MOSTRA INTERNACIONAL DE CABARÉ ::: DE 05 A 8 DE MAIO EM CURITIBA

O CABARET SE INSTAURA EM CURITIBA: A programação da MOSTRA INTERNACIONAL DE CABARÉ vai do dia 05 ao dia 8 de maio e conta com espetáculos, palestras, festas, lançamento de livro, oficinas e muito, mas muito cabaré – com nomes nacionais e internacionais. Programação gratuita.

Serviço:
1ª MOSTRA INTERNACIONAL DE CABARET DE CURITIBA: Uma realização Selvática Ações Artísticas, de 5 a 8 de maio no Espaço Fantástico das Artes, R. Trajano Reis, 41 – São Francisco, Curitiba-PR.
Programação completa: www.selvatica.art.br/mic22

Ficha técnica:
Realização Selvática Ações Artísticas
Curadoria e direção geral: Ricardo Nolasco e Gabriel Machado
Direção de produção: Gabriel Machado e Patricia Cipriano
Coordenação técnica: Semy Monastier e Marina Arthuzzi
Técnica e operação de som: Matheus Henrique
Assistência de comunicação: Leo Bardo
Arte gráfica: Rafael Bagatelli
Curadoria da convocatória: Gabriel Machado, Leo Bardo, Marina Arthuzzi, Marina Viana, Patricia Cipriano, Ricardo Nolasco e Semy Monastier.


EDUARDO BUENO MINISTRA PALESTRA SOBRE O BICENTENÁRIO DA INDEPENDÊNCIA NA BIBLIOTECA PÚBLICA

A Biblioteca Pública do Paraná, no centro de Curitiba, promove na próxima quarta-feira (4/maio) uma palestra com o jornalista, escritor e tradutor gaúcho Eduardo Bueno. O evento dá início ao Ciclo do Bicentenário da Independência — série de bate-papos temáticos com historiadores e pesquisadores de diferentes regiões do Brasil que a BPP realiza até o final do ano. O encontro, realizado em parceria com o Graciosa Country Club, acontece no hall térreo, às 14h30, com entrada gratuita e emissão de certificados de participação.

Convidado da Festa Literária da Biblioteca (Flibi) em 2018, Bueno volta à BPP para falar sobre o livro Dicionário da Independência: 200 Anos em 200 Verbetes (Edutora Piu, 2020), em que narra e analisa o turbulento processo que resultou na separação do Brasil de Portugal. “Foi mais um dos momentos em que o Brasil mudou para ficar igual. Para que elites se mantivessem no poder. Ao contrário das colônias espanholas, o país não se partiu em pequenas repúblicas: tornou-se uma monarquia. Diferentemente de Paraguai, Argentina e Colômbia, a escravidão não acaba em 1822”, resume.

Conhecido do público como “Peninha”, Eduardo Bueno se tornou um dos maiores fenômenos editoriais do país a partir de 1999, quando lançou o primeiro livro da Coleção Terra Brasilis (Editora Objetiva), em que se aprofundou nos meandros do Brasil Colônia. Desde então, recebeu alguns dos principais prêmios e menções honrosas nacionais, como o Jabuti e a Ordem do Mérito Cultural. Nos últimos anos, também se dedicou a projetos na televisão (como a série Guia Politicamente Incorreto) e na internet — seu canal no YouTube, Buenas Ideias, conta com mais de 1,2 milhões de inscritos e vídeos que alcançaram a marca de 70 milhões de visualizações.

Serviço:
Palestra com Eduardo Bueno no Ciclo do Bicentenário da Independência
Dia 4 de maio, às 14h30
Hall térreo da Biblioteca Pública do Paraná, R. Cândido Lopes, 133 – Centro, Curitiba-PR, 80020-060
Entrada gratuita

fonte: BPP

ONG INAUGURA BIBLIOTECA ITINERANTE NA COMUNIDADE VILA TORRES

O evento ocorrerá para celebrar os 18 anos da organização Passos da Criança e contará com diversas atividades para a comunidade da Vila Torres, em Curitiba.

Acontece no dia 14 de maio na Vila Torres, em Curitiba, a inauguração do Carrinho Fantástico, biblioteca itinerante que tem como objetivo fomentar a leitura e incentivar o acesso à cultura das crianças e adolescentes da comunidade. O evento faz parte da celebração dos 18 anos da ONG Passos da Criança.

A criação do Carrinho foi inspirada nas atividades dos trabalhadores que fazem a coleta do resíduo reciclável e se transforma em um palco móvel onde haverá apresentações culturais. Além da biblioteca, que será a atração principal, o evento contará também com oficinas de leitura com mediador, encadernação, pintura facial e outras atividades para crianças, adolescentes e suas famílias. A expectativa é que o evento alcance mil pessoas.

Carrinho Fantástico foi inspirado em coleta de material reciclável
A biblioteca itinerante foi criada pela equipe socioeducativa da instituição. A atração principal é simbólica, já que muitos moradores da Vila Torres tiram seu sustento da coleta de resíduo reciclável, feita com o auxílio desse mesmo instrumento. Assim, além da imagem tradicional do carrinho como uma fonte de renda para os moradores, o Carrinho Fantástico é uma ressignificação como símbolo da esperança, cultura e cidadania trazidas para a comunidade.

18 anos de história
Esta é apenas uma das ações planejadas para este ano pela Associação Iniciativa Cultural – Passos da Criança, organização da sociedade civil que há dezoito anos busca o desenvolvimento, acolhida e defesa dos direitos das crianças e adolescentes da comunidade.

A expectativa é que o evento seja tão numeroso quanto o Festival Vila Torres, também organizado pela ONG, e que reuniu mais de 2 mil pessoas. Assim como o Festival, a inauguração do Carrinho Fantástico movimentará toda a comunidade, não apenas no setor cultural, mas também econômico, visto que contará com a participação de comerciantes locais.

Passos da Criança
Fundada em 2004, a Passos da Criança é uma ONG que há 18 anos gera impacto social através do desenvolvimento integral de crianças e adolescentes de 05 a 13 anos da comunidade Vila das Torres em Curitiba-PR.

A ONG foi fundada por Adilson Pereira de Souza, que passou parte da infância morando na rua. Aos 24 anos, retornou para a Vila das Torres com um desejo de mudança e transformação sobre as condições da comunidade. Foi então que com o apoio de voluntários e decidiu criar uma instituição para evitar que crianças e adolescentes vivenciassem situações semelhantes às que sofreu em sua infância.

A Passos já impactou diretamente mais de 700 crianças e serve cerca de 15 mil refeições por ano à comunidade.

Serviço:
Inauguração Carrinho Fantástico
Dia 14 de maio, às 10h e às 14h30, de 2022
Local de encontro: Passos da Criança R. Manoel Martins de Abreu, 22 – Jardim Botânico
Contato: Janaina 41.9.9980-7610
Link insta: https://instagram.com/passos.crianca
Link site: https://passosdacrianca.org.br//


Foto ilustrativa com o carrinho provisório. O Carrinho Fantástico será inaugurado dia 14 de maio.


Carrinho em formato de palco: Acervo da organização.


Maquete do Carrinho Fantástico

ONG INAUGURA BIBLIOTECA ITINERANTE NA COMUNIDADE VILA TORRES

O evento ocorrerá para celebrar os 18 anos da organização Passos da Criança e contará com diversas atividades para a comunidade da Vila Torres, em Curitiba.

Acontece no dia 14 de maio na Vila Torres, em Curitiba, a inauguração do Carrinho Fantástico, biblioteca itinerante que tem como objetivo fomentar a leitura e incentivar o acesso à cultura das crianças e adolescentes da comunidade. O evento faz parte da celebração dos 18 anos da ONG Passos da Criança.

A criação do Carrinho foi inspirada nas atividades dos trabalhadores que fazem a coleta do resíduo reciclável e se transforma em um palco móvel onde haverá apresentações culturais. Além da biblioteca, que será a atração principal, o evento contará também com oficinas de leitura com mediador, encadernação, pintura facial e outras atividades para crianças, adolescentes e suas famílias. A expectativa é que o evento alcance mil pessoas.

Carrinho Fantástico foi inspirado em coleta de material reciclável
A biblioteca itinerante foi criada pela equipe socioeducativa da instituição. A atração principal é simbólica, já que muitos moradores da Vila Torres tiram seu sustento da coleta de resíduo reciclável, feita com o auxílio desse mesmo instrumento. Assim, além da imagem tradicional do carrinho como uma fonte de renda para os moradores, o Carrinho Fantástico é uma ressignificação como símbolo da esperança, cultura e cidadania trazidas para a comunidade.

18 anos de história
Esta é apenas uma das ações planejadas para este ano pela Associação Iniciativa Cultural – Passos da Criança, organização da sociedade civil que há dezoito anos busca o desenvolvimento, acolhida e defesa dos direitos das crianças e adolescentes da comunidade.

A expectativa é que o evento seja tão numeroso quanto o Festival Vila Torres, também organizado pela ONG, e que reuniu mais de 2 mil pessoas. Assim como o Festival, a inauguração do Carrinho Fantástico movimentará toda a comunidade, não apenas no setor cultural, mas também econômico, visto que contará com a participação de comerciantes locais.

Passos da Criança
Fundada em 2004, a Passos da Criança é uma ONG que há 18 anos gera impacto social através do desenvolvimento integral de crianças e adolescentes de 05 a 13 anos da comunidade Vila das Torres em Curitiba-PR.

A ONG foi fundada por Adilson Pereira de Souza, que passou parte da infância morando na rua. Aos 24 anos, retornou para a Vila das Torres com um desejo de mudança e transformação sobre as condições da comunidade. Foi então que com o apoio de voluntários e decidiu criar uma instituição para evitar que crianças e adolescentes vivenciassem situações semelhantes às que sofreu em sua infância.

A Passos já impactou diretamente mais de 700 crianças e serve cerca de 15 mil refeições por ano à comunidade.

Serviço:
Inauguração Carrinho Fantástico
Dia 14 de maio, às 10h e às 14h30, de 2022
Local de encontro: Passos da Criança R. Manoel Martins de Abreu, 22 – Jardim Botânico
Contato: Janaina 41.9.9980-7610
Link insta: https://instagram.com/passos.crianca
Link site: https://passosdacrianca.org.br//


Foto ilustrativa com o carrinho provisório. O Carrinho Fantástico será inaugurado dia 14 de maio.


Carrinho em formato de palco: Acervo da organização.


Maquete do Carrinho Fantástico

SEBINHO FATO AGENDA – LIVROS E DISCOS

SEBINHO FATO AGENDA é a loja virtual de livros e discos que ajuda financiar nosso blogue FATO Agenda. O estoque fica em Curitiba, entregamos para todo Brasil por uma taxa fixa de R$10,00 por livro. Temos centenas de livros e discos à pronta-entrega, consulte nosso acervo via insta e/ou whats 41 99745-5294 (com Lelê).

Confira os links organizados:

– Instagram (catálogo com livros e discos):
https://instagram.com/sebinhofatoagenda

– Loja virtual de livros mais raros (do mercado livre):
https://sebinhofatoagenda.com.br/livros/

– Discos de vinil e fitas K7:
https://sebinhofatoagenda.com.br/lista/musica/

– Antiguidades:
https://sebinhofatoagenda.com.br

– Shopee (livros + baratos):
https://shopee.com.br/sebinhofatoagenda

– Fanpage:
https://facebook.com/sebinhoFATOagenda

– Blogue de vagas:
https://fatoagenda.com.br

FRETE: Receba nossos livros em casa, via correios. Taxa de entrega: R$10,00 (por livro), válida para todo Brasil. Com opção de retirada (livre de taxa, lógico) no estoque na Travessa Isaacson Chinasso, número 37, bairro Orleans, em Curitiba (ENDEREÇO NOVO!). ATENÇÃO: toda sexta-feira entregamos (sem taxa) no centro de Curitiba, só combinar.

PAGAMENTO: Pagamento via Pix, app MercadoPago, Nubank, Caixa, PicPay, cartão crédito/débito, boleto e/ou transferência bancária. Nossa loja tem CNPJ, os livros são usados, mas podemos emitir nota fiscal, se precisar, solicite!

FEIRA NACIONAL CURITIBA VINIL ::: SÁBADO, DIA 04/12

Sabe aquela pérola que falta pra sua coleção?
Ela pode estar aqui te esperando.
Venha garimpar na última edição de 2021 da Maior Feira de Vinil de Curitiba.
De quebra ainda tem lanches deliciosos, aquela resenha massa sobre música, regada a muito chopp geladérrimo, e Camisetas com temática de Rock, Jazz e Cult Movies da Ruído Camisetas lançando mais de 15 estampas no evento.

Serão mais de 30 expositores, e o Sebinho FATO Agenda participa com seus discos. A entrada é gratuita. Prestigie!

SERVIÇO:
13ª Feira Nacional de Discos de Vinil
Data: Sábado, dia 4 de dezembro de 2021, das 9h às 18h.
Local: Galeria @atravessacwb (Green Center), na Rua São Francisco, 232, centro de Curitiba. Com acesso pela rua treze de maio também.
Página do evento no facebook, aqui

Organização: @curitibavinil

Mais de 30 expositores: @sebinhofatoagenda @sebo_movel @ostrasperdidas @paulohenrique.o.s @neliowaldy @erlondiscos @madeinquebradadisco @discoshopcwb @elwodiscos @casadamiadiscos @moscabrancarecords @ruidocamisetas @dj_gilber @discos_raros @megahardprogressive @redlightzrecords @mister_war_records @rosevinylrecords

FAROL DE HISTÓRIAS – CONTOS PARA ACENDER A CACHOLA

Programa de Incentivo à Leitura disponibiliza gratuitamente vídeos com contação de histórias e rodas de leitura.

Farol de Histórias – Contos para Acender a Cachola é um Programa de Incentivo à Leitura realizado pela Travessia – Arte e Educação com 46 episódios em vídeo que estarão disponíveis a partir do dia 23/11, gratuitamente, no site www.faroldehistorias.com.br . Basta acessar! São 23 episódios com contação de histórias que apresentam contos da literatura oral brasileira narrados por Vinícius Mazzon. E mais 23 episódios com rodas de leitura, nos quais Michelle Peixoto apresenta uma seleção primorosa de livros infantis de autores brasileiros e estrangeiros. Nestas rodas em vídeo, além da leitura das obras, Michelle conduz o espectador com perguntas e reflexões. O programa é destinado ao público da faixa etária entre 5 e 12 anos e visa contribuir para que as crianças se aproximem do universo literário com gosto e diversão. Também busca servir de apoio a pais e professores que pretendem apresentar a literatura para seus filhos e alunos de forma prazeirosa.

“Cada vez mais cedo as crianças têm acesso aos smartphones/internet e, como os jogos eletrônicos e as redes sociais seduzem mais que os livros, muitos pais e professores sentem dificuldade para aproximar crianças e livros. Com o distanciamento social e o ensino remoto, impostos pela pandemia, o acesso às telas aumentou ainda mais, por isso a ideia do projeto é oferecer literatura afetuosa e divertida”, conta Vinícius. “É claro que a resposta para deste problema é complexa, passa por disciplina e restrição ao uso de eletrônicos, mas também pelo uso da criatividade na hora da leitura”, comenta.

“Ao apresentarmos histórias da tradição oral, inserimos as crianças no universo narrativo através da imaginação e da fantasia ativa. Esse é o primeiro passo para despertar o interesse dos pequenos leitores na leitura propriamente dita, que exercitamos nas rodas de leitura, com textos cuidadosamente escolhidos para conquistar essa faixa etária. Não se pode subestimar a capacidade crítica dos leitores iniciantes, pelo contrário; se desde cedo os estimulamos com variedade e qualidade de textos e de imagens (sim, as ilustrações também são muito importantes na Literatura Infantil), e com perguntas que promovam a reflexão e a capacidade de expressar suas impressões, as crianças pouco a pouco criam um vínculo com o objeto livro e com a sua linguagem literária e visual. É isso que tentamos oferecer neste projeto”, conclui Michelle.

Michelle Peixoto e Vinícius Mazzon são os idealizadores e mediadores do projeto. Ela é pedagoga e desenvolve trabalhos como esse há mais de 10 anos. Ele é integrante da Associação Malasartes, da Travessia – Arte e Educação e do Trio Dedo de Prosa, com os quais já circulou com apresentações de teatro e narração de histórias por diversas regiões do país.


Vinicius Mazzon. Foto de Lucas Rachinski.

Contato:
Produção
Vinícius Mazzon
41 99622 2829
viniciusmazzon@gmail.com

RAÍZES DA POESIA PARANAENSE (RÉCITA/MOSTRA) – PARTE 1

Raízes da Poesia Paranaense é um projeto que reúne em vídeorécitas de poemas alguns dos grandes poetas e poetisas do Paraná interpretados por atores e atrizes também paranaenses. As récitas, organizadas em dois episódios, buscam aproximar o público da vida e obra de nomes que fazem parte da história da literatura no Estado do Paraná, mas que, nem sempre, são conhecidos.

O projeto, realizado com recursos do Programa de Apoio e Incentivo à Cultura da Fundação Cultural de Curitiba, foi concebido por Ana Paula Taques, que acumula a direção artística com Claudecir de Oliveira Rocha, e por Ivan Justen Santana.

Junto a eles, atores e atrizes convidados como Geyisa Costa, Luíz Felipe Leprevost, Ricardo Pozzo e Thadeu Peronne, deram vida a doze poetas e poetisas.

Com fotos antigas e raras dos poetas e das cidades em que nasceram, cenário intimista, iluminação cuidadosa e dramática, à “La Caravaggio”, e a música incidental de José Itiberê de Lima, executada pela pianista Gisele Rizental, as récitas “transportam o espectador para meados do século XIX e mostram o trovador Bento Cego. Vão para o início do século XX, passando por Emiliano Perneta até chegar na poeta Laura Santos”, afirma o professor Doutor Claudecir Rocha.

RAÍZES DA POESIA PARANAENSE é uma boa oportunidade não só para professores ilustrarem suas aulas, mas também para todos conhecerem um pouco da literatura feita no Paraná. “Quantas vezes a gente passa pelas ruas Júlia da Costa, Silveira Neto, sem nem imaginar o que essas pessoas escreveram? As récitas dão um gostinho da nossa poesia. São uma forma de incentivar o público a pesquisar mais sobre os grandes nomes da nossa literatura!”, conclui a idealizadora do projeto, Ana Paula Taques.

Poetas paranaenses que fazem parte das Récitas por ordem cronológica:
Bento Cego, Júlia da Costa, Emílio de Menezes, Emiliano Perneta, Dario Velozo, Silveira Neto, Ricardo de Lemos, Leite Junior, Ismael Martins, Rodrigo Junior, Ada Macaggi e Laura Santos.

Parte 1:
Bento Cego: 00:35 – 05:18
Júlia da Costa: 05:19 – 08:38
Emílio de Menezes: 08:39 – 12:54
Emiliano Perneta: 12:55 – 16:26
Dario Velozo: 16:27 – 19:37
Silveira Neto: 19:38 – 21:59

FICHA TÉCNICA
Elenco:
Ana Paula Taques: Júlia da Costa e Ada Macaggi.
Claudecir de Oliveira Rocha: Emiliano Perneta e Rodrigo Júnior.
Geyisa Costa: Laura Santos
Luiz Felipe Leprevost: Emílio de Menezes e Ismael Martins.
Ricardo Pozzo: Dario Velozo e Leite Júnior.
Thadeu Perrone: Bento Cego, Silveira Neto e Ricardo de Lemos

Produção Executiva e Direção Artística: Ana Paula Taques
Produção Executiva e Coordenação: Lucas Marcelli
Pesquisa e Curadoria: Claudecir de Oliveira Rocha
Pesquisa e Curadoria: Ivan Justen Santana
Captação e Edição de Vídeo: Vitral Produções
Direção de corte: Ricardo Janotto
Operação de câmera: Diogo Luiz Schechtel
Designer de Luz: Erica Mityko
Fotógrafia: Eliete Silva
Cenografia: Adriana “Russa” de Lucca
Adereços e Maquiagem: Marcelino de Miranda
Figurinos: Trícia de Almeida
Assessoria de comunicação: Karen Monteiro
Designer Gráfico/ Digital e Ilustração: Pedro Henrique Spolador
Ilustração Digital: Andrew Adriano Kostiuk
Transporte: Abiderman Brito

Locação: Espaço Excêntrico

Trilha Sonora:
Composição Musical sobre trova de Bento Cego (00:35 – 03:40) Thadeu Peronne. Arranjo instrumental: Lucas Marcelli.
Música Incidental – José Itiberê de Lima. Intérprete: Gisele Rizental.

PROJETO REALIZADO COM RECURSOS DO PROGRAMA DE APOIO E INCENTIVO À CULTURA – FUNDAÇÃO CULTURAL DE CURITIBA E DA PREFEITURA MUNICIPAL DE CURITIBA.

FONTES DE PESQUISA PARA REALIZAÇÃO DO PROJETO
Acervo Instituto Moreira Salles
Acervo Museu Paranaense
Acervo: Júlia Wanderley IHGPR
Acervo Cid Destefani
Acervo Gazeta do Povo
Acervo Casa da Memória
Acervo INP
Acervo Paulo José da Costa.
CASTRO, Nestor de. Bento Cego. Curitiba: Impressora Paranaense / Correia & C., 1902
MURICY, J. C. de Andrade. Panorama do movimento simbolista brasileiro. [2 vols] 3ª. ed. São Paulo: Perspectiva, 1987.
MENEZES, Emílio. Obra reunida. [Org. Cassiana Lacerda Carollo] Rio de Janeiro: José Olympio; Curitiba: Sec. da Cultura e do Esporte do Est. do Paraná, 1980.
NETO, Silveira. Luar de Hinverno. Curitiba: Farol do Saber, 1996.
PERNETA, Emiliano. Ilusão e outros poemas. Curitiba: col. Farol do Saber, 1996.
ROCHA, C. O. Quadros Provincianos: A Obra de Rodrigo Júnior. Tese. Curitiba: UFPR, 2019.
RODRIGO JÚNIOR. Poesia Completa. Curitiba: Anticítera, 2015.
SABÓIA, A.; FERNANDES, H. V.(orgs.) Antologia didática de escritores paranaenses.. Curitiba: Imprensa Oficial.
SANTANA, Ivan Justen. Emiliano Perneta: vida e poesia de província? Tese. Curitiba: UFPR, 2015.
SANTOS, Laura. Poemas. Curitiba: SEEC, 1990.
SANTOS, Pompília. L. S. (org.) Sesquicentenário da Poesia Paranaense. (antologia). Curitiba: Secretária da Cultura e do Esporte do Paraná, 1985.
SOUSA, Colombo & RAITANI NETO, Felício.(orgs.) Letras Paranaenses. Curitiba: Ocyron Cunha, 1971.
VELOZO, Dario. Cinerário & outros poemas. Curitiba: Farol do Saber, 1996.

Fonte: Canal do Youtube Raízes da Poesia Paranaense

BOLSA QUALIFICAÇÃO 2021 ::: EDITAL RETIFICADO

A Secretaria da Comunicação Social e da Cultura (SECC) do Paraná, por meio da Superintendência-Geral da Cultura, informa que estão abertas as inscrições para as 12 mil vagas do Programa Bolsa Qualificação Cultural – Lei Aldir Blanc 2021. Para macrorregião de Curitiba serão 3.784 vagas.  As inscrições vão de 15 a 04 de outubro de 2021.

O objetivo geral do Programa Bolsa-Qualificação é a oferta de cursos de qualificação e concessão de bolsas para até 12.000 (doze mil) trabalhadores e trabalhadoras da Cultura, pessoas físicas, residentes no Estado do Paraná. 

Os objetivos específicos do Programa Bolsa-Qualificação são:
– Incentivar a participação destes trabalhadores no processo de formação;
– Garantir conhecimentos mínimos necessários para participação em editais e ações desenvolvidas pela Secretaria de Estado da Comunicação Social e da Cultura-SECC;
– Qualificar os trabalhadores e trabalhadoras no segmento cultural em que atuam, deixando assim um legado de aperfeiçoamento do fazer Cultural e a possibilidade de geração de trabalho, emprego e renda.

Os cursos do Programa Bolsa-Qualificação Cultural serão ofertados na modalidade de Educação a Distância. Os cursos terão duração total de 120 (cento e vinte) horas, divididos em 03 (três) Módulos de 40
(quarenta) horas cada, no período de no período de 19 de outubro a 08 de dezembro de 2021.

São 3 módulos de 40 horas cada, onde você vai estudar sobre cultura e no final de cada módulo ganha R$1.000,00. 

Os cursos do Programa Bolsa-Qualificação Cultural serão ofertados na modalidade de Educação a Distância.
Os cursos contém 03 Módulos:
MÓDULO 1 – comum a todos os Segmentos do Setor Cultural;
MÓDULO 2 e MÓDULO 3 – Qualificação específica para cada segmento do setor cultural: Artes Visuais / Audiovisual / Circo/ Dança / Literatura, Livro e Leitura / Música / Ópera / Povos, Comunidades Tradicionais e Culturas Populares / Teatro / Técnicos que atuam na cadeia produtiva da cultura.

O pagamento das bolsas será realizado ao fim de cada módulo, em três parcelas de R$ 1.000,00 (um mil reais), totalizando R$ 3.000,00 (três mil reais) por bolsista. O pagamento das bolsas está condicionado ao bom desempenho no curso, ou seja, para receber a bolsa referente ao módulo concluído é preciso que o participante seja aprovado e receba o seu certificado de conclusão do módulo.

As inscrições serão realizadas online exclusivamente no endereço eletrônico no período no período de 00h00min do dia 15 de setembro de 2021 até às 23h59min do dia 04 de outubro de 2021. Os interessados devem acessar o link: https://inscricoes.apps.uepg.br/ 

Entre no site da Lei Aldir Blanc para saber mais sobre o programa, neste link.

Bolsa
CONFIRA O EDITAL RETIFICADO,  Edital Bolsa Qualificação Cultural – Lei Aldir Blanc, neste link.

fonte: Secretaria de Estado da Comunicação Social e da Cultura

Confira a
REUNIÃO COM OS DIRIGENTES MUNICIPAIS DE CULTURA
14 DE SETEMBRO DE 2021 | 9h30 às 11h30min


fonte: Cultura Paraná

PROJETO CURITIBANO QUE ESTIMULA LEITURA E DOAÇÃO DE LIVROS BUSCA PARCERIAS PARA AMPLIAR AÇÕES

Freguesia do Livro cria pontos de leitura e estimula troca de obras gratuitamente. Organização quer que livros doados cheguem em locais onde as pessoas não têm acesso à leitura

Receber e doar livros, criar pontos de leitura, formar novos leitores e promover ações colaborativas são os principais objetivos do projeto curitibano Freguesia do Livro. A organização social está buscando parcerias para manter e ampliar as ações desenvolvidas, e, especialmente, fazer com que os livros doados cheguem aonde as pessoas não têm acesso à leitura. A meta é ter apoio para manter mais de 180 pontos de leituras ativos em Curitiba e região, por onde circulam pelo menos 2000 livros.

Fundada em 2011 por duas amigas apaixonadas por livros, a primeira biblioteca comunitária surgiu em uma escola na Vila Zumbi dos Palmares, em Colombo, na Região Metropolitana de Curitiba (RMC). Desde então, alunos, funcionários e clientes de mais de 500 pontos de leituras criados em escolas, instituições beneficentes, bares, restaurantes, clínicas, entre outros foram beneficiados pelo projeto que já recebeu e doou mais de 90 mil livros.

Segundo Angela Duarte, idealizadora do projeto, a circulação de livros em pontos comerciais da cidade tem uma função ainda mais nobre, a de “tornar a Freguesia conhecida para que mais livros sejam doados e mais pessoas, com acesso limitado à leitura, possam ser beneficiadas”, ressalta.

Ainda de acordo com Josiane Bibas, também fundadora da Freguesia, a iniciativa propõe uma livre circulação literária que coloca livros em movimento, incentivando a leitura para todos em todos os lugares. “Como todo o trabalho é feito de forma voluntária e gratuita, buscamos apoio para dar continuidade a esse trabalho de transformação pela leitura”, conta.

Quando recebidos, os livros são higienizados e organizados em caixas, de acordo com o perfil do público do local que receberá o acervo. Para se cadastrar como um ponto de leitura ou fazer uma doação financeira ou de livros ou ajudar o projeto de outras formas, basta acessar o site da Freguesia na aba Participe e também a página www.apoia.se/freguesiadolivro

As coordenadoras da Freguesia do Livro: Josiane Mayr Bibas, Ângela Marques Duarte, e a voluntária Gabriela Carvalho.

Serviço
Participe da Freguesia do Livro
Informações:
– www.freguesiadolivro.com.br/participe/
– www.apoia.se/freguesiadolivro