SOPRO5 QUINTETO CONVIDA PARA NOITE DE “CHOROS E CANÇÕES”

Circuito Cultural Ademilar apresenta no dia 22 de maio, o segundo concerto da temporada

Projeto ousado do Sopro5 Quinteto, leva para o imponente Teatro do Paiol mais um concerto temático da temporada 2018, desta vez o programa escolhido engloba obras de compositores que transitam ou transitaram entre o estilo popular e erudito. “Choros e Canções” reúne composições de Raphael Baptista, Ronald Miranda e Júlio Medaglia e acontece na próxima terça-feira, dia 22. Os ingressos custam R$ 5,00 (meia-entrada) e R$ 10,00 (inteira).

O tradicional grupo de música instrumental de Curitiba Sopro5 Quinteto estreou sua temporada de concertos temáticos em abril. A primeira apresentação foi inspirada na Belle Époque e trouxe obras criadas no mesmo período por compositores nascidos até o início da Primeira Guerra Mundial. Na noite de estreia, no Portão Cultural, o quinteto contou a história do mundo por meio dos instrumentos musicais.

Para o músico e proponente do projeto, Fabrício Ribeiro, o ineditismo está em levar música de câmara com um repertório diferente para cada uma das apresentações, que também acontecem em locais distintos de Curitiba. “É um gênero que ainda não é conhecido do grande público. Nosso objetivo em trabalhar o repertório e a circulação do projeto é possibilitar que nosso quinteto de sopros seja assistido por diferentes públicos”, explica. O quinteto é uma combinação instrumental de flauta, oboé, clarineta, fagote e trompa.

A temporada, que vai até novembro, conta com concertos sempre às 19h30. “Choros e Canções” é o próximo: no Teatro do Paiol na próxima terça-feira (22). Os seguintes serão: “Música do Século XX e XXI”, no Auditório da UTFPR (19/06); “Suíte Brasileira”, no Teatro Cleon Jacques (14/08); “Sopro5 em Concerto”, na Capela Santa Maria (23/10); e “Villalobiando”, no Museu Paranaense (27/11).

A programação faz parte do já reconhecido Circuito Cultural Ademilar, que reúne projetos dos mais variados estilos, promovendo a música e as artes plásticas, entre outras manifestações culturais, na cidade de Curitiba. A iniciativa viabilizará cerca de 20 projetos só neste ano por meio da Lei do Mecenato Municipal, com recursos do Imposto Sobre Serviços (ISS).

Serviço:
Concerto Choros e Canções
Data: 22/maio
Horário: 19h30
Local: Teatro do Paiol
Praça Guido Viaro, s/n°, Prado Velho, Curitiba
Ingressos:
R$ 5,00 (meia-entrada) e R$ 10,00 (inteira).
Compre pelo site www.aloingressos.com.br, ou uma hora antes do concerto, na bilheteria do Teatro do Paiol.

Conheça outros projetos que integram o Circuito Cultural Ademilar e saiba mais sobre a iniciativa: www.circuitocultural.com.br

Atendimento à imprensa:
The Way Comunicação / Tel.: (41) 3107-2020

EM TURNÊ COM O EP “PRA DOER”, TUYO FAZ SHOW NO PAIOL COM JANINE MATHIAS E DOW RAIZ

Com um som flutuante, letras existenciais e elementos lo-fi, trio de folk futurista se apresenta em Curitiba no dia 7 de junho

Criando uma fusão entre o orgânico e o sintético num labirinto de voz, violão e beat, a Tuyo tem se destacado na música independente brasileira. No dia 7 de junho, o trio apresenta seu folk futurista em Curitiba, mesclando o violão denso de Machado com o trabalho vocal audacioso das irmãs Lio e Lay Soares. O show, que integra a turnê “Pra Doer” e acontece no Teatro Paiol, terá as participações especiais de Janine Mathias e Dow Raiz, unindo vertentes como o rap e o samba.

Lançado em 2017, o EP de estreia da Tuyo tem um som flutuante, letras existenciais e elementos lo-fi. Carregado de identidade, o trabalho traz a fluidez entre o antigo e o recente, tocando a alma e reverberando o encontro da violência com a elegância. No mesmo ano, foi divulgado o clipe de “Amadurece e Apodrece”, uma das quatro faixas do EP. Sem medo de sair da superfície, o trio cria um show repleto de força e sensibilidade, despertando a habilidade de sentir e de se emocionar.

“Todo espetáculo é um impacto diferente. As pessoas se conectaram real. O show tem um espectro espiritual muito forte. A gente vai desarmado, de peito aberto, e volta pra casa modificado, esquisito. É aquela coisa de expurgar os demônios mesmo – tantos os nossos quanto os de quem assiste. Não tem nada mais bonito que olhar no olho de quem nunca te viu antes, mas parece que sabe tudo sobre você”, conta Lio sobre a experiência da turnê.

No show em Curitiba, que conta com direção musical de Gianlucca Azevedo, o repertório também será formado por músicas do próximo álbum da Tuyo, “Pra Curar” – previsto para o segundo semestre. Para 2018, a Tuyo prepara, ainda, o clipe de “Conselho do Bom Senso” e um single em parceria com a cantora e compositora Bruna Mendez e o Cafofo Estúdio, de Goiânia (GO).

Serviço:
Tuyo – Pra Doer
Data: 7 de junho (quinta-feira), às 19h
Local: Teatro Paiol – Praça Guido Viaro, Prado Velho, Curitiba
Ingressos: R$ 10 meia e R$ 20 inteira, pela plataforma Sympla
Confira a página do evento, aqui

Para saber mais
Site | Facebook | Instagram | YouTube | Twitter

PARANAMBUCO E ITAERCIO ROCHA LEVAM RITMOS TRADICIONAIS BRASILEIROS AO PAIOL

Com entrada gratuita, shows encerram o projeto “Paranambuco apresenta: Orun Ayê” nos dias 28 e 29 de abril

A terceira e última minitemporada do projeto “Paranambuco apresenta: Orun Ayê” conta com a participação especial do músico, bonequeiro e carnavalesco Itaercio Rocha. Os shows acontecem nos dias 28 e 29 de abril, no Teatro Paiol. As apresentações têm entrada gratuita, com o intuito de aproximar o público curitibano de ritmos tradicionais brasileiros.

O trabalho autoral do Paranambuco surgiu em 2010, a partir do estudo da musicalidade tradicional brasileira. O grupo é formado pelo pernambucano Matheus Braga, a paranaense Jô Nunes, o paranaense Bruno Klammer, o mineiro Fred Pedrosa e o catarinense José Navarro. Nos shows, o repertório do álbum “Orun Ayê” traz ritmos como baião, coco, samba, maracatu e xote, além de ijexá, toruá, barravento, puxada de rede e jongo.

“Toda manifestação cultural tem o objetivo de fazer permanecer uma história. Então, ao reunir e apresentar diferentes regionalidades, nossa intenção é fortalecer a identidade do Brasil. Por meio de ritmos brincantes e da interação com a plateia, queremos propor que a diversidade do nosso país seja valorizada”, conta Matheus.

Participação
Os shows terão a presença do artista Itaercio Rocha, fundador do Garibaldis e Sacis, o bloco mais popular de Curitiba. Itaercio atuou e dirigiu espetáculos no grupo Mundaréu, com o qual gravou vários álbuns. Em 2006, lançou o primeiro disco solo e autoral, “Chegadim”. É autor do livro/CD “Como é bom festa junina III”, em parceria com Mara Fontoura, com quem ainda escreveu “Como diz o ditado”. Em parceria com o Hospital Pequeno Príncipe, lançou os álbuns “Cancioneiro popular” (2009) e “Encanto de brincar” (2013).

A primeira edição do “Paranambuco apresenta: Orun Ayê” teve como convidado o rabequeiro e percussionista Carlos Ferraz, uma das principais referências da cultura popular e da capoeira angola em Curitiba. Na segunda minitemporada, a participação especial foi da cantora e compositora Janine Mathias, que mescla elementos do rap, soul e samba.

Paranambuco – crédito foto: Dayana Luiza

Serviço:
Show Paranambuco – part. Itaercio Rocha
Data: 28 de abril, às 20h | 29 de abril, às 19h
Local: Teatro Paiol
Endereço: Praça Guido Viaro, s/n, Prado Velho, Curitiba
Entrada: gratuita
Página do evento, aqui

DO ERUDITO AO POPULAR: MÚSICA DE CONCERTO PARA TODOS OS GOSTOS

 

O conjunto Sopro5 Quinteto estreia em abril temporada inédita de concertos temáticos de música instrumental

O tradicional conjunto de música instrumental Sopro5 Quinteto estreia dia 24 de abril às 19h30 em Curitiba, no Portão Cultural – Auditório Antônio Carlos Kraide, temporada inédita de concertos temáticos, com repertório variado e enfoque nos compositores brasileiros. Os ingressos custam R$5,00 (meia entrada) e R$10,00 (inteira).

Cada apresentação terá um tema diferente, percorrendo os mais diversos estilos e arranjos, desmistificando a música de câmara. A ideia é levar um novo público aos teatros e auditórios para apreciar essa manifestação milenar e ainda atual.

O conjunto nasceu em 2015 e é formado por músicos paranaenses que, aliando suas experiências em orquestras e música de câmara, buscam apresentar obras originais e adaptações para divulgar e incentivar a criação de novas composições para o gênero.

A instrumentação atual do quinteto de sopros reúne flauta, oboé, clarineta, fagote e trompa.

Marcelo Oliveira / clarinete

Temporada 2018
O projeto estabelece um novo padrão de divulgação da música de câmara, uma vez que o Sopro5 Quinteto é o único conjunto de Curitiba e um dos poucos do Brasil a divulgarem uma temporada de concertos com temáticas distintas, seguindo o exemplo das grandes e tradicionais instituições de arte e música – museus, ballets, casas de ópera e orquestras ao redor do mundo.

A temporada vai até novembro deste ano e faz parte do calendário do Circuito Cultural Ademilar, uma iniciativa que está viabilizando uma série de projetos culturais em Curitiba por meio da Lei do Mecenato Municipal, com recursos do ISS – Imposto Sobre Serviços. Em 2018 já são cerca de 20 projetos que fomentam a cena cultural da cidade.

Na estreia, o concerto traz a Belle Époque, período histórico que contempla o final do século XIX até o início da Primeira Guerra Mundial. O programa inclui obras originais para quinteto de sopros inspiradas neste período e com compositores nascidos na mesma época. Dentre elas estão as obras de Paul Taffanel, Jacques Ibert e Adrien Barthe e Júlio Medaglia.

A temporada segue com os concertos Choros e Canções, em 22 de maio, Música do Século 20 e 21, em 19 de junho, Suítes Brasileiras, nos dias 13 e 14 de agosto, Sopro5 em Concerto, em 23 de outubro, e fecha com Villalobiando, em 27 de novembro.

Desde as suas primeiras apresentações, em 2015, o Sopro5 Quinteto tem dedicado atenção especial à divulgação do repertório de música brasileira. Nesta temporada serão apresentadas composições nacionais em todos os concertos, em especial de compositores paranaenses e jovens acadêmicos dos cursos de composição da UNESPAR e UFPR.

Com estilo e bom gosto, o Sopro5 Quinteto mostra como dividir com o público os prazeres da boa música. Fabrício Ribeiro (flauta), Marcos Vicenssuto (oboé), Marcelo Oliveira (clarinete), João Vitor Jr. (fagote) e Fabio Jardim (trompa) compõem o grupo.

Serviço:
Concerto Belle Époque
Data: 24/04
Horário: 19h30
Local: Portão Cultural – Auditório Antônio Carlos Kraide
Avenida República Argentina, 3430 – Água Verde, Curitiba
Ingressos: R$10,00 (inteira) R$ 5,00 (meia)
Compre pelo site www.sopro5.com.br ou nos pontos de vendas:
Portão Cultural – Auditório Antônio Carlos Kraide – Av. Rep. Argentina, 3430 – Água Verde, Curitiba
Teatro Paiol – Praça Guido Viaro, s/n – Prado Velho
Capela Santa Maria – Conselheiro Laurindo, 273 – Centro

MÚSICA, PAIXÃO E TECNOLOGIA

 

Projeto visa contribuir para a expansão e profissionalização do cenário musical em Curitiba

O Teatro Paiol recebe, nos dias 17 e 18 de abril, o projeto Música, Paixão e Tecnologia, uma série de workshops com quatro músicos com percursos reconhecidos no cenário nacional e internacional. A entrada é franca, mediante inscrição prévia na plataforma Sympla.

Os workshops tem como  proposta o direcionamento musical e de carreira para músicos profissionais, estudantes, músicos amadores, comerciantes e funcionários do segmento. Serão abordados conceitos de estilo musical, linguagem, interpretação, harmonia, improvisação, uso da tecnologia na produção musical, gestão de carreira, dentre outros assuntos.

Para esta edição,  os workshops contarão com os músicos, aclamados internacionalmente, Pepeu Gomes, Edu Ardanuy, Raul Misturada e Edgard Cabral.

Pepeu Gomes compartilhará com o  público seu percurso, em formato de aula show,  instrumentalizando os alunos a partir de sua vasta experiência no meio musical; Edu Ardanuy focará seu workshop teórico acerca de questões  do “Mean Stream”; Edgard Cabral discorrerá sobre sua experiência como músico acompanhante de grandes artistas e sobre sua experiência como produtor de estúdio e Raul Misturada, focará sua fala a partir da relação de música e tecnologia, em uma aula show.

O universo dos artistas é bem maior do que a imprensa consegue veicular ou do que as prateleiras das lojas conseguem expor. Aqueles que vivem da música ou possuem a música como atividade complementar em suas vidas, ficam um tanto confusos sobre quais os caminhos devem trilhar para atingir seus objetivos, assim, a série de workshops pretende instrumentalizar, a partir dos contextos de experiência dos músicos convidados, músicos profissionais, estudantes, amadores e outros membros ligados à cadeia produtiva da música, contribuindo para expansão e profissionalização da área.

Todos os  workshops  serão gravados em vídeo e disponibilizados no Youtube na íntegra em formato de vídeo aula para os interessados. O material terá acesso gratuito.

Música, Paixão e Tecnologia, uma realização de Cactus Raius Arte & Rock’n’Roll e Creation FD,  tem o incentivo do PROFICE, Governo do Paraná, com apoio da Havan e Fundação Cultural de Curitiba.

SOBRE OS MÚSICOS:

Edu Ardanuy: considerado pela crítica especializada um dos melhores guitarristas da atualidade. Integrante e formador da banda de hardrock Dr. Sin, conhecida e respeitada no mundo todo. Paralelo a isto, Ardanuy desenvolve outros projetos ligados à música, sejam eles solo ou com outras bandas. Destaca-se também por sua atuação como compositor, produtor musical e arranjador.

Edgard Cabral: músico, compositor, produtor e arranjador musical. Edgar Cabral é conhecido por sua vasta experiência em gravações em estúdio, sua técnica apurada, além de músico acompanhante de grandes nomes, principalmente no meio gospel, mas também no meio secular: André Valadão, Nívea Soares, David Quinlan, Ana Paula Valadão, Pr. Cirilo “Santa Geração”, Leonardo Gonçalves, Nelson Ned, entre outros.

Raul Misturada – Foto Nadja Kouchi

Raul Misturada: Cantor, compositor, multi instrumentista, arranjador e produtor musical. Esses são os atributos que compõem as várias facetas do pernambucano Raul Misturada, nascido em 1986, na cidade de Recife. Em 2009 lançou seu primeiro disco: Artista Brasileiro, com formação para Orquestra de Câmara. Em 2011, iniciou uma um novo trabalho com o acordeonista Bruno Moritz (SC), fruto dessa parceria nasceu o disco “Capim Limão”, o mesmo conta com a participação de Arismar do Espírito Santo (SP) nas guitarras. Em 2013, lançou em parceria com o Mazin Silva o disco Quântico. Em sua atuação como arranjador e produtor musical já executou mais de vinte trabalhos do jazz ao metal, porém todos trabalhos que buscam experimentar novas possibilidades sonoras. Raul Misturada também ministra workshops e cursos de música e tecnologia musical.

Pepeu Gomes: um dos nomes mais significativos da música brasileira, história viva e revolucionária de nossa música. Na década de 70, com Moraes Moreira, Paulinho Boca de Cantos, Luiz Galvão e Baby Consuelo, formou o grupo Novos Baianos, respeitado no mundo todo por sua riquíssima produção musical. Também seguiu em carreira solo e continuou destacando-se no cenário musical mundial. Apesar de seu grande reconhecimento como guitarrista, estando entre os melhores do país, Pepeu Gomes é um exímio cantor, produtor musical, arranjador e compositor. Muitas de suas canções também fazem parte da televisão brasileira (novelas, filmes, etc.).

MÚSICA, PAIXÃO E TECNOLOGIA
TEATRO PAIOL (Praça Guido Viaro, s/n, Prado Velho)
EDGARD CABRAL – 17/04 às 16h30
RAUL MISTURADA – 17/04 às 19h00
EDU ARDANUY – 17/04 às 20h30
PEPEU GOMES – 18/04 às 20h00

ENTRADA FRANCA– Inscrições pela plataforma SYMPLA, até o dia do evento: A entrada no evento se dará com a apresentação do comprovante de inscrição. (lotação 200 pessoas por workshop)

LINKS PARA INSCRIÇÃO:
Edgard Cabral – aqui
Raul Misturada – aqui
Edu Ardanuy – aqui
Pepeu Gomes – aqui

Mais informações na página do projeto, aqui