UFPR ABRE CONCURSO PÚBLICO COM 01 VAGA PARA PROFESSOR EFETIVO DE RELAÇÕES PÚBLICAS

Universidade Federal do Paraná abre concurso para professor de Relações Públicas.  01 vaga para para Professor da Carreira do Magistério Superior, para o Quadro Permanente da Universidade. Vaga para trabalhar em Curitiba. Período das inscrições: 25 de janeiro de 2021 até 23 de fevereiro de 2021.

Neste concurso, ao todo, são 42 vagas distribuídas em diversas áreas. Confira todas as vagas, aqui. Os candidatos aprovados e nomeados integrarão o Quadro Permanente (Efetivo) da Instituição. Vamos aos detalhes da 01 vaga para professor de Relações Públicas:

Departamento: Comunicação Social
Área de Conhecimento: Relações Públicas, com o seguinte detalhamento: Relações Públicas Internacionais, Projetos interdisciplinares, Projeto Agência, Pesquisa mercadológica, Planejamento estratégico, Administração aplicada em Relações Públicas
Processo: 23075.068649/2020‐10
Número de vagas: 01 (uma)
Número limite de candidatos habilitados: 05
Classe: A
Denominação: Adjunto A
Nível: 1
Regime de Trabalho: Dedicação Exclusiva

Titulação Mínima Exigida: Graduação em Comunicação social com habilitação em Relações Públicas ou Graduação em Relações Públicas E Doutorado em comunicação ou áreas fins (Administração; Antropologia; Ciências da Informação; Artes; Ciência Política; Direito; Economia; Educação; Filosofia; Letras; Meio Ambiente; Políticas Públicas; Psicologia; Relações Internacionais e Sociologia, Multimeios) com objeto de pesquisa em comunicação, obtidos na forma da lei.

Tipos de Provas: Escrita (classificatória e eliminatória), Prática (classificatória e eliminatória), Didática (classificatória e eliminatória), Análise de Currículo (classificatória) e Defesa do Currículo e de Projeto de Pesquisa (classificatória).

Para a prova de Defesa do Currículo e de Projeto de Pesquisa, os candidatos deverão apresentar proposta de projeto de pesquisa na área de conhecimento do concurso, conforme item 8.5 do edital.

Anteriormente à realização das provas, será publicado edital complementar especificando a forma como serão realizadas as provas e os demais procedimentos do concurso, podendo ocorrer de forma presencial ou remotas.

Período provável para realização das provas: Segunda quinzena de maio de 2021, devendo o respectivo setor divulgar em edital, as datas, locais e horários de realização das provas.

Período das inscrições: 25/01/2021 a 23/02/2021

Taxa de Inscrição: R$ 240,00

A inscrição, acompanhada da documentação relacionada a seguir, será encaminhada ao e‐mail do setor/departamento realizador do concurso, cujos dados são os seguintes:

Inscrições por e-mail: 
Setor: Artes, Comunicação e Design E‐mail de recebimento das inscrições:  sacod.direcao@ufpr.br
Endereço eletrônico do Departamento ou Setor realizador do concurso:   http://www.sacod.ufpr.br/portal/

As inscrições via correio deverão ser encaminhadas via SEDEX e postadas até, no máximo, 05 (cinco) dias antes do término das inscrições.

A REMUNERAÇÃO de cada cargo, está de acordo com a legislação vigente e leva em conta a carga horária, o regime de trabalho e a titulação.

Cargo: Assistente A – Dedicação Exclusiva.
Vencimento Básico: R$ 4,472,64
Retribuição Por Titulação: R$ 2,236,32
Total: R$ 6,708,96
Auxílio Alimentação: R$ 458,00

Confira todo o edital, aqui (113/20 Relações Públicas)

Confira todas as informações e as outras vagas do concurso, aqui

:::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::
:::::::::: PROPAGANDA FATO AGENDA ::::::::::
:::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

Esta oportunidade é um oferecimento dos nosso patrocinador,  estúdio KOLB APPS. Uma empresa curitibana que desenvolve aplicativos musicais desde 2011, e atualmente é uma das maiores e mais conceituadas empresas do ramo, com mais de 200 milhões de downloads em todo o mundo.

Como os aplicativos da Kolb Apps você poderá tocar bateria, piano, guitarra, congas, percussão, funk. Experimente! Os aplicativos são gratuitos, são práticos e vem com lições para você aprender a tocar. Entre agora no site, baixe de graça e divirta-se!

KOLB APPS
Site: www.kolbapps.com
Fanpage: www.facebook.com/kolbapps/
Instagram: www.instagram.com/kolbapps/
Kolb Apps – real drum official channel: https://bit.ly/2N2KnpV
Canal oficial no YouTube: www.youtube.com/kolbapps

THE INTERCEPT BRASIL CONTRATA EDITOR(A) / RIO DE JANEIRO-RJ

The Intercept Brasil contrata Editor(a). Vaga para trabalhar no Rio de Janeiro-RJ.

“O The Intercept (TI) foi lançado em 2014 com o objetivo de criar espaço para um jornalismo destemido e combativo. A premiada revista digital, publicação da First Look Media, produz reportagens investigativas, análises e conteúdo multimídia sobre segurança, política, direitos humanos, meio ambiente, assuntos internacionais, tecnologia, justiça, mídia, entre outros. O Intercept dá a seus jornalistas a liberdade editorial e o apoio jurídico que precisam para expor a corrupção e a injustiça onde quer que a encontrem.

Em agosto de 2016, o The Intercept Brasil (TIB) foi lançado com o intuito de trazer a mesma missão para o público brasileiro e produzir reportagens originais e de impacto em português. Desde então, o site segue crescendo e consolidando-se como referência no jornalismo brasileiro.

Sobre a vaga
The Intercept Brasil está procurando uma pessoa que seja criativa, inteligente, organizada e inspirada para se juntar a nossa equipe de editores e ajudar a desenvolver um novo jornalismo.

O(A) editor(a) será um dos responsáveis pela produção de jornalismo em todas as plataformas e formatos e participará da definição de novas pautas e projetos. O editor terá a missão de editar e revisar textos e roteiros multimídia e será responsável pela publicação de produtos de alta qualidade, rigor e responsabilidade. A pessoa também deverá — e terá muita liberdade para — propor novas pautas, abordagens e conceitos. Neste cargo, vai acompanhar o processo de produção de reportagens, vídeos e conteúdos especiais desde a sua origem até a publicação e possivelmente supervisionar um repórter (ou mais). Também fará interlocução com profissionais colaboradores e parceiros do TIB. 

O candidato deve ter experiência em edição de textos, fortes habilidades de escrita na língua portuguesa e um bom conhecimento de vários temas que o TIB cobre (por exemplo, justiça social, direitos humanos, movimentos sociais, política e economia). A fluência em inglês é um diferencial, mas não é obrigatória. O profissional deve ainda ter capacidade de trabalhar em uma equipe dinâmica e deve se empolgar em tomar decisões editoriais ousadas e corajosas de acordo com a missão do The Intercept: engajar um público ignorado pelas grandes instituições da mídia e promover a responsabilização de instituições poderosas.

É importante que o candidato tenha ideias criativas sobre como fazer uma cobertura inovadora e também consiga descrever, defender e implementar suas ideias. Um olhar crítico e astuto sobre a atuação da mídia é essencial.

Essa pessoa fará parte de uma equipe de mais de 20 membros sediada no Rio de Janeiro, estará subordinada ao editor-executivo e se reportará diretamente ao deputy editor. 

Este cargo é de tempo integral, com carteira assinada, benefícios atrativos e remuneração competitiva.

O candidato deve residir ou estar disposto a se mudar para o Rio de Janeiro.

Responsabilidades:
– Sugerir e definir pautas
– Acompanhar a produção de repórteres, freelancers, estagiários e colaboradores 
– Editar reportagens em formatos variados, preservando a voz autoral
– Revisar roteiros de produtos multimídia
– Participar na criação de materiais adicionais como vídeos, artes, postagens nas redes sociais
– Gerar ideias para melhorar o fluxo de trabalho e maximizar a qualidade e impacto da missão do TIB
– Idealizar projetos inovadores que envolvam o uso de plataformas e formatos variados de mídia
– Participar de reuniões para coordenar o fluxo editorial do site

Experiência e qualificações:
– Ampla e variada experiência em edição jornalística
– Conhecimento profundo da mídia, política e cultura brasileira
– Excelência em escrita
– Domínio de português
– Capacidade de tomar decisões ponderadas com agilidade
– Ser uma pessoa que encare o jornalismo com curiosidade e audácia, sendo ponderada, organizada, ética e responsável, mas com tolerância ao risco
– Maturidade em relacionamentos interpessoais – capaz de aceitar e oferecer críticas construtivas, definir suas ideias e negociar soluções
– Confortável para trabalhar em uma redação dinâmica, que responde às notícias quando acontecem e com prazos curtos
– Residir ou estar disposto a se mudar para o Rio de Janeiro

Experiência e qualificações preferidas (mas não obrigatórias):
– Preferencial: Conhecimento profundo em áreas de cobertura que engajem novos públicos, movimentos sociais, tecnologia, economia, meio ambiente ou assuntos trabalhistas 
– Experiência em trabalhar com vídeo e redes sociais
– Bom inglês escrito e falado

Você é a pessoa certa para essa vaga? Por favor, inclua o URL ou PDF de seu portfólio e envie seu currículo e carta de apresentação em português através deste link. Para ser considerado para esta vaga, na caixa designada abaixo, inclua três reflexões sobre como você mudaria o trabalho editorial do TIB — críticas são bem-vindas.

Igualdade de oportunidades — incentivamos a candidatura de pessoas negras, indígenas, com deficiência, mulheres e LGBTs. Informar um público diverso e variado é parte essencial de nossa missão, portanto, estamos comprometidos a criar uma equipe que reflita tal diversidade e a oferecer oportunidades de desenvolvimento profissional constantes.”

FESTIVAL DA RESISTÊNCIA!

Domingo,  24 de novembro, acontece (das 14h às 22h) o Festival da Resistência na Usina 5, em Curitiba-PR.

“Será um grande show-protesto, que reunirá arte, boa música e gastronomia, tudo isso acompanhado de muita solidariedade e uma vontade imensa de mudar nosso país.

E ainda contaremos com grandes nomes da música brasileira que se somam à nossa luta!

Muito show, protesto e arte: dia 24/11 (domingo), das 14h às 22h, na USINA 5, R. Constantino Bordignon, 5, Prado Velho, em Curitiba

Chame seus familiares, amigos e colegas para construir uma só voz!

Artistas confirmad@s:
Alice RuizCida AiramConde BaltazarCoro Cênico CuritibaEstrela Leminski e Téo RuizFato • Fred04 • Guego FavettiJacú EletrônicoJanine Mathias • João Cavalcanti • Karina BuhrPartigianos • Pedro Luis Raíssa FayetRegra 4Rodrigo Lemos • Samba da Resistência • Susi Monte SerratUyara Torrente Vilma Ribeiro

Estaremos reunidos para defender:
Educação pública • Cultura • Empresas estatais • Democracia • Meio ambiente • Saúde pública • Justiça • Direitos sociais • Soberania do Brasil

Além de grandes nomes da música brasileira que estarão conosco, sua voz é muito importante para fazer esse protesto ecoar aos quatro cantos do país.

ENTRADA GRATUITA
Retire seu ingresso e apresente na entrada: https://bit.ly/2quvJk5

Mais informações na página:
www.facebook.com/FestivaldaResistencia/

Serviço:
Festival da Resistência
Domingo, 24 de novembro de 2019, das 14:00 às 22:00
Local: USINA 5, R. Constantino Bordignon, 5, Prado Velho, em Curitiba
Entrada gratuita.

INSCRIÇÕES – CONFERÊNCIA “AGROTÓXICOS: IMPACTOS NA SAÚDE E NO MEIO AMBIENTE NO BRASIL E NO PARANÁ.”

A palestra tem por objetivos: 
_ Debater o Impacto do agrotóxico na saúde e no meio ambiente;
_ Sensibilizar a participação na XVIII Jornada de Agroecologia a ser realizada entre os dias 29 de agosto a 01 de setembro de 2019, em Curitiba.

Serviço:
Conferência “Agrotóxicos: impactos na saúde e no meio ambiente no Brasil e no Paraná.”
Data: 28 de agosto de 2019
Horário: 19h
Local: Auditório da UTFPR, Campus Curitiba, Sede Centro, Av. Sete de setembro 3165, Rebouças, Curitiba.

INSCRIÇÕES: entre os dias 21 e 27 de agosto. A participação é gratuita. Através deste link.

fonte

CURITIBA RECEBE MISSÃO INTERNACIONAL DE RESÍDUOS

Visita da comitiva portuguesa tem como objetivo aprofundar a articulação institucional no setor de águas e resíduos no Paraná

Curitiba recebe esta semana a comitiva da Missão Internacional Portugal-Brasil Águas & Resíduos. A primeira reunião com o grupo está agendada para essa quinta-feira (1°), às 10h, no Campus da Indústria da Federação das Indústrias do Estado do Paraná (Fiep) e terá a participação do Instituto Paranaense de Reciclagem (InPAR).

A visita tem o objetivo de dar continuidade às articulações institucionais e de cooperação técnica em curso nas áreas de meio ambiente, saneamento e gestão de resíduos sólidos. Durante o encontro, serão realizadas reuniões temáticas bilaterais entre as entidades e empresas (públicas e privadas) envolvidas na iniciativa.

Para o presidente do InPAR, Rommel Barion, o encontro é importante para fortalecer a parceria com Portugal no setor de resíduos. “A visita da comitiva pode viabilizar oportunidades de negócios, projetos e consultorias. O InPAR esteve recentemente em uma missão de resíduos sólidos em Portugal e foi enriquecedor. Temos muito a aprender com os portugueses”, comenta.

As entidades anfitriãs da Missão no Paraná são: Fiep, InPAR, Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar), Agência Reguladora do Paraná (Agepar), Paraná Cidade, Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Sema) e Águas Paraná.

A comitiva chega ao Brasil no dia 27 de janeiro e permanece até 3 de fevereiro, com passagens pelas cidades de Niterói e Rio de Janeiro (RJ), São Paulo (SP) e Curitiba (PR). Entre os participantes da comitiva oficial portuguesa estão o secretário de Estado do Ambiente de Portugal (Seamb), Carlos Martins, e o chefe de gabinete da Seamb, Artur Cabeças; o presidente da Entidade Reguladora de Águas e Resíduos (Ersar), Orlando Borges; a diretora da Agência Portuguesa do Ambiente (APA), Inês Diogo, entre outros representantes de entidades e empresas.

Sobre o Instituto Paranaense de Reciclagem (InPAR) 
O Instituto Paranaense de Reciclagem (InPAR) tem como objetivo contribuir para a redução de impactos ambientais, com ações voltadas à destinação adequada de embalagens das indústrias de alimentos e de outros segmentos. O instituto foi fundado no Paraná em 5 de julho de 2017, a partir da iniciativa de seis sindicatos de indústrias do setor de alimentos: Sincabima, Sindicarne, Sindiavipar, Sinduscafé, Sinditrigo e Sipcep, com o apoio da Federação das Indústrias do Paraná (Fiep). Para auxiliar na implantação da logística reversa, o Comitê Técnico do InPAR conta com a participação de representantes da Fiep, Ocepar, Senai/PR e Prefeitura de Campo Largo. Atualmente, o InPAR possui 32 associados. Para mais informações: www.inpar.eco.br

Logística Reversa
A Lei nº 12.305/2010 define a Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS), que regulamenta que União, estados e municípios, o setor produtivo e a sociedade em geral são corresponsáveis pela prevenção e redução da geração de resíduos, com o estímulo a hábitos de consumo sustentável e a implantação de um conjunto de instrumentos para ampliar a reciclagem e a reutilização dos resíduos sólidos, além da destinação ambientalmente adequada de todos os rejeitos. A conjugação destes deveres recebe o nome de logística reversa. Em outubro de 2017, passou a vigorar o Decreto Federal nº 9.177/2017, que complementa a PNRS e estabelece que as empresas são obrigadas a implantar sistemas de logística reversa, nos termos da lei, mesmo que não façam parte do acordo setorial ou que não tenham assinado termo de compromisso com a União.

DUAS VAGAS PARA MESTRADO E DUAS PARA DOUTORADO NA TEMÁTICA DE COMUNICAÇÃO E MEIO AMBIENTE

DUAS VAGAS PARA MESTRADO E DUAS PARA DOUTORADO NA TEMÁTICA DE COMUNICAÇÃO E MEIO AMBIENTE, PROGRAMA DE PÓS GRADUAÇÃO EM MEIO AMBIENTE E DESENVOLVIMENTO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ (PPGMADE/UFPR). EM CURITIBA.

Atenção, para quem está interessado em pesquisar temáticas sobre Comunicação e Meio Ambiente. O Programa de Pós-Graduação em Meio Ambiente e Desenvolvimento (PPGMade) da Universidade Federal do Paraná, abriu duas vagas para mestrado e duas para doutorado na temática Comunicação Ambiental, no âmbito da linha Abordagens temático- transversais da questão Meio Ambiente e Desenvolvimento, na temática de pesquisa específica Comunicação Ambiental.

A saber: Meio Ambiente, Comunicação, Educação e Urbanidades. Perspectivas teóricas, metodológicas e práticas, em contextos de globalização avançada. Compreensões cruzadas dos campos do Meio Ambiente e da Comunicação de temas como mudanças climáticas, biodiversidade, novas tecnologias, urbanidades, consumo, resíduos, riscos e vulnerabilidades, sociabilidades em rede, educação, divulgação científica, ativismo e mobilizações, dentre outros.

Confira todos os detalhes para a oferta de 21 vagas para Mestrado e 30 vagas para Doutorado, em todas as linhas e temas, com inscrições abertas até 23 de fevereiro de 2018, no Edital, disponível neste link

Dica da professora Myrian Del Vecchio

AHK PARANÁ TEM REPRESENTANTE NA COP23

A conselheira e coordenadora de Meio Ambiente da Câmara de Comércio e Indústria Brasil-Alemanha (AHK Paraná) e CEO da Roadimex Ambiental Ltda, Cris Baluta (foto), participa da 23ª Conferência do Clima da ONU (COP 23), que está sendo realizada em Bonn, na Alemanha, desde o dia 6 de novembro. Na ocasião, o Brasil e mais de 190 países signatários da Convenção das Nações Unidas sobre Mudança do Clima se reuniram para viabilizar formas de promover os objetivos do Acordo de Paris, concluído em 2015, na COP 21.

Muitas questões são discutidas durante conferências voltadas ao meio ambiente, especialmente com relação aos efeitos do aquecimento global e como esses podem ser revertidos, além de outros grandes desafios. No caso do Brasil, segundo informações do Ministério do Meio Ambiente, a meta é reduzir 37% das emissões de gases de efeito estufa até 2025, com indicativo de cortar 43% até 2030.

A conselheira e coordenadora do Grupo de Intercâmbio de Experiências em Meio Ambiente da AHK Paraná cita, entre os destaques da COP 23, o Fórum de Inovação Sustentável, destinado a construir parcerias transversais necessárias para realizar os objetivos do Acordo de Paris, catalisar o intercâmbio de conhecimentos globais e fornecer um trampolim para ação dos líderes mundiais.

Sobre a AHK Paraná
Estimular a economia de mercado por meio da promoção do intercâmbio de investimentos, comércio e serviços entre a Alemanha e o Brasil, além de promover a cooperação regional e global entre os blocos econômicos. Esta é a missão da Câmara de Comércio e Indústria Brasil-Alemanha (AHK Paraná), entidade atualmente dirigida pelo Conselheiro de Administração certificado pelo IBGC e Cônsul Honorário da Alemanha em Curitiba Andreas F. H. Hoffrichter.

Fundada em 1972, a AHK Paraná integra uma rede composta por mais de 130 Câmaras binacionais alemãs em 90 países ao redor do mundo que trabalham em prol do fomento profissional de seus associados e no estímulo ao networking entre diferentes organizações. Com foco no desenvolvimento do Paraná, a AHK Paraná está entre as cinco melhores e mais completas câmaras bilaterais do Brasil e agrupa empresas de capital ou know how alemão e companhias brasileiras instaladas no estado com interesses na Alemanha.

DIA DO DESAFIO AMBIENTAL COLETA MAIS DE 15 TONELADAS DE RESÍDUOS EM CURITIBA

A ação anual estimula a destinação correta de materiais como entulho, madeira, pneus, pilhas e óleo de cozinha

O “Dia do Desafio Ambiental 2017: descarte correto de resíduos”, realizado no dia 28 de outubro, no Carrefour Parolin, em Curitiba (PR), coletou 15,5 toneladas de resíduos. A ação teve como objetivo estimular o descarte correto de resíduos, especialmente de materiais que podem ser reciclados ou que precisam receber destinação especial.

Lideraram a arrecadação itens como: material eletroeletrônico (5.270 quilos), latas em geral (1.522 quilos), caliça (1.500 quilos) e papéis (1.353 quilos). Foram coletados também madeira, vidro, óleo de cozinha, pilhas e baterias, medicamentos, eletroeletrônicos, latas de tinta, pneus, plásticos e PET, papelão, revistas, livros, roupas, calçados e lâmpadas fluorescentes.

Esta é a ação com a maior variedade de produtos coletados do Brasil, segundo o assessor técnico do Sindicato da Indústria da Construção Civil no Estado do Paraná (Sinduscon-PR), Ivanor Fantin Junior. “O material recolhido passou pela seleção adequada para o processo de logística reversa, com apoio dos parceiros especializados, o que prorroga a vida útil de aterros sanitários, promove a destinação adequada do lixo tóxico, promove a reciclagem de equipamentos que podem ser reutilizados e ajuda a dar o destino correto ao lixo”, destaca. A iniciativa foi uma parceria entre Sinduscon-PR, Sistema Fiep, Instituto Paranaense de Reciclagem (InPAR), Sindicato das Indústrias Químicas e Farmacêuticas do Estado do Paraná (Sinqfar), Sindicato das Indústrias do Vestuário de Curitiba e Sudeste do Paraná (Sindivest), Sindicato das Indústrias de Papel e Celulose do Paraná (Sinpacel), Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica (Abinee), Associação das Empresas Paranaenses de Reciclagem dos Resíduos Sólidos da Construção Civil (Aemparcc), Caliça Ambiental, Usina de Recicláveis Sólidos Paraná (Usipar), Xibiu Reciclagem de Pneus, Grupo Kapersul, Ok Ambiental, Alfa Resíduos, Associação de Catadores Corbélia, Carrefour e Secretaria Municipal de Meio Ambiente da Prefeitura Municipal de Curitiba.

DIA DO DESAFIO AMBIENTAL 2017 PROMOVE DESCARTE CORRETO DE RESÍDUOS EM CURITIBA

Evento realiza a coleta de materiais como entulho, madeira, pneus, pilhas e óleo de cozinha

O “Dia do Desafio Ambiental 2017: descarte correto de resíduos” será realizado pela segunda vez em Curitiba (PR), no dia 28 de outubro, das 8h às 18h, no Carrefour Parolin. O objetivo é estimular o descarte correto de resíduos e realizar a coleta de diversos materiais, que podem ser reciclados ou receber a destinação ideal, como entulho, baterias ou medicamentos. O desafio este ano é superar a marca das 17 toneladas que foram arrecadadas durante o evento de 2016.

Serão coletados materiais como eletroeletrônicos, recicláveis, óleo de fritura, entulho, gesso, madeira, medicamentos, pilhas e baterias, pneus, lâmpadas (10 por pessoa) e material têxtil (exceto os equipamentos de proteção individual – EPIs). Alguns números do Dia do Desafio do ano passado impressionam: foram coletados sete mil quilos de aparelhos eletroeletrônicos, 58 quilos de medicamentos químicos, 600 quilos de gesso/ drywall, 195 quilos de pilhas e baterias, mil quilos de madeira, três mil quilos de caliça e três mil quilos de pneus.

A iniciativa é realizada por meio da parceria entre o Sindicato da Indústria da Construção Civil no Estado do Paraná (Sinduscon-PR), Sistema Federação das Indústrias do Estado do Paraná (Sistema FIEP), Instituto Paranaense de Reciclagem (InPAR), Kapersul, Sindicato das Indústrias Químicas e Farmacêuticas do Estado do Paraná (Sinqfar), Sindicato das Indústrias do Vestuário de Curitiba e Sudeste do Paraná (SindVest), Sindicato das Indústrias de Papel e Celulose do Paraná (Sinpacel), Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica (Abinee), Caliça Ambiental, Usina de Recicláveis Sólidos Paraná (Usipar), Associação de Catadores Corbélia, Supermercado Carrefour Parolin e a Prefeitura de Curitiba.

“O objetivo é coletar a maior quantidade de material que pode ser destinada para reciclagem ou reaproveitamento. Pilhas, por exemplo, muita gente não sabe como descartar, entre outros itens que, muitas vezes, nos incomodam em casa, como aparelhos eletrônicos obsoletos”, explica o engenheiro civil Ivanor Fantin Junior, assessor técnico do Sinduscon-PR. Segundo Fantin, esta é a ação com a maior variedade de produtos coletados do Brasil. O material recolhido passará pelo correto processo de logística reversa, com apoio dos parceiros especializados.

A ação promove também a conscientização, a aprendizagem e o hábito de fazer a destinação correta de resíduos. “Isso é muito importante para aliviar a vida útil de aterros sanitários, evitar a contaminação por lixo tóxico, promover a reciclagem de equipamentos que podem ser reutilizados e ajudar a dar o destino correto ao lixo”, explica Fantin.

O evento é voltado ao público em geral. Qualquer pessoa e, também, empresas podem trazer os resíduos, sem limite de quantidade, como explica Franciele Terán de Freitas, analista técnica do Instituto Senai de Tecnologia em Meio Ambiente e Química. “Para o ano que vem, a previsão é que o Dia do Desafio Ambiental seja realizado em todas as unidades do Sinduscon no estado, além de outros pontos comerciais”, comenta.

Logística Reversa
De acordo com a Lei Federal n.12.305/10 (PNRS), a reciclagem deve ser implementada como uma das ações prioritárias na gestão de resíduos. Além disso, em 2015 passou a vigorar o Acordo Setorial para Implantação do Sistema de Logística Reversa de Embalagens em Geral, que tem como objetivo garantir a destinação final ambientalmente adequada de embalagens em âmbito nacional.

Segundo o Panorama dos Resíduos Sólidos no Brasil 2016, publicado pela Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais (Abrelpe), ainda há sobrecarga nos sistemas de destinação final, que recebem aproximadamente 71,34 milhões de toneladas por ano no Brasil, das quais 12,4 milhões de toneladas ainda são depositadas em lixões, que é a pior forma de destinação possível e fonte diária de poluição ambiental, causadora de diversos problemas de saúde.

Em 2016, os municípios da Região Sul geraram 22.581 toneladas/dia de Resíduos Sólidos Urbanos (RSU), dos quais 95% foram coletados. Cerca de 30% do total coletado foi encaminhado para lixões e aterros controlados. Dos 1.191 municípios da região, 1.070 têm iniciativas de coleta seletiva.

Segundo o Estudo de Viabilidade Técnica e Econômica para Implantação de Logística Reversa, do Instituto Brasileiro de Administração Municipal (IBAM), o Paraná conta com 158 organizações coletivas de Catadores, 90 módulos de coleta e mais de sete mil catadores.

SERVIÇO:
Dia do Desafio Ambiental 2017: descarte correto dos resíduos
Data: 28 de outubro
Horário: das 8h às 18h
Local: Carrefour Parolin – Av. Mal. Floriano Peixoto, 3031 – Rebouças, Curitiba – PR (estacionamento inferior)

Materiais que serão coletados: eletroeletrônicos, recicláveis, óleo de fritura, entulho, gesso, madeira, medicamentos, pilhas, baterias, pneus e material têxtil.

CURITIBA GANHA INSTITUTO PARANAENSE DE RECICLAGEM

INPAR deve auxiliar empresas na adequação à legislação ambiental

Nesta quarta-feira (5), ocorrerá a solenidade de inauguração do Instituto Paranaense de Reciclagem – INPAR – uma iniciativa do Sincabima, Sindicarne, Sindiavipar, Sinduscafé, Sinditrigo e Sipcep, com o apoio da FIEP. “Após muitas discussões, avançamos nas negociações para a criação do instituto, que tem como propósito promover a adequação das empresas do setor de alimentos à Política Nacional de Resíduos Sólidos, a fim de minimizar os impactos de suas atividades ao meio ambiente e destinar adequadamente os resíduos sólidos das embalagens no pós-consumo”, afirma o presidente do Sincabima, Rommel Barion, que também assume, nos próximos dias, a presidência do INPAR.

Barion reforça que o Plano de Logística Reversa para o setor alimentício foi encabeçado pelo Sincabima em parceria com outros cinco sindicatos e apoio da FIEP. Também participaram das reuniões de estruturação e definição do INPAR a Consultoria Roadimex Ambiental e o escritório de advocacia De Paola & Panasolo. O início desse estudo ocorreu quando foi assinado o Termo de Compromisso do setor com a SEMA (Secretaria do Meio Ambiente do Estado do Paraná) em dezembro de 2014.

“O INPAR, além de gerenciar os projetos de Logística Reversa, visa trazer soluções econômicas e seguras para as empresas do setor alimentício. Dentro deste propósito, recebemos o apoio da FIEP, que nos deu o suporte necessário para a instalação do instituto, inclusive investindo, com recursos financeiros, o que garantiu a viabilidade do projeto”, expõe.

Destino correto aos resíduos

Com o INPAR, as indústrias alimentícias conseguirão dar o correto encaminhamento aos produtos e embalagens pós-consumo, bem como desenvolver ações que diminuam a quantidade de resíduos gerados. “A ideia é alertar as empresas associadas a esses seis sindicatos e também as organizações de um modo geral, na adequação à legislação para evitar multas e autuações”, destaca o presidente.

Instituída pela Lei 12.305/2010 e regulamentada pelo Decreto 7.404/2010, a regulamentação considera que os fabricantes, importadores, distribuidores, comerciantes, consumidores e o poder público possuem responsabilidade compartilhada pelos resíduos resultantes do pós-consumo dos produtos.

O INPAR está situado no prédio da FIEP, localizado na Rua Cândido de Abreu, 200.

Serviço:
Solenidade de inauguração do INPAR
Local: Sala dos Conselhos – Campus da Indústria – Marginal Comendador Franco | Avenida, 1341 – Jardim Botânico (Curitiba)
Data: 5 de julho (quarta-feira), às 17h30

Sincabima
Com 74 anos de atuação, o sindicato patronal tem como missão representar e orientar as empresas para o desenvolvimento e a sustentabilidade das indústrias paranaenses de base do ramo de cacau, balas, massas, biscoitos, doces e conservas. Considerado um dos mais representativos sindicatos do setor de alimentos, a entidade empresarial visa desenvolver ações proativas e inovadoras para o setor. Em todo o estado do Paraná, o sindicato reúne 900 companhias filiadas e 20 associadas, sendo presidida pelo diretor-fundador da empresa Barion, Rommel Barion.