COMEÇA HOJE A PROGRAMAÇÃO DE NATAL DO SISTEMA FIEP

Exposição e coralistas no Campus da Industria

O Sistema Fiep, por meio do SESI Cultura, preparou uma programação especial de Natal, que acontece de 4 a 8 de dezembro, no Teatro Sesi Campus da Indústria. A entrada é gratuita e o cronograma contempla exposição de minipresépios, apresentações musicais para o público infantil e adulto, além de muita emoção que esta época do ano traz. Um convite para toda a família!

Cronograma:
• 4 a 8/12, das 08h às 22h – Exposição de Minipresépios
• 4/12, às 19h – Coral Infantil CCA Kids
• 5/12, às 18h – Coral Bom de Boca
• 6/12, às 19h – Coral Infantil O Curumim
• 7/12, às 19h – Coral A.B.Deter
• 8/12, às 19h – Coral Vox do Sistema Fiep
• 8/12, às 20h – Encerramento com todos os corais

Serviço:
Programação de Natal do Sistema Fiep

Data: 4 a 8 de dezembro Horário: das 08h às 22h
Local: Campus da Indústria
Endereço: Av. Comendador Franco, 1341 – Jardim Botânico – Curitiba/PR
Ingresso: Gratuito (sujeito a lotação)
Classificação indicativa: Livre

Mais informações:
www.sesipr.org.br/cultura/EventAgenda27805content360153.shtml
www.sesipr.com.br/cultura/
www.facebook.com/sesiculturapr/

SESI CULTURA
Foi em 2008 que a Regional Paraná do Serviço Social da Indústria inaugurou uma área especificamente dedicada ao desenvolvimento de ações culturais ancoradas nas diretrizes previstas na Declaração Universal dos Direitos do Homem, como a diversidade, a pluralidade e a autonomia. Desde então, o Sesi Cultura Paraná tem promovido o acesso à cultura com foco em programas de formação artística e cultural, investindo em processos criativos, formação de plateia para todas as linguagens e na formação e desenvolvimento cultural com vocação local. O Circuito Cultural Sesi, o Festival Sesi Música, os Núcleos Criativos do Sesi, o Zoom Cultural, os Programas Sesi Música, Sesi Arte, Sesi Audiovisual e Sesi Artes Cênicas são exemplos de programas desenvolvidos pela Gestão Cultural do Sesi. De 2008 até 2016, mais de 927 mil espectadores tiveram acesso à cultura por meio de cerca de 7,5 mil eventos realizados pelo Sesi Paraná. Todas essas ações sempre tiveram como objetivo o acesso ao bem cultural para o trabalhador da indústria, seus dependentes e para a comunidade de um forma geral, além da difusão da arte em todas as suas manifestações, valorizando a diversidade e a pluralidade do povo brasileiro.

LAB_

foto: Mariana Lopes

Mostra apresenta o resultado final dos processos criativos de 14 artistas multiáreas da cidade

Curitiba recebe, de 7 a 10 de dezembro, na Casa Hoffmann, a 14a edição do LAB_, ação final do Projeto IMP – Investigação do Movimento Particular, núcleo de pesquisa em dança que se centra no estudo do movimento e que, neste ano, abriga 14 artistas de diversas áreas como teatro, dança, performance, música e artes plásticas. Durante 4 dias, os artistas apresentarão os resultados de suas pesquisas, com entrada franca.

O núcleo de pesquisa IMP – Investigação do Movimento Particular existe desde 2007 sob a orientação da bailarina pesquisadora Juliana Adur e produção de Cindy Napoli. Tem como objetivo proporcionar à cidade um ambiente de pesquisa estimulante pautado essencialmente na experiência. Trata-se de adquirir saberes através do corpo e do movimento a partir de uma construção coletiva de interesses, porém acolhendo as particularidades de mover e criar de cada pesquisador.

O IMP também se caracteriza como um espaço que estimula a produção e difusão em dança na cidade, bem como a formação e a maturação de novos artistas criadores. Atualmente o IMP possui em seu currículo aproximadamente 30 produções em dança contemporânea (individuais e coletivas), somando mais de 50 apresentações na cidade e fora dela.

Comemorando 10 anos de existência em 2017, o projeto ofertou 14 bolsas para novos criadores e teve a participação de vários profissionais da dança de Curitiba que atuaram como ministrantes de oficina, orientadores e interlocutores dos processos criativos. Os profissionais que compuseram a equipe da Edição 2017 do IMP foram: Yiuki Doi, Janaína Matter, Pedro Almeida e Renata Roel. Gabriel Machado e Maíra Lour, que foram integrantes do IMP desde seu surgimento, integram hoje a equipe principal do projeto, também, como orientadores. Os bolsistas passaram por 5 meses de atividades de formação e laboratórios de investigação e 3 meses para o desenvolvimento de seus projetos de criação em dança. Este projeto é aprovado pelo Programa Estadual de Fomento e Incentivo à Cultura/Profice e incentivado pela Copel Distribuidora e Havan.

O Lab_
Desde o seu primeiro ano de existência, o IMP tem promovido inúmeras ações artísticas na cidade com o objetivo de fortalecer suas estruturas de trabalho e de compartilhar com a comunidade as discussões e criações realizadas pelo grupo ao longo de cada ano de pesquisa. A fim de fortalecer esta comunicação do núcleo com a comunidade, o IMP criou o LAB_. O LAB_ é um evento que proporciona aos pesquisadores do núcleo a experiência cênica e que tem como objetivo aproximar artista e público, possibilitando uma reflexão a respeito das configurações investigadas por cada um e estimulando o exercício do feedback.

Para a edição IMP 2017 foram organizadas 2 edições do LAB_, uma que já aconteceu no início de novembro para convidados, e no mês dezembro, a mostra final desses resultados será aberta ao público, na Casa Hoffmann. O LAB_ é um evento inteiramente gratuito que está em sua 14ª edição.

Sobre o IMP
O IMP nasceu em 2007 sob a orientação da bailarina pesquisadora Juliana Adur, como um desdobramento artístico no Brasil dos estudos realizados em Portugal na Formação Intensiva Acompanhada do cem – centro em movimento, em Lisboa (2005/2006). Inicialmente o IMP foi proposto no formato de um workshop de 20 dias na Casa Hoffmann – centro de estudos do movimento, para logo em seguida ser acolhido como um núcleo de pesquisa permanente em dança no Vila Arte Espaço de Dança, onde permaneceu até 2015.

Em todos esses anos de trabalho, muitas pessoas passaram pelo núcleo e pelo Vila Arte, muitas ações foram realizadas, muitas descobertas foram compartilhadas e muita dança foi impulsionada. O projeto participou na formação dediversos artistas criadores, que hoje dão a cara das atuais produções artísticas de Curitiba. No total foram 7 edições anuais do núcleo, mais de 50 IMPistas, 13 LAB_s (mostras de compartilhamentos dos processos criativos), oficinas, residências, entre outras ações tão diversas que só o dia-a-dia do IMP é capaz de revelar.

Serviço:
Quando: 07 a 10 de dezembro de 2017
quinta a domingo, às 20h00
Onde: Casa Hoffmann – centro de estudos do movimento
R. Dr. Claudino dos Santos, 58 – São Francisco, Curitiba
ENTRADA FRANCA
Foto: Eli Firmeza

 

AIREZ GALERIA DE ARTISTAS INDEPENDENTES APRESENTA: L.A.TINO, POR PEDRO VIEIRA

“LATino surgiu do meu encontro com Tino, um mecânico mexicano que vive em Los Angeles. Tino não fala inglês, leva 12 anos vivendo nos E.U.A. e ainda que viva em uma área dominada por Latino Americanos é uma pessoa solitária. Busca em abstrações do mundo a resposta para a vida e o sistema opressor no qual crê viver. Tem em seu repertório um popurrí de filosofias e conhecimentos populares que explicam sua existência. Segundo ele – “Vivimos como cucarachas atrapadas en un vaso de cristal. No vemos la pared porque el cristal es transparente y por eso no sabemos que estamos atrapados”. Tino crê que um dia poderá ser uma espécie de curandeiro, um xamã contemporâneo. Todos os dias Tino sobe as montanhas ao redor de Hollywood em sua busca para conectar-se com um outro universo.”
Pedro Vieira

SERVIÇO:
Local: • AIREZ • Galeria de Artistas Independentes.
Rua Treze de Maio, 778 cj. 15 – São Francisco, Curitiba

Coquetel de abertura:
7 de dezembro, 19h.

Horários de visitação: 
13h às 19h (segunda a sexta) 
14 às 17h (sábados)

Link Facebook: aqui

Pedro Vieira é organizador da Sem Licença e fotógrafo. Realizou Master em Fotografia na Blank Paper (Madri), especialização em Processo de criação e imagem (Tuiuti) e diversos cursos de aperfeiçoamento nos EUA. Seus trabalhos já foram expostos na América Latina e Europa, com destaque para o MAC –Pr, Centro de Belas Artes (Venezuela) e Galeria Blank Paper (Madri).

SOBREPOSIÇÃO FRAGMENTO DA OBRA EM PROGRESSO

Sobreposição é uma performance que investiga camadas históricas. Nas paredes da Airez Galeria e no espaço público ao redor, a artista Ana Ferreira projeta imagens de sua busca por algo remoto em sua própria história. Entre escavar e projetar, transformam-se origens e fins.

A performance é parte da Obra em Progresso que dialoga com o livro Finnegans Wake de James Joyce. Mais aqui

Quem:
Concepção, criação e performance de Ana Ferreira.
Colaboração criativa e arte gráfica de Guilherme Zawa.

Quando:
1o de dezembro (sexta-feira) às 21h00.*

Onde:
Airez Galeria – Rua Treze de Maio, 778, Sala 15 – Curitiba, PR.

Quanto:
Entrada gratuita.

*Coquetel servido a partir das 20h30.

Evento no facebook: aqui

CASA QUATRO VENTOS

Sacada da Casa Quatro Ventos / foto: Elenize Dezgeniski

Curitiba ganha um novo espaço cultural independente, com diversas ações artísticas

A Casa Quatro Ventos, um imóvel da década de 50, localizado no Alto da XV, abre suas portas a partir do dia 2 de dezembro com uma programação diversificada e gratuita. Para a programação de abertura, Edith de Camargo, Leo Fressato, Bernardo Bravo, Luciano Faccini e Melina Mulazani apresentam seus trabalhos na série Shows na Sacada, a partir das 19h. A Casa abre às 15h.

A Casa Quatro Ventos – movimento e arte, é um espaço cultural multidisciplinar e independente que se dedica ao desenvolvimento e difusão da criação e produção artística. O espaço, além de nutrir atividades regulares para a prática artística, investigação e formação, investe numa programação que abarca todas as artes e idades.

Há alguns anos o desejo em criar e gerir um espaço cultural tem sido algo em comum entre os idealizadores da Casa Quatro Ventos, inspirados em mover para diversas direções os desejos entre a criação artística e produção cultural. Este encontro entre Augusto Ribeiro, Cindy Napoli, Diego Marchioro e Juliana Caimi fez com que a realização deste espaço viesse à tona. Almejando formar uma rede consistente de amigos, parceiros e artistas que além das afinidades estéticas possam encontrar um lugar também afetivo e pulsante para a diversidade da expressão artística na cidade.

A Casa tem como foco ser uma plataforma para artistas de diversas áreas artísticas e culturais, propõe atividades formativas no campo das artes. Investe na criação artística contemporânea.

O casarão, que era a antiga residência do iluminador teatral Beto Bruel e da atriz Regina Bastos, também abriga escritórios de produção cultural e de comunicação. Segundo os idealizadores, a Casa Quatro Ventos “É uma necessidade (r)existir espaços culturais alternativos, encontrar outras formas de criar e produzir, alcançar novos horizontes e criar redes mais fortes e resistentes. Será um lugar de convergência de artistas para o intercâmbio de experiências, ideias e saberes.”

A Casa Quatro ventos abrigará: Espaço de Exposição, que acolhe exposições temporárias e demais trabalhos de artes visuais;
um circuito de filmes – mostra periódica de exibição de áudio visual;
show na sacada – atividades musicais de curta duração (pocket show) realizadas na sacada do casarão, ao final das tardes de final de semana, com entrada franca.

Também haverá programação para crianças e famílias, com conteúdos artísticos, como aulas, apresentações e oficinas.

Serviço:
Casa Quatro Ventos
Rua da paz, 51, Alto da XV, Curitiba
Informações: (41) 3040-3322
casaquatroventos@gmail.com

PROGRAMAÇÃO DE ABERTURA

02/12 SÁBADO
15h00 – A Casa abre suas portas
Shows na sacada às 19h com:
Edith de Camargo
Léo Fressato
Bernardo Bravo
Luciano Faccini e Melina Mulazani
ENTRADA FRANCA

08/12 SEXTA
Ação: FUDEU contrata (Coletivo FUDEU) – das 9h às 12h e das 13h às 18h.
ENTRADA FRANCA

09/12 SÁBADO
Lançamento do livro “Sequência de rabisco” de Egui Baldasso, às 14h.
Exibição de filmes: Curtas na Casa, às 18h.
ENTRADA FRANCA

10/12 DOMINGO
Domingo miúdo – programação para crianças das 10:30 às 11:30 e das 14h às 18h.
Oficina com Juliana Alves e Peter Abudi, contação de histórias com Moira Albuquerque da Cia Girolê e intervenção de Surian Barone/ Palhaço Goiaba Henrique.
PERÍODO DA MANHÃ: R$10,00
PERÍODO DA TARDE: R$15,00
DIA TODO: R$20,00
(valor cobrado por criança, adultos tem entrada franca)

14/12 QUINTA
Show com a banda Central Sistema de Som às 20h.
R$: 10,00

16/12 SÁBADO
Uma festa muito boa convida Misturi-C + Juana Profunda e Darlene Lepetit às 15h.
R$ 10,00

Acompanhe a programação completa na página: aqui

BTG EMBARCA RUMO À ALEMANHA NESTE DOMINGO (26)

Créd. Cayo Vieira

Pela primeira vez em sua trajetória, o Balé Teatro Guaíra representa o Paraná em turnê por terras germânicas

O Centro Cultural Teatro Guaíra vive uma fase áurea. No mesmo mês em que o tradicional Teatro de Comédia do Paraná retorna à ativa com direção de Gabriel Vilela em “Hoje é Dia de Rock” e a Orquestra Sinfônica do Paraná estreia com nova formação dando a largada para uma série de concertos sob a regência do maestro titular Stefan Geige; o Balé Teatro Guaíra, por sua vez, embarca 11 de seus bailarinos para uma circulação inédita por nove cidades alemãs neste domingo (26). A viagem internacional, na verdade, dá sequência a uma série de projetos que a companhia tem colocado em prática.

O ano de 2017 tem dado ao BTG a oportunidade de reforçar uma de suas missões já tão conhecidas: levar a arte paranaense para além das fronteiras da capital e do Estado. A turnê do espetáculo Carmen pelo Nordeste do Brasil no mês de outubro é um exemplo. A montagem foi aclamada na Bienal de Dança do Ceará (em Fortaleza) e no Festival Cena Cumplicidades (no Recife) após estreia em Curitiba com o acompanhamento da Orquestra Sinfônica do Paraná.

Em novembro, foi a vez de o BTG lotar a plateia do Guairão com a apresentação de “Balé Teatro Guaíra dança Wachter, Winkler e Scafati”, espetáculo decorrente do trabalho de três coreógrafos internacionais junto aos bailarinos da companhia por meio do projeto BTG X Alemanha. A montagem abriu as portas para a companhia seguir em turnê por terras germânicas com embarque previsto para este domingo (26). A companhia só havia se apresentado na Europa uma única vez, em 1984, na cidade de Lisboa, com O Grande Circo Místico.

De acordo com Cintia Napoli, diretora do BTG, a companhia encontra-se em um momento de importante representatividade no cenário nacional e há muito o que se comemorar com a viagem deste domingo: “estamos prestes a levar um pouco da nossa história para lugares distantes e retornar com ricas impressões da cultura europeia. Trata-se de um intercâmbio cultural de grande valor, tanto para o Balé Teatro Guaíra, que artisticamente se fortalecerá com esta intensa troca cultural, como para o espectador de forma geral”.

O BTG vai embarcar com 15 pessoas (entre bailarinos e equipe técnica) às 19h45, no Aeroporto Afonso Pena. O projeto BTG X Alemanha é decorrente da parceria entre o Centro Cultural Teatro Guaíra, a Asssociação de Bailarinos e Apoiadores do Balé Teatro Guaíra – ABABTG, o Internationales Solo-Tanz-Theater Festival Stuttgart e a SoloConnection.

Turnê pela Alemanha
Balé Teatro Guaíra dança Wachter, Winkler e Scafati

· Cidade: Karlsruhe.
Data: 28/11. Local: TANZ Karlsruhe – Staatstheater – Kleines Haus

· Cidade: Stuttgart.
Data: 29/11. Local: TREFFPUNKT Rotebühlplatz

· Cidade: Regensburg
Data: 01/12. Local: Regensburger Tanztage –Theater Universität

· Cidade: Ulm
Data: 02/12. Local: Theater Ulm – Podium

· Cidade: Lindau
Data: 03/12. Local: Theater Lindau

· Cidade: München
Data: 5 e 6/12. Local: Schwere Reiter

· Cidade: Braunschweig
Data: 08/12. Local: Staatstheater Kleines Haus

· Cidade: Heidelberg
Data: 10/12. Local: Hebelhalle

· Cidade: Augsburg
Data: 11 e 12/12. Local: Brechtbühne

Mais informações: www.facebook.com/ababtgoficial

Coprodução: ABABTG – Associação de Bailarinos e Apoiadores do Balé Teatro Guaíra, CCTG – Centro Cultural Teatro Guaíra, Internationales Solo-Tanz-Theater e Solo Connection. Lei de Incentivo à Cultura. Realização: Ministério da Cultura, Governo Federal.

ESTREIA HOJE, 23/11, NOVO ESPETÁCULO DA PALAVRAÇÃO CIA DE TEATRO DA UFPR “SOCIEDADE DOS RATOS” É ENCENADA NO TEUNI, A PARTIR DAS 20H30

Em um laboratório de pesquisas, o líder Amo Supremo sobre seu domínio a disseminação de informações, os atos e hábitos dos ratos lá viventes. Para exercer seu poder, ele conta com animais leais. Mas tudo pode fugir do controle quando a Ratazana e o Rato de Esgoto começam a divulgar ideias revolucionárias e libertárias às cobaias.

Com texto e direção de Marcelo Leonel Felczak, a Palavração CIA de Teatro da UFPR apresenta seu mais novo espetáculo “Sociedade dos Ratos” a partir de quinta-feira, 23 de novembro, às 20h30, no TEUNI (Teatro Experimental Universitário), localizado no prédio histórico da Universidade Federal do Paraná. A entrada é gratuita, e tem classificação etária de 12 anos. A peça fica em cartaz até 2 de dezembro, com exibições às quintas, sextas e sábados, no horário das 20h30.

Para dar vida à fábula proposta por Felczak, os atores aprofundaram suas vivências na Razão Orgânica, e em jogos teatrais, jogos de palavras, gestos ensaiados. A intenção foi utilizar do gênero cômico para a construção dos diálogos, cenas, personagens, contexto social, politico, moral, religioso, econômico e cultural dessa sociedade presa a um laboratório.

A Razão Orgânica é um conceito elaborado pelo professor da UFPR Hugo Mengarelli, ao longo de seus anos frente à Cia de Teatro, e que resultou em técnicas de desenvolvimento do ator e de criação de personagens.

O elenco conta com Ana Lúcia de Paulo Superchinski, Andressa de Lima, Arthur Firmino, Danilo Pedrosa, Edilaine Maciel, Joao Winch, Marcel Henrique Gonçalves Sobrinho, Nícolas Wolaniuk e Sabrina Marques. E tem como equipe de apoio Janaina Ferreira, Maisa Ribeiro, Mateus Viudes.

Qualquer semelhança com fatos reais da nossa sociedade será mera coincidência!

Venha nos prestigiar!!!

Serviço:
Sociedade dos Ratos
da PalavrAção Cia de Teatro da UFPR
Estréia: 23 de novembro de 2017
Temporada: de 23/11 a 2/12/2017 – às quintas, sextas e sábados
Entrada Gratuita (Retirar ingressos com uma hora de antecedência)
Classificação etária: 12 anos
Horário: 20h30
Local: TEUNI
Endereço: Praça Santos Andrade – Prédio Histórico da UFPR, 2º andar
Fotografias: Nicole Micaldi

Página do evento, aqui

COMÉDIA MUSICAL É APRESENTADA NO SESI SÃO JOSÉ COM ENTRADA FRANCA

A premiada Companhia de BifeSeco coloca em cena a sua Terrível Incrível Aventura no dia 25 de novembro

A Companhia de BifeSeco é um coletivo de artistas de diferentes regiões do país que, entre outras pesquisas, explora uma linguagem de comédia contemporânea onde a música e a plasticidade da cena são elementos primordiais na construção narrativa. Em 2016, esse trabalho resultou no espetáculo “Terrível incrível aventura – Um musical fabulesco marítimo”. A montagem fez temporada no Festival de Curitiba com excelente receptividade do público e da crítica especializada a nível nacional. No sábado (25), a peça chega ao Sesi São José dos Pinhais em única apresentação, com entrada franca.

O musical “Terrível Incrível Aventura” conta a saga de um velho cozinheiro de navio chamado Capitão Sham e de sua disputa contra Anton, um estrangeiro vindo do norte e guiado pelo amor e pela afeição da esfomeada e libidinosa Crimeia. Em suas aventuras por mares turbulentos, Sham se depara com figuras como Jean-Jacqueline, uma mulher trans e também pretendente de Crimeia. O protagonista ainda interage com outros personagens inusitados, como: Almerindo, o nordestino retirante; o tenebroso Crocodilo; Mefisto, que personifica a figura do diabo, e até com a própria morte.

A montagem deixa transparecer em suas caracterizações de personagens, no cenário, na dramaturgia, nas composições autorais e no estilo de atuação, a inspiração da companhia no trabalho do diretor norte-americano Bob Wilson e do autor e diretor brasileiro Gerald Thomas. Trata-se de uma sátira político-musical sobre o Brasil e o mundo atual, a disputa de poder e a beleza da esperança.

Serviço:
Teatro SESI São José dos Pinhais apresenta
Espetáculo “Terrível incrível aventura – Um musical fabulesco marítimo”
Data: 25/11
Horário: 20h
Valor: Gratuito. Contribuição voluntária de 1kg de alimento não perecível.
Classificação: Livre
Local: Teatro SESI São José dos Pinhais
Endereço: Rua Quinze de Novembro, 1800, Centro, São José dos Pinhais-PR
Observação: Sujeito a lotação

Mais informações:
www.sesipr.org.br/cultura/EventAgenda27805content358769.shtml
www.sesipr.com.br/cultura/
www.facebook.com/sesiculturapr/

SESI CULTURA
Foi em 2008 que a Regional Paraná do Serviço Social da Indústria inaugurou uma área especificamente dedicada ao desenvolvimento de ações culturais ancoradas nas diretrizes previstas na Declaração Universal dos Direitos do Homem, como a diversidade, a pluralidade e a autonomia. Desde então, o Sesi Cultura Paraná tem promovido o acesso à cultura com foco em programas de formação artística e cultural, investindo em processos criativos, formação de plateia para todas as linguagens e na formação e desenvolvimento cultural com vocação local. O Circuito Cultural Sesi, o Festival Sesi Música, os Núcleos Criativos do Sesi, o Zoom Cultural, os Programas Sesi Música, Sesi Arte, Sesi Audiovisual e Sesi Artes Cênicas são exemplos de programas desenvolvidos pela Gestão Cultural do Sesi. De 2008 até 2016, mais de 927 mil espectadores tiveram acesso à cultura por meio de cerca de 7,5 mil eventos realizados pelo Sesi Paraná. Todas essas ações sempre tiveram como objetivo o acesso ao bem cultural para o trabalhador da indústria, seus dependentes e para a comunidade de um forma geral, além da difusão da arte em todas as suas manifestações, valorizando a diversidade e a pluralidade do povo brasileiro.

BANGUÊ #11

## BANGUÊ ##
RITMO, POESIA & CONSCIÊNCIA

A Banguê quer levar a cultura hip hop para todos, com informação e discutindo questões sociais. Reunindo os cinco elementos MC, DJ, Dança, Graffiti e Conhecimento em um evento aberto a todos.

“A mudança começa em cada um de nós até se tornar coletiva”

EM BREVE MAIS INFORMAÇÕES!

EVENTO GRATUITO
Traga a família!

>> NO LOCAL
Mostra de Dança
Pockets Shows (Aguardem programação)
Graffiti (Live Painting)
Batalha de MCs
Bazar e rango
Exposições de arte

>> DJs
Bab5

>> MESTRES DE CERIMÔNIA
Numa & Vinici

>> ARRECADAÇÃO SOLIDÁRIA
Vamos arrecadar artigos para bebês e alimentos não perecíveis. EM MEMÓRIA DA NOSSA PARCEIRA LUANA MEDEIROS!

>> SORTEIOS
Quem contribuir com doações concorre a uma tatuagem de R$150.

LOCAL:
Palácio Dos Estudantes // Casarão da UPE
Presidente Carlos Cavalcanti, 1157, São Francisco, Curitiba

REALIZAÇÃO: AHHEMP e Banguê
APOIO: Um Baile Bom e FATO Agenda

FOTOS DOS FLYERS: Jessica Tayana

Confira a página do evento, aqui

COM ENTRADA LIVRE, INOMINÁVEL CIA DE TEATRO APRESENTA “DO CÃO FEZ-SE O DIA” NA LAPA E LEVA VOCÊ GRATUITAMENTE NESTE PASSEIO

Contando com apoio da Copel, grupo curitibano se apresenta no Teatro São João em 6 E 7 de Dezembro Às 20h

Criado como resultado do estudo das obras do escritor português Valter Hugo Mãe, o espetáculo “Do cão fez-se o dia” trata de dificuldades e tragédias da alma humana em um país em guerra, buscando um canto de esperança em um contexto de conflitos.

Um garoto que encontra nos livros uma maneira de lidar com a dor, uma mãe e seu desespero, a partida do pai e o peso da ausência e uma filha rejeitada cuja infância se molda devido à guerra são alguns dos elementos da história contada com traços autobiográficos pelos atores Fabiane de Cezaro, Lucas Buchile, Rafael diLari e Lilyan de Souza, que também assina a direção.

Após receber três indicações ao 35º Troféu Gralha Azul (um dos maiores prêmios do teatro paranaense), a peça foi contemplada pelo Edital de circulação do PROFICE da Secretaria Estadual da Cultura do Estado do Paraná e, com apoio da Copel, já foi apresentada nos palcos de Pato Branco e Francisco Beltrão. Após passar pela Lapa, o grupo segue para União da Vitória, Castro, Rio Negro, Campo Mourão e Telêmaco Borba em 2018.

CARAVANA INOMINÁVEL
Se você é de Curitiba, a Inominável oferece transporte de ida e volta! Mande e-mail com seu nome, a data em que deseja assistir ao Cão (6 ou 7 de dezembro) e seu telefone para igoraugustho@gmail.com  /  A caravana sairá na data de maior preferência.

BATE-PAPO COM OS ATORES e RODA DE LEITURA
Logo após a apresentação do dia 6 (quarta-feira), os atores farão um bate-papo sobre o trabalho no teatro. Já na quinta, às 17h (antes do espetáculo), acontecerá uma roda de leitura das obras de Valter Hugo Mãe com o pessoal do grupo. Você está convidado!

Serviço:
DO CÃO FEZ-SE O DIA NO TEATRO SÃO JOÃO – LAPA/PR
6 E 7 DE DEZEMBRO, ÀS 20H (Rua Amintas de Barro, 26)
Mais informações:
www.facebook.com/InominavelCompanhia/

Ficha técnica:
Do cão fez-se o dia, livremente inspirado nas obras de Valter Hugo Mãe
Dramaturgia: Marcelo Bourscheid
Direção: Lilyan de Souza
Elenco: Fabiane de Cezaro, Lilyan de Souza, Lucas Buchile e Rafael diLari
Participação especial: Jossane Ferraz (Namorada Francesa)
Direção de produção: Lilyan de Souza
Assistente de Produção: Igor Augustho
Iluminação: Lucas Mattana
Cenário e figurinos: Manu Assini
Diretor Musical: Bruno Leão
Criação sonora/música original: Bruno Leão, Daniel D’Alessandro e Pedro Sasamoto
Direção de vídeo: Alana Rodrigues
Cinegrafista: Tania Gazola Baes
Edição de vídeo: Felipe Aufiero
Designer gráfico: Ricardo Braga
Projeções: Lucas Mattana
Assessoria de Imprensa: Daniel D´Alessandro