PANDEMIA ACELERA MUDANÇAS NO CONSUMO DE ALIMENTOS

Confira as tendências que irão impactar a forma como compramos alimentos

A pandemia da Covid-19 está mudando hábitos de consumo e o setor de alimentação deve ser um dos mais impactados.

A tendência para os próximos anos, de acordo com um estudo da startup boomee, é uma preocupação cada vez maior com a saúde, a conveniência e sustentabilidade na hora de comprar alimentos.

O consumidor já vinha repensando a sua alimentação. “Mas quando estar saudável é ainda mais importante para enfrentar um momento de pandemia, alguns hábitos começam a mudar. Mais tempo em casa trouxe novas possibilidades sobre a alimentação”, explica Vanildo Silva Oliveira, fundador da boomee.

Saúde e bem-estar em primeiro lugar
Desde 1975, o número de pessoas obesas no mundo triplicou, de acordo com estudo da ONU. Isso tem trazido um alerta para a sociedade e para a indústria de alimentos e bebidas.

A obesidade é uma doença que pode ser prevenida com hábitos saudáveis. Segundo a análise da boome, há uma tendência na busca de uma vida mais saudável que passa, entre outras coisas, por uma alimentação balanceada.

“Surgem hábitos de consumo que exigem da indústria um reposicionamento. Um exemplo disso são as fontes alternativas para carnes e as dietas chamadas plant-based, com o consumo de alimentos de origem vegetal sem que sejam refinados ou ultraprocessados”, explica Vanildo Silva Oliveira, fundador da boomee.

Outra tendência para o mercado de alimentação são os produtos personalizados que oferecem nutrição com base no DNA, metabolismo, doenças e pré-disposições genéticas dos consumidores.

“No futuro, será possível você comprar produtos feitos sob medida para o seu organismo, com os índices ideais de cada vitamina e mineral necessário”, comenta Oliveira.

Conveniência e proximidade dos consumidores
Iniciativas para promover o comércio local tendem a crescer também. “Já vemos alguns exemplos inovadores, como restaurantes que se uniram para fazer a venda antecipada de refeições. Você compra um vale refeição e agenda com o restaurante o dia que irá retirar”, cita Vanildo.

Além dessa proximidade local, os fabricantes também passam a vender diretamente ao consumidor. Essa é uma das tendências mais aceleradas pela pandemia e deve se intensificar ainda mais nos próximos anos.

Alguns exemplos são os serviços de assinatura de produtos frescos que vêm direto do campo para a mesa ou do serviço de chefs que cozinham e entregam na sua casa.

Qualidade e sustentabilidade serão regra
Produtos provenientes da chamada reciclagem de alimentos são cada vez mais comuns. Isso mesmo: alimentos que são feitos a partir de itens que seriam descartados no processo produtivo ou seriam desperdiçados no mercado.

Hoje, 1/3 de tudo o que é produzido no mundo é desperdiçado e 17% dos alimentos são descartados antes mesmo de chegar ao consumidor, de acordo com dados da ONU.

“Um exemplo disso é o caso de uma marca americana de suco de melancia, que perdia 25% da produção pela aparência e agora tem mais de 30% dos lucros vindos dessa venda”, conta Vanildo.

Um consumidor mais exigente está surgindo com a preocupação de usar materiais ecológicos, reduzir a quantidade de recursos no seu processo produtivo, não desmatar ou gerar impactos negativos aos biomas e não fazer testes em animais.

Sobre a boomee
A boomee surgiu a partir de uma preocupação do fundador, Vanildo Silva Oliveira. Ele trabalhou mais de 20 anos com relacionamento com clientes em multinacionais de bens de consumo e percebia quão complexo era o processo de ressarcimento.

Com sua experiência e uma ideia na cabeça – desenvolver soluções que aproximam o consumidor das marcas e reduzir a complexidade em trocar produtos -, ele fundou a boomee. A startup curitibana, com a colaboração de profissionais de todo o país, é especializada em ressarcimento totalmente digital, com clientes em São Paulo e no Rio de Janeiro.

Foi fundada em 2017 e já passou por dois modelos de negócios para chegar até a solução atual. www.boomee.com.br

UNFPA CONTRATA TÉCNICO(A) DE COMUNICAÇÃO / FOZ DO IGUAÇU-PR

Unfpa contrata Técnico(a) de Comunicação para trabalhar em Projeto de prevenção e redução da gravidez não intencional na adolescência nos municípios do Oeste do Paraná. Sediado em Foz do Iguaçu-PR. Trabalho temporário: 4 meses, com possibilidade de renovação. Inscrições até 12 de janeiro de 2020.

O Projeto de Prevenção e Redução da Gravidez não Intencional na Adolescência nos Municípios do Oeste do Paraná é uma parceria entre ITAIPU Binacional e o Fundo de População das Nações Unidas. Contempla ações que contribuem para que adolescentes do Oeste paranaense exerçam os seus direitos e sua saúde sexual e reprodutiva com segurança e informação, para que essas/esses adolescentes acessem informações e serviços acolhedores de saúde e planejamento reprodutivo, e para que ampliem suas habilidades para a vida e competências socioemocionais essenciais para seu pleno desenvolvimento.

Deveres e responsabilidades: 
No âmbito do Projeto de Prevenção e Redução da Gravidez não Intencional na Adolescência nos municípios do Oeste do Paraná, o(a) técnico(a) de comunicação deverá:
– Produzir notícias e materiais jornalísticos de maneira ágil e proativa.
– Apoiar o desenvolvimento e a implementação de estratégias de comunicação (seminários, materiais didáticos, materiais lúdicos, atendimentos in loco, site) com o objetivo principal de compartilhamento amplo das informações;
– Apoiar o desenvolvimento de estratégias de comunicação que contribuam para aumentar o acesso a informações e habilidades sobre saúde sexual e reprodutiva, com ênfase na prevenção da gravidez não intencional na adolescência;
– Acompanhar e apoiar a organização e gestão da distribuição de publicações, documentos, materiais de comunicação e realização de eventos;
– Contribuir na produção de subsídios e análises para o desenvolvido de um modelo que poderá ser eventualmente replicado em outras localidades.

Atividades a serem desempenhadas:
– Realizar cobertura textual, fotográfica e em vídeo de atividades e eventos realizados dentro do projeto. É indispensável a proatividade e a extrema agilidade profissional em todas as etapas – da produção à edição, divulgação e clipagem;
– Produção de conteúdos em tempo reduzido, inclusive durante viagens; 
– Embora o posto tenha ênfase maior na produção de vídeos e fotos, também será exigido que o/a profissional produza textos e demais conteúdos de comunicação;
– Apoiar na produção de materiais institucionais e promocionais em diferentes formatos;
– Apoiar a produção de publicações, desde a produção de conteúdo, acompanhamento de elaboração de projeto gráfico, impressão e implementação de estratégia de divulgação e distribuição;
– Apoiar no atendimento à imprensa e no relacionamento com jornalistas locais;
– Apoiar no desenvolvimento de conteúdos temáticos para educação e formação, tanto de adolescentes quanto de profissionais que pretendem ser impactados pelo projeto;
– Realizar clipagens de notícias e relatórios periódicos sobre o projeto;
– Apoiar a elaboração, adaptação e atualização de conteúdos para materiais institucionais sobre o projeto;
– Apoiar a contratações necessárias para evento de lançamento da campanha prevista no projeto, assim como eventos nos municípios e a devida cobertura dessas atividades;
– Realizar visitas in loco a municípios e escritórios, conforme necessidade do projeto;
– Atuar na elaboração de documentos diversos, como notas técnicas, talking points, briefings, relatórios e apresentações multimídia;
– Quaisquer outras atividades dentro da área de atuação correspondente que venham a contribuir com a operacionalização do projeto;

Requisitos obrigatórios: 
– Graduação em Jornalismo, Comunicação Social, Publicidade, Rádio e TV ou áreas afins. Caso não possua a Graduação citada, essa escolaridade poderá ser substituída por 4 (quatro) anos adicionais de experiência, além das exigidas como requisito mínimo obrigatório; 
– Pelo menos 2 (dois) anos de experiência relevante para o posto, e a experiência de ao menos um ano em redação de jornalismo diário (jornal, TV ou site de notícias); 
– Experiência comprovada na produção de conteúdos, incluindo relatórios de pesquisa ou eventos relacionados aos temas do mandato do UNFPA, realização de entrevistas, elaboração/edição de textos jornalísticos e outros produtos de comunicação, incluindo fotos e vídeos; 
– É obrigatório que o/a profissional tenha experiência com todos os processos envolvendo a criação de vídeos, de modo a produzir, gravar entrevistas e entregar material editado e finalizado; 
– Experiência na elaboração de notícias e reportagens; 
– Capacidade de análise e síntese de comunicação oral e escrita. 
– Disponibilidade para realizar viagens e deslocamentos entre os municípios do Oeste do Paraná

Requisitos Desejáveis: 
– Experiência profissional com relação às assimetrias ou situações sociais que constituem o tema da gravidez não intencional na adolescência como maternagem, machismo, racismo, adultismo, paternidades responsáveis, masculinidades; 
– Experiência com temas relacionados à gravidez não intencional na adolescência; 
– Possuir informações e sensibilidade para acolher e trabalhar com diversidades culturais, de gêneros, raças e sexualidades; 
– Experiência na gestão e edição de sites e conteúdos digitais.

Idiomas:
Português – Obrigatório
Desejável conhecimento de trabalho de Espanhol e de Inglês

Categoria: Técnico(a) de Comunicação
Prazo para Candidatura: 12 de janeiro de 2020, 23h59, horário de Brasília.
Tipo de Contrato: LICA
Local do posto de trabalho: Foz do Iguaçu, Paraná (Brasil)
Remuneração mensal bruta: R$ 3.900,00 (três mil e novecentos reais/bruto) mais benefícios e plano de saúde para o contratado
Línguas Requeridas: Português e Inglês são obrigatórios. Espanhol é desejável.
Duração esperada do contrato: 4 meses, com possibilidade de renovação.
Início esperado do contrato: 1º de fevereiro de 2020

Confira todas os requisitos e responsabilidades do cargo no edital, aqui

Confira o Termo de Referência da vaga e faça sua candidatura neste link. O formulário P11 (obrigatório para a candidatura) está disponível em anexo, aqui.

fonte

:::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::
:::::::::: PROPAGANDA ::::::::::
:::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

Esta oportunidade é um oferecimento dos nossos patrocinadores, Chocolates Weissburg.

Prestigie nossos patrocinadores! Visite o café Chocolates Weissburg na Rodovia do Caqui, 744 – Recanto Verde, em Campina Grande do Sul-PR, logo na entrada da cidade.

Em Curitiba, você pode pedir Chocolates Weissburg pelo aplicativo iFood, através da loja Schmetterling Chocolates. Entrega para os bairros: Centro, Centro Cívico, Jardim Social, Ahú, Bacacheri, Mercês,  Alto da XV, Tarumã, Bairro Alto, Cabral, Atuba, Tingui, Santa Cândida, Pilarzinho, e também em Pinhais-PR, Emiliano Perneta.

UNIC RIO SELECIONA ESTUDANTE DE COMUNICAÇÃO, DESIGN OU DESIGN GRÁFICO

O Centro de Informação das Nações Unidas para o Brasil (UNIC Rio) seleciona estudante de comunicação, design ou design gráfico (curso técnico ou graduação) para estágio em design de materiais (publicações, cartazes, cards para redes sociais, animações etc). Para trabalhar no Rio de Janeiro-RJ.

Prazo de inscrição: 3 de março de 2020.

Acesse este link para mais informações

Confira essa e outras oportunidade na ONU, neste link

fonte

ONU MEIO AMBIENTE (NO BRASIL) SELECIONA GERENTE DE COMUNICAÇÃO INSTITUCIONAL

O escritório da ONU Meio Ambiente no Brasil seleciona para vaga de Gerente de Comunicação Institucional. Para trabalhar em Brasília-DF.

A ONU Meio Ambiente torna público o processo seletivo para a contratação de Gerente de Comunicação Institucional. Candidatas(os) interessadas(os) devem enviar a sua candidatura até o dia 5 de julho de 2019.

Para mais detalhes, acesse o anúncio da vaga aqui

Procurando oportunidades na ONU no Brasil? Confira abaixo e não deixe de visitar os links de cada agência na qual você quer trabalhar, neste linkneste outro link

IBEMA RECEBE SELO SESI ODS 2018 POR EDUCAÇÃO AMBIENTAL

Projeto de reciclagem em escolas está em sintonia com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU

O projeto “Sustentando o Amanhã”, que leva educação ambiental a escolas da região de Turvo (centro do PR), conquistou o selo Sesi ODS 2018. O selo foi conferido à Ibema Papelcartão pelo segundo ano consecutivo por contribuir com a agenda 2030 de Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU.

A honraria foi entregue na sede do Sistema Fiep dia 30 de outubro, em Curitiba, durante o Congresso Sesi ODS 2018. O evento incluiu rodadas de apresentação de projetos entre representantes de indústrias, ONGs e do serviço público, além da entrega do certificado, numa importante troca de experiências.

“O projeto surgiu a partir de uma ideia interna de confeccionar lixeiras para coleta seletiva em alguns setores da empresa”, conta Clarice Battistelli, responsável pela área de Responsabilidade Social da Ibema. As lixeiras são confeccionadas com resíduos de tubetes da bobina de papelcartão.

“Como a ideia deu certo, estendemos para as escolas mais próximas, agregando à confecção de lixeiras a educação ambiental dos alunos, explicando conceitos como coleta seletiva, reaproveitamento de resíduos e consumo consciente”, explica Clarice.

Depois de levar o projeto de reciclagem de lixeiras para a escola de ensino infantil e fundamental da região, neste ano ele chegou a uma escola da comunidade indígena Guarani.

O projeto “Sustentando o Amanhã” atende aos requisitos ODS 4 (Garantir educação inclusiva e oportunidade de aprendizado para todos), ODS 11 (Tornar as cidades e os assentamentos humanos inclusivos, seguros, resilientes e sustentáveis) e ODS 12 (Assegurar padrões de consumo e produção sustentáveis).

Sobre a Ibema: 
Gerar valor de maneira sustentável por meio da fabricação e distribuição de produtos que conquistem a preferência dos clientes, contribuindo com iniciativas que favoreçam toda a cadeia, com a dedicação e preocupação de garantir o melhor resultado para a empresa e seus clientes. Esta é a missão da Ibema, fabricante de papelcartão, que permeia a sua atuação com base no conceito de foco do cliente. A empresa, fundada em 1955, é hoje um dos players mais competitivos da América Latina. Sua estrutura é composta por sede administrativa localizada em Curitiba, centro de distribuição direta em Araucária com área útil de 12 mil m2 e fábricas instaladas nos municípios de Turvo, no Paraná, e em Embu das Artes, em São Paulo, que juntas possuem capacidade de produção anual de 140 mil toneladas. Em seu portfólio, estão os melhores produtos, reconhecidos pela qualidade e performance na indústria gráfica. A empresa, que atualmente conta com aproximadamente 880 colaborares, possui unidades certificadas pela ISO 9001, pela ISO 14001 e pelo FSC (Forest Stewardship Council).

Para mais informações sobre produtos e serviços, acesse o nosso site, disponível também nos idiomas espanhol e inglês: www.ibema.com.br

KAZA

Solo de Fabiana Ferreira da Tecer Teatro provoca reflexão sobre o drama dos refugiados.

E se, de repente, você fosse obrigado a fugir do seu país, deixando para trás sua casa, sua família, levando apenas os pertences que consegue carregar? E se você não tivesse para onde ir? E se chegasse a um lugar onde ninguém consegue entender o que você fala, sente? Infelizmente, essa é a realidade de milhões de pessoas no mundo. A cada três segundos uma pessoa passa por situações similares, por causa de conflitos econômicos, políticos e sociais. Vivemos atualmente a mais grave crise de refugiados desde o fim da II Guerra Mundial, em 1945. De acordo com a ONU (Organização das Nações Unidas) são 75,6 milhões de pessoas fugindo de guerras, violência ou perseguição. Desse número de imigrantes 22,5 milhões são refugiados.

Pessoas em situações de extrema adversidade como essas que perdem tudo, mas que, mesmo em meio ao caos, seguem lutando para manter a esperança e a dignidade inspiraram a criação do mais novo espetáculo da Tecer Teatro de Curitiba. “KAZA não trata apenas de situações de guerra ou de exílio. É sobre ter que partir, sobre perdas e suas consequências, em como sobreviver a essas experiências. Perder a família, um filho, a terra, a cultura. Ser obrigado a deixar seu país, sua cidade, a língua natal, o emprego, a casa. Sua história, seu passado e tudo o que nos representa. Os planos para o futuro, o sonho e a esperança. Perder o chão, perder o norte. Sobre morrer e renascer. Ou morrer em vida”, conta a diretora Cristine Conde.

O solo interpretado pela atriz Fabiana Ferreira, estreia dia 17 de março (sábado), às 20h, no Espaço Excêntrico (Mauro Zanatta). A temporada segue até dia 08 de abril, sempre aos sábados e domingos, às 20h. Além das apresentações abertas, o projeto prevê 12 apresentações gratuitas, desde que agendadas previamente, voltadas para público de escolas da rede pública, entidades assistenciais, pessoas com necessidades especiais, imigrantes, alunos de artes, entre outros.

Kaza aborda também a questão da incomunicabilidade. “A língua materna é a substância de que é feita a nossa alma”, diz Paulo Leminski, no posfácio de “O Inominável”, de S. Beckett, obra e autor que, entre outros, serviram como referências ao trabalho. A personagem, em uma situação de desespero, movida pelo medo e pelo instinto de sobrevivência, tenta se comunicar, mas não é compreendida, apesar de falar em 11 línguas diferentes, entre elas: português, árabe, corso, alemão, irlandês, holandês, francês, espanhol e até galês. O texto é curto, não apresenta uma narrativa, é composto por palavras soltas, de significado universal e de familiaridade sonora. O som e a palavra ora se manifestam quase como um grito impossível de conter ora como um lamento. Quem assina o trabalho vocal é Edith de Camargo. A trilha, a cargo de Tiago Constante, é executada ao vivo e é companhia no caminho da personagem desde o primeiro dia de ensaio. A forte fisicalidade é uma característica da Tecer e neste trabalho Airton Rodrigues é o responsável pela preparação corporal da atriz.

Assim como os que passam pela experiência de tornar-se de alguma forma refugiado ou exilado, a personagem alimenta o desejo de voltar para casa, sem saber que, na verdade, a ruptura com o passado é permanente. “O nome escolhido para o espetáculo aponta este desejo ampliando seu significado, do micro ao macro universo, KAZA tem relação com a origem, a alma, a essência, o planeta”, conta Fabiana que também é a idealizadora e produtora do projeto.

“Minha personagem é uma sobrevivente, luta pela vida em meio aos mortos, as peças de roupas que compõem o cenário, assinado também pela diretora, representam essas pessoas e suas histórias. São como peles com as quais a personagem tenta se reconstruir. Nossa intenção com este projeto é dar visibilidade para essas pessoas traumatizadas pelo sofrimento e desespero. Afinal, o que sobra, quando perdemos tudo o que amamos? Kaza aponta para o caminho da luta e da transcendência”, finaliza.

Este projeto é uma realização da Tecer Teatro – Arte, Educação e Cultura e foi incentivado pelo Banco do Brasil por meio da Lei Municipal de Incentivo à Cultura.

Acompanhe: https://kazapartedetudo.blogspot.com.br/
Visite: https://www.tecerteatro.com/

Serviço:
O quê: Espetáculo Teatral Kaza
Quando: 17 de março a 08 de abril (sábados e domingos)
Que horas: 20h
Onde: Espaço Excêntrico (Mauro Zanatta)
Endereço: Rua Lamenha Lins, 1429 – Rebouças, Curitiba
Telefone: (41) 4127 4702
Quanto: R$ 10 e R$ 5 (meia-entrada)
Classificação: 14 anos
Duração: 50 minutos
Realização: Tecer Teatro – Arte, Educação e Cultura

KAZA – Tecer Teatro / fotografia: Elenize Dezgeniski

Contatos:
Assessoria de Imprensa
Glaucia Domingos
41 99909 7837
glauciadomingos@hotmail.com

KAZA – Tecer Teatro / fotografia: Elenize Dezgeniski

Produção
Fabiana Ferreira
41 99243 0322
tecerteatro@gmail.com

AHK PARANÁ MARCA PRESENÇA NO SMART CITY CURITIBA

Evento propõe debates a partir de diferentes aspectos sobre a realidade urbana ao redor do mundo e os avanços tecnológicos 

De 28 de fevereiro a 1º de março será realizada, na Expo Renault Barigui, a primeira edição do Smart City Expo Curitiba 2018 – o maior evento de cidades inteligentes do mundo. O congresso debate a inovação como motor do desenvolvimento econômico urbano e será o ponto de encontro para debates de referência nacional e regional. Com apoio institucional da Câmara de Comércio e Indústria Brasil-Alemanha (AHK Paraná) e participação das principais representações diplomáticas, como os consulados da Holanda, Alemanha, Finlândia, Espanha, Reino Unido e Argentina, o evento reúne empreendedores, congressistas, expositores e visitantes de vários países.

“Diante da magnitude do evento, da relevância dos temas que serão abordados e do histórico de cooperação entre Brasil e Alemanha, entendemos que a participação da AHK Paraná será de extrema importância, pois sabemos do comprometimento da Câmara com o desenvolvimento sustentável, além disso, ampliamos a visibilidade da marca para os participantes”, conta a conselheira da AHK Paraná e diretora da Roadimex Ambiental, Cris Baluta, que representará a entidade durante o evento.

A programação do Smart City Expo Curitiba foi estruturada em quatro temas principais: Tecnologia Disruptiva, Governança, Inovação Digital e Cidades Sustentáveis do Futuro. Dentro de cada temática, serão discutidas questões como o uso de tecnologias que podem trazer ganhos na gestão das cidades e facilitar o acesso da população aos serviços públicos, participação cidadã na definição de políticas públicas, incentivo à criação de startups como fomento à economia e diversos outros tópicos que, direta ou indiretamente, tem relação com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Organização das Nações Unidas (ONU). Portanto, uma grande oportunidade para expor desafios, estimular novas parcerias, disseminar ideias e compartilhar insights e experiências.

Smart City Expo World Congress
O encontro de Curitiba faz parte do Smart City Expo World Congress (SCEWC) que é um evento de debate internacional sobre o desenvolvimento das cidades, que ocorre anualmente em Barcelona. Em 2011, a Fira Barcelona – uma das instituições mais importantes da Europa por sua experiência na organização de feiras, congressos e eventos – estabeleceu este encontro com uma visão clara: as cidades possuem papel-chave na mudança constante do ambiente populacional global.

O Congresso proporciona a oportunidade de compartilhar conhecimento com oradores prestigiados e a indústria global. A exposição dá aos participantes a oportunidade de ver projetos e tecnologias, além de conectar todos os pontos do ecossistema de uma cidade inteligente. Isso permite a criação de redes, vendas, apresentação de projetos e fazer negócios.

Confira a página do, aqui

Sobre a AHK Paraná 
Estimular a economia de mercado por meio da promoção do intercâmbio de investimentos, comércio e serviços entre a Alemanha e o Brasil, além de promover a cooperação regional e global entre os blocos econômicos. Esta é a missão da Câmara de Comércio e Indústria Brasil-Alemanha (AHK Paraná), entidade atualmente dirigida pelo Conselheiro de Administração certificado pelo IBGC e Cônsul Honorário da Alemanha em Curitiba Andreas F. H. Hoffrichter.

Fundada em 1972, a AHK Paraná integra uma rede composta por mais de 130 Câmaras binacionais alemãs em 90 países ao redor do mundo que trabalham em prol do fomento profissional de seus associados e no estímulo ao networking entre diferentes organizações. Com foco no desenvolvimento do Paraná, a AHK Paraná está entre as cinco melhores e mais completas câmaras bilaterais do Brasil e agrupa empresas de capital ou know how alemão e companhias brasileiras instaladas no estado com interesses na Alemanha.

PROGRAMA DE VOLUNTÁRIOS DAS NAÇÕES UNIDAS BUSCA VOLUNTÁRIO

O Programa de Voluntários das Nações Unidas busca voluntário nacional para atuar como Coordenador Assistente da Plataforma de Centros Urbanos do UNICEF Brasil em seu escritório no Rio de Janeiro.

Para candidatar-se é preciso possuir fluência em inglês e graduação em Ciências Sociais, Relações Internacionais, Administração ou áreas correlatas. Além disso, é necessária experiência profissional com políticas sociais, direitos e Estatuto da Criança e do Adolescente.

As candidaturas serão feitas através da plataforma https://vmam.unv.org/
Siga os seguintes passos:
1. Acesse o site e cadastre-se na plataforma: https://vmam.unv.org/
2. Com o cadastro já concluído, clique em “My page” e role a página para baixo até a seção “Special Calls”
3. Insira o código BRAR000431-2432 na barra de “Search” e encontre a vaga
4. Finalize a candidatura na vaga especificada.

Candidaturas até 24/01.

Acesse a descrição completa da vaga, aqui

fonte

ONU MULHERES SELECIONA ASSESSOR(A) DE COMUNICAÇÃO

Vaga para trabalhar em São Paulo-SP. Inscrições até 21/01/2018.

“A ONU Mulheres Brasil anuncia a abertura de processo seletivo para a contratação de Assessor/a de Comunicação. Trata-se de um posto nível SB5, a ser baseado em São Paulo-SP, Brasil.

A contratada ou o contratado será responsável pela estratégia de comunicação no âmbito do programa regional “Win-Win: gender equality means good business”, desenvolvida numa parceria entre ONU Mulheres Brasil e União Europeia.

A oportunidade é destinada para profissionais com o seguinte perfil profissional: Mestrado ou formação equivalente em Comunicação, Jornalismo, Relações Públicas, Ciências Sociais ou Economia, ou 6 anos de experiência relevante comprovada, além do tempo mínimo de experiência profissional. É solicitada experiência mínima de 6 anos na formulação e implementação de estratégias de comunicação interna e externa. A vaga também requer fluência em inglês, espanhol e português. Experiência anterior nas Nações Unidas é considerada uma vantagem.

De forma a concretizar os valores de igualdade de gênero, nacionalidade e cultura, ONU Mulheres incentiva a candidatura de mulheres, grupos indígenas, afrodescendentes, pessoas vivendo com HIV e pessoas com necessidades especiais. Todas as candidaturas serão tratadas com confidencialidade.

As candidaturas serão recebidas por meio eletrônico até 21 de janeiro de 2018, com envio do formulário P11 (preenchido em Inglês), para o e-mail unwomenbra.hr@unwomen.org / contendo no assunto da mensagem “Candidatura: Assessoria em Comunicação”. Dúvidas deverão ser enviadas para unwomenbra.hr@unwomen.org / contendo no assunto da mensagem “Dúvidas: Assessoria em Comunicação”.

Para informações sobre a vaga, acesse:
Termo de Referência

Formulário P11

fonte: ONU Mulheres