AGÊNCIA VOGG ABRE VAGA DE ESTÁGIO EM CONTEÚDO DIGITAL & MÍDIAS SOCIAIS

Agência Vogg abre vaga de estágio em conteúdo digital & mídias sociais. Vaga para estagiar em Curitiba.

“Estamos procurando alguém com vontade de aprender e que queira tirar ideias do papel focando sempre nos melhores resultados para os clientes.

Perfil:
– Cursando Comunicação Social (Jornalismo ou Publicidade e Propaganda)
– Gostar de escrever e ter habilidade em redação
– Organizado(a) e atencioso(a)
– Interesse por aprender novas ferramentas e metodologias
– Saber desenvolver peças gráficas (imagens) é um diferencial

Atividades principais:
– Gerenciamento de redes sociais
– Criação de conteúdo para redes sociais de clientes de diferentes segmentos
– Monitoramento e SAC 2.0
– Criação de conteúdo para blog
– Acompanhar os resultados dos clientes (análise de performance)
– Participação em estratégia de conteúdo digital

Horário: segunda a sexta, das 10h as 17h30
Bolsa: RS 800 + VT + VR

Interessados enviem CV para louize.fischer@vogg.com.br

fonte

obs.: oportunidade divulgada no Grupo (do facebook) “Vagas de Comunicação no PR

FUNDO BRASIL VAI DOAR R$ 680 MIL PARA PROJETOS DE JORNALISMO INVESTIGATIVO

Edital para seleção de iniciativas será lançado no dia 29 de junho, no 12º Congresso da Abraji

O Fundo Brasil lança no próximo dia 29, durante a abertura do 12º Congresso Internacional de Jornalismo Investigativo da Abraji, o edital “Jornalismo Investigativo e Direitos Humanos”. O objetivo é apoiar organizações da sociedade civil e/ou indivíduos que apresentem propostas cujo foco seja a violência institucional e a discriminação. 

A iniciativa visa estimular a produção de jornalismo investigativo de alta qualidade, com reportagens que contem histórias relevantes e que contribuam para melhorar a compreensão da sociedade sobre violações de direitos humanos. O edital é realizado por meio de uma parceria com a Fundação Ford, a Fundação Open Society e a Clua (Climate and Land Use Alliance).

Para o Fundo Brasil e seus parceiros no edital, o jornalismo investigativo é capaz de estimular mudanças no país e promover os direitos de todas e todos.

Serão destinados R$ 680 mil para apoiar pelo menos 17 projetos – cinco deles devem estar relacionados a questões de violação de direitos socioambientais.

Os projetos devem ser de no mínimo R$ 25 mil e no máximo R$ 40 mil, com a duração de até 12 meses e devem conter a produção de pelo menos uma reportagem; plano de disseminação, incluindo estimativa de alcance do material produzido, possível público alvo e os caminhos para chegar lá; cobertura jornalística abrangente do tema proposto; e valorização das vozes e dos sujeitos que sofrem violações de direitos humanos.

As organizações e/ou indivíduos interessados devem apresentar uma proposta preliminar até o dia 28 de julho, de acordo com um roteiro que estará disponível no site do Fundo Brasil após o lançamento. Elas passarão por uma pré-seleção. Somente as organizações e/ou indivíduos escolhidos nesta primeira fase deverão enviar propostas completas que serão analisadas por um comitê de seleção independente formado por especialistas no tema.

Durante o Congresso, o Fundo Brasil estará com um estande e com uma equipe à disposição para entregar material relativo à iniciativa e para disponibilizar mais informações.

Fundo Brasil
Com dez anos de existência, o Fundo Brasil tem o compromisso de disponibilizar recursos para apoio institucional e atividades de organizações da sociedade civil e de defensores e defensoras de direitos humanos em todo o território nacional, priorizando os que disponham de poucos recursos ou que tenham dificuldades de acesso a outras fontes.

Congresso da Abraji
O 12º Congresso Internacional de Jornalismo Investigativo da Abraji será realizado de 29 de junho a 1º de julho no campus da Vila Olímpia da Universidade Anhembi Morumbi (rua Casa do Ator, 275, São Paulo). Serão 70 palestras, painéis e cursos práticos distribuídos em sessões paralelas.

Saiba mais
Site do Fundo Brasil: www.fundobrasil.org.br
Acompanhe: Facebook e Twitter.

fonte: FUNDO BRASIL DE DIREITOS HUMANOS

IJnet (clique para conferir outras oportunidades!)

SENAC PR CONTRATA JORNALISTA ::: SALÁRIO CORRIGIDO!!!


Senac-PR
contrata Jornalista. Vaga para trabalhar em Curitiba, na Assessoria de Comunicação e Marketing. Salário corrigido: Salário: R$ 3.476,00 + benefícios.

atividades: Redigir matérias jornalísticas para os meios de comunicação da instituição (revista, boletim, site, etc…); Realizar assessoria de imprensa: elaborar e enviar releases. Fazer o relacionamento com os veículos de comunicação visando conquistar mídia espontânea. Levantar fonte para entrevista, negociar datas e acompanhar os entrevistados; Acompanhamento e cobertura jornalística de eventos; Controlar o clipping do material publicado na imprensa por meio de clipping terceirizado;

requisitos: Ensino superior completo em Comunicação Social – Habilitação em Jornalismo; Experiência de 6 meses em redação de matérias, assessoria de imprensa e coberturas jornalísticas de eventos; Disponibilidade para viagens e eventos noturnos;

Carga-horária: 25 horas semanais

Horário: De segunda à sexta das 13h00 às 18h00.

Salário: R$ 3.476,00 + benefícios.

As inscrições deverão ser realizadas por meio de cadastro no site www.pr.senac.br / no link “Trabalhe Conosco”, no período compreendido entre o dia 22 de junho de 2017 e às 23 horas e 59 minutos do dia 02 de julho de 2017 (PRÓXIMO DOMINGO) , observando o horário oficial de Brasília/DF, ou mediante entrega de currículo, protocolado, identificando a vaga, diretamente no local de provimento desta, no horário comercial e no prazo estabelecido.

Confira o edital completo, aqui

PROGRAMA PARA O FORTALECIMENTO DA MÍDIA ABRE OPORTUNIDADE DE ESTÁGIO EM MOÇAMBIQUE

O Programa para o Fortalecimento da Mídia, o projeto da IREX em Moçambique, convida inscrições ao Mídia Lab, com início em agosto e duração de 10 meses. Jovens que desejam trabalhar como jornalistas podem concorrer a um programa gratuito de estágio profissionalizante em Maputo. 

Quarenta participantes aprenderão técnicas de jornalismo e desenvolverão produtos multimídia, telejornais, edições de jornais impressos e portal de notícias online.

Os candidatos devem ter um diploma universitário, domínio da língua portuguesa e disponibilidade de trabalhar em tempo integral.

As inscrições vão até 15 de julho.

Para mais informações, clique aqui ou aqui.

fonte

IJnet (clique para conferir outras oportunidades!)

AGÊNCIA 110 CONTRATA ANALISTA DE MÍDIAS SOCIAIS

Agência 110 contrata Analista de Mídias Sociais. Vaga para trabalhar em Curitiba.

“Se você é especialista em monitoramento, deve ter achado esta vaga antes de muita gente. É de um Social Media como você que a gente precisa!
Se tem experiência na área, escrita impecável, é organizado(a) e comunicativo(a) e tem um bom relacionamento em equipe, mande seu currículo para nós no e-mail vagas@agencia110.com.br
com o título de assunto: Vaga | Analista em Monitoramento”

Obs.: A vaga é para 08h diárias em regime CLT.

fonte

obs.: oportunidade divulgada no Grupo (do facebook) “Vagas de Comunicação no PR

PRÊMIO ABRAFARMA DE JORNALISMO

O 3º Prêmio Abrafarma de Jornalismo aceita inscrições até dia 23/10. O Prêmio é uma iniciativa da Associação Brasileira de Redes de Farmácias e Drogarias para incentivar a produção de trabalhos jornalísticos sobre o varejo farmacêutico nacional, cujos enfoques e parâmetros constam do Regulamento.

Podem concorrer trabalhos veiculados originalmente e de forma inédita entre 17/10/2016 e 16/10/2017, em jornal, revista, rádio, televisão ou internet, em qualquer região do País. A premiação destacará os três melhores trabalhos, sendo que o 1º colocado receberá R$ 6 mil; o 2º, R$ 4 mil; e o 3º, R$ 2 mil.

Os trabalhos inscritos deverão ser enviados para a Coordenação do Prêmio pelo e-mail premioabrafarma@jornalistasecia.com.br  / acompanhados das respectivas fichas de inscrição, que devem ser copiadas do site do prêmio, preenchidas e coladas num documento de Word ou no próprio corpo da mensagem.

No caso de publicações impressas, serão aceitos arquivos pdf; no de vídeos, arquivos MP4 ou indicação de link; no de rádio, arquivos MP3 ou indicação de link; e no de internet, links para site ou para matéria específica em site ou para blog.

Qualquer dúvida, consulte o regulamento ou ligue para (11) 3861-5280, em horário comercial.

* Por completar neste ano sua terceira edição, o Prêmio Abrafarma passará a integrar a base de dados do Ranking dos +Premiados da Imprensa. Com isso, concederá ao vencedor de cada ano da competição 25 ponto na próxima edição do levantamento.

fonte: Portal dos Jornalistas

PRÊMIO CNT DE JORNALISMO

O Prêmio CNT de Jornalismo foi criado em 1994 como um estímulo à produção de reportagens sobre a realidade do transporte brasileiro. Desde então, já se firmou como um dos mais tradicionais e conceituados do Brasil.

Mais de duas mil reportagens concorreram em categorias como mídia impressa, fotografia, televisão, rádio, internet e meio ambiente. A seleção é feita por uma comissão de profissionais reconhecidos entre a imprensa e preza pela autonomia no julgamento dos trabalhos concorrentes.

Podem participar matérias e imagens que ressaltem a importância do transporte no desenvolvimento econômico, social, político e cultural do país. Entre os assuntos que já concorreram, estão análises sobre os problemas e as soluções para o setor, desenvolvimento da infraestrutura de transporte, denúncias de corrupção, condições e necessidades de investimentos nas malhas rodoviária e ferroviária, roubos de veículos, acidentes de trânsito, transporte ilegal e leis de trânsito.

Podem participar trabalhos jornalísticos sobre temas relacionados com o transporte e meio ambiente, veiculados na imprensa brasileira entre 12 de agosto de 2016 e 7 de agosto de 2017.

A CNT concederá prêmios em dinheiro aos vencedores de cada uma das categorias — impresso (jornal e revista), fotografia, rádio, televisão e internet, totalizando R$270.000, bem como o Prêmio Especial de Meio Ambiente e Transporte.

As inscrições vão até 7 de agosto.

Confira o regulamento neste link

fonte

IJnet (clique para conferir outras oportunidades!)

NÓS_ DEMOCRACIA DIGITAL

Nos dias 26 e 27 de junho o Laboratório de Cultura Digital realiza o “NÓS_”, um evento-provocação que reúne diferentes atores sociais para uma imersão sobre democracia no meio digital. Apresentações, rodas de conversa, dinâmicas interativas e experimentações sobre temas como modelos livres de produção de conhecimento, democratização do Estado e inovações de processos digitais abertos, distribuídos e colaborativos.

Dentre os participantes estão o produtor cultural, ativista tropicalista e co-fundador do Mídia Ninja Cláudio Prado e o professor e pesquisador da área de comunicação, política e democracia digital Wilson Gomes, além de hackers, ativistas digitais, artistas e pesquisadores.

O Laboratório de Cultura Digital convida a todas e todos a participar, dialogar sobre o presente e refletir alternativas para nossa democracia.

O que vai rolar?

LIVRO VIVO
DEMOCRACIA, ESTADO e LIBERDADE vão provocar esta experiência com apresentações rápidas e reflexivas na companhia dos autores dos dois livros produzidos pelo Laboratório de Cultura Digital.

Teatro Universitário de Curitiba – TUC
Galeria Júlio Moreira, Tv. Nestor de Castro, s/nº – Centro de Curitiba
19h
26/06/2017

TECNOLOGIAS LIVRES
Software livre a serviço do comum. Neste espaço vamos apresentar e experimentar as tecnologias desenvolvidas pelo LAB. Governo, sociedade civil, empresas e profissionais autônomos são convidados a conhecer ferramentas livres para potencializar a gestão pública, colaborativa e compartilhada.

Sala 206, edifício Dom Pedro I, Reitoria UFPR
Universidade Federal do Paraná – Rua XV de Novembro, 1299 – Centro de Curitiba
10h
27/06/2017

AQUÁRIO DE DEBATES
Rompendo com a lógica tradicional das mesas de debate, aqui as vozes serão múltiplas e rotativas. O método “aquário de debates” propõe a interação entre 20 convidados mais o aplicativo público de debates Delibera.

Pátio da Reitoria UFPR
Universidade Federal do Paraná – Rua XV de Novembro, 1299 – Centro de Curitiba
14h30
27/06/2017

Mais informações em acesse: www.nos.democraciadigital.org.br/

Laboratório de Cultura Digital

SENAC PR CONTRATA JORNALISTA


Senac-PR
contrata Jornalista. Vaga para trabalhar em Curitiba, na Assessoria de Comunicação e Marketing.

atividades: Redigir matérias jornalísticas para os meios de comunicação da instituição (revista, boletim, site, etc…); Realizar assessoria de imprensa: elaborar e enviar releases. Fazer o relacionamento com os veículos de comunicação visando conquistar mídia espontânea. Levantar fonte para entrevista, negociar datas e acompanhar os entrevistados;  Acompanhamento e cobertura jornalística de eventos;  Controlar o clipping do material publicado na imprensa por meio de clipping terceirizado;

requisitos: Ensino superior completo em Comunicação Social – Habilitação em Jornalismo; Experiência de 6 meses em redação de matérias, assessoria de imprensa e coberturas jornalísticas de eventos; Disponibilidade para viagens e eventos noturnos;

Carga-horária: 25 horas semanais

Horário: De segunda à sexta das 13h00 às 18h00.

Salário: R$ 3.476,00 + benefícios.

As inscrições deverão ser realizadas por meio de cadastro no site www.pr.senac.br / no link “Trabalhe Conosco”, no período compreendido entre o dia 22 de junho de 2017 e às 23 horas e 59 minutos do dia 02 de julho de 2017, observando o horário oficial de Brasília/DF, ou mediante entrega de currículo, protocolado, identificando a vaga, diretamente no local de provimento desta, no horário comercial e no prazo estabelecido.

Confira o edital completo, aqui

PRÊMIO SISTEMA FIEP DE JORNALISMO

Serão premiadas as melhores matérias sobre a indústria do Paraná em cinco categorias

O Prêmio Sistema Fiep de Jornalismo segue com inscrições abertas até dia 19 de setembro. A iniciativa, do Sistema Federação das Indústrias do Paraná (Fiep), tem apoio do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Paraná (Sindijor-PR) e vai premiar as melhores reportagens sobre a indústria do Paraná em cinco categorias – jornalismo impresso, internet, fotojornalismo, reportagem de rádio e reportagem de TV. O prêmio é uma forma de reconhecer o trabalho da imprensa e sua contribuição para o desenvolvimento do setor industrial e da economia do Paraná e do Brasil.

“Os jornalistas têm papel fundamental na disseminação de informações relevantes e na divulgação de boas práticas”, afirma o presidente do Sistema Fiep, Edson Campagnolo. Segundo ele, o jornalismo contribui para o desenvolvimento do setor industrial e da economia como um todo, sendo peça chave na evolução da sociedade. “Este prêmio é uma das formas de reconhecer o trabalho da imprensa, importante parceira do Sistema Fiep e da indústria do Paraná”, destaca.

O tema é A Indústria do Paraná e os trabalhos podem tratar de várias aspectos que envolvem o universo industrial, como políticas públicas, mercado, inovação, qualificação profissional, saúde e segurança do trabalhador da indústria, compliance, responsabilidade social corporativa, entre outros. Podem ser inscritos trabalhos publicados ou veiculados na imprensa de todo o Brasil entre 24 de outubro de 2016 e 18 de setembro de 2017.

O primeiro colocado de cada categoria receberá R$ 6,6 mil; o segundo colocado, R$ 3,3 mil e o prêmio para o terceiro colocado será de R$ 2,2 mil. No total, serão distribuídos R$ 60,5 mil em prêmios. Além do valor em dinheiro, os vencedores receberão troféus e certificados. O trabalho que obtiver a maior pontuação entre todos os inscritos será ainda reconhecido com o troféu Heitor Stockler de França. O nome é uma homenagem ao primeiro presidente da Fiep, que também atuou como jornalista.

Em três edições o Prêmio Sistema Fiep de Jornalismo recebeu 246 inscrições e premiou 45 trabalhos. Nesta quarta edição, os trabalhos finalistas serão conhecidos em novembro, quando haverá a solenidade de premiação. A comissão de julgamento será formada por três jornalistas, um acadêmico e um industrial.

As inscrições são totalmente online e devem ser feitas pelo site www.premiofiepdejornalismo.com.br onde está disponível o regulamento e os trabalhos premiados nas edições anteriores.