ROSEANE SANTOS LANÇA “GUELRAS”, CANÇÃO DO INÉDITO FRONTEIRIÇA, SEU PRIMEIRO ÁLBUM

Roseane Santos por Luciano Faccini

A artista dá início à sua própria abertura enquanto compositora e letrista

Está disponível nas plataformas digitais a canção “Guelras”, parceria de Roseane Santos com Luciano Faccini que inicia a sequência de lançamentos de músicas do álbum Fronteiriça — em seguida vêm “A Sereia e a Fiandeira” dia 1º e “Ancestralidade” em 8/7.

Guelras é assinada por Leonardo Gumiero e Luciano na produção musical, assim como as outras faixas do disco, e conta com participação de Klüber no piano. As artes de capa (single e álbum) são de Thalita Sejanes, também criadora do lyric vídeo que conduz a música no YouTube, com desenho feito por Roseane.

“O texto foi construído a partir de um diálogo que tive. Deixei isso em um caderno com escritos que muitas vezes nem volto a ler, em outras leio muito tempo depois. Neste caso, em 2018, mostrei algumas anotações para o Luciano Faccini, que mais tarde apareceu com a ideia da música tirada dali. Ainda passei por um certo processo interno ao me despedir do texto enquanto texto, e encarar a canção, que no fim chegou a este resultado que me agrada muito”, explica Roseane.

Novo momento
Com mais de 16 anos de carreira, Roseane Santos é reconhecida como uma das vozes mais marcantes da cena curitibana e intimamente ligada aos universos do samba e ritmos afro-brasileiros. Tem passagens marcantes por projetos como Serenô, Orquestra Maria Faceira, grupo vocal Noivas de Allfreddo.

A nova faixa é o único samba de Fronteiriça, ainda que a construção do arranjo o coloque em contato com outras linguagens escolhidas ao longo dos encontros de gestação do álbum.

Ficha técnica de Guelras:
Voz: Roseane Santos
Bateria: Daniel D’Alessandro
Violão de 6: André Garcia
Percussão: Gabriela Bruel e Matê Magnabosco
Baixo: Vic Vilandez
Piano: Klüber
Pandeiro e tamborim: Raphael Araujo
Produção Musical: Leonardo Gumiero e Luciano Faccini
Direção Artística: Roseane Santos e Luciano Faccini
Gravação, edição, mixagem e masterização: Leonardo Gumiero
Produção Executiva: Moira Albuquerque
Coro: Alisson Santos, André Amorim, Caroline Casagrande, Daniel D’Alessandro, Dayane Battisti, Desireé dos Santos, Gabriela Bruel, Guilherme Mendes Muniz, Klüber, Leonardo Gumiero, Luciano Faccini, Má Ribeiro, Moira Albuquerque, Monique Portela, Nati Bermúdez e Thalita Sejanes.

Arte: Thalita Sejanes

Ouça Guelras agora: 
Spotify – https://spoti.fi/2Bd20Sd 
Deezer – https://bit.ly/2VlGSjz 
Apple Music – music.apple.com/us/artist/roseane-santos/1489426767 
Youtube – www.youtube.com/watch?v=K76UOAF_EPI 

Ouça as já lançadas Pedras e Escritos e Não Obedeço e faça pré-saves de A Sereia e a Fiandeira e Ancestralidade: linktr.ee/Fronteirica 

COM DOIS SHOWS EM CURITIBA, ROSEANE SANTOS FAZ O PRÉ-LANÇAMENTO DO SEU PRIMEIRO ÁLBUM – FRONTEIRIÇA

Com dois shows em Curitiba, Roseane Santos faz o pré-lançamento do seu primeiro álbum – Fronteiriça 

Cantora se apresenta acompanhada de sua banda na Alfaiataria (Rua Riachuelo – 274, centro de Curitiba) dias 6 e 7 de dezembro; ingressos serão vendidos no local > R$ 30 inteira e R$ 15 meia-entrada

A estreia em disco de Roseane Santos como compositora está prestes a ser lançada! E neste primeiro final de semana de dezembro a cantora apresenta as 10 músicas de Fronteiriça, com letras escritas pela própria artista e parcerias com amigas e amigos artistas da música, teatro, literatura e dança (como Luciano Faccini, Leonarda Glück, Ary Giordani, Francisco Mallmann, Bia Figueiredo e Ana Modesto). 

Na banda estarão Victoria Vilandez, Francisco Okabe, Gabriela Bruel, Daniel D’Alessandro e Luciano Faccini, que assina também a direção musical do disco ao lado de Rose e a produção musical junto com Leonardo Gumiero. A equipe ainda conta com Moira Albuquerque na produção executiva. Para esses shows, Roseane recebe como convidadas as musicistas Nat Bermudez e Matê Magnabosco. 

Novo projeto 
Com mais de quinze anos de carreira, reconhecida como uma das vozes mais marcantes da cena curitibana e intimamente ligada aos universos do samba e ritmos afro-brasileiros, Roseane Santos compartilha com o mundo um novo diálogo com suas próprias origens. “Lançar esse trabalho é mostrar ao mundo um cruzamento de regiões da minha própria existência. São anos de pesquisa na minha caminhada entre a música tradicional e a canção contemporânea revelados ali. O disco tem um pouco de cada coisa que fiz ao longo da minha história e não é experimental no sentido de buscar algo que nunca fiz. Me assumir como compositora é a ruptura mais importante para mim neste momento, meu divisor de águas”, conta. 

Roseane Santos – Fotografia Pretícia Jeronimo Photographer

Serviço 
Roseane Santos > pré-lançamento de Fronteiriça 
Dias 6 e 7 de dezembro, 20h 
Local: Alfaiataria (Rua Riachuelo – 274, centro de Curitiba) 
Entrada: R$ 30 e R$ 15
Página do evento, aqui

BANDA SINCOPÉ APRESENTA SHOW DE LANÇAMENTO DO EP TEIÁ

Foto Isabelle Neri

Para lançar três canções inéditas de seu novo EP, banda Sincopé apresenta seu novo show Teiá no Teatro Rodrigo D’Oliveira neste domingo 

Neste domingo, dia 1 de de dezembro às 16h, a banda Sincopé apresenta o show de lançamento de seu novo EP, Teiá no Teatro Rodrigo de Oliveira. Formada por Isaac Dias (violão e guitarra), Gabriela Bruel (bateria e percussão), Érica Silva (baixo, guitarra e voz), Natalia Bermúdez (voz e flauta transversal), e Camila Cardoso (bateria, marimba), a banda apresenta uma sonoridade com referências da música popular em seus mais variados conceitos, desde a organicidade do samba de raiz e da ciranda até as distorções de guitarras elétricas e efeitos percussivos inusitados. 

O show Teiá apresenta uma formação instrumental diversa, com músicos multi-instrumentistas tocando ritmos como samba, ska, ciranda, xote e rock em arranjos que trazem tanto sonoridades cruas e tradicionais como timbres sintéticos pós-modernos. Com as canções que integram o CD e o EP, o espetáculo traz a estética de uma linguagem inovadora, misturando ritmos e influências em canções que refletem sobre o modo de vida na sociedade atual, sem perder a leveza na musicalidade e a dinâmica de um grupo coeso e experiente. 

Trazendo canções de seu primeiro trabalho e de seu último EP, todas de autoria dos integrantes do grupo e de parceiros, o Show Teiá é resultado de intercâmbios e experimentações musicais, com canções cujas temáticas passeiam pelos universos urbano e sentimental, bem como o debate de assuntos como a solidão humana e a paixão. Sincopé oferece ao público um espetáculo completo, cujo fio condutor é a busca de palavras que expressem a mistura e integração de diversas linguagens. 

A banda Sincopé vem mostrando seu trabalho inteiramente autoral utilizando as diversas possibilidades instrumentais de cada um dos integrantes aliadas a uma forma original de arranjar e compor. O grupo cria sonoridades a partir de inspirações variadas e em suas letras busca revelar o que há de mais verdadeiro no ser humano, utilizando variações rítmicas, inserções percussivas extremamente visuais, melodias que fogem às fórmulas costumeiras da música pop, dinâmicas instrumentais ricas e combinações variadas de instrumentos em uma mesma música. O som da banda configura-se num autêntico estilo contemporâneo, que mescla o que há de mais orgânico na cultura popular brasileira a timbres sintéticos e espaciais. 

Desde sua criação, a banda vem mostrando seu trabalho em eventos, festivais, teatros e casas de show, sempre alcançando diversos públicos e faixas etárias. Suas principais apresentações foram o FEMUCIC, Festival da Canção de Maringá em 2007, Festival de Cultura da Universidade Federal do Paraná, Teatro Paiol em Curitiba, Oficina de Música de Curitiba e WebFest Valda 2012, no Rio de Janeiro. Neste último, o grupo alcançou o segundo lugar geral entre 500 inscritos, e recebeu o prêmio de vocalista revelação para Natalia Bermúdez. Em 2017 o grupo realizou shows em 8 cidades do Paraná através do Prêmio Arte Paraná, entre elas Maringá, Londrina e Guarapuava. Também em 2017 o grupo lançou uma série de 3 videoclipes, contemplada no edital “Medianeira Nossa Música”. 

SERVIÇO: 
SHOW DE LANÇAMENTO DO EP TEIÁ 
Domingo, 1 de dezembro às 16h 
Teatro Rodrigo D’Oliveira (Rua Trajano Reis, 41, São Francisco, Curitiba) 
Ingressos: R$10 (ANTECIPADO) R$15 (NA HORA) 
Página do evento, aqui

COM FESTA-SHOW NO ORNITORRINCO, ROSEANE SANTOS BRINDA SEU PRIMEIRO ÁLBUM

A cantora se apresenta no bar Ornitorrinco (Benjamin Constant, 400, Centro de Curitiba) sexta 27 de setembro, acompanhada do Bailinho Perdido, com repertório variado e muitas surpresas; festa marca o final da campanha de financiamento coletivo de Fronteiriça, em fase de finalização.

Quem é fã de música brasileira tem um convite duplo para este final de setembro: na próxima sexta-feira, a cantora Roseane Santos comanda o baile no palco do Ornitorrinco e ainda chama amigxs, admiradoras e admiradores para colaborarem na reta final da campanha de financiamento do seu álbum Fronteiriça, que se encerra na próxima segunda-feira, dia 30. 

Reta final >
O disco reúne 10 canções, dentre textos escritos pela própria artista e parcerias com amigas e amigos artistas da música, teatro, literatura e dança (como Luciano Faccini, Leonarda Glück, Ary Giordani, Francisco Mallmann, Bia Figueiredo e Ana Modesto). A banda tem André Garcia no violão, guitarra e arranjos-base, Gabriela Bruel na percussão, Daniel D’Alessandro na bateria, Victoria Vilandez no contrabaixo e Luciano Faccini no clarinete, violão, efeitos, ambientações, direção artística — ao lado da própria Rose — e produção musical em parceria com Leonardo Gumiero, além de várias participações especiais. Quem assina a arte é Thalita Sejanes e a produção executiva é de Moira Albuquerque. 

Com apoio do Colégio Medianeira em suas fases iniciais, o projeto encerra na próxima segunda-feira (30) a campanha de financiamento coletivo para contemplar despesas finais de mixagem, masterização, lançamento e remuneração da equipe (12 profissionais, entre músicos, designer e produtores). 

Ainda dá tempo!
As contribuições partem de R$ 15 e oferecem diversas recompensas, como ingressos para shows de FRONTEIRIÇA, download de faixas exclusivas antes do lançamento oficial e convites para o evento de audição das músicas com toda a equipe. 

> confira a página da campanha do Benfeitoria www.benfeitoria.com/fronteiricaroseanesantos 

> saiba mais sobre a música de Roseane Santos: 
www.soundcloud.com/roseane-santos/ 

O baile da Rose >
Na festa de sexta, Rose estará à frente do Bailinho, com Kelvin de Souza, Luciano Faccini, Acácio Guedes, Daniel D’Alessandro, Gabriela Bruel e Má Ribeiro, além da convidada mais que especial, Victoria Vilandez. Uia! No repertório, canções autorais – mas o material do disco fica para o lançamento  –, muito Jackson do Pandeiro, Luiz Gonzaga, João do Vale, Chico César, Gilberto Gil, Efigênia Rolim e ainda um monte de surpresas. Compareça! O baile começa a partir das 20h. 

Serviço: 
Roseane Santos + Bailinho Perdido no Ornitorrinco!
Sexta-feira, 27 de setembro 
Das 20h às 00h
Ornitorrinco Bar > Rua Benjamin Constant, 400, Centro 
Entrada > R$ 10 
Página do evento, aqui

FRONTEIRIÇA, O PRIMEIRO ÁLBUM DE ROSEANE SANTOS

Roseane Santos. Crédito foto: Luciano Faccini

Com mais de quinze anos de carreira, Roseane Santos brinda esse novo tempo com disco solo estreando como compositora e convida todos a participarem. O novo trabalho está em fase de finalização e conta com financiamento coletivo na plataforma Benfeitoria para custear suas últimas etapas

Fronteiriça, primeiro álbum da cantora Roseane Santos reúne 10 canções, dentre textos escritos pela própria artista e parcerias com amigas e amigos artistas da música, teatro, literatura e dança (como Luciano Faccini, Leonarda Glück, Ary Giordani, Francisco Mallmann, Bia Figueiredo e Ana Modesto), e resulta de uma vasta bagagem de vida e música.

Reconhecida como uma das vozes mais marcantes da cena curitibana e intimamente ligada aos universos do samba e ritmos afro-brasileiros (com passagens marcantes por projetos como Serenô, Orquestra Maria Faceira, grupo vocal Noivas de Allfreddo e muitos outros), Roseane Santos agora deseja compartilhar com o mundo um novo diálogo com suas próprias origens.

“Lançar esse trabalho é como mostrar ao mundo um cruzamento de regiões da minha própria existência. São anos de pesquisa na minha caminhada entre a música tradicional e a canção contemporânea revelados ali. O disco tem um pouco de cada coisa que fiz ao longo da minha história e não é experimental no sentido de buscar algo que nunca fiz. Me assumir como compositora é a ruptura mais importante para mim neste momento, meu divisor de águas”, conta.

O novo trabalho conta com André Garcia no violão, guitarra e arranjos-base, Gabriela Bruel na percussão, Daniel D’Alessandro na bateria, Victoria Vilandez no contrabaixo e Luciano Faccini no clarinete, violão, efeitos, ambientações, direção artística — ao lado da própria Rose — e produção musical em parceria com Leonardo Gumiero. Quem assina a arte é Thalita Sejanes e a produção executiva é de Moira Albuquerque. O álbum também traz várias participações especiais que estão sendo preparadas.

COLABORE COM FRONTEIRIÇA – Além de apoio do Colégio Medianeira obtido em suas fases iniciais, o projeto agora conta com o famoso financiamento coletivo para contemplar despesas de mixagem, masterização, lançamento (assessoria de imprensa, distribuição física e virtual) e melhora da remuneração da equipe (12 profissionais, entre músicos, designer e produtores)

As contribuições partem de R$ 15 e oferecem diversas recompensas, como ingressos para shows de FRONTEIRIÇA, download de faixas exclusivas antes do lançamento oficial e convites para o evento de audição das músicas com toda a equipe. Agora, você que é fã do trabalho de Roseane Santos e conhece seu repertório, aproveite a chance de ajudar esse projeto e ganhe também um vídeo gravado pela própria Rose cantando a música que escolher dedicada a você.

confira a página da campanha do Benfeitoria www.benfeitoria.com/fronteiricaroseanesantos

> saiba mais sobre a música de Roseane Santos:
www.soundcloud.com/roseane-santos/

> fanpage
www.facebook.com/cantoraroseanesantos

INQUIETAS: PROJETO REÚNE MULHERES EM SHOWS E OFICINAS COM PROGRAMAÇÃO GRATUITA

Thais Morell

Somando fazeres artísticos, edição busca expressar potências femininas como prazer, força, intuição e resistência

Entre os dias 3 e 6 de outubro, o Conservatório de MPB de Curitiba recebe o projeto Inquietas, com a proposta de fortalecer a produção musical feminina. Durante a programação de shows e oficinas, protagonistas da música se encontram com profissionais de outras áreas para somar seus fazeres artísticos. Criada em 2017, a iniciativa traz a edição “Potências Femininas”, com base nos pilares prazer, força, intuição e resistência.

“Mulheres são inquietas. Assim como são as cantoras, instrumentistas, compositoras, poetas, atrizes, cuidadoras, donas de suas casas, de seus corpos e de suas vozes. A curadoria foi pensada para conectar mulheres e levar ao público a diversidade de suas ações”, comenta a cantora e compositora Cida Airam, idealizadora do Inquietas em conjunto com a produtora cultural Carolina Melo.

Com entrada gratuita, a programação inclui quatro oficinas e quatro shows, criando uma conexão entre temas socioculturais e artísticos. Entre as oficinas, estão: “Cuidados íntimos femininos”, com Leticia Ribas; “Autonomia feminina na gestação e parto”, com Tuane Abreu; “A mulher na capoeira”, com Meia Lua; e “Danças circulares”, com Cleo Cavalcantty.

Os shows abrem com a compositora, cronista sonora e performer Amira Massabki, que cria um diálogo bem humorado entre música e literatura em “Somos Várias”. Em seguida, as artistas Cida Airam, Érica Silva e Gabriela Bruel integram o Mestiça, retratando o cotidiano feminino e suas diversas realidades sob a influência de ritmos brasileiros.

Apresentando “O canto das yabás”, a cantora Jay Ferreira dá sequência aos shows, trazendo sua pesquisa de cânticos afro-brasileiros sobre as orixás femininas. Para finalizar, Raissa Fayet e Thais Morell se unem para formar o Muié, num escambo de músicas e sonoridades que trazem à tona ideias sobre mulheres na música.

Serviço:
Inquietas: Edição Potências Femininas
Data: 3 a 6/10
Local: Conservatório de MPB de Curitiba
Endereço: rua Mateus Leme, 66, centro de Curitiba
Entrada gratuita

PROGRAMAÇÃO COMPLETA


3/10, quarta – Prazer
18h: Oficina “Cuidados íntimos femininos”, com Leticia Ribas
19h30: Show Amira Massabki (com Esquerdinha)


4/10, quinta – Força
18h: Oficina “Autonomia feminina na gestação e parto”, com Tuane Abreu
19h30: Show Mestiça (Cida Airam, Érica Silva e Gabriela Bruel)


5/10, sexta – Resistência
18h: Oficina “A mulher na capoeira”, com Meia Lua
19h30: Show Jay Ferreira (com Jonas Lopes e Ricardo Salmazo)


6/10, sábado – Intuição
10h: Vivência “Danças circulares”, com Cleo Cavalcantty
11h: Show Muié (Raissa Fayet e Thais Morell)

fonte: Gabriela Titon | HAI Studio