LEC UFPR – LABORATÓRIO DE ECOLOGIA E CONSERVAÇÃO CONTRATA ASSISTENTE DE COMUNICAÇÃO / PONTAL DO PARANÁ-PR

LEC UFPR – Laboratório de Ecologia e Conservação contrata assistente de comunicação. Vaga para trabalhar em Pontal do Sul (Pontal do Paraná-PR).

“Buscamos um assistente de comunicação com ensino superior em jornalismo, comunicação social ou relações públicas para atuar junto ao Laboratório de Ecologia e Conservação (LEC) em projeto de monitoramento de fauna marinha!

Comunicar ações de monitoramento ambiental, conservação de fauna e ciência, associada a demanda de engajamento da sociedade, de governantes e mesmo de outros pesquisadores será o maior desafio deste profissional. Assim, será importante que tenha habilidade em editores de imagem/vídeo e de texto, que seja criativo(a), com boa comunicação e autodesenvolvimento, responsabilidade, dinamismo, organização e com foco na comunicação de trabalho coletivo e participativo.

Entre as principais funções está a assessoria de comunicação do projeto, proposição e execução de diferentes formas de divulgação, elaboração de layouts dos produtos e de clipping periódico, além da elaboração/execução do plano de sensibilização ambiental do projeto.

Vaga em Pontal do Sul (Pontal do Paraná, PR).
Carga horária: 30h semanais – Contrato CLT, com benefícios.

Envio de currículos até 08/11/2020 no e-mail pmp.parana@gmail.com  / com o assunto “Vaga Assistente Comunicação”.

fonte

ITAIPU BINACIONAL ABRE PROCESSO COM VAGAS PARA JORNALISTA/REPÓRTER FOTOGRÁFICO


Itaipu Binacional abre Processo Seletivo 1009 com o objetivo de prover 23 (vinte e três) vagas existentes e a formação de cadastro reserva, observando a reserva de vagas para Pessoas com Deficiência e Pessoas Negras. Dentre as vagas teremos 01+CR (cadastro de  reserva) para Profissional de Nível Universitário Jr (código 019/1009). Atuação: Repórter Fotográfico. Vaga para trabalhar em Foz do Iguaçu- PR. Inscrições: de 26 de novembro a 2 de janeiro de 2019.

atividades: Produção de reportagem fotográfica e audiovisual; cobertura fotográfica e audiovisual de eventos; criação e manutenção de banco de imagens; produção, edição e tratamento de imagens (fotos e vídeos); direção de imagem; assessoria de imprensa; apuração jornalística, redação e edição de textos; publicação de imagens e textos.

requisitos:  Diploma ou Certificado de conclusão, devidamente registrado, do Curso Superior (bacharelado) em Comunicação Social – Habilitação em Jornalismo, reconhecido pelo Ministério da Educação E Registro no Órgão Regional do Ministério do Trabalho; Experiência comprovada de, no mínimo, 6 (seis) meses ou estágio não-obrigatório, conforme LEI Nº 11.788/2008, em fotojornalismo; Apresentação de portfólio com dez fotos de autoria do candidato, publicadas em veículos de comunicação (impressos ou digitais); Disponibilidade para trabalhar em fins de semana; Carteira Nacional de Habilitação (CNH), categoria B ou superior, válida na data da contratação.

 Salário: R$ 6.111,93.

Taxa de inscrição: R$100,00.

Inscrições: de 26 de novembro a 2 de janeiro de 2019 através do site: www.portal.nc.ufpr.br / prova dia: 3 de fevereiro de 2019 em Curitiba e Foz do Iguaçu-PR.

No mesmo concurso tem vagas para os cursos: Ciências Contábeis, Direito, Engenharia Elétrica, Engenharia Eletrônica, Elétrica, de Automação ou de Telecomunicações,  Engenharia Civil, Secretariado Executivo, Biblioteconomia ou Gestão da Informação, Arquivologia ou Gestão da Informação, Medicina Veterinária, Engenharia Florestal, Zootecnia, Agronomia ou Engenharia Agronômica, Farmácia e Bioquímica, Pedagogia, Psicologia, Ciências Biológicas ou Ecologia, Geografia, Técnico em Hidrologia, Técnico em Mecânica ou Eletromecânica, Técnico em Agropecuária ou Agrícola ou Florestal ou Ambiental, e uma vaga para Ensino Médio.

Confira todas as vagas e informações no edital, aqui.

IBEMA RECEBE SELO SESI ODS 2018 POR EDUCAÇÃO AMBIENTAL

Projeto de reciclagem em escolas está em sintonia com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU

O projeto “Sustentando o Amanhã”, que leva educação ambiental a escolas da região de Turvo (centro do PR), conquistou o selo Sesi ODS 2018. O selo foi conferido à Ibema Papelcartão pelo segundo ano consecutivo por contribuir com a agenda 2030 de Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU.

A honraria foi entregue na sede do Sistema Fiep dia 30 de outubro, em Curitiba, durante o Congresso Sesi ODS 2018. O evento incluiu rodadas de apresentação de projetos entre representantes de indústrias, ONGs e do serviço público, além da entrega do certificado, numa importante troca de experiências.

“O projeto surgiu a partir de uma ideia interna de confeccionar lixeiras para coleta seletiva em alguns setores da empresa”, conta Clarice Battistelli, responsável pela área de Responsabilidade Social da Ibema. As lixeiras são confeccionadas com resíduos de tubetes da bobina de papelcartão.

“Como a ideia deu certo, estendemos para as escolas mais próximas, agregando à confecção de lixeiras a educação ambiental dos alunos, explicando conceitos como coleta seletiva, reaproveitamento de resíduos e consumo consciente”, explica Clarice.

Depois de levar o projeto de reciclagem de lixeiras para a escola de ensino infantil e fundamental da região, neste ano ele chegou a uma escola da comunidade indígena Guarani.

O projeto “Sustentando o Amanhã” atende aos requisitos ODS 4 (Garantir educação inclusiva e oportunidade de aprendizado para todos), ODS 11 (Tornar as cidades e os assentamentos humanos inclusivos, seguros, resilientes e sustentáveis) e ODS 12 (Assegurar padrões de consumo e produção sustentáveis).

Sobre a Ibema: 
Gerar valor de maneira sustentável por meio da fabricação e distribuição de produtos que conquistem a preferência dos clientes, contribuindo com iniciativas que favoreçam toda a cadeia, com a dedicação e preocupação de garantir o melhor resultado para a empresa e seus clientes. Esta é a missão da Ibema, fabricante de papelcartão, que permeia a sua atuação com base no conceito de foco do cliente. A empresa, fundada em 1955, é hoje um dos players mais competitivos da América Latina. Sua estrutura é composta por sede administrativa localizada em Curitiba, centro de distribuição direta em Araucária com área útil de 12 mil m2 e fábricas instaladas nos municípios de Turvo, no Paraná, e em Embu das Artes, em São Paulo, que juntas possuem capacidade de produção anual de 140 mil toneladas. Em seu portfólio, estão os melhores produtos, reconhecidos pela qualidade e performance na indústria gráfica. A empresa, que atualmente conta com aproximadamente 880 colaborares, possui unidades certificadas pela ISO 9001, pela ISO 14001 e pelo FSC (Forest Stewardship Council).

Para mais informações sobre produtos e serviços, acesse o nosso site, disponível também nos idiomas espanhol e inglês: www.ibema.com.br

INOVAÇÃO E SUSTENTABILIDADE NOS JARDINS DE MEL DE CURITIBA

As pessoas que frequentam o Parque Barigüi, em Curitiba, já devem ter percebido um novo espaço que foi construído recentemente no local. Trata-se do Jardim de Mel, um projeto da Prefeitura que construiu um apiário com uma área de 1.500 metros quadrados, onde estão localizadas cinco caixas de abelhas nativas sem ferrão, responsáveis pela polinização de 90% das plantas brasileiras.

Com um design diferenciado, o PlastFloor – produzido pela PlastPrime desde 2008 – foi a opção escolhida para pavimentar o novo ponto do parque. Sua estrutura vazada permite permeabilidade e acessibilidade sem interferir no paisagismo do local. Com a utilização de outros materiais, os recursos poderiam ser prejudicados, mas com o PlastFloor, o espaço se mantém preservado e com o aproveitamento adequado.

Outros parques da capital paranaense receberão novos apiários com o objetivo de aumentar a população de abelhas da cidade e garantir a proteção das matas nativas da região. O conhecimento também será transmitido entre os visitantes que conhecerão mais sobre as diversas espécies de abelhas sem ferrão, como as jataí, manduri, mirim, guaraipo e mandaçaia, que estarão presentes nos outros Jardins de Mel.

Serviço
Para mais informações sobre o pavimento permeável PlastFloor acesse: www.plastprime.com

JARDINS VERTICAIS SÃO ÓTIMAS OPÇÕES PARA DECORAR E DIMINUIR EFEITOS DA POLUIÇÃO DAS GRANDES CIDADES

Você já parou para pensar que pode ajudar na sustentabilidade do planeta, ajudar a diminuir os efeitos da poluição do ar e ainda por cima decorar uma parede da sua casa, do seu prédio?

De fácil instalação, os módulos para jardim vertical da PlastPrime, conhecidos como Plastwall, possuem duas versões, de 6 e 12 litros, e atendem às necessidades de quem busca construir uma parede ecológica com plantas, folhagens ou hortaliças. O ambiente fica mais fresco e a vegetação ajuda a amenizar a propagação dos ruídos em até 40%. Todos os módulos possuem sistema de drenagem, suporte para irrigação e têm o diferencial de impermeabilizar a parede, evitando infiltrações ou rachaduras. Trata-se de um produto leve, produzido com polipropileno ou polipropileno reciclável de caixinhas longa-vida, que pode ser colocado em qualquer parede. Em caso de mudanças, os módulos podem ser realocados sem danificar o produto, evitando assim a perda do investimento.

“Ter um jardim vertical é fácil, rápido e as vantagens são inúmeras. Com o apoio de todos, é possível deixar as cidades com menos poluição, resultando em benefício para a saúde da população”, explica Suelen Oliveira, gerente de marketing da PlastPrime, empresa presente no mercado de jardins verticais e outras soluções inteligentes.

AHK PARANÁ TEM REPRESENTANTE NA COP23

A conselheira e coordenadora de Meio Ambiente da Câmara de Comércio e Indústria Brasil-Alemanha (AHK Paraná) e CEO da Roadimex Ambiental Ltda, Cris Baluta (foto), participa da 23ª Conferência do Clima da ONU (COP 23), que está sendo realizada em Bonn, na Alemanha, desde o dia 6 de novembro. Na ocasião, o Brasil e mais de 190 países signatários da Convenção das Nações Unidas sobre Mudança do Clima se reuniram para viabilizar formas de promover os objetivos do Acordo de Paris, concluído em 2015, na COP 21.

Muitas questões são discutidas durante conferências voltadas ao meio ambiente, especialmente com relação aos efeitos do aquecimento global e como esses podem ser revertidos, além de outros grandes desafios. No caso do Brasil, segundo informações do Ministério do Meio Ambiente, a meta é reduzir 37% das emissões de gases de efeito estufa até 2025, com indicativo de cortar 43% até 2030.

A conselheira e coordenadora do Grupo de Intercâmbio de Experiências em Meio Ambiente da AHK Paraná cita, entre os destaques da COP 23, o Fórum de Inovação Sustentável, destinado a construir parcerias transversais necessárias para realizar os objetivos do Acordo de Paris, catalisar o intercâmbio de conhecimentos globais e fornecer um trampolim para ação dos líderes mundiais.

Sobre a AHK Paraná
Estimular a economia de mercado por meio da promoção do intercâmbio de investimentos, comércio e serviços entre a Alemanha e o Brasil, além de promover a cooperação regional e global entre os blocos econômicos. Esta é a missão da Câmara de Comércio e Indústria Brasil-Alemanha (AHK Paraná), entidade atualmente dirigida pelo Conselheiro de Administração certificado pelo IBGC e Cônsul Honorário da Alemanha em Curitiba Andreas F. H. Hoffrichter.

Fundada em 1972, a AHK Paraná integra uma rede composta por mais de 130 Câmaras binacionais alemãs em 90 países ao redor do mundo que trabalham em prol do fomento profissional de seus associados e no estímulo ao networking entre diferentes organizações. Com foco no desenvolvimento do Paraná, a AHK Paraná está entre as cinco melhores e mais completas câmaras bilaterais do Brasil e agrupa empresas de capital ou know how alemão e companhias brasileiras instaladas no estado com interesses na Alemanha.

DIA DO DESAFIO AMBIENTAL COLETA MAIS DE 15 TONELADAS DE RESÍDUOS EM CURITIBA

A ação anual estimula a destinação correta de materiais como entulho, madeira, pneus, pilhas e óleo de cozinha

O “Dia do Desafio Ambiental 2017: descarte correto de resíduos”, realizado no dia 28 de outubro, no Carrefour Parolin, em Curitiba (PR), coletou 15,5 toneladas de resíduos. A ação teve como objetivo estimular o descarte correto de resíduos, especialmente de materiais que podem ser reciclados ou que precisam receber destinação especial.

Lideraram a arrecadação itens como: material eletroeletrônico (5.270 quilos), latas em geral (1.522 quilos), caliça (1.500 quilos) e papéis (1.353 quilos). Foram coletados também madeira, vidro, óleo de cozinha, pilhas e baterias, medicamentos, eletroeletrônicos, latas de tinta, pneus, plásticos e PET, papelão, revistas, livros, roupas, calçados e lâmpadas fluorescentes.

Esta é a ação com a maior variedade de produtos coletados do Brasil, segundo o assessor técnico do Sindicato da Indústria da Construção Civil no Estado do Paraná (Sinduscon-PR), Ivanor Fantin Junior. “O material recolhido passou pela seleção adequada para o processo de logística reversa, com apoio dos parceiros especializados, o que prorroga a vida útil de aterros sanitários, promove a destinação adequada do lixo tóxico, promove a reciclagem de equipamentos que podem ser reutilizados e ajuda a dar o destino correto ao lixo”, destaca. A iniciativa foi uma parceria entre Sinduscon-PR, Sistema Fiep, Instituto Paranaense de Reciclagem (InPAR), Sindicato das Indústrias Químicas e Farmacêuticas do Estado do Paraná (Sinqfar), Sindicato das Indústrias do Vestuário de Curitiba e Sudeste do Paraná (Sindivest), Sindicato das Indústrias de Papel e Celulose do Paraná (Sinpacel), Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica (Abinee), Associação das Empresas Paranaenses de Reciclagem dos Resíduos Sólidos da Construção Civil (Aemparcc), Caliça Ambiental, Usina de Recicláveis Sólidos Paraná (Usipar), Xibiu Reciclagem de Pneus, Grupo Kapersul, Ok Ambiental, Alfa Resíduos, Associação de Catadores Corbélia, Carrefour e Secretaria Municipal de Meio Ambiente da Prefeitura Municipal de Curitiba.

SEMANA DE FÉRIAS DO FTD DIGITAL ARENA ENFATIZARÁ A IMPORTÂNCIA DA ECOLOGIA

Evento inclui três atividades por dia e será realizado de segunda a sexta de 10 a 21 de julho

Crianças de 03 a 12 anos poderão aproveitar uma semana especial de férias do FTD Digital Arena (em Curitiba) com uma programação voltada à Ecologia. Com o objetivo de relembrar e enfatizar a importância do tema, serão realizadas atividades diárias que envolvem a apresentação de um conto infantil, a produção de uma horta vertical e a apresentação do filme “Kaluoka’Hina – O Recife Encantado”.

De segunda a sexta, às 14h será realizada a apresentação do conto infantil “As Aventuras do Capitão Abobrinha”, em que um contador de histórias levará as crianças para uma viagem pelo espaço com o super-herói Capitão Abobrinha, em busca de salvar a natureza dos perigos que ela pode sofrer. No conto, o personagem principal, com sua chegada ao planeta Terra junto aos seus patrulheiros, não hesita em proteger os biomas do Brasil conforme passeia pelas regiões do país.

Já às 15h, será realizada a Oficina Ecológica, que consiste na montagem de uma horta vertical e produção de mudas florestais, visando trabalhar a criatividade e imaginação das crianças com a construção das próprias hortas. A produção será feita com materiais recicláveis, que serão utilizados de forma lúdica, e terá acompanhamento de alunos de Engenharia Ambiental, Agronomia e Engenharia Florestal da PUCPR. Após a Oficina, às 16h, será apresentado o filme “Kaluoka’Hina – O Recife Encantado”. Para o Conto Infantil e apresentação do filme é obrigatória a presença dos responsáveis.

Programação:

Datas: 10 de julho a 21 de julho – segunda a sexta-feira.
Conto Infantil no Planetário: As Aventuras do Capitão Abobrinha.
Horário: 14h às 15h.
Ingresso Conto Infantil: R$ 40,00 inteira | R$ 20,00 meia.

Oficina Ecológica: Montagem de horta vertical e produção de mudas florestais.
Horário: 15h às 16h.
Ingresso Oficina Ecológica: R$ 15,00 preço único (limite de 30 crianças por dia).

Filme: Kaluoka’Hina – O Recife Encantado.
Horário: 16h às 17h.
Ingresso filme: R$ 30,00 inteira | R$ 15,00 meia.

Pacotes
Infantil Completo
Conto Infantil + Oficina Ecológica + Filme: R$ 45,00 preço único

Infantil
Conto Infantil + Oficina Ecológica: R$ 30,00 preço único

Adulto
Conto Infantil + Filme: R$ 50,00 preço único

Endereço: FTD Digital Arena (Rua Imaculada Conceição, 1155, Prado Velho – Portão 1 da PUCPR, em Curitiba).

Mais informações e inscrições: (41) 3271 -6322 | www.ftddigitalarena.com.br