LEITURA DEPOIMENTOS REAIS SOBRE PESSOAS FALSAS

Seis personagens com seus conflitos existenciais. Indivíduos subjugados por afecções que são relações sociais.

Elenco: Alanis Mahara, Bianca Lopes, Juliane Santos, Raquel Zanini, Rosemeire Gomes e Siba Quirino.

Texto: Diego Marcell

Local: Prédio Dom Pedro I – Anfiteatro 400, centro de Curitiba
Data: 1 de junho, das 14:00 às 15:00
Entrada gratuita
Ilustração: Mariana Godoy

Página do evento, aqui

ESPETÁCULO LINDA BLAIR ENTRA NA SALA RETORNA À CASA SELVÁTICA

espetáculo transita pelos cômodos da sede do coletivo, um sobrado cor de rosa localizado no bairro Rebouças

A partir do dia 26 de maio, o coletivo curitibano Selvática Ações Artísticas retorna em sua sede, o sobrado cor de rosa localizado no bairro Rebouças, com o espetáculo Linda Blair Entra na Sala, e permanece em temporada até dia 18 de junho, de sexta à domingo, sempre às 20h. A montagem é centralizada na figura da mulher como anti-heroína: em uma sequência de cenas do cotidiano Linda está sempre em oposição a figuras masculinas. As cenas, que culminam em situações absurdas, são carregadas de mensagens feministas e evidenciam como a cultura ocidental tende a demonizar a imagem da mulher historicamente.

Escrita em 2003 pela dramaturga Leonarda Glück, Linda Blair Entra na Sala, apesar de levar no título o nome da atriz de cinema do clássico O Exorcista, foi escrito em um período em que a dramaturga assistia ao filme O Bebê de Rosemary, de Roman Polanski, em que uma mulher sempre é levada ao erro por seus parceiros e familiares. “Todos os planos dessa mulher fracassam e ela está presa numa situação que aparentemente não tem solução”, comenta Glück.

Segundo a autora, o próprio título do texto é uma brincadeira com o fato de a atriz Linda Blair ter ficado por anos estigmatizada por um único filme e posteriormente “ficar presa numa maldita trap do sistema fazendo participações especiais e filmes de menor visibilidade”.

O ponto inicial do projeto foi em 2015 no evento “Clássicos Inéditos de Leonarda Glück”, um ciclo de leituras dramáticas promovido pelos artistas da Casa Selvática, evento esse que apresentava ao público diversos dos textos de Leonarda, que é a primeira dramaturga transgênera a ser publicada no país.

A encenação, assinada pela artista selvática Semy Monastier, carrega um universo de referências pop que vão, além da óbvia Linda Blair.

Equipe de Criação
Texto: Leonarda Glück
Direção: Semy Monastier
Elenco: Patricia Cipriano, Lucas Tatarin, Matheus Henrique, Ricardo Nolasco e Victor Hugo
Sonoplastia: Jo Mistinguett
Iluminação: Fábia Regina
Imagens: Amira Massabki

Serviço:
LINDA BLAIR ENTRA NA SALA
De 26 de maio a 18 de junho, sempre às 20h na Casa Selvática
Rua Nunes Machado, 950 – Rebouças, em Curitiba
R$20 e R$10 (meia entrada)
www.selvatica.art.br

“TRÊS VEZES PIRANDELLO…” CHEGA A ALMIRANTE TAMANDARÉ

Diretor italiano traduz e adapta textos inéditos no país e monta espetáculo que faz temporada pela Região Metropolitana de Curitiba com entrada franca

O Grupo Arte da Comédia escolheu a Região Metropolitana de Curitiba para receber a primeira temporada do seu mais novo espetáculo: Três vezes Pirandello. Tragédia, drama, comédia. A trupe paranaense, que já tem dez anos de trajetória consagrados por premiações diversas, é dirigida por Roberto Innocente, italiano de Padova radicado na capital paranaense. A montagem, que estreou em Curitiba no final de abril, reúne em três atos três obras do dramaturgo siciliano Pirandello, duas delas inéditas no Brasil. Este fim de semana, a peça tem três apresentações em Almirante Tamandaré com entrada franca para, então, seguir para Colombo. O espetáculo também já passou por Campo Largo e Araucária.

De acordo com o diretor artístico do Arte da Comédia, o Brasil ainda conhece pouco a obra de Pirandello. “Ele foi, sem dúvida, o maior dramaturgo italiano do século passado e parte expressiva dos brasileiros ainda conhecem apenas a obra Seis personagens em busca de um autor. Com este projeto, queremos dar aos curitibanos e, em especial, ao público da Região Metropolitana, a possibilidade de ter um contato mais profundo com a vida e a obra deste autor tão importante”, enfatiza Innocente.

Os textos traduzidos e adaptados por Roberto são: O homem da flor na boca, A certidão e Cecé. Na montagem do Arte da Comédia, o diretor intercalou trechos dessas três obras por meio de diálogos imaginários com o próprio Pirandello acompanhados por um repertório musical tipicamente siciliano. “Damos ao espetáculo um clímax mediterâneo, próprio da Sicília, contexto original das peças de Pirandello”, explica o diretor.

As sessões em Almirante Tamandaré têm entrada franca e acontecem de sexta a domingo – dias 26, 27 e 28 de maio, no Centro de Convenções Edson Dalke. O projeto é produzido por Joseane Berenda em colaborção com o grupo Arte da Comédia, conta com o incentivo do Programa Estadual de Fomento e Incentivo à Cultura do Paraná, o patrocínio da Copel e o apoio do Palavração (Cia de Teatro da UFPR).

Serviço:
Três Vezes Pirandello. Tragédia, Drama, Comédia.

Em Almirante Tamandaré:
Datas: 20 e 26 de maio, às 20h. 27 de maio, às 19h.
Local: Centro de Convenções Edson Dalke. (Rua Rachel Cândido da Siqueira, 533, Almirante Tamandaré-PR)
Ingressos: Entrada franca (retirada 1 hora antes do espetáculo na bilheteria do espaço)

Em Colombo:
Datas: 9 e 10 de junho, às 20. 11 de junho, às 19h.
Local: Rua Dorval Ceccon, 664 – Fátima, Colombo-PR.
Ingressos: Entrada franca (retirada 1 hora antes do espetáculo na bilheteria do espaço)

Ficha Técnica:
Elenco: Joseane Berenda, Marwem HD, Anidria Stadler, Douglas Borba, Duilio de Pol, Pedro Inoue.
Figurino: Gilca Rigotti
Cenário: Roberto Innocente
Cenotécnico: Bira Paese e equipe
Iluminação: Rodrigo Ziolkowski
Trilha sonora e gravações: Fábio Silva Ladeira
Adereços: Gilca Rigotti e Joseane Berenda
Programação visual: Marcelo Felczak
Impressão: Sidtony
Assessoria de Imprensa: Smartcom – Inteligência em Comunicação
Foto e Vídeo: Fábio Silva Ladeira

Projeto realizado através da Lei de Incentivo a Cultura da Secretaria de Cultura do Estado do Paraná – PROFICE. Patrocínio – COPEL. Apoio – CIA PALAVRAÇÃO – UFPR – GRUPO ARTE DA COMÉDIA

Grupo Arte da Comédia
Fundado em 2006 pelo diretor artístico de origem italiana Roberto Innocente, o grupo pesquisa a comédia clássica e seus tipos universais em busca de personagens e temáticas essencialmente brasileiras. Para tanto, além de pesquisar profundamente as técnicas teatrais da Commedia Dell’Arte, tem estudado os aspectos contemporâneos de composição da sociedade brasileira, assim como suas manifestações históricas, culturais e artísticas. Seguindo esta linguagem, está em seu 16º espetáculo, já viajou por diversos locais do Brasil, foi vencedor de quatro troféus Gralha Azul, recebeu diversas premiações em festivais de artes cênicas nacionais e, este ano, por meio do Programa de Apoio e Incentivo à Cultura da Fundação Cultural de Curitiba, completa a sua primeira década de existência com a montagem inédita do clássico de Flaminio Scala, a Loucura de Isabella. Ainda este ano, foi selecionado entre centenas de grupos da América Latina para representar o Brasil no Peru, na IX Festepe Internacional.