Mostra Mundo Giramundo” coleta e expõe materiais diversos para criar uma visão ampla e multifacetada sobre o processo de trabalho e a trajetória do Giramundo, um dos maiores grupos de teatro de bonecos do Brasil

A CAIXA Cultural traz a Curitiba a “Mostra Mundo Giramundo”, uma coleção de peças de conteúdo lúdico e educativo que busca revelar o modo de trabalho e o processo criativo do Giramundo, nacionalmente conhecido por atuar com o universo do teatro de bonecos. O acervo não se limita à exibição convencional de uma coleção de bonecos, o que normalmente enfatiza apenas dimensões estéticas, representadas pela forma escultórica, pela pintura, figurino e acabamento. Muito mais do que isso, a mostra revela as dimensões construtivas, mecânicas e cinéticas das marionetes, que priorizam o movimento e seus mecanismos.

Outro fator distintivo da mostra está na exibição organizada do processo de planejamento e construção de marionetes, suas etapas, ferramentas e abordagens, ou, em outras palavras, aquilo que pode ser qualificado como “acervo imaterial” do Giramundo, representado por seu know-howligado ao design de bonecos. Nesse campo, destaca-se a rara exibição da coleção de desenhos, estudos e projetos para teatro de marionetes de Álvaro Apocalypse, criador do Giramundo e um dos grandes mestres mundiais desta expressão artística.

A dimensão histórica é representada na mostra por meio de cenas selecionadas dos principais espetáculos do grupo, de 1970 a 2014, com o intuito de compor uma trajetória visual das transformações pelas quais passaram as pesquisas da companhia. Essa dimensão pragmática é ressaltada por meio da apresentação dos espetáculos previstos para o mês de junho (“Pedro e o Lobo”e “A Bela Adormecida”), no Teatro da CAIXA Cultural Curitiba e, ainda, através de uma palestra que irá demonstrar o processo de montagem dos espetáculos do Giramundo, também programada para junho. Os espetáculos e a palestra têm o propósito de aproximar o espectador do ofício do marionetista e de sua realidade prática. O principal objetivo da “Mostra Mundo Giramundo” é a formação de plateia e criação de um espaço de reflexão crítica sobre a o teatro de bonecos através de atividades multidisciplinares.

Serviço:
Artes Visuais: “Mostra Mundo Giramundo”
Local: CAIXA Cultural Curitiba, Rua Conselheiro Laurindo, 280, Curitiba-PR  – Galeria do Mezanino
Abertura: 15 de maio (terça-feira)
Visitação: de 16 de maio (quarta) a 12 de agosto (domingo)
Horário: terça a sábado, das 10h às 20h; e domingo, das 10h às 19h.
Ingressos: Entrada franca
Informações: (41) 2118-5111
Classificação etária: Livre para todos os públicos

Informações e entrevistas:
Maria Celeste Corrêa – (41) 9 9995 0169 / 9 8786 4465
fernandezcorreamc@gmail.com
maria.correa@grupoinforme.com.br

CIRCUITO CULTURAL TRAZ PROGRAMAÇÃO PARA TODOS OS ESTILOS

Em 2018, a Ademilar incentiva cerca de 20 projetos em Curitiba e é a terceira maior investidora privada da cena cultural local

Em seu segundo ano, o Circuito Cultural Ademilar fomenta a cena cultural de Curitiba e incentiva cerca de 20 projetos. A Ademilar Consórcio de Investimento Imobiliário já é a terceira maior investidora privada da cultura local. A iniciativa teve início em 2017, quando a empresa passou a usar a Lei do Mecenato Municipal para incentivar projetos com recursos do ISS – Imposto Sobre Serviços.Neste ano, a expectativa é investir cerca de R$1 milhão em projetos culturais.

“Nós sempre apoiamos as manifestações culturais, mas desde o lançamento do Circuito, no ano passado, passamos a trabalhar com um calendário de ações durante todo o ano que contemplam praticamente todas as áreas. Desta forma, estamos gerando empregos para empreendedores culturais e artistas e, principalmente, oferecendo entretenimento e aproximação com a arte para o público” destaca Tatiana Schuchovsky Reichmann, diretora-superintendente da Ademilar.

Teatro
O teatro vai ganhar uma peça de importância artística e que promete instigar o conhecimento do público infanto-juvenil. A peça Da Vinci, O Mago do Conhecimento, vai mesclar diferentes linguagens cênicas – como teatro de atores, bonecos e de sombras – para resgatar a história de um dos mais importantes gênios da civilização de todos os tempos: Leonardo Da Vinci.

O Circuito também está no Festival de Teatro de Curitiba com a peça Boca Maldita, que promete transformar em comédia algumas das principais histórias do centro de fofocas da capital paranaense. A peça fica em cartaz até junho no Teatro Lala Schneider.

E no mês de agosto, o Guairinha recebe uma programação intensa, com 20 apresentações em dez dias, com a Mostra Novos Repertórios, que vai oferecer teatro, dança e performances gratuitamente ao público.

Música
Todos os domingos na tradicional Feira do Largo da Ordem, o grupo Choro & Seresta faz um show para o público. Dentro do Circuito Cultural, sempre no primeiro domingo do mês, eles recebem um músico de destaque nacional. As apresentações são ao ar livre em um dos principais pontos turísticos de Curitiba.

E para promover e valorizar a produção musical brasileira dirigida às crianças, a partir deste ano, o projeto Curitibim entra no calendário do Circuito. Em agosto, o Guairinha vai receber músicos de todo o Brasil em um dos maiores festivais do gênero do país.

A música de câmara também tem vez na programação. O projeto Sopro 5 promove a partir do mês de abril seis concertos temáticos com repertórios exclusivos em espaços diferentes de Curitiba. A ideia é desmistificar o conceito de que a música erudita é inacessível e de difícil entendimento.

Mas a área musical não é só feita de atrações. O Circuito também incentiva a segunda edição da Feira Internacional de Música, que acontece entre os dias 20 e 23 de junho no Portão Cultural. A FIMS é um espaço estratégico de negócios criado especialmente para reunir artistas, empresários, produtores, selos, gravadoras, diretores de festivais e outros eventos com o intuito de movimentar o mercado musical do Sul do país e divulgá-lo para o restante do Brasil e a América Latina.

Audiovisual
A capital paranaense é um dos maiores centros de desenvolvimento da produção audiovisual brasileira, e o Circuito Cultural em 2018 está apoiando a produção de quatro filmes. O primeiro deles é o Itálicos, que mostra a saga dos imigrantes italianos até a região de Santa Felicidade; No Campo da Galícia resgata a memória de 100 mil imigrantes polacos no Paraná no final do século XIX; Parabéns a Você, um curta metragem de ficção que se passa em 1988, traz um momento turbulento do país; Cinturão de Rosilete apresenta a história da campeã mundial de boxe Rosilete dos Santos.

Literatura
Um circuito de contação de histórias destinado a crianças da rede municipal de ensino, professores, artistas, agentes de leitura, universitários e idosos, o projeto Narrativas Itinerantes vai percorrer todas as regiões de Curitiba levando o incentivo à literatura por meio de um versátil repertório de histórias do conto popular.

Um dos projetos de maior repercussão da cena cultural local no último ano foi o Mostra Literatura Paraná, também incentivado pela Ademilar, e para quem pensava que o projeto acabaria com as ativações no Pilarzinho, CIC, Uberaba e Butiatuvinha se enganou. Em abril a III Mostra Curitiba, que faz parte da programação do Festival de Teatro, vai trazer os jovens que participaram do projeto nas comunidades para o Cortejo Literário, onde grandes nomes da literatura paranaense ganham voz com leituras poéticas nas ruas da região Central.

Dança
O projeto Disparate promoverá 20 apresentações gratuitas no Memorial de Curitiba. Coreógrafos profissionais vão explorar o processo de criação com ações que prometem envolver o público e despertar o interesse pela dança.

Múltiplas manifestações
O Circuito também incentiva projetos que celebram etnias, como o Circuito Cultural Árabe. Durante dois finais de semana de agosto uma programação intensa vai exaltar as tradições do Oriente Médio com danças folclóricas, apresentações musicais, gastronomia e oficinas.

O patrimônio cultural do Paraná também está contemplado no Circuito com o projeto Fandango, Registro Material, uma ação que resgata antigas composições em um livro e promove apresentações de fandango no litoral e na capital do Estado.

Game
Você sabia que Graciosa, nome da bela serra do litoral paranaense, era uma mula? Essa história será contada por meio de um jogo digital de estratégia e sobrevivência em 3D. No game A Jornada da Graciosa, a Mata Atlântica paranaense da época dos exploradores é recriada, e a mula que dá nome ao jogo e à serra será a guia dos aventureiros para o desconhecido em uma viagem pelas lendas, pelos mitos e mistérios do lugar.

Artes Visuais
A artista Sandra Hiromoto e a cantora e compositora Fernanda Takai se unem para a exposição Interafetividade, que acontece no mês de maio no Pátio Batel. Um ambiente interativo será criado a partir de técnicas digitais, oferecendo ao espectador uma experiência sensorial em um mundo imaginário, onde se contemple uma exposição virtual, alinhando-se a música ao toque.

Mais informações sobre as atrações do Circuito Cultural pelo telefone: 41 3107-2020 (The Way Comunicação)

CPRA CONVOCA BOLSISTA PARA O PROJETO ‘AGROECOLOGIA ACONTECE’

CPRA convoca bolsista para o projeto ‘Agroecologia Acontece’. Com vaga para PARA DESIGNER, PUBLICITÁRIO OU ARTISTA VISUAL. Vaga para trabalhar em Pinhais-PR.

“O diretor-presidente do Centro Paranaense de Referência em Agroecologia (CPRA), considerando o Edital Nº 065/2018, torna público o processo de seleção de bolsistas na área de design gráfico, publicidade e propaganda e artes visuais para atuação por tempo determinado e em regime de dedicação plena no projeto “AGROECOLOGIA ACONTECE: divulgação de experiências da Região Metropolitana de Curitiba.

VAGA PARA DESIGNER, PUBLICITÁRIO OU ARTISTA VISUAL

atividades: Tarefas: aprimorar a identidade visual do Centro Paranaense de Referência em Agroecologia; elaborar e diagramar materiais impressos e digitais como cartilhas, cartazes, banners e placas sobre alimentação saudável, produtos orgânicos, agroecologia e temas afins.

O valor da bolsa é de R$ 2.000,00 mensais.

Processo seletivo: entrevista + envio de portfólio (até 27 de março).

O processo seletivo é bastante simples: candidatos precisam apenas enviar um portfólio e, caso pré-selecionados, participar de uma entrevista pessoal.

Mas fique atento para os prazos. Os detalhes estão todos no edital a seguir. Confira o edital no site do CPRA, aqui: EDITAL Nº 065/2018

Confira a fanpage do CPRA, aqui

EBANX APRESENTA PALESTRA GRATUITA SOBRE ARTE E CULTURA NESTA QUINTA-FEIRA

connor sherlock condor

A The Wrong – New Digital Art Biennale realiza bate papo com artistas do cenário da arte digital em Curitiba

Nesta quinta-feira (20), a partir das 19h30, a The Wrong – New Digital Art Biennale considerada uma das maiores e mais diversificadas bienais de arte e cultura digital apresenta a palestra “Conectando a The Wrong: Uma conversa entre artistas e curadores sobre processos artísticos e curatoriais das embaixadas Subli_me e Homeostase”. A entrada é gratuita mas os ingressos devem ser emitidos pela plataforma Sympla a partir deste link

Participam da mesa o mestre em crítica de arte e arquitetura, Guilherme Brandão, a curadora, pesquisadora e produtora, Júlia Borges Araña, o artista visual, psicanalista e escritor, Guilherme Zawa e a artista visual, Sayuri Kashimura, com mediação de Flávio Carvalho, responsável pela curadoria da The Wrong em Curitiba.

O evento faz parte da Bienal que está em cartaz na Galeria AIREZ onde estão expostas as obras de dez artistas nacionais e internacionais, entre eles estão, Leandro Catapam, Sayuri Kashimura, Guilherme Zawa, Hebert Baioco, Livenoistupi, Dina Karadžić, Adam Pizurny, Mattis Dovier, Looping Lovers e Connor Sherlock.

Serviço:
Data: 18 de janeiro
Hora: 19:30
Local: EBANX – Rua Mal. Deodoro, 630 – Centro, Curitiba – PR
Entrada Gratuita mediante retirada de ingresso no Sympla: aqui
Informações: thewrong@subli-me.org

UNDERGROUND ILUSTRADO: A ARTE VISUAL DA CENA MUSICAL CURITIBANA


Em Curitiba. Entrada gratuita!

“Uma das funções da arte é trazer novas perspectivas de uma dada realidade. Dito isso, não é raro nos depararmos com artistas se reinventando, explorando diferentes linguagens, problematizando realidades. A exposição “Underground Ilustrado: a arte visual da cena musical curitibana” representa uma partícula desta busca do artista pela reinvenção. Estabelecendo um diálogo entre notas e traços e tendo como foco o universo punk e metal, evidencia-se novas e pitorescas cenas do underground curitibano. Underground este, que com uma lógica própria e uma estética peculiar, fundamenta o principal objetivo desta exposição, trazer à tona um olhar acerca desta realidade tão ruidosa quanto pictórica, independentemente da linguagem.

Lucas Ruteski

ABERTURA:
Dia: 09 de Fevereiro. As 19 horas. Na Gibiteca de Curitiba.
Com show das bandas Repelentes e Rabo de Galo. (o show inicia pontualmente 20 horas).
…em cartaz até 30 de março de 2018.
Entrada gratuita!

Reunimos vários artistas da cidade de Curitiba, que apresentam um estilo completamente diferente, tanto musical quanto ilustrativo.
Será exposto cartazes, capas de álbuns, fanzines, pinturas, ilustrações e esculturas, de pessoas que participam do underground, principalmente com a música, mas que tem na arte visual mais uma forma de contribuir com a cena alternativa da cidade.
Vamos homenagear também o grande amigo e artista Magoo, que muito contribuiu e ajudou bandas, eventos e artistas da cidade.
VAMO AI…

Curadoria:
Christiano C. Neto e Daniel Gonçalves

APOIO:
WAY BEER
LADO B
GIBITECA DE CURITIBA
Rua Presidente Carlos Cavalcanti 533, Curitiba.

Confira a página do evento, aqui

PRÊMIO IBEMA GRAVURA ABRE INSCRIÇÕES E DISTRIBUI R$ 13 MIL À JOVENS ARTISTAS

A iniciativa visa divulgar a arte da gravura e revelar novos talentos

Estão abertas as inscrições para o maior prêmio brasileiro dedicado à arte da gravura. O Prêmio Ibema Gravura, que está em sua sétima edição, é exclusivo para estudantes e distribuirá R$ 13 mil entre os dez primeiros lugares. Promovida e realizada pela Ibema Papelcartão, terceira maior fabricante de papelcartão do país e um dos maiores players da América Latina, a premiação é a única do gênero promovida pela iniciativa privada.

Para o vencedor da segunda edição realizada em 2012, Alexandre Camanho, este prêmio é muito importante por ser destinado aos estudantes. “Na época eu ainda estava na faculdade e, neste período temos poucas oportunidades para expor e divulgar os nossos trabalhos. Ele também é um divulgador das técnicas gráficas, como a gravura. Recomendo este prêmio porque é extremamente sério”, afirma. Depois do Prêmio Ibema Gravura, Alexandre escreveu quatro livros e ganhou o Prêmio Jabuti – principal reconhecimento literário do Brasil – com a melhor ilustração, além de ter representado o Brasil em competições na Nova Zelândia. O concurso já compõe o calendário prático de diversas universidades brasileiras.

Os alunos e jovens artistas de cursos superiores e de escolas de artes gráficas de todo o Brasil podem realizar as suas inscrições pelo site www.premioibemagravura.com.br

As obras inscritas e enviadas serão analisadas por uma comissão julgadora composta por especialistas em artes gráficas e de gravura, além de designers de embalagens.

As inscrições vão até as 18:00 horas do dia 13 de Outubro.

Para mais informações clique aqui.

Sobre a Ibema:
Gerar valor de maneira sustentável por meio da fabricação e distribuição de produtos que conquistem a preferência dos clientes, contribuindo com iniciativas que favoreçam toda a cadeia, com a dedicação e preocupação de garantir o melhor resultado para a empresa e seus clientes. Esta é a missão da Ibema, fabricante de papelcartão, que permeia a sua atuação com base no conceito de foco do cliente. A empresa, fundada em 1955, é hoje um dos players mais competitivos da América Latina. Sua estrutura é composta por sede administrativa localizada em Curitiba, centro de distribuição direta em Araucária com área útil de 12 mil m2 e fábricas instaladas nos municípios de Turvo, no Paraná, e em Embu das Artes, em São Paulo, que juntas possuem capacidade de produção anual de 140 mil toneladas.Em seu portfólio, estão os melhores produtos, reconhecidos pela qualidade e performance na indústria gráfica. A empresa, que atualmente conta com aproximadamente 880 colaborares, possui unidades certificadas pela ISO 9001, pela ISO 14001 e pelo FSC (Forest Stewardship Council).

Para mais informações sobre produtos e serviços, acesse o nosso site, disponível também nos idiomas espanhol e inglês: www.ibema.com.br

CONVERSA SOBRE “CAPTAÇÃO DE RECURSOS PARA PROJETOS CULTURAIS”

Dia 30 de Julho  (DAQUI 1 MÊS) acontece no Espaço de Arte, uma conversa sobre Captação de recursos para projetos culturais, com Simone Nunes da Saui Cultural.

Simone Nunes, vem ao Espaço de Arte conversar sobre os diversos benefícios fiscais, como renúncia no Imposto de Renda, ICMS, ISS e IPTU entre outras diversas formas de captação para projetos culturais. Além de dividir com o público presente, sua experiência à frente da Sauí Produções, atuando como interlocutora e facilitadora entre investidores e idealizadores de projetos.

A entrada é gratuita mediante inscrição através do e-mail: espacodearte@espacodearte.com.br ou do telefone 41-30156320

• Data: 03 de Julho
• Horário: 19:30h às 21:30
• Local: Espaço de Arte
• Endereço: Rua Alberto Folloni, N° 1534 – Ahú, Curitiba
• Telefone de contato: 41-30156320
• Inscrições: espacodearte@espacodearte.com.br
e 41-30156320 
• Iocal: Espaço de Arte – Artes Visuais e Cinema

Confira a página do evento, aqui