SESI SÃO JOSÉ DOS PINHAIS RECEBE ESPETÁCULO “AS AVES, DE ARISTÓFANES”

Fotografia: David D’Visant

Peça aborda com humor e irreverência temas como corrupção e ética. A entrada é franca

Uma das características dos clássicos se encontra na sua capacidade de se atualizar no tempo e no espaço. A peça As Aves, escrita em 414 a.C. pelo dramaturgo grego Aristófanes, demonstra esse poder. Ao fazer uma crítica contundente às estruturas políticas de Atenas e ao comportamento de seus cidadãos na Antiguidade, o texto acaba por abordar questões humanas capazes de gerar identificação no brasileiro dos dias de hoje. Para os que desejam conferir, o espetáculo da Thadeu Peronne Produções Artísticas se apresenta no Teatro Sesi São José dos Pinhais neste sábado (30) com entrada franca.

O assunto é sério, é verdade, mas na abordagem não faltam humor e irreverência. A montagem do diretor e produtor teatral Thadeu Peronne, além de valorizar o cômico trazido por Aristófanes, faz uma fusão da estética grega com elementos paranaenses, fazendo uma homenagem à cultura caiçara e ao fandango. “As comédias de Aristófanes possuem essa característica de serem ágeis e extremamente atuais. Esse texto, em especial, faz uma síntese das reflexões que considero necessárias para a nossa sociedade hoje. A comédia tem esse poder de alegrar e divertir, mas também fazer pensar”, ressalta Thadeu.

No enredo de As Aves, dois personagens, Evélpedes e Pistetero, cansados da corrupção de Atenas, partem em busca do rei Tereu, que foi transformado em pássaro. A intenção é que o monarca os indique um lugar melhor para se viver, um lugar livre de corrupção. Nessa trajetória, os dois acabam se aliando às aves do céu desencadeando uma série de situações inusitadas com um final para lá de surpreendente.

A encenação – que tem conquistado excelente receptividade do público curitibano desde a sua estreia, em 2016, e conta com diversos ícones do teatro paranaense em sua equipe técnica – traz musicalidade, brincadeiras e agilidade. O elenco é composto por Marwem HD, Zé Ronaldo e Ronnald Pinheiro. A tradução da obra é de Roberto Ferraz, que também assina a adaptação junto com Thadeu Peronne, diretor do espetáculo.

Serviço:
O SESI São José dos Pinhais apresenta
As Aves de Aristófanes
Data: 30/09
Horário: 20h
Classificação: 12 anos
Valor: Gratuita
Local: Teatro SESI de São José dos Pinhais
Endereço: Rua Quinze de Novembro, 1800 – Centro
Contato: (41) 3398-4100
Observação: Sujeito a lotação

Ficha técnica:
Direção: Thadeu Peronne
Tradução: Roberto Ferraz
Adaptação: Thadeu Peronne e Roberto Ferraz
Elenco: Marwem HD, Zé Ronaldo e Ronnald Pinheiro
Criação do Cenário: Aorelio Domingues
Criação de Figurinos e Máscaras: Mariana Zanette
Adereços: Mariana Zanette , Aorelio Domingues, Poro de Jesus e Gilvan Santo Amaro
Preparação corporal, tamanqueado e desenho de movimentos: Zé Ronaldo Ribeiro
Iluminação: Rodrigo Ziolkowski
Sonoplastia e Trilha Sonora: Ulisses Galetto
Arte e designer: Foca Cruz
Filmagem e Teasers: Alan Raffo
Produção: Thadeu Peronne Produções Artísticas

Mais informações, aqui
www.sesipr.com.br/cultura/
www.facebook.com/sesiculturapr/

SESI CULTURA
Foi em 2008 que a Regional Paraná do Serviço Social da Indústria inaugurou uma área especificamente dedicada ao desenvolvimento de ações culturais ancoradas nas diretrizes previstas na Declaração Universal dos Direitos do Homem, como a diversidade, a pluralidade e a autonomia. Desde então, o Sesi Cultura Paraná tem promovido o acesso à cultura com foco em programas de formação artística e cultural, investindo em processos criativos, formação de plateia para todas as linguagens e na formação e desenvolvimento cultural com vocação local. O Circuito Cultural Sesi, o Festival Sesi Música, os Núcleos Criativos do Sesi, o Zoom Cultural, os Programas Sesi Música, Sesi Arte, Sesi Audiovisual e Sesi Artes Cênicas são exemplos de programas desenvolvidos pela Gestão Cultural do Sesi. De 2008 até 2016, mais de 927 mil espectadores tiveram acesso à cultura por meio de cerca de 7,5 mil eventos realizados pelo Sesi Paraná. Todas essas ações sempre tiveram como objetivo o acesso ao bem cultural para o trabalhador da indústria, seus dependentes e para a comunidade de um forma geral, além da difusão da arte em todas as suas manifestações, valorizando a diversidade e a pluralidade do povo brasileiro.

CORRUPÇÃO E ÉTICA SÃO TEMAS DE ESPETÁCULO NO TEATRO SESI PORTÃO

As Aves, de Aristófanes, segue em cartaz este fim de semana com entrada franca

Uma das características dos clássicos se encontra na sua capacidade de se atualizar no tempo e no espaço. A peça As Aves, escrita em 414 a.C. pelo dramaturgo grego Aristófanes, demonstra esse poder. Ao fazer uma crítica contundente às estruturas políticas de Atenas e ao comportamento de seus cidadãos na Antiguidade, o texto acaba por abordar questões humanas capazes de gerar identificação no brasileiro dos dias de hoje. Para os que desejam conferir, o espetáculo da Thadeu Peronne Produções Artísticas faz temporada no Teatro Sesi Portão este fim de semana com entrada franca.

O assunto é sério, é verdade, mas na abordagem não faltam humor e irreverência. A montagem do diretor e produtor teatral Thadeu Peronne, além de valorizar o cômico trazido por Aristófanes, faz uma fusão da estética grega com elementos paranaenses, fazendo uma homenagem à cultura caiçara e ao fandango. “As comédias de Aristófanes possuem essa característica de serem ágeis e extremamente atuais. Esse texto, em especial, faz uma síntese das reflexões que considero necessárias para a nossa sociedade hoje. A comédia tem esse poder de alegrar e divertir, mas também fazer pensar”, ressalta Thadeu.

No enredo de As Aves, dois personagens, Evélpedes e Pistetero, cansados da corrupção de Atenas, partem em busca do rei Tereu, que foi transformado em pássaro. A intenção é que o monarca os indique um lugar melhor para se viver, um lugar livre de corrupção. Nessa trajetória, os dois acabam por se aliarem às Aves no Céu desencadeando uma série de situações inusitadas com um final para lá de surpreendente. A encenação – que tem conquistado excelente receptividade do público curitibano desde a sua estreia, em 2016, e conta com diversos ícones do teatro paranaense em sua equipe técnica – traz musicalidade, brincadeiras e agilidade.

No Teatro Sesi Portão, a montagem será apresentada neste sábado (23) e domingo (24), sempre às 19h, com entrada franca. Em seguida, o espetáculo segue para o Teatro do Sesi em São José dos Pinhais, com apresentação única no dia 30, às 20h.

Serviço:
Teatro SESI Portão apresenta
As Aves de Aristófanes
Data: 23 e 24/09 Horário: Sempre às 19h
Classificação: 12 anos
Valor: Gratuito
Local: Teatro SESI Portão
Endereço: Rua Padre Leonardo Nunes, 180 – Portão, Curitiba
Contato: (41) 3271-8469
Observação: Sujeito a lotação

Ficha técnica:
Direção: Thadeu Peronne
Tradução: Roberto Ferraz
Adaptação: Thadeu Peronne e Roberto Ferraz
Elenco: Marwem HD, Zé Ronaldo e Ronnald Pinheiro
Criação do Cenário: Aorelio Domingues
Criação de Figurinos e Máscaras: Mariana Zanette
Adereços: Mariana Zanette , Aorelio Domingues, Poro de Jesus e Gilvan Santo Amaro
Preparação corporal, tamanqueado e desenho de movimentos: Zé Ronaldo Ribeiro
Iluminação: Rodrigo Ziolkowski
Sonoplastia e Trilha Sonora: Ulisses Galetto
Arte e designer: Foca Cruz
Fotógrafo oficial: David D’Visant
Filmagem e Teasers: Alan Raffo
Produção: Thadeu Peronne Produções Artísticas

Mais informações: aqui
www.sesipr.com.br/cultura/
www.facebook.com/sesiculturapr/

SESI CULTURA
Foi em 2008 que a Regional Paraná do Serviço Social da Indústria inaugurou uma área especificamente dedicada ao desenvolvimento de ações culturais ancoradas nas diretrizes previstas na Declaração Universal dos Direitos do Homem, como a diversidade, a pluralidade e a autonomia. Desde então, o Sesi Cultura Paraná tem promovido o acesso à cultura com foco em programas de formação artística e cultural, investindo em processos criativos, formação de plateia para todas as linguagens e na formação e desenvolvimento cultural com vocação local. O Circuito Cultural Sesi, o Festival Sesi Música, os Núcleos Criativos do Sesi, o Zoom Cultural, os Programas Sesi Música, Sesi Arte, Sesi Audiovisual e Sesi Artes Cênicas são exemplos de programas desenvolvidos pela Gestão Cultural do Sesi. De 2008 até 2016, mais de 927 mil espectadores tiveram acesso à cultura por meio de cerca de 7,5 mil eventos realizados pelo Sesi Paraná. Todas essas ações sempre tiveram como objetivo o acesso ao bem cultural para o trabalhador da indústria, seus dependentes e para a comunidade de um forma geral, além da difusão da arte em todas as suas manifestações, valorizando a diversidade e a pluralidade do povo brasileiro.

FESTIVAL RUÍDO ENCENA COM PREÇOS POPULARES

Os ingressos são vendidos online e na bilheteria a partir de R$10

Começou nesta segunda-feira (18) a venda dos ingressos para a 1ª Edição do Festival Ruído EnCena em Curitiba. Entre os dias 20 e 30 de setembro, apresentações teatrais, dança, performance, filme, shows e bate-papos serão os atrativos do evento. Com valores populares (R$20 e R$10), os ingressos podem ser adquiridos pela plataforma do Disk Ingresso e no dia das apresentações, na bilheteria do Teatro Zé Maria, com 1h de antecedência.

O espetáculo de estreia do Festival será nesta quarta-feira (20), no Teatro Zé Maria, às 20h com a apresentação d`O Maravilhoso Cabaret das Divinas Divas (PR) recebe Santa Maravilha (BA) e Caldo de Vagina (BA). As drag queens Juana Profunda e Dalvinha Brandão, acompanhadas da maestra Rita Lina e as artistas, Linda Power, Ruby Hoo e Etruska Waters, recebem as convidadas ilustres da capital baiana. Paula Lice apresenta seu irreverente projeto de entrevistas Santa Maravilha. E Ginna D’Mascar e Valerie O’rarah trazem os seus números clássicos do famoso Caldo de Vagina.

Outras atrações
Além das apresentações pagas no Teatro Zé Maria, no espaço da Companhia Brasileira de Teatro será aberto ao público os encontros com bate-papos sobre temáticas da arte, do corpo, da mulher, narrativas contextuais entre outros temas. Durante o Festival, haverá também residências e oficinas que acontecem na Casa Selvática com destaque para a oficina com a atriz mexicana Violeta Luna. Todas as oficinas e residências estão com as inscrições encerradas. No site oficial do Festival www.ruidocwb.com   tem todas as informações sobre a primeira edição do evento.

Programação no Teatro Zé Maria

Quarta-feira (20/09)
O MARAVILHOSO CABARÉ DAS DIVINAS DIVAS:  aqui

Quinta-feira (21/09)
PARA AQUELAS QUE NÃO MAIS ESTÃO: aqui

Sexta-feira (22/09)
DESMESURA: aqui

Sábado (23/09)
FRIDA: aqui

Domingo (24/09)
CALOR NA BACURINHA: aqui

Segunda-feira (25/09)
CURTO CIRCUITO SHOW COM LINN DA QUEBRADA + JANINE MATHIAS + ROSEANE SANTOS + SIMONE MAGALHÃES: aqui

Terça-feira (26/09)
CUIDADO! FRÁGIL: aqui

Quarta-feira (27/09)
SOBRE LETRAS E GRITOS PARA SALVAR O MUNDO: aqui

Quinta-feira (28/09)
PESO BRUTO: aqui

Sexta-feira (29/09)
CURTO CIRCUITO SHOW COM VERÔNICA DECIDE MORRER + MULMAMBA: aqui

SERVIÇO
Festival Ruído EnCena 2017
Entre 20 e 30 de setembro de 2017
Teatro Zé Maria (Rua 13 de maio, 655 – Largo da Ordem, Curitiba)
Companhia Brasileira de Teatro (Rua José Bonifácio, 135 – Largo da Ordem, centro de Curitiba)
Casa Selvática (Rua Nunes Machado, 950 – Rebouças)

INFORMAÇÕES E ENTREVISTAS
Lucas Cabaña (41) 9 966825-14
comunicacao@escritoriodecriacao.com.br

A •AIREZ• GALERIA DE ARTISTAS INDEPENDENTES CONVIDA PARA A ABERTURA DA COLETIVA AIREZ 2017 “METANÓIA”


A coletiva apresenta 137 artistas selecionados através de convocatória nacional. O resultado é um recorte do fazer artístico de todas as regiões brasileiras que será mostrado em suporte digital nos três primeiros dias de abertura e depois dividido em 6 breves exposições com integrantes da coletiva que ocuparão a galeria nos meses de outubro e novembro.

A mostra chama a atenção pela profundidade expressiva de artistas renomados e sua permanência ao lado de novos artistas. É o caso de Leo Caobelli (fundador do Coletivo Garapa e ganhador da Bolsa Zum de Fotografia), ou Felipe Abreu (editor da Revista OLD), ou ainda, Polyanna Morgana (mestre e doutora em poéticas contemporâneas). A lista é longa e significativa, parte do projeto da AIREZ em apresentar um número relevante de processos artísticos variados.

A abertura será dia 29 de setembro (19h) e será marcada também pelo show da cantora e compositora Janine Mathias.

Conheça a lista completa de artistas: aqui

O evento integra o Circuito de Galerias da Bienal Internacional de Curitiba 17’.

Cronograma:

| 29 de setembro – sexta |
19h00 – Abertura da mostra oficial
19h30 – Perfomance de Renam Canzi
20h00 – Show Janine Mathias

| 30 de setembro – sábado |
14h-18h – mostra oficial
15h – Ação de Thais G. de Menezes

|01 de outubro – domingo |
14h -18h – mostra oficial
*discotecagem de Flávio Carvalho

É necessário preenchimento da lista de entrada: aqui

SERVIÇO:
Exposição: Coletiva AIREZ 2017 “Metanóia”
Curadoria: Guilherme Zawa
Produção: Ana Rivelles
Local: • AIREZ • Galeria de Artistas Independentes.
Data de abertura: 29 de setembro, 19h.
• AIREZ • Galeria de Artistas Independentes – Rua 13 de maio,778, cj 15 . São Francisco – Curitiba.
Horários de visitação: 13h às 19h (segunda a sexta).
Entrada Gratuita.
Evento Facebook: aqui

QUEER QUARREL

AIREZ • Galeria de Artistas Independentes apresenta: QUEER QUARREL, por Tom Lisboa

“Quando imaginei a ressignificação da sigla MBL (de Movimento Brasil Livre para Museu das Bichas Livres), “apenas” a exposição QUEERMUSEU, do Santander Cultural, de Porto Alegre, havia sido fechada. No espaço de uma semana, outras obras foram apreendidas no Mato Grosso do Sul e o espetáculo “O Evangelho Segundo Jesus, Rainha do Céu” teve sua temporada cancelada no SESC Jundiaí por provocar reflexões sobre a questão de gênero.

QUEER QUARREL é uma inconformada reação ao cenário atual e possível alerta sobre o que está por vir. A invisibilidade é uma condição que certos grupos tentam impor a outros seres humanos por não se adequarem a um padrão considerado vigente. Uma situação paradoxal, é bom deixar claro. As diferenças não devem ser associadas à escuridão mas à claridade que dá forma às principais perguntas de nossa existência.

Neste embate entre o que se quer ver e ser, construímos nossas QUARRELS. Felizmente esta tentativa de apagamento de um modo de viver veio cercada das mais diversas iniciativas em sentido contrário. Não podemos nunca nos esquecer que, se um espaço for fechado, faz-se necessário inaugurar outros. Se a censura nos proibir de dizer algo, precisamos falar de outro jeito e mais alto.

We will survive.”
Tom Lisboa

SERVIÇO:
Exposição “QUEER QUARREL”, por Tom Lisboa
Curadoria: Tom Lisboa
Local: • AIREZ • Galeria de Artistas Independentes
Data de abertura: 20 de setembro, 19h.
AIREZ • Galeria de Artistas Independentes – Rua 13 de maio,778, cj 15 . São Francisco – Curitiba.
Horários de visitação: 13h às 19h (segunda a sexta)

Evento Facebook: aqui

CICLO DE OFICINAS DO GRUPO DE MPB DA UFPR

Dentro da pesquisa e processo para a realização do espetáculo “É Preciso Estar Atento e Forte – 50 Anos de Tropicália”, os integrantes do Grupo de MPB da UFPR encontraram temas e atividades que poderiam ser aprofundados e compartilhados com a comunidade acadêmica e em geral. Esta é a primeira ação do Grupo para temporada 2017, que realizará uma série de atividades que ocorrerão até novembro, em comemoração ao espetáculo e ao movimento tropicalista.

INSCRIÇÕES
As inscrições nas respectivas oficinas serão feitas somente pelo email do grupo: gmpb.ufpr@gmail.com

As vagas são limitadas, portanto pedimos a gentileza de que tenha certeza de sua participação no ato da inscrição!

PROGRAMAÇÃO

<< OFICINA 1 – COMPOSIÇÕES TROPICALISTAS >>

Esta oficina tem como objetivo traçar paralelos históricos, literários e musicais entre a Tropicália e movimentos contemporâneos a ela, bem como sua repercussão na atualidade. Serão feitas análises das letras e arranjos do movimento a partir de contextualizações poéticas, estilísticas, históricas e musicais.

Ministrante: Bárbara Neves (Licenciada em Letras pela Universidade Federal do Paraná, ex-aluna do Conservatório de MPB de canto e violão popular, leciona português e inglês e é integrante do Grupo de MPB da UFPR).

Datas: 22 e 29/09, 06 e 13/10 (sextas)
Horário: das 19h às 21h
Local: Sala do Grupo de MPB (Prédio Histórico da UFPR – Praça Santos Andrade)
Número de Vagas: 20 vagas
Material do aluno: Material para anotações; Água para consumo próprio.
Pré-requisitos: Idade mínima 15 anos

<< OFICINA 2 – RITMOS BRASILEIROS >>

A oficina visa aprimorar o reconhecimento do pulso interno através da percepção corporal e da prática instrumental, fazendo um estudo das células rítmicas básicas que estruturam algumas manifestações musicais do Brasil. Serão quatro encontros no mês de Outubro, onde será trabalhado os ciclos rítmicos do samba e baião e as práticas tradicionais do samba de coco e jongo.

Ministrante: Alisson Santos (Compositor, guitarrista e percussionista. Licenciado em música pela UFPR, tenor e arranjador do Grupo de MPB da UFPR. Desenvolve pesquisa em etnomusicologia na área da música de terreiro pelo GRUPETNO do campus DeArtes da UFPR).

Datas: 11, 18 e 25/10,01/11 (quartas)
Horário: das 19h às 21h
Local: Sala do Grupo de MPB (Prédio Histórico da UFPR – Praça Santos Andrade)
Número de Vagas: 10 vagas
Material do aluno: Roupas confortáveis; Água para consumo próprio.
Pré-requisitos: Idade mínima 15 anos

<< OFICINA 3 – INFINITO CRIATIVO – DESPERTANDO POSSIBILIDADES CRIATIVAS ATRAVÉS DA YOGA >>

Muitas vezes artistas, atores e outros profissionais têm dificuldade em encontrar novas soluções e “pensar fora da caixa”.
Através da prática de yoga essa vivência vai proporcionar situações que buscam despertar a consciência dos participantes para o potencial criativo de cada um.

Ministrante: Guilherme Araújo (Mestre em música pela UFPR, pós-graduado em programação neurolinguística pelo Isal, bacharel em comunicação social pela UFPR, estudou violão e viola caipira no conservatório de MPB de Curitiba. Professor de Kundalini Yoga com certificação do Kundalini Research Institute)

Datas: 20 e 27/10, 03 e 10/11 (sextas)
Horário: das 19h às 21h
Local: Sala do Grupo de MPB (Prédio Histórico da UFPR – Praça Santos Andrade)
Número de Vagas: 15 vagas
Material do aluno: Roupas confortáveis; Água para consumo próprio.
Pré-requisitos: Idade mínima 15 anos

<< OFICINA 4 – MUSICALIZAÇÃO DE POEMAS >>

Na oficina serão trabalhados textos da literatura brasileira com ênfase nas obras de autores paranaenses como Paulo Leminski, Alice Ruiz, Wilson Bueno, Marcos Prado, Batista de Pilar, entre outros de relevância no meio. As práticas de musicalização de poemas, tem como objetivo trabalhar a sensibilidade do cantor integrante para a poesia da palavra em récita através da interpretação oral cênica e cancioneira de trechos de obras literárias de autores brasileiros. É intenção também a variação dos estilos musicais nas composições, abrangendo gostos pessoais dos participantes bem como os propostos.

Ministrante: Caroline Casagrande (Atriz, contadora de histórias, compositora da Cia Girolê, cantora integrante da Orquestra Latino Americana da Unespar e professora de canto, é graduada em comunicação e letras e ministra oficinas de musicalização de poemas desde 2011).

Datas: 22, 24 e 29/11,01/12 (quartas e sextas)
Horário: das 19h às 21h
Local: Sala do Grupo de MPB (Prédio Histórico da UFPR – Praça Santos Andrade, centro de Curitiba)
Número de Vagas: 15 vagas
Material do aluno: Roupas confortáveis; Material para anotações; Água para consumo próprio.
Pré-requisitos: Idade mínima 15 anos

fonte

Página do evento, aqui

HOJE (DOMINGO) TEM VENDAS DE GARAGEM

HOJE, domingo dia 17/09, a Loja das Pulgas participa do Terceiro Vendas de Garagem (no Armazém Garagem Bar). Entrada gratuita!!!

Antiguidades, decoração, discos, videogames, bicicletas (Antiguiz Bicicletas), brechó de roupas e acessórios (Pandeluc Brechó) peças de carro e muito mais!!! Música ao vivo, comida deliciosas, chope gelado e muita gente bacana!!! Venha curtir neste domingo no Armazém Garagem!!!

“O Armazém Garagem convida a todos neste domingo a separar aquela peça ou antiguidade que está esquecida em algum canto, e trazer para tentar vender na nossa 3ª Venda de Garagem. Vem se divertir com a gente.”

Serviço:
Terceiro Vendas de Garagem
Local: O Armazém Garagem Bar fica na Br 277, número 2630 – Pista Lateral (sentido Ponta Grossa), no bairro mossunguê, em Curitiba – na entrada do conjunto Saturno, em frente a Copel.

Data: Domingo, (17/09), das 15:00 às 21:00
Entrada gratuita (pra comprar e pra vender!)
Confira a página do evento, aqui

UM PASSARINHO ME CONTOU…

Foto: Lucas Rachinski

Visando o incentivo à leitura projeto leva para alunos e professores da rede pública de ensino de Curitiba sessões gratuitas de contação de histórias, rodas de leitura e oficinas.

“Os cientistas dizem que somos feitos de átomos, mas um passarinho me contou que somos feitos de histórias.”  (*Eduardo Galeano)

Sabe aquele ambiente simples, aconchegante que as antigas vovós criavam ao contar histórias para os netos? Pequenos sentados em roda no tapete, em torno da cadeira de balanço, encantados pela magia das palavras. É este o clima que a TRAVESSIA – ARTE E EDUCAÇÃO está levando para as Escolas da Rede Municipal de Ensino de Curitiba, Casas da Leitura e Instituições de Assistência Social com o projeto: UM PASSARINHO ME CONTOU.

O projeto que já passou pelas escolas municipais: João Cruciani, no Campo Comprido; Julio Moreira, no São Brás; e Mirazinha Braga, no Bom Retiro teve início em abril e segue até novembro. Até lá os contadores de histórias Michelle Peixoto e Vinícius Mazzon vão realizar 70 sessões de contação de histórias, 50 rodas de leitura para alunos do ensino fundamental e educação infantil, totalizando 120 apresentações GRATUITAS, além de oficinas também gratuitas para educadores e bibliotecários.

A próxima oficina, marcada para o dia 15 de setembro, “Contação de Histórias e Formação de Agentes de Leitura” será voltada para um grupo de agentes de leitura ligados aos Faróis do Saber de Curitiba.

Trata-se de um amplo e efetivo programa de incentivo à leitura e difusão literária. No repertório: contos da tradição oral brasileira, contos contemporâneos de literatura infanto-juvenil, temperados com canções, parlendas, quadrinhas e adivinhas.

Os textos escolhidos para este projeto são de autores consagrados e reúne o que há de melhor. “Nossa rica oralidade popular é uma porta de entrada privilegiada para a literatura escrita. Vários autores brasileiros, entre eles, Câmara Cascudo, Silvio Romero, Henriqueta Lisboa, Ana Maria Machado e Ricardo Azevedo, foram bem sucedidos ao lançar coletâneas de recontos populares. No Brasil, estas publicações edificaram a ponte entre a literatura oral e os livros, e é por esta ponte que desejamos transitar e servir de guia para os alunos e educadores beneficiados pelo projeto. Nosso foco é a relação entre oralidade, literatura, incentivo à leitura e cidadania”, explica Mazzon.

Ao final de cada sessão, os atores apresentam os livros que trazem as histórias narradas e outras sugestões de leitura. “De acordo com Câmara Cascudo, essas narrativas têm a dupla função de entreter e levar a uma discussão sobre a alma nacional. Através da apropriação dos contos tradicionais brasileiros se fortalece a identidade cultural e se ajuda a compor a memória da nação, e a memória é que nos permite desenvolver consciência e autoestima, bases fundamentais da cidadania”, acrescenta Mazzon.

Durante as rodas de leitura, os participantes terão em mãos uma cópia dos textos para poder acompanhar a leitura em voz alta realizada pelo mediador, além de ter a oportunidade de poder contribuir com sua leitura particular e experiência pessoal. A ideia, através das rodas, é criar um espaço para ouvir o outro e possibilitar o aprendizado de ler socialmente, criticamente e afetivamente.

“Um passarinho me contou pretende reatar o fio de histórias que vem tecendo a humanidade desde o começo dos tempos, costurando com ele asas compatíveis para as crianças de hoje alçarem voo seguro pelo universo literário. Esperamos que essas histórias ajudem a formar seres humanos que sejam mais do que um aglomerado de átomos, como diz Galeano*, mas que consigam dar rumo significativo ao seu futuro e ampliar os horizontes de seu presente”, conta Peixoto.

“Acreditamos que as experiências culturais que oferecemos a partir deste projeto servirão de alimento valioso também para os educadores, nossa intenção ao oferecer os cursos é contribuir com sua atuação profissional. Tais ações buscam tornar a escola pública um local de beleza, onde vigore uma educação sensível”, conclui.

Vinícius Mazzon e Michelle Peixoto vêm desenvolvendo projetos semelhantes a este em Curitiba e outros municípios do Paraná há sete anos, já tendo beneficiado mais de 30 mil crianças e adultos através da contação de histórias tradicionais, rodas de leitura, espetáculos teatrais e oficinas de capacitação para professores. Além da Travessia – Arte e Educação, Mazzon é integrante também da Associação Malasartes e do Trio Dedo de Prosa, com os quais já circulou com apresentações de teatro e narração de histórias por diversas regiões do país.

O atual projeto foi viabilizado por meio da LEI MUNICIPAL DE INCENTIVO À CULTURA e FUNDAÇÃO CULTURAL DE CURITIBA e conta com o incentivo da COPEL e da BWT OPERADORA DE TURISMO.

Serviço:
Oficina:”Contação de Histórias e Formação de Agentes de Leitura”
Dia 15/09 (sexta), das 8h às 11h30 e das 13h às 16h30.
Local: Auditório do Setor de Orgânicos do Mercado Municipal
Endereço: Rua da Paz, 608 – Telefone(41) 3088-1403
Contato: Cris Coraiola – Gerência de Faróis do Saber e Bibliotecas.

PROJETO INTERNACIONAL GIRLS ROCK CAMP DESEMBARCA EM CURITIBA PARA SUA PRIMEIRA EDIÇÃO

Criado nos Estados Unidos há 16 anos, projeto diverte e educa para o protagonismo feminino por meio da música

Curitiba será a terceira cidade brasileira a receber o Girls Rock Camp, iniciativa internacional que diverte e educa para o protagonismo feminino por meio da música. Criada nos Estados Unidos há 16 anos, a colônia de férias acontece em vários países de maneira voluntária e sem fins lucrativos. No Brasil, o camp é realizado desde 2013 em Sorocaba (SP) e, recentemente, também ocorreu em Porto Alegre (RS).

A edição de estreia na capital paranaense já tem data marcada: janeiro de 2018. Durante uma semana de acampamento diurno, meninas de 10 a 17 anos (com ou sem conhecimento musical) terão a chance de aprender a se expressar musicalmente. As campistas estarão envolvidas em atividades que vão desde tocar um instrumento até apresentar-se em um show, passando pela formação de banda e composição de canções.

“Embora a educação musical conduza a colônia de férias, a experiência proporcionada às participantes vai além. Elas poderão desenvolver valores como empoderamento, liderança, criatividade, colaboração, pensamento crítico e respeito às diferenças”, observa a produtora cultural Roberta Cibin, responsável pela coordenação do Girls Rock Camp Curitiba em conjunto com outras seis mulheres voluntárias.

Em Curitiba, a organização do projeto está promovendo diversas ações com foco em captação de recursos e apoio para viabilizar a primeira edição, além de divulgá-la para a comunidade. Para conhecer as possíveis formas de contribuir com a realização do camp, basta acessar o site www.girlsrockcampcuritiba.org

Sobre o Girls Rock Camp
O primeiro Girls Rock Camp aconteceu em Portland (Oregon, EUA), em 2001. O interesse por levar o evento a outras cidades deu origem à Girls Rock Camp Alliance, que orienta e acompanha a promoção dos acampamentos. Desde então, já foram organizadas várias edições por todo o mundo.

Em 2013, surgiu o Girls Rock Camp Brasil, uma organização comunitária da sociedade civil, sem fins lucrativos, tendo como base o trabalho voluntário e doações. Pioneiro na América Latina e vinculado ao Girls Rock Camp Alliance, o projeto mantém o propósito de empoderar meninas, incentivando a equidade de gênero por meio da música.

Os camps podem ser resumidos como uma semana de atividades que buscam ajudar garotas a construírem seu amor próprio por meio de uma programação que inclui educação musical e performance, palestras sobre empoderamento e justiça social, modelos positivos de conduta e desenvolvimento de habilidades de colaboração e liderança.

Para saber mais
> Girls Rock Camp Curitiba
Site | Facebook | Instagram
> Girls Rock Camp Brasil
Site | Facebook | Instagram

PROGRAMA DE ESTÁGIO ESPN 2018

Disponibilidade para estagiar em São Paulo – Capital. Inscrições até dia 04/10.

“No Programa de Estágio ESPN 2018, você vai participar de iniciativas de treinamento e desenvolvimento voltadas para o seu crescimento profissional, com a orientação dos principais gestores da empresa e suporte total da equipe de Recursos Humanos.

O programa terá início em Janeiro/2018 e duração de até 24 meses.

Formado por um plano de desenvolvimento rico e estruturado, o programa é composto pelas seguintes iniciativas:
Integração dos estagiários com as diversas áreas da empresa.

Workshops: treinamentos comportamentais que possibilitam a formação do grupo e trate as necessidades de amadurecimento profissional detectadas ao longo do processo seletivo e integração.

Plano de estágio: as atividades e responsabilidades são criadas através de um Plano de Estágio que apresenta as principais atribuições de cada estagiário e que também possibilita a elaboração de um projeto específico a ser designado pelos gestores.

Acompanhamento: periodicamente, o grupo é convidado para bate-papos com RH, além de seus respectivos gestores, para discutir sobre o desenvolvimento do programa e seu crescimento profissional conosco.

Avaliação do estágio: a cada semestre o estagiário passa por uma avaliação de desempenho, que tem como objetivo observar os pontos fortes e a desenvolver do estagiário, possibilitando um ambiente de feedback com seu gestor.

Perfil do Estagiário
Quando pensamos em quem gostaríamos de ter em nosso time, procuramos jovens que não tenham medo de tentar coisas novas, que enxerguem obstáculos como novos desafios, que saibam lidar com nosso ambiente dinâmico e que trabalhem bem com autonomia. Pessoas que gostem de colocar a mão na massa e, especialmente, que tenham facilidade de se relacionar com outras pessoas de universos e interesses diferentes.

PRÉ-REQUISITOS:
Cursando: Administração, Análise e Desenvolvimento de Sistemas, Artes Plásticas, Ciência da Computação, Contabilidade, Design, Economia, Engenharia da Computação, Engenharia Elétrica, Engenharia Eletrônica, Engenharia de Produção, Engenharia de Telecomunicações, Jornalismo, Marketing, Publicidade e Propaganda, Rádio e TV, Tecnologia da Informação.
Formação entre Dez/2019 à Jul/2020.
Inglês avançado
Pacote Office avançado
Disponibilidade para estagiar 30 horas semanais (6 horas por dia)
Disponibilidade para estagiar em São Paulo – Capital

TIMES COM OPORTUNIDADES

Administração: Realizamos a gestão de serviços de apoio e de suporte para o negócio da empresa, visando melhorias em processos, ambiente de trabalho e infraestrutura predial.

Artes: Criamos e implementamos a direção de Arte dos principais ativos da ESPN – eventos, programas, especiais, séries, documentários, transmissões – nas principais frentes de contato visual: vinhetas, gráficos, artes, logos, key visuals. Também auxiliamos aos demais departamentos para divulgação do nosso conceito visual adequadamente: Promos, Marketing, Comercial, Afiliadas.

CEDOC & Media Management: Integramos áreas vitais da empresa, como Produção, Redação, Arte, Gravação, Programação, Marketing, Promos e Afiliadas, fornecendo suporte à recuperação de conteúdos para exibição e edição nos programas da ESPN. Disponibilizamos mídias para gravação de externas, além de sermos responsáveis arquivamento de conteúdo recebido, produzido e exibido pelas plataformas ESPN.

Central de Produção: Todos os estagiários da redação pertencem à esta área e dela são distribuídos para as demais (Site, Edição de Texto, WatchESPN/ESPN Play, e-Sports e DataESPN), iniciativa chamada de “job rotation” e implantada desde janeiro de 2017.

Ao estar conosco na Central de Produção, o estagiário desenvolve várias tarefas, tais como operação de TP, coordenação de links, solicitações de carros para pautas, sonorização de eventos, redige boletins informativos para a Rádio Disney, dá suporte a produtores e assistentes de produção na produção de matérias especiais, faz a tradução de materiais (português-inglês-português/português-espanhol-português), faz geração (troca de conteúdos entre emissoras), realiza pesquisa de imagens, dá suporte na organização da recepção de sinais via satélite, redige notas de divulgação de programas como Bola da Vez e Resenha ESPN, contata diversas equipes espalhadas por São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Porto Alegre, Inglaterra, França, Espanha, entre outras. 

Central Técnica: Somos responsável pela recepção de sinais de Satélite, Fibra Óptica, Conversão de Vídeo, roteamento de Áudio, análise de Áudio e Vídeo, Rede intranet com Browser de IRD, Frames e Analisadores e Monitoração de Stream de nossos sinais vindo das operadoras. Atendemos à redação, Canais ESPN, ESPN Brasil, ESPN+, ESPN Extra e Watch ESPN, além do alinhamento de antenas parabólicas e análise de banda larga vinda das antenas e distribuídas.

Compras: Temos uma intensa interface com a organização, somos responsáveis pela aquisição de diversos materiais de consumo, equipamentos e serviços. Seguimos os procedimentos existentes, maximizando economias nas negociações e garantindo os menores prazos.

Design Digital Editorial: Somos responsáveis pelo desenvolvimento de artes relacionadas às matérias da redação digital da ESPN, ESPN W, ESPN Games, Hub e Watch. Nossa produção passa pela criação de infográficos, gráficos, ilustrações, edição de imagens, memes e páginas em html responsivo.

Mídias Digitais (Produto e Desenvolvimento): Somos responsáveis por toda a concepção, implementação e manutenção dos produtos digitais da ESPN no Brasil (ESPN.com.br, WatchESPN, ESPN FC, ESPN W, etc.). Nosso grupo é composto por uma equipe de desenvolvimento (backend & frontend) e produto (PMO, designers).

Operações Comerciais – OPEC: Operacionalizamos todo e qualquer tipo de publicidade presente das plataformas da ESPN (TV e Digital). Entre nossas principais atividades se destacam a roteirização de inserções comerciais, contato com clientes e agências de publicidade, acompanhamento de campanhas, controle de inventário e reconhecimento de receita.

Planejamento Comercial: Somos responsáveis pelo desenvolvimento e valoração dos plano comerciais envolvendo Futebol Internacional, NFL, NBA, Tênis, Surfe, entre outros esportes americanos. Realizamos contatos frequentes com as áreas de Programação, Vendas, Soluções Criativas, Business Intelligence, Operações Comerciais e Marketing.

Planejamento Financeiro: Realizamos o planejamento e controle financeiro de toda a Empresa. Atuando como parceiros de todas as áreas de negócio na análise de projetos, novos produtos, iniciativas e processo orçamentário suportando a tomada de decisões estratégicas.

Programação: Realizamos todos os roteiros e formatos dos canais ESPN e promovemos os eventos esportivos através das promos e chamadas.
Projetos e Implantação: Criamos sistemas de produção de conteúdo de televisão. Câmeras, microfones, sistemas gráficos e de distribuição de sinais são exemplos de sistemas concebidos por nós, para atender a diferentes áreas de produção de conteúdo audiovisual como jornalismo, cobertura de eventos e programas de estúdio.

Soluções Criativas: A publicidade hoje vai muito além dos formatos tradicionais. Aqui possibilitamos que as marcas se associem à ESPN por meio de conteúdos customizados e integrados ao canal, falando de forma eficaz com os fãs do esporte em todas as plataformas em que a ESPN está presente.

Tesouraria: Aqui dentro existem 3 grandes grupos de atividades: Bancos, Contas a Pagar e Contas a Receber. Somos uma área que lida com grande volume de documentação, e exige excelência nos processos.

INFORMAÇÕES
Quanto tempo dura o contrato de estágio?

O estágio tem duração de 24 meses.
Qual a carga horária do estágio?
A carga horária é de 30 horas semanais.
Tenho possibilidade de ser efetivado?
Sim. Isso pode ocorrer ao término do contrato, ou em alguns casos, antes mesmo da conclusão da faculdade.
Pessoas de fora de São Paulo podem participar?
Sim, desde que tenham disponibilidade para participar das etapas presenciais do processo seletivo e a comprovação de vínculo com faculdades da região.
Devo escolher uma área especifica para a inscrição?
Você terá até 2 opções de áreas de escolha, mas durante o processo seletivo é possível que essa indicação mude após a validação de perfil na etapa presencial, onde o RH e a 99jobs poderão fazer sugestões de áreas mais adequadas para seu perfil.
O horário das minhas aulas na faculdade interfere na minha seleção?
O horário de estágio na ESPN é flexível, ou seja, o estagiário pode estudar pela manhã ou à noite e o período do estágio pode ser negociado com seu gestor.
Caso eu tenha alguma outra dúvida, como posso entrar em contato?
Você pode enviar suas dúvidas para: espn@99jobs.com

Inscrições através deste link, 99jobs