KAFKA EDIÇÕES LANÇA COLEÇÃO DE LIVROS COM NOVAS VOZES DA LITERATURA PARANAENSE

As seis obras da coleção Geração PR10 serão lançadas no dia 9 de outubro no Hangar – Casa do Ócio e condensam um olhar provocativo e reflexivo sobre o cotidiano, o absurdo e a incomunicabilidade. 

A Kafka Edições lança no dia 9 de outubro, a partir das 19h, no Hangar- Casa do Ócio, a coleção Geração PR10, viabilizada por meio da Lei Municipal de Incentivo à Cultura de Curitiba – Mecenato Subsidiado. Pensada como um recorte da produção literária no estado após 2010, a série retrata a renovação da literatura paranaense e, em simultâneo, celebra uma poética distinta e em diálogo com nomes como Manoel Carlos Karam, Wilson Bueno, Paulo Leminski e Jamil Snege. 

Os seis livros de contos que integram a coleção Geração PR10, ainda que diversos entre si, se assemelham pela linguagem provocativa e pela exploração de novos terrenos em termos de forma. Gravitando entre o real e o absurdo, são obras que permeiam temas e situações em consonância com os nossos tempos e que lançam um olhar singular sobre questões do cotidiano. “A ideia é fazer com que essa coleção irradie os autores como novos nomes e que continue uma batalha da Kafka Edições em revelar uma ficção que busca desafiar a linguagem”, explica o editor Paulo Sandrini, responsável pela curadoria da coleção Geração PR10, juntamente com Fernando Koproski. 

Em 14 Corpos de João e Maria, João Paulo Partala se debruça sobre a morte e a invisibilidade social, esmiuçando as contradições das condições da sociedade e a banalidade da vida. São textos que, por meio de um olhar arguto e de uma narrativa cheia de agudezas, traça uma linha limite entre o sujeito e o mundo, perpetuando a tradição de Camus no tratamento ao outro, mas também revelando eco da crônica diária. Partala cria um universo em que o trágico e o humor negro precisam coabitar. 

A Batida dos dias, de Carol Sakura, busca no onírico a possibilidade de refletir sobre o concreto. Seus personagens estão em becos sem saída, envoltos em alguma névoa de instabilidade e insegurança. Os relatos dão conta da opressão, velada – ou revelada – em relação sobretudo às mulheres. Com uma prosa pausada e reverencial, a escritora faz uma literatura centrípeta: olha para si para poder compreender o que está além dos seus próprios domínios. 

Deslocamentos 
Meio paranaense, meio finlandês, Sérgio Lutav é um maringaense que vive há alguns anos em Helsinque e seu livro Como invocar o Diabo e conjurar espíritos baixos reflete a ideia do não-lugar: o ser para não estar. Sua narrativa é um tratado sobre o deslocamento e o sentir-se deslocado, sobre o não pertencer. Lutav faz uma simbiose entre os olhares fantásticos de Kafka e de Cortázar, uma amálgama que, à primeira vista, pode soar desconexo, mas que, em realidade – e lá se vão os conceitos de real! –, tem muito a dizer sobre o autor e também sobre o leitor. Como invocar o Diabo e conjurar espíritos baixos é uma metáfora poderosa sobre o estrangeiro – aquele que, como diziam os Titãs, não é de lugar nenhum. 

Nas narrativas de Contos do Microcosmo, Guylherme Custódio usa a concisão para falar de temas que nos afligem constantemente. Seus contos são como elefantes na sala: tratam da complexidade das relações e das contradições do comportamento humano. Através desse espelho partido, Custódio relata o inesperado, o absurdo do real e o isolamento. São relações e vidas frustradas como uma condição inerente aos homens e mulheres, como se a perda da inocência fosse uma prerrogativa à vida adulta. 

Em Histórias mínimas, Jonatan Silva eleva o absurdo às últimas consequências. São personagens e situações dilacerados pela guerra e pela violência do cotidiano. Como uma metáfora sobre o caos, o livro dilata a inconstância e a vulgarização da vida – em uma espécie de olhar microscópico sobre o mundo. Histórias mínimas esboça a ideia de fronteiras sem limites e diálogos silenciosos, como se a comunicação entre os diferentes se tornasse, mais e mais, uma impossibilidade diante do abismo. 

Zumbido, de André Knewitz, é – como o próprio título sugere – uma alegoria sobre a vida nas cidades e seu ambiente castrador. Como ponto de contato entre os textos que formam o livro, personagens silenciados diante dos zumbidos provocados por aqueles que têm voz. Nessas relações de poder, Knewitz mistura as singelezas do tentar se encontrar e a dor de se saber importante. São gentes como o camponês no conto “Diante da lei”, de Kafka, que, apesar de consciente da impossibilidade, guarda dentro de si a esperança de um dia entrar nos espaços sagrados. 

Diálogos 
Para além das questões formais, os seis livros da Geração PR10 tratam do sujeito diante das impossibilidades e da necessidade de buscar uma alternativa para contrapor um cenário de tempo fechado, onde todos estão dançando em campo minado. São imagens corrosivas, e também corroídas, que pela sua estranheza e realidade convidam o leitor à reflexão e ao olhar mais profundo sobre os caminhos que o mundo está tomando. “São visões de mundo que trazem questionamentos, mas não respostas”, comenta Sandrini. 

Por outro lado, a Geração PR10 é também uma discussão sobre o espaço urbano e suas diferentes configurações. Algumas obras falam de uma Curitiba que não é cantada na literatura. “A gente vê muitas vezes os escritores querendo fazer de Curitiba o seu espaço, mas qual é a cidade nesses textos? Não é necessariamente uma Curitiba periférica, miscigenada, de uma população negra muitas vezes subalterna e oprimida”, comenta Sandrini, que cita 14 Corpos de João e Maria como um exemplo dessa vastidão de viagens por essa outra Curitiba, a do sujeito que vive as mazelas da periferia. 

Com a coleção Geração PR10, a Kafka Edições faz um mergulho denso no conto paranaense em suas novas formas e temáticas, mas sem perder de vista o diálogo com o que é produzido na literatura brasileira e internacional. As seis obras condensam um espírito combativo, experimental e altamente criativo das novas vozes da literatura do Paraná. 

Serviço 
Lançamento da Coleção PR10 – Kafka Edições
Quando: 9 de outubro
Horário: a partir das 19h
Endereço: Hangar – Casa Do Ócio – Alameda Dr. Muricy, 1091 – São Francisco, Curitiba – PR
Entrada: gratuita – os livros serão vendidos a R$20 por exemplar (a coleção completa por R$ 80)
Página do evento, aqui

ATENÇÃO CURITIBA E REGIÃO METROPOLITANA, INSCRIÇÕES PARA SER UM LÍDER ALICERCE FORAM ABERTAS!

“Você é um jovem universitário ou recém-formado de alto potencial? Você precisa de ajuda para realizar um sonho? Você tem vontade de ajudar outras pessoas a alcançarem o mesmo potencial que você alcançou? Então você tem que conhecer o Alicerce. 

O Alicerce Educação é uma solução educacional que oferece complemento e reforço educacional presencial para crianças e jovens no contra turno escolar. 

Com programa de ensino moderno e inovador buscamos potencializar o talento de nossos alunos para que atinjam o máximo de suas habilidades individuais.

Criada por Paulo Batista (fundador e CEO) e tendo como investidores Eduardo Mufarej (RenovaBR), Jair Ribeiro (Parceiros da Educação) e Luciano Huck (Globo e Joa Investimentos), a empresa busca reduzir o déficit de oportunidades brasileiro por meio da educação acessível e de qualidade.

Para realizar nossa missão, o Alicerce está recrutando os melhores jovens líderes do Brasil, universitários ou recém-formados, principalmente aqueles que tenham vontade de inspirar outros jovens, para a primeira formação de líderes do Paraná.

– remuneração de ATÉ R$ 3k/mês para 48hs semanais 
(veja tabela no link)
– carga horaria flexível 
(manhã ou tarde, 2x ate 6x semana com remuneração proporcional)
– programa de mentoria e aceleração de carreiras dentro e fora do Alicerce.
– formação em pedagogia moderna.
– suporte ao empreendedorismo.

Inscreva-se no site!!! 
Www.alicerceedu.com.br/tutor e 

SELECIONE O ESTADO DO PARANÁ.
A causa da educação é urgente e 
você pode participar!

Atenção!! 
O prazo para inscrição no processo seletivo para a primeira formação de líderes Alicerce se encerrara em 28.08.2019!!!”

+ informações: 
Www.alicerceedu.com.br
www.facebook.com/alicerceedu/

LINK´S INTERESSANTES!

Esta página tem todos os links que encontramos para você conseguir um emprego, um frila, uma bolsa, enfim, uma oportunidade regional, nacional e até internacional! Na sequência temos links de parceiros comerciais e apoiadores do site FATO Agenda; No quarto bloco temos os sites de jornalistas, blogueiros, escritores, músicos e outras pessoas interessantes; E por último temos links interessantes (com ferramentas) para quem trabalha com design!

Cada link aqui tem seu valor e utilidade, aproveite!!!

GRUPOS NO FACEBOOK
– Vagas de Comunicação no PR
– Vagas Grupo Estágios UTFPR 
– Vagas de Comunicação e MKT em Curitiba
– Marketing Digital Curitiba

Vagas para profissionais de comunicação (NACIONAL)
Vagas – Marketing Digital – Curitiba
– Grupo Marista Carreiras

VAGAS EM AGÊNCIAS (CURITIBA E SP)
– Vagas na Agência i-cherry & Mirum Agency (Curitiba e SP), aqui
– Vagas na Agência GhFly (Curitiba e São Paulo-SP), aqui
– Vagas na Agência WX (Curitiba), aqui

VAGAS E OPORTUNIDADES:
– Vagas Sesc Paraná
–  IJnet – rede de jornalistas internacionais
– Vagas | ONU BRASIL – nacional
– Blog CONCURSOS LITERÁRIOS
– Partiu Intercâmbio – Intercâmbio, bolsas de estudos, viagem 
– ParanáCine – infos, mostras, editais de cinema
– Intercâmbio, Bolsas – ESTUDAR FORA – Internacional
 Vagas Com. e Geral + MEU NOVO TRABALHO – CTBA

– Facebook – CONCURSOS ARTE, Design + Mundial
– Facebook – Concursos – DESIGN CONCURSOS + Mundial
– Facebook HÁ VAGAS + vagas Comunicação – PR e SC
– GRPCOM + vagas Com., Mkt, TV – Paraná
– Associação de Vídeo e Cinema do Paraná – Avecpr
– Processos Seletivos / NA PRÁTICA – Nacional
– Bolsas de Estudo – UNIVERSIA – Internacional
– Está disponível? – Nacional
– Bab.La Estágios Brasil – Nacional e Internacional
– Univesp TV – Cursos livres p/ todos
– Buscador de empregos JOOBLE
– Capivalley >> Portal de startups CWB/PR
– Concursos e editais – PCI – Nacional
– Concursos Atuais – Nacional e Curitiba
– Concursos, Estágios – BLASTING NEWS + Internacional
– Concursos e empregos – G1 – Nacional
– Twitter VAGASPR + vagas GERAL – Paraná

– Concursos, melhores frases – BAÚ DA PROMOÇÃO
– Direitos dos Jornalistas
– ESTÁGIO E TRAINEE 2013 + Nacional
– MULTIPLICADOR DE TRAMPOS + vagas Com. – Nacional
– Outros Concursos Literários
– Primeiro Emprego Curitiba
– Quem quer ser trainee?
– Roteiro de Cinema
– SindiJor – PR
– CLUBE DE CRIAÇÃO DO PARANÁ
– Casa 102 – Um lugar para compartilhar
– Novo em Folha (jornalismo)
– VAGAS EM COMUNICAÇÃO + Nacional
– Vagas Com. + JOBS EM COMUNICAÇÃO – Nacional
– Vagas Com. + JORNALISTAS FREELAS – Nacional
– Vagas Com. + Mkt, Design – TRAMPOS + Nacional
– Vagas Com. Social + BLOG NOVO EM FOLHA – Nacional
– Vagas Com. e Geral + INDEED – Curitiba e Nacional
– Vagas Com. e afins + ACHE UM JOB – São Paulo
– Vagas Design, Prog. e PP + NA LABUTA – Nacional
– Vagas Geral + CENTRAL DO ESTÁGIO – Paraná
– Vagas MKT E COMUNICAÇÃO – Nacional
– Vagas, frilas, com., des., foto + PROLANCER – Nacional
– Twitter TRAMPOS+ vagas Com. Digital e PP – Nacional
– Twitter VAGAS_Mkt – Nacional
– Vagas Com. e afins + BLOG DO COUT – Nacional
– Vagas no Grupo Positivo (Curitiba)
– Vagas no Grupo Marista (Curitiba)

OUTROS
– Vagas no Grupo Boticário, aqui

PATROCÍNIO:
Loja Das Pulgas
Goleiro de Aluguel
 – ICWB – loja e assistência técnica

 – Evilazio Transportes
 – Leandro Hammerschmidt
 – Tramma Ateliê

APOIO & PARCERIAS:
Na-Nu – Arte, Cultura e entretenimento
Tecnicópias – Impressão Digital

Tecnicópias – Impressão Digital (facebook)
Tradução de Currículos / Inglês/Espanhol
Pandeluc Brechó
Fotógrafa: Sabrina Hammerschmidt
Dálie Felberg Fotografia (facebook)
Biondo Artwork
Rodrigo Kolb Apps
Just Virtual

VARIEDADES:
FRANCOfonia
Entretenha-me
Franco das Camélias (música)
Jornal TiraGosto (trash jornalismo)
Banguê – Ritmo, Poesia & Consciência
Blog Cinema em Curitiba (programação gratuita)
Selo (musical) Onça discos
–  A Escotilha – Cultura independente

Marcelo Veiga Fotografia
Livre.jor (jornalismo de dados)
Amareloroque – Criações de Jeová Pereira Lima
Futebol Metrópole (Leonardo Bonassoli)
Selvática Ações Artísticas
Fotógrafa: Melissa Andreata
Siguilita no espaço (literatura)
de gaveta/ cristina seciuk (literatura)
Esparsas Palavras / Felippe Aníbal (literatura)
O Caixeiro dos contos (literatura)
A musicoteca – plataforma de música com artistas novos
Leandro Hammer (músicas)
Um tanto cinzento (crítica)
claque ou claquete (cinema)
PBF Comics (tirinhas foda!)
Revista IdeaFixa
Esfera Pública
MiReflexo (literatura)
Pepino Circense (humor)
Corrente fria, corrente quente (teatro)

UTILIDADES:
Tiny Png – site pra comprimir fotos (com qualidade)
–  Nosso post – com 53 bancos de imagens gratuitos
Site contador de caracteres
Lorem Ipsum – link gerador de texto
Avctoris – (lê-se “auktóris”) uma startup focada na proteção de direitos autorais e gestão desses direitos

Canva – Usando o Canva, você pode criar (gratuitamente) gráficos,  posts para mídias sociais e vídeos com qualidade profissional.

Para quem está procurando emprego recomendo que entre no grupo de e-mails da Elenize de Poli. Para isso basta mandar uma e-mail com o assunto “vagas” para elenizedepoli+subscribe@googlegroups.com / todos os dias ela manda e-mails com vagas para CURITIBA. Minha dica é criar/inscrever um e-mail só para receber essas vagas, pois ela manda muitos e-mails por dia (muitos mesmo!), e para todos os tipos de vagas e cargos.

Se você tiver links interessantes  para indicar (nessa linha: com vagas e oportunidades) mande para leandro.hammer@gmail.com

CERVEJARIA AMBEV CONTRATA SUPERVISOR(A) DE COMUNICAÇÃO

Cervejaria Ambev contrata Supervisor(a) de Comunicação. Vaga para trabalhar em Curitiba.

“Será responsável pelo direcionamento regional das estratégias e plataformas das marcas de cerveja da cia nos Estados do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

RESPONSABILIDADES E ATRIBUIÇÕES:
-Relacionamento com parceiros: agências, produtoras, grupos locais, influenciadores, imprensa
-Desenvolver planos das marcas de cerveja com olhar regional
-Entendimento do consumidor em toda a sua jornada de compra
– Responsável por articular a informação / conteúdo das marcas para dentro da cia e para fora (mercado)
– Digital Trade
-Gestão de budget da área
-Análise de atributos das marcas e share por meio da ferramenta de Brand Guidance e Nielsen

REQUISITOS E QUALIFICAÇÕES:
Formação: Ensino Superior. Curso: Publicidade e Propaganda, Marketing, Design e afins. Desejável: Experiência com agências/ produtoras e conhecimento de MKT Digital

Interessados candidatem-se através deste link

SEJA BEM-VINDO! SOMOS A CERVEJARIA AMBEV
Nossa gente aqui na Cervejaria Ambev sonha GRANDE! Somos milhares de apaixonados pelo que fazemos. Nosso maior objetivo é inovar no setor de bebidas com a maior qualidade e diversidade possível, para que você possa brindar qualquer ocasião escolhendo o que mais gosta!

A nossa Cultura é focada em construir um ambiente inclusivo e colaborativo, onde as pessoas possam ser o melhor delas mesmas! Gente é o nosso maior ativo, afinal sabemos que investir no potencial de nossos colaboradores é trazer ainda mais qualidade ao nosso negócio e às nossas bebidas. Por isso, estamos sempre em busca de talentos diversos, dispostos a construir esse grande sonho com a gente de unir as pessoas por um mundo melhor.

Prazer, somos a Cervejaria Ambev e adoraríamos te ter com a gente.

Cheers!”

GERENTE DE E-COMMERCE / INTERIOR DO PARANÁ

vaga para atuar no interior do Paraná.

atividades: Atuar com gerenciamento geral do E-commerce e assessoria a todos os meios digitais da empresa.

requisitos: Formação Superior completa. Experiência em gestão de E-commerce, preferencialmente na atual Plataforma CORE da EZcommerce. Talento técnico na área digital e vendas on-line, habilidade para codificação. Domínio das ferramentas Adwords e Analytics.

Interessados enviem currículo, mencionando cargo e pretensão salarial para find@findhc.com.br

MOSTRA PARANAENSE DE DANÇA 2018

Mostra Paranaense de Dança. Crédito das fotos: Cayo Vieira

 ABABTG divulga cronograma de inscrições e seletivas

Em 11 anos de existência, a Mostra Paranaense de Dança – iniciativa da Associação de Bailarinos e Apoiadores do Balé Teatro Guaíra (ABABTG) – se tornou o maior evento do gênero no Brasil. Em sua última edição, em 2017, reuniu cerca de 17 mil pessoas – entre público, artistas inscritos, bailarinos profissionais convidados, equipe técnica e alunos das oficinas e workshops. Ao todo, o Festival contou com a participação de grupos de 56 cidades, sendo três de Santa Catarina e o restante do Paraná. Ambos os estados reuniram 2360 artistas inscritos, que apresentaram 566 coreografias, sendo que, destas, 122 foram aprovadas para a Mostra Final. Em 2018, a Mostra dá continuidade à sua missão de promover apresentações artísticas de companhias profissionais convidadas, revelar o talento de artistas e grupos amadores, promover a interação entre profissionais e estudantes da dança, ofertar iniciativas de formação e trazer para o Brasil artistas internacionais para apresentações inéditas.

Todos os anos, estudantes de todos os estilos de dança do Paraná e de estados vizinhos aguardam ansiosos a divulgação do cronograma de atividades da Mostra e a revelação das cidades escolhidas para receber as seletivas. Este ano, além de Curitiba, a ABABTG passará por Campo Mourão, Pato Branco, Ponta Grossa e Arapongas. Grupos, escolas, academias e bailarinos poderão se inscrever a partir do dia 7 de abril (cronograma de inscrições abaixo). Os grupos inscritos se apresentarão para uma banca de profissionais convidados pela Associação e alguns trabalhos serão selecionados para a grande final realizada tradicionalmente no palco do Guairão.

Essas cidades ainda vão receber oficinas de aprimoramento técnico e artístico em modalidades variadas, ministradas por profissionais habilitados. A grande abertura da Mostra acontece no Guairinha no dia 2 de maio e contará com a apresentação de solistas finalistas e/ou premiados no Internationales Solo-Tanz-Theater Festival Sttutgart, que acontece anualmente na Alemanha.

Cronograma da edição 2018 da Mostra Paranaense de Dança da ABABTG

Período de inscrições de escolas, academias, grupos e artistas, via site: www.ababtg.org.br/mostra:

Curitiba: de 7 a 13 de abril
Campo Mourão: de 21 a 27 de abril
Pato Branco: de 28 de abril a 4 de maio
Ponta Grossa: de 5 a 11 de maio
Arapongas: de 12 a 18 de maio

Período de seletivas nas cidades do Paraná:
Curitiba: de 3 a 6 de maio
Campo Mourão: 19 e 20 de maio
Pato Branco: 26 e 27 de maio
Ponta Grossa: 2 e 3 de junho
Arapongas: 9 e 10 de junho

Abertura com os solistas internacionais:
· Dia 2 de maio, no Guairinha, em Curitiba.

Mostra Final com os grupos selecionados e profissionais convidados:
· Entre os dias 21, 23 e 24 de junho, no Guairão, em Curitiba.

Inscrições para oficinas de aprimoramento técnico e artístico, via site www.ababtg.org.br/mostra:
· Campo Mourão: 30 de abril a 13 de maio
· Pato Branco: 7 a 20 de maio
· Ponta Grossa: 14 a 27 de maio
· Arapongas: 21 de maio a 3 de junho
· Curitiba (Mostra Final): 4 a 17 de junho
*Investimento: R$20,00 por oficina. 

Regulamento e informações: mostra@ababtg.org.br 
www.ababtg.org.br/mostra  ///  www.facebook.com/ababtgoficial

ABABTG
Fundada em 2007, a Associação de Bailarinos e Apoiadores do Balé Teatro Guaíra surgiu para fortalecer a dança e demais artes motivando uma ligação sinérgica entre os setores público e privado. Para tanto, tem desenvolvido projetos culturais que promovam ações de formação, atualização, divulgação e fomento da dança, em suas diversas linguagens. A formação de público e o apoio à gestão de carreira de seus associados bailarinos, ex-bailarinos e apoiadores do Balé Teatro Guaíra também estão entre os compromissos da ABABTG. Formalizada como uma agremiação artística e cultural de caráter civil e personalidade jurídica e recentemente qualificada como Organização Social, a Associação tem demonstrado uma atividade intensa desde a sua fundação. Entre os seus principais eventos está a Mostra Paranaense de Dança, realizada anualmente em diferentes cidades do Estado para incentivar e valorizar bailarinos e grupos amadores e promover apresentações profissionais a preços populares.

FALA COMPANHIA DE TEATRO APRESENTA: NÓS OUTROS

Peça convivial, criada a partir do encontro com índios Guaranis e Kaingang, circula por 24 cidades do Paraná, enaltecendo as relações de encontro desde a diferença. 

A peça teatral Nós Outros, uma realização da FALA Companhia de Teatro, com dramaturgia e direção de Don Correa, circula por 24 cidades do interior do Paraná, realizando uma itinerância de 3278 Km, passando por todas as macrorregiões do estado . O trabalho da companhia curitibana promove o vínculo dos artistas com o espectador a partir da experiência de imersão dos criadores na Aldeia Tupã Nhe’e Kretã, localizada nas imediações do Parque Nacional Guaricana.

Nós outros é um encontro teatral entre pessoas de diversas origens. A partir de uma experiência junto aos Kaingang e Guaranis, o espetáculo busca suspender os discursos e perceber o outro na sua mais completa diferença. Celebrar tanto a cultura quanto cada indivíduo, através de relatos, músicas e danças, é o foco da peça. 

Para a criação da peça, a equipe conviveu com os habitantes da aldeia Tupã Nhe’e Kretã, a fim de participar de atividades propostas por eles. A partir desta convivência, a dramaturgia foi escrita e esboços de encenação foram procurados. 

O trabalho conta com colaborações de Kretã Kaingang, liderança indígena com atuação em nível nacional, e de Florêncio Rékág Fernandes, mestre em Educação e diretor da escola indígena, além dos antropólogos Paulo Homem de Góes e Cauê Krüger. O elenco é composto por Diego Marchioro, Eduardo Ramos, Patrick Belem e Richard Rebelo.

Nós Outros é a busca de um encontro sincero com pessoas com outras visões de mundo. O elenco e equipe criativa buscaram um convívio com os Guaranis e Kaingang na Aldeia Tupã Nhe’e Kretã. O espetáculo busca trazer ao público uma experiência análoga a esta. Reconhecendo a diferença que há entre nós e os outros, entre o semelhante e o diferente, a peça provoca o público a reconhecer a alteridade e ter a possibilidade de uma visão mais complexa do mundo.

Além das apresentações, a equipe realiza oficina de teatro, com acesso gratuito, em todas as macrorregiões e cria registros audiovisuais que são compartilhados em cada lugar visitado.

Com incentivo do Programa Estadual de Fomento e Incentivo à Cultura (PROFICE), Secretaria de Estado da Cultura, Governo do Estado do Paraná, a circulação passa por 24 cidades do Paraná com até 20.000 habitantes.

Nós Outros evoca, através da política do encontro, a relação entre diferenças. Uma peça sobre ser humano e suas relações de afeto. Um encontro a partir de agenciamentos heterogêneos e seus espaços.

SOBRE A FALA Companhia de Teatro:
Fundada pelo diretor e dramaturgo Don Correa e o ator Brian Townes, a FALA Companhia de Teatro é sediada em Curitiba desde 2012. A companhia investiga a concepção de novas dramaturgias, e formas do público se relacionar diretamente com as obras. Dentre os trabalhos da companhia, destacam-se os espetáculos “Parido” (2012), “Zero (2013)”, “Gafanhoto” (2013), “Tutorial” (2017), e “Nós Outros” (2018).

FICHA TÉCNICA:
Direção e dramaturgia: Don Correa
Elenco: Diego Marchioro, Eduardo Ramos, Patrick Belem, Richard Rebelo
Composição musical: Paul Wegmann
Direção de produção: Michele Menezes
Cenário e Arte gráfica: Pablito Kucarz
Artista plástico: Max Carlesso
Figurinos: Fabianna Pescara e Renata Skrobot
Consultoria em antropologia: Paulo Homem de Góes
Assistência de produção: Mia Bueno
Produção Executiva (viagens): Diego Marchioro
Assessoria de Imprensa: Fernando de Proença
Fotos e vídeos: Bem-te-vi Produções
Local de pesquisa: Aldeia Tupã Nhe’e Kretã
Apoio: Copel – Companhia Paranaense de Energia
Incentivo: Programa Estadual de Fomento e Incentivo à Cultura (PROFICE), Secretaria de Estado da Cultura, Governo do Estado do Paraná
Produção: Pró Cult
Realização: FALA Companhia de Teatro
DURAÇÃO: 70 minutos
CLASSIFICAÇÃO: 14+

SERVIÇO DA CIRCULAÇÃO NÓS OUTROS:
17/02 – Teixeira Soares
18/02 – Cruz Machado
19/02 – Mangueirinha
20/02 – Candói / Cantagalo
21/02 – Chopinzinho / Nova Laranjeiras
22/02 – Capanema / Capitão Leônidas Marques
23/02 – Matelândia / Vera Cruz D’Oeste
24/02 – Céu Azul
26/02 – Corbélia / Tupãssi
27/02 – Terra Roxa
28/02 – Mamborê
01/03 – Barbosa Ferraz
02/03 – Assai
03/03 – Faxinal
04/03 – Carambei
06/03 – Porto Amazonas
07/03 – Bocaiúva do Sul
08/03 – Quatro Barras
09/03 – Antonina

ENTRADA FRANCA!

PARA INFORMAÇÕES DE LOCAIS DAS APRESENTAÇÕES E HORÁRIOS, ACESSAR, este link

SESI CULTURA PARANÁ COMEMORA A REALIZAÇÃO DE MAIS DE 450 MIL ATENDIMENTOS EM ARTE E CULTURA EM 2017

Show SESI Música – Mano a Mano Trio e João Bosco

Instituição oferece o acesso à cultura em todo o estado, com programação para diversas linguagens e públicos

O Sesi Cultura Paraná, fundado em 2008 pela Regional Paraná do Serviço Social da Indústria, dedica-se ao desenvolvimento de ações culturais no estado. Desde então, a instituição privada promove o acesso à cultura com foco em programas de formação artística e cultural, investindo em processos criativos, independentes ou de renome nacional, bem como na formação de plateia para todas as linguagens.

Em 2017, mais de 450 mil atendimentos em arte e cultura foram promovidos pelo Sesi Cultura, com um total de 900 ações realizadas em diversas cidades, distribuídas nas categorias de música, artes visuais, literatura, oficina, dança e teatro. Ao todo, 1.697 empresas e 9.759 pessoas da comunidade em geral participaram de atividades, como: festivais, oficinas e exposições artísticas. Além da programação cultural, que reuniu 76.284 espectadores, as bibliotecas do Sesi/Senai somaram 288.384 acessos e cerca de 83 mil empréstimos de livros em todo Paraná, fruto do programa de incentivo à leitura.

Ao longo destes anos, diversos programas foram desenvolvidos pela Gestão Cultural do Sesi: Circuito Cultural, Festival Sesi Música, Núcleos Criativos do Sesi, Sesi Música, Sesi Audiovisual, entre outros. “Todas essas ações sempre tiveram como diretriz o acesso à cultura, a diversidade cultural, a pluralidade da arte brasileira e a valorização dos artistas locais”, explica Anna Paula Zetola, gerente de cultura do Sesi-PR. Atualmente, a instituição possui espaços culturais em Curitiba, São José dos Pinhais, Londrina, Arapongas, Pato Branco, Guarapuava e Santo Antônio da Platina, além de realizar o Circuito Cultural nos teatros em parceria com as secretarias municipais e fundações de cultura.

Entre as regionais, o Centro Cultural Sesi/AML, em Londrina, promoveu 307 ações, sendo o espaço que obteve os melhores resultados de público (18.230). “O Sesi Cultura Paraná oportuniza o conhecimento de novos projetos artísticos, de nomes desconhecidos da maximídia e também promove a profissionalização de jovens produtores, além de desenvolver a economia da cultura local”, finaliza Anna.

Em relação aos destaques do ano da programação do Sesi Cultura Paraná estão:

– Festival de Música do Sistema Fiep: com o objetivo de revelar talentos artísticos dentro da indústria paranaense e das escolas do Sesi, Senai e IEL, o projeto atingiu 155 inscritos no ano de 2017, entre alunos, trabalhadores e dependentes das indústrias. As seis etapas regionais foram realizadas nas cidades de Maringá, Toledo, Pato Branco, São José dos Pinhais, Guarapuava e Arapongas. Um grande show comemorativo e aberto ao público apresentou a etapa final, no Teatro Sesi Campus da Indústria, em Curitiba, com a participação de Uyara Torrente, vocalista da Banda Mais Bonita da Cidade, e Conde Baltazar, da banda Trombone de Frutas. Apresentaram-se 24 artistas concorrentes, sendo oito de cada categoria (Música Sacra, MPB e Música Regional).

Núcleos Criativos: o programa de formação que a instituição oferece para criativos nas áreas de dramaturgia, audiovisual, artes visuais e composição musical, reuniu 92 participantes em 70 encontros ao longo de 2017, distribuídos entre as cidades de Curitiba e Londrina. Já nas oficinas de artes, foram 2.492 inscritos, com a participação de 110 empresas e 1.331 espectadores. Em 2018, a instituição pretende dar continuidade ao projeto com o desenvolvimento de mais ações dentro das categorias.

– Circuito Cultural: o programa tem a proposta de oportunizar o acesso ao bem cultural. Em 2017, percorreu todo o Paraná levando espetáculos culturais ligados às Artes Cênicas ou Música para diversas regiões. Ao todo, foram 84 ações distribuídas em 24 cidades, que reuniu um público de 18.252 pessoas. Na programação do ano, os destaques foram para o show Eu Quero Mergulhar, da cantora e compositora Janine Mathias, realizado em Arapongas (maio); o espetáculo em homenagem a Noel Rosa, um dos maiores e mais importantes artistas da música no Brasil, em União da Vitória (junho) e o musical infantil Supercondutores de Energia, que rodou por 12 cidades do estado no mês de outubro.

– Sesi Música: a fim de valorizar a conexão criativa entre artistas, ao colocar em evidência os compositores e intérpretes da cena musical paranaense junto a referências culturais reconhecidas no mercado nacional, o projeto já oportunizou grandes encontros, como: Lemoskine e Fernanda Takai, Simone Mazzer e Sandra de Sá, Orquestra À Base de Corda e Lenine. Em 2017, promoveu apresentações com A Banda Mais Bonita da Cidade e Paulinho Moska; Rosa Armorial e Antonio Nóbrega; Bernardo Bravo e Filipe Catto; Mano a Mano Trio e João Bosco.

Crédito foto: Rei Santos

Programação 2018
Com o objetivo de ser reconhecida como a maior e melhor instituição privada na oferta de Arte e Cultura do Paraná, o Sesi Cultura prevê para este ano uma programação ainda mais abrangente e acessível. A seleção dos projetos culturais inscritos nos editais de chamamento público para compor a programação do ano será divulgada no primeiro semestre de 2018. Os trabalhos selecionados irão percorrer os teatros das unidades do Sesi-PR e espaços parceiros das secretarias municipais e fundações de cultura.

Mais informações:
www.sesipr.com.br/cultura/
www.facebook.com/sesiculturapr/

SESI CULTURA
Foi em 2008 que a Regional Paraná do Serviço Social da Indústria inaugurou uma área especificamente dedicada ao desenvolvimento de ações culturais ancoradas nas diretrizes previstas na Declaração Universal dos Direitos do Homem, como a diversidade, a pluralidade e a autonomia. Desde então, o Sesi Cultura Paraná tem promovido o acesso à cultura com foco em programas de formação artística e cultural, investindo em processos criativos, formação de plateia para todas as linguagens e na formação e desenvolvimento cultural com vocação local. O Circuito Cultural Sesi, o Festival Sesi Música, os Núcleos Criativos do Sesi, o Zoom Cultural, os Programas Sesi Música, Sesi Arte, Sesi Audiovisual e Sesi Artes Cênicas são exemplos de programas desenvolvidos pela Gestão Cultural do Sesi. De 2008 até 2017, mais de um milhão de espectadores tiveram acesso à cultura por meio de cerca de 8,4 mil ações culturais realizados pelo Sesi Paraná. Todas essas ações sempre tiveram como objetivo o acesso ao bem cultural para o trabalhador da indústria, seus dependentes e para a comunidade de um forma geral, além da difusão da arte em todas as suas manifestações, valorizando a diversidade e a pluralidade do povo brasileiro.

DANÇA CONTEMPORÂNEA

Crédito foto: Bernardo Rocha

Espetáculo de dança combina elementos do teatro, da música e do cinema; estreia nacional será em Curitiba

Curitiba recebe em novembro uma estreia nacional de dança contemporânea. O espetáculo STILL faz sua pré-estreia no dia 23 de novembro e depois segue em curta temporada até o dia 3 de dezembro.

A criação é dos artistas Bernardo Stumpf e Raphael Simões, que se conheceram há 15 anos no contexto do hip hop e das danças de rua. Este trabalho também conta com a parceria de profissionais do teatro, do audiovisual, da moda, das artes visuais e da música.

A trilha é assinada por um parceiro da época do street dance: o músico Thiago Ramalho. Ele, que também estará em cena, cria e sintetiza sons ao vivo.

STILL ainda se inspira em formas dramáticas do cinema e em estratégias de edição de vídeo. Os artistas se apropriaram de cenas e gestos de filmes para a criação.

STILL
PRÉ-ESTREIA
23.nov.17 quinta-feira | 17h

TEMPORADA
25.nov 20h
26.nov 19h
28.nov 17h
02.dez 20h
03.dez 17h

ENTRADA GRATUITA (sujeita à lotação)
Rua Padre Anchieta, 882, Bigorrilho. Curitiba/PR

CLASSIFICAÇÃO LIVRE

FICHA TÉCNICA
Concepção e direção: Bernardo Stumpf
Criação e performance: Bernardo Stumpf e Raphael Simões
Criação e performance sonoras: Thiago Ramalho
Assistência de direção: Cândida Monte
Iluminação: Fábia Regina
Figurino: Isbella Fonseca
Costura: Rose Matias
Cenário: Bernardo Stumpf e Fabiano Hoffmann
Projeto gráfico: Vitória Stadnik
Projeto audiovisual-fotográfico: Bernardo Rocha
Assessoria de comunicação: Eduardo Simões
Colaboração: Jaciara Rocha
Coordenação de produção: Expressão Criação e Produção
Assistência de produção: Renata Zunino
Produção administrativa: Bernardo Stumpf

apoio
COPEL PURA ENERGIA

parceria
STREET XTREME ESCOLA DE DANÇA

produção
EXPRESSÃO CRIAÇÃO E PRODUÇÃO

Projeto aprovado no Programa Estadual de Fomento e Incentivo à Cultura (Profice) da Secretaria de Estado da Cultura | Governo do Estado do Paraná

CELEPAR ABRE VAGA DE ESTÁGIO NO SETOR DE COMUNICAÇÃO

A Companhia de Tecnologia da Informação e Comunicação do Paraná abriu vaga de estágio para o setor de comunicação. Vaga de Estágio em Relações Públicas, Publicidade e Propaganda ou Comunicação Organizacional.

Vaga para estagiar em Curitiba.

Requisitos: Ter desenvoltura para realizar o atendimento de clientes e o planejamento de campanhas com foco no público interno/externo da empresa.

Período: Tarde(13h00 às 19h00)

Benefícios:
Bolsa Auxílio 5h – R$ 495,00 + VR (R$ 404,00) + 2 VT por dia trabalhado.

Os currículos devem ser encaminhados para nicolecoradin@celepar.pr.gov.br

obs.: oportunidade divulgada no Grupo (do facebook) “Vagas de Comunicação no PR