GUARDIÃS DO TEMPO TEM APRESENTAÇÕES GRATUITAS NO CENTRO CULTURAL BOQUEIRÃO

Guardiãs do Tempo. Foto Márcia Kohatsu

Espetáculo de pré-estreia será fechado para crianças de projetos filantrópicos do bairro.

CURITIBA – Começam dia 27 de julho às apresentações de Guardiãs do Tempo, peça infantil escrita e dirigida por Mariana Zanette. O espetáculo multimídia conta a história de menine, uma criança que perdeu o pai muito pequena e se sente abandonada pela mãe que precisa trabalhar em um domingo. A apresentação mistura música ao vivo, teatro e circo e aborda temas como morte e saudade, de forma poética e lúdica, reforçando a necessidade de valorizarmos o presente. As sessões dos dias 27 a 29 de julho serão realizadas no Centro Cultural Boqueirão e a entrada é gratuita. De 2 a 13 de agosto a peça infantil fará uma turnê por escolas da rede pública de ensino e regionais de bairros afastados do centro de Curitiba.

A inspiração para criar o enredo do espetáculo veio de um sonho da filha de Mariana Zanette. “A Luma me contou que foi parar em um lugar onde só existiam mulheres e que elas cuidavam de vários relógios. A partir daí eu fui inventando a história”, explica a diretora, que também atua na peça como Ampulheta. As irmãs e atrizes mirins Luma e Malu Zanette Domingues, interpretam e intercalam o papel de menine nos espetáculos. “Ter uma criança na peça torna a história mais crível para outras crianças”, reforça a Mariana.

Também  fazem parte do elenco a bailarina, atriz e artista circense, Marina Prado; a cantora, instrumentista, bonequeira e responsável pela preparação vocal do elenco, Doriane Conceição e a instrumentista e palhaça, Marcela Zanette. Bina Zanette assina a direção de produção do espetáculo.

Enredo
Menine literalmente mergulha na tristeza quando sua mãe sai para trabalhar em pleno fim de semana. Suas lágrimas formam um rio muito fundo. Por sorte, um barco aparece e a leva até a caverna das lamentações, onde um portal se abre, transportando-a para um mundo mágico. Nesse universo paralelo, humanos com cabeças de pássaros cuidam de um enorme relógio. Lá ela conhece as Guardiãs do Tempo, seres míticos que preservam a história da civilização, e faz amizade com Ampulheta. Após algumas horas desbravando o local e brincando, menine precisa voltar para casa antes da mãe chegar, mas não sabe como. Aí começa sua busca por autoconhecimento. 

A peça teatral usa projeções para transportar o público para o universo paralelo da menine. As canções envolvem e incentivam crianças e adultos a participarem do espetáculo que também conta com bonecos.

Teatro vai à escola
De 2 a 13 de agosto as apresentações passam pelas Regionais e Redes Públicas de Ensino de Santa Felicidade, CIC, Tatuquara, Portão, Boa Vista, Cajuru e Bairro Novo. De acordo com a diretora, “se o público está nas escolas e em bairros afastados do centro, é lá que o teatro precisa estar”.

Espetáculo foi realizado através do Programa de apoio Incentivo a Cultura da Fundação Cultural de Curitiba, Mecenato Subsidiado de Curitiba. Incentivo Pátio Batel e apoio do Centro Cultural Boqueirão, Associação de Cultura Popular Mandicuera Realização, A Fantástica Cia de Teatro e Santa Produção Ltda.

Serviço:
Espetáculo Infantil Guardiãs do Tempo
Data: 28 de julho às 10h e 16h | 29 de julho às 11h e 16h.
Local: Centro Cultural Boqueirão – R. José Guercheski, 299, Boqueirão, Curitiba.
Aberto ao Público.
Entrada Gratuita.
Confira a página do evento, aqui